01.09
2010

Intercâmbio – A hora das Escolhas!

Ter a oportunidade de morar em outro país, conhecer gente de todas as partes do mundo, ver de perto muitos monumentos e lugares, que até então só era possível atráves de livros, com certeza, isso tudo faz parte do sonho de quase todo mundo!

E não seria eu que não iria fazer parte desse grupo! Então, depois de resolver que eu iria fazer um Intercâmbio de 6 meses, foram surgindo algumas (muuuitas, pra falar bem a verdade) dúvidas e perguntas!

Intercâmbio!

→ A Primeira Etapa – Qual País?

Qual seria o melhor país pra estudar inglês? Essa é uma das perguntas mais dificéis de ser respondida! Eu levei em consideração, fazer e ver muitas coisas que certamente não fazem parte do meu dia-a-dia no Brasil. E as opções são muitas e uma mais interessante que a outra. No meu caso, estava em dúvida entre Canadá, EUA, Reino Unido e Austrália (mas para estudar inglês ainda existem as opções de Nova Zelândia, Irlanda e África do Sul)!

Os países mais populares para estudar Inglês!

Mas analisando melhor cada país, achei que o Reino Unido (de forma geral) seria a melhor opção. E agora.. em qual país? Inglaterra ou Escócia?? Eu já tinha visitado os dois! Então já tinha uma idéia de como seria e o que seria mais interessante para mim! Minha mãe sugeriu Londres, e nem preciso listar razões e/ou pontos positivos para saber que Londres seria talvez a melhor opção! Mas eu tinha gostado bastante de Edimburgo e queria conhecer um pouco mais da Escócia também! Olhei outras opções além de Londres e Edimburgo, como Oxford, Manchester, Liverpool e Belfast. Mas acabei escolhendo Edimburgo mesmo!!

→ A Segunda Etapa – Agência de Intercâmbio

Escolher a Agência de Intercambio também não é uma tarefa fácil, mas uma das partes mais importantes, pois são justamente eles que vão auxiliar na papelada tanto com o visto, quanto com a escola. E nessa hora não dá pra pensar em economizar e querer fazer tudo por conta, pois qualquer detalhe que seja esquecido, significa tempo e dinheiro perdidos!

Site da Belta

Pesquisando na internet, descobri que a Belta, Brazilian Educational & Language Travel Association, é uma instituição que reúne as principais Agências, tanto para cursos de idiomas (ou outros cursos), estágios e intercâmbios no exterior.

Escolhendo o Tipo de Curso

Escolhendo o Idioma

O site deles auxilia bastante. É só selecionar o “Tipo de Curso” e o “Idioma”, no lado esquerdo da tela, que logo aparecem vááárias opções de Agências de Intercambio! Se o “Tipo de Curso” for Idiomas e o “Idioma” for Inglês, como no meu caso, o resultado são mais de 50 agências!

As Agências de Intercâmbio que foram encontradas..

Com as agências selecionadas, entrei em todos os sites e vi as que ofereciam cursos de inglês em Edimburgo, e pra minha surpresa eram pouquíssimas, apenas 3 ou 4!

Escolhi a CI – Central de Intercâmbio

Então, acabei optando pela  CI – Central de Intercâmbio, que as agências de viagem da minha cidade tinham parceria!

→ A Terceira Etapa – Escolher a Escola de Inglês

As opções de escolas de Inglês oferecidas pela CI (ou qualquer outra Agência de Intercâmbio) para Edimburgo eram poucas também, como eu já esperava, mas pelo menos eu tinha alguma opção!

Comecei a pesquisar sobre as Escolas, como localização, os tipos de cursos de inglês oferecidos, os tipos de aulas, horários, se havia histórico de muitos brasileiros e por ai vai..

Basil Paterson, escola local, que só tem em Edimburgo!

As duas opções que a CI ofereciam eram: Basil Paterson e Kaplan International Colleges.

Escolhi a Kaplan, por ter encontrado mais informações online!

Uma, a Basil Paterson, é uma escola local, que só exise em Edimburgo. Já a outra,  a Kaplan International Colleges, tem escolas em vários países, como Austrália, Canadá, Reino Unido, EUA, Irlanda e Nova Zelândia!

Quanto aos tipos de aula, basicamente são iguais, horários também (talvez a Basil tenha até mais opções), a localização era na mesma rua, o histórico de brasileiros era baixo, e assim acabei escolhendo a Kaplan, já que achei mais informações online!

Obs.: geralmente (pelo menos todas as Agências de Intercâmbio que eu pesquisei) as Agências de Intercâmbio listadas no site da Belta trabalham com escolas de inglês que são credenciadas no British Council (ou versão brasileira do British Council), que são eles que reunem e regulamentam essa parte do sistema de ensino no Reino Unido. É bom sempre conferir se a escola de inglês faz parte, pois isso pode implicar na negação do visto, caso o visto seja aquele que “ganhamos” no Aeroporto de Heathrow, em Londres!

→ A Quarta Etapa – Entrar em contato com a Agência de Intercâmbio

Agora começa uma das partes mais demoradas e que exige um pouco de disciplina e organização. A Agência encaminha via e-mail um formulário que deve ser preenchido com tudo o que lhe interessa (somente o curso ou curso mais acomodação, seja em casa de família ou residencia estudantil – mas isso vai ser tema para outro post). É também enviado os valores e formas de pagamento. Ai é só escolher, preencher e selecionar a forma de pagamento, e pronto!

→ A Quinta Etapa – A melhor de todas – Recebimento da Visa Letter e Compra das Passagens!

Depois de umas 3 ou 4 semanas, a Agência encaminha a Carta original de aceitação da Escola de Inglês, que é chamada de Visa Letter. Somente depois de receber essa carta é possível viajar, seja se o visto escolhido for Visto de Estudante Visitante ou Visto de Estudante Superior a 6 meses (aqueeeele que temos que retirar ainda no Brasil), pois é essa carta que será entregue ao Agente do UK Border, quando chegamos no Aeroporto de Heathrow, em Londres (os demais documentos, o Agente do UK Border vai pedindo, conforme ele achar necessário, mas certamente ele vai pedir tudo e mais um pouco!! hehehe)

Sem esquecer de separar a papelada pra levar junto, tanto os documentos necessários (os obrigatórios), e tudo o que achar que possa ajudar a provar que vc não tem intenção de permanecer no Reino Unido quando o visto expirar, é bom levar, só por precaução!!

E agora vem a melhor parte, comprar as passagens (de ida e volta, é claro)…

Obs.: repetindo, a parte da acomodação vem em outro post, pq esse daqui já tá gigaaante!

Bruna Bartolamei
Siga-me

Bruna Bartolamei

Catarinense, mas já morou em Curitiba (8 anos) e em Edimburgo, a capital da Escócia (quase 2 anos). Criou o blog pra contar um pouco mais sobre como foi o seu intercâmbio na terra dos Kilts e das Gaitas de Fole, e também, sobre suas viagens pelo mundo.
Bruna Bartolamei
Siga-me
Postado em Intercâmbio, Intercâmbio na Escócia
Booking.com
  1. carolina waltrick 21/02/2013 | 17:37

    Parabéns pelo blog! Ver suas aventuras e viagens me fez querer ainda mais conhecer o mundo, vou fazer minha primeira viagem ao exterior esse ano e acho que isso só vai aumentar minha vontade de passar um tempo morando fora do país. Só tenho 16 anos, mas mil sonhos. Espero daqui a um tempo ter tantas historias quanto você hahahaha.

    Parabéns de novo, beijos
    Carolina

    • Bruna 23/02/2013 | 20:26

      Oi Carolina,

      Legal!! Eu tbm comecei a viajar quando tinha quase a tua idade. Certamente uma viagem ao exterior ajuda e muito a aumentar as nossas vontades de ter uma experiência fora ou até mesmo se mudar de vez!

      Obrigada pela visita aqui no blog!

Deixe o seu comentário...