22.11
2010

Roteiro: Amsterdam, Holanda

Esse final de semana que passou eu fui pra Amsterdam. Como meus pais e meu irmão foram em setembro, naquele final de semana antes de começar minhas aulas de inglês aqui em Edimburgo, eu não pude ir. Eles falaram tão bem da cidade e do país, que eu resolvi ir também.

Então pesquisando os preços das passagens pela internet, acabei comprando o meu ticket com a cia aérea de baixo custo Easyjet. São dois voos diários direto entre Edimburgo e Amsterdam, um de manhã e um mais pro final do dia. Comprei o meu para o final da tarde. Com o fato de em Amsterdam ser uma hora mais com relação ao Reino Unido, cheguei lá já passavam das 21 horas.

Schiphol é o principal aeroporto do país (IATA: AMS) e fica a 14 km do centro da cidade. Saindo da area de desembarque, dobrando a direita, logo já vemos um Burger King e bem em frente estão as máquinas para comprar ticket e um pouco mais a frente tem o balcão com as atendentes também.

Eu comprei o meu ticket nas máquinas e foi muito fácil de usar. É só selecionar o idioma, escolher o destino, o tipo de classe (primera classe ou segunda classe), sem dia especifico para uso e ainda dá pra escolher com desconto de 40%, no caso de ser estudante, idoso ou crianças. Depois de tudo selecionado, é só colocar o cartão de crédito ou as moedas (dinheiro em nota não são aceitos) e pronto, o ticket sai na hora.

Ali perto das máquinas tem uma painel enoooorme com todos os horários dos próximos trens, é só cuidar qual será o horário mais próximo para a estação Amsterdam Centraal e ir para a plataforma. A estação de trem do aeroporto fica no subsolo do aeroporto, tem que descer as escadas rolantes.

Esses trens que ligam o aeroporto até o centro da cidade partem a cada 10 ou 15 minutos e o trajeto também é bem curtinho, em 15 minutos estamos na Estação Central de Amsterdam.

O meu roteiro pra esse final de semana ficou assim:

– sexta-feira: cheguei em Amsterdam a noite e fui direto pro hotel;

– sábado: levantei cedíssimo e fui direto para a Museumplein, praça onde ficam os principais museus da cidade e o famoso letreiro IAmsterdam. O primeiro museu que fui foi o Rijksmuseum e depois segui para o Museu do Van Gogh. Uma pausa para ver o movimento na praça e bater umas fotos com o letreiro e segui para o Heineken Experience. Ainda tive tempo de dar uma voltinha pela região da Dam Square. De dia passei pelos museus tradicionais e a noite fui nos museus “típicos” de Amsterdam, como o da Cannabis e do Sexo. Ainda fui no Museu da Vodka e no Red Light District. Não se apavore, eu não fiz nada correndo, esses ultimos museus ficam aberto até as 23:00, então deu pra fazer tudo tranquilamente;

– domingo: caminhei nas margens dos canais e fui para a Dam Square, visitei a loja de departamento mais famosa do país, a Bijenkorf e ainda tive tempo de ir numas lojinhas comprar umas lembrancinhas, antes de ir para o aeroporto.

Ah, uma das coisas que achei legal, é que no Aeroporto de Schipol tem internet wi-fi gratuita por 30 minutos, com possibilidade de usar mais 30 minutos se precisar. 

* Precisando de hospedagem na Holanda? Para iniciar as pesquisas no site do Booking, é só clicar aqui. *

Posts relacionados:

Todos os posts sobre Amsterdã

Todos os posts sobre Delft

Todos os posts sobre Keukenhof

Todos os posts sobre Zaanse Schans

Siga o Blog Contando as Horas nas redes sociais:

no Instagram: @brunabartolamei

e curta nossa fanpage no Facebook: facebook.com/ContandoAsHoras

Bruna Bartolamei
Siga-me

Bruna Bartolamei

Catarinense, mas já morou em Curitiba (8 anos) e em Edimburgo, a capital da Escócia (quase 2 anos). Criou o blog pra contar um pouco mais sobre como foi o seu intercâmbio na terra dos Kilts e das Gaitas de Fole, e também, sobre suas viagens pelo mundo.
Bruna Bartolamei
Siga-me
Postado em Amsterdã, Holanda
Booking.com
  1. Elisa 18/10/2015 | 11:17

    Oi, Bruna.
    Amei os posts de Amsterdã. Ficarei lá 2 dias e 1 em Haia. Se vc quiser eu te falo o a achei de Haia por aqui.
    Gostaria de saber quando vc publicará outros posta de Berlim. Ansiosa!
    Bjs é muito obrigada.

    • Contando as Horas 18/10/2015 | 18:37

      Oi, Elisa

      Legal!! Você vai adoooorar a Holanda! Tenho certeza!! Pode falar sim, toda informação é sempre bem-vinda, ainda mais que quero conhecer Haia. =DD

      A próxima parte dos posts sobre Berlim (a penúltima) vai ao ar essa semana. A partir de terça ou quarta, não lembro. Depois a ultima parte só lá pelo final de novembro. E ainda tem os posts sobre Potsdam e Schwerin, que quero publicar esse ano ainda. To mesclando um pouco os destinos, senão eu só ia ficar falando de Alemanha hehe

  2. Igor Nascimento 08/12/2015 | 13:19

    Olá, Bruna!
    Achei o seu post incrível. Me tirou muitas dúvidas. Estou indo para Dublin na semana que vem e vôo o terá uma longa conexão no aeroporto de Amsterdam. Você teve algum problema com o metrô relativo a horários ou algo assim? Tenho receio pelo horário do vôo.

    • Contando as Horas 10/12/2015 | 22:22

      Oi, Igor

      Obrigada! Fico feliz que tenha gostado do blog! =D

      Vc diz com relação só trem que vai do aeroporto ao centro? Não tem problema algum, eles passam diversas vezes por hora. Nem bem saiu um, logo já chega outro. Mas claro que é sempre bom chegar com um bom tempo no aeroporto, pelos menos umas 2 horas antes.

  3. Inês Pereira 04/08/2017 | 21:58

    Oá amei amei o blog :) gostaria de saber se nessas máquinas da para tirar passe de uma semana porque irei ficar uma semana e prefiro comprar passe já que o meu hotel não fica muito perto da cidade. Irei de 17 de dezembro a 1 janeiro por isso seria para 5 dias , como faço ? :) beijos enormes de portugal

    • Contando as Horas 07/08/2017 | 16:42

      Oi, Inês

      Não comprei o passe, apenas tickets avulsos. Mas acredito que tenha essa opçao nas maq sim (eu nao lembro mais, ja faz tempo que fiz essa viagem).

      Obrigada pela visita aqui no blog!

Deixe o seu comentário...