17.10
2011

Finalmente.. Montmartre (e um pouco de Amélie Poulain)!!!

Depois do tour pelo Eixo Histórico, ainda tive tempo de visitar o bairro de Montmartre… Finalmente!!! A primeira vez que fui a Paris, ainda em 2005, as informações online eram pouquíssimas e praticamente nenhum site oficial dos principais monumentos existiam, então, não arriscamos e ficamos somente no centrão de Paris.

Basílica do Sacré-Coeur

Mas hoje em dia, o número de sites e blogs com todos os tipos de informações são muuuitos e se dúvidar, as vezes, é possível conhecer bem um lugar sem nem mesmo ter saido de casa. Dessa vez eu deixei o “medo” de lado e fui… Na verdade, já tinha ido na noite anterior, quando fui ver um show no Moulin Rouge. Mas não tive tempo de explorar bem a região. 

Saindo do metro, entrando por uma ruazinha, já dá pra ver a Basílica de longe!

Voltando do bairro de La Défense, parei na estação de metro Charles de Gaulle Étoile (estação que serve o Arco do Triunfo) e lá peguei a linha 2, cor azul escuro e fui até a estação Anvers, que já sai de frente pra Basílica do Sacré-Coeur.

Basílica do Sacré-Coeur

Para chegar lá no topo, as opções são duas: pegar o bondinho ou subir a pé pelas escadarias (que vão contornando os jardins da Basílica).

Nem preciso dizer que tanto o metro, como o bondinho, as ruas de Montmartre e as escadarias da Basílica estavam lo-ta-das!

Dá pra escolher, subir de escada ou de bondinho

O bairro de Montmartre fica relativamente afastado do centro da cidade de Paris e faz parte do 18º arrondissement e é considerado o bairro boêmio da cidade!! Por volta de 1860, vários artistas e intelectuais circulavam pela região, como Monet, Van Gogh, Renoir, Cézanne.. e essa “fama” continua até hoje, pois o bairro é lotado de restaurantes, bares e casas de shows.

Basílica do Sacré-Coeur vista dos “fundos”

Mas o que mais atrai turistas (e eu também, lógico!!), sem dúvida, é a Basílica do Sacré- Coeur. Imponente, ela fica no alto de uma colina e seu formato com as 4 cúpulas brancas chamam a atenção de várias partes da cidade!! E ver ela de pertinho, vale muito a pena e por vários motivos:

– ela foi toda construída em mármore travertino, e é por isso que a Basílica é toda branquinha;

– tem um mosaíco enoooorme no ápice, chamado Cristo em Majestade, e é considerado um dos maiores do mundo;

Paris, lá do alto!

– do topo de uma das cúpulas se tem uma das melhores vistas da cidade de Paris;

– as ruelas ao redor da Basílica são super bonitinhas!

O bairro também ficou bastante em evidencia depois que foi gravado o filme Amélie Poulain lá.

Café des 2 Moulins

E como eu tinha tempo sobrando até o horário de voltar pra casa, resolvi parar no Cafe des 2 Moulin, o bar onde Amélie trabalhava no Filme O Fabuloso Destino de Amélie Poulain.

O Café onde Amélie trabalhava

Além de ver o bar, o anão do pai de Amélie, pude sentir um pouco o clima do local, que assim como esperado, tava lotado de turistas.

Bruna Bartolamei
Siga-me

Bruna Bartolamei

Catarinense, mas já morou em Curitiba (8 anos) e em Edimburgo, a capital da Escócia (quase 2 anos). Criou o blog pra contar um pouco mais sobre como foi o seu intercâmbio na terra dos Kilts e das Gaitas de Fole, e também, sobre suas viagens pelo mundo.
Bruna Bartolamei
Siga-me
Postado em França, Paris
Booking.com
Deixe o seu comentário...