05.03
2012

Snowmobile e Tour de Rena na Lapônia

Para a minha viagem até a Lapônia ficar (quase) completa, nada mais conveniente do que criar coragem e me aventurar a ser puxada por uma rena!

Existem várias agências de turismo na Lapônia que oferecem pacotes dos mais variados tipos e com muitas opções de passeios. Pelo que eu percebi, um dos mais populares, sem duvida, é o tour das Renas seguido pelo tour de Huskies.

Elas são tããão quietinhas…

Antes de qualquer coisa, alguns pontos importantes:

– a reserva e pagamento podem ser feitos pelo site oficial de cada empresa (os países nórdicos não perdem em nada pro UK quando o assunto é facilidade); 

– se a reserva foi feita por email, como foi o meu caso (eu ainda não estava totalmente convencida de que iria ter coragem de fazer um tour desses), o pagamento deve ser feito em dinheiro ou cartão de crédito antes do tour começar;

– no momento da reserva, podemos escolher se a empresa passa nos pegar no hotel ou se nos vamos até o escritório da empresa (como estamos em Rovaniemi e não em Nova York, uma caminhadinha na neve foi até bem-vinda (ou seria: bem divertida?), e acabei optando por ir até lá). É bom chegar com uns 30 minutos de antecedência;

– depois de fazer o pagamento, fui encaminhada para uma sala que mais parecia um guarda roupa gigaaaante, com todos os tamanhos imagináveis de macacões, botas, luvas, toucas, cachecóis e capacetes existentes nesse mundo!!

– vi qual o tamanho que era mais apropriado pra mim, mas não quis trocar de roupa lá não. Como não haviam armários com chaves para deixar minhas coisas (roupas, bolsa com documentos e meu passaporte), optei por levar as roupas pro frio dentro de uma sacola e somente quando chegamos para fazer o tour, coloquei o macacão por cima de tudo;

– o tempo todo estavamos acompanhados de um guia, ou no caso do grupo em que eu estava, de dois guias, pois haviam 3 crianças nesse tour.

Dito isso, agora sim…

Basicamente esse safári vai um pouco mais além do que um simples passeio de Rena, junto nesse pacote que escolhi está incluido também andar de Snowmobile. Então, como haviam crianças nesse tour, seguimos com uma van até uma área enooorme ao ar livre onde estavam alguns snowmobiles.

Lá tivemos uma aulinha rápida de como manusear o snowmobile e algumas regras de segurança também.

O guia assustou tanto, dizendo que deveriamos ter o maior cuidado com os snowmobiles e blablabla, que cada parte custava não sei quantos mil euros, que a essa altura, eu já tava quase desistindo de tudo!! hehehehe

Agumas pessoas não se importaram de sair de lá dirigindo seus snowmobiles. No meu caso, eu preferi atravessar a rodovia num carrinho puxado pelos guias, e pegar o meu snowmobile somente do outro lado da estrada (na verdade, a essas alturas eu tava era morrendo de medo de encostar no tal snowmobile) .

Imagine uma derrapadinha na neve ou se simplesmente alguma coisa acontecesse errado, eu teria que ligar pra casa e… “Mãe, deposita uns 15 ou 20 mil euros na minha conta, pq acabei de destrui um snowmobile na Lapônia. Vc consegue fazer esse deposito ainda hoje?”

Mas delírios à parte, um dos guias era bem gente boa e me tranquilizou, repetiu todos os comandos de segurança comigo e só assim criei coragem…

Lá vem euuuuuuu

Graças a Deus nada aconteceu, e depois dos primeiros 5 minutos de pânico, o resto é como andar de bicicleta..  Bem tranquilo!

Por questão de segurança, o guia não permite que seja ultrapassada a velocidade de 40 km/h, e sempre andamos em filas, mantendo uns 2 metros de distância uns dos outros.

Quando chegamos na fazenda das Renas, eu já estava praticamente congelaaada, mesmo com toda aquela roupa especial pro frio, e isso que nem tava tããão frio assim, a temperatura estava por volta de -9 graus (o normal nessa época é fazer uns -30 graus)!

Trajes dos nativos da Lapônia, os Samis

Uma das coisas que eu mais gostei, é que tivemos uma degustação de umas bolachinhas tipicas e chá de cloudberry ao redor de uma fogueira, dentro de uma tendinha tradicional do povo Sami, bem bonitinha por sinal!

As histórias dos nativos da Lapônia são super interessantes, numa pequena “aula” de uns 30 minutos deu pra aprender muita coisa..

Como por exemplo, que eles tem um parlamento próprio, onde eles mesmos tomam suas próprias decisões, e assim conseguem manter bem forte sua cultura e idioma!

Mas a parte mais legal de todas, na minha opinião, foi ver uma cerimônia típica que explica a relação de respeito que eles tem com a natureza e o seu típico chapéu de quatro pontas.

A encenação

O tour das renas é bem rapidinho. Na verdade o que demora um pouco mais são as instruções de como “dirigir” a Rena, que tem todo um esquema com umas cordinhas, e nem preciso dizer que isso acabou com os meus planos de bater algumas fotos… ou eu segurava a camera ou as cordinhas, não teve jeito!!

Não dá pra chegar muito perto, elas são quietinhas e muuuito atentas!

Um fato curioso e que chama atenção, é que algumas Renas estão sem um par dos seus chifres. Isso acontece todos os anos, no periodo de inverno, elas perdem seus chifres espontaneamente!

Então não se espante ao ver uns chifres de enfeites por ai, ou alguns até são usados como maçaneta (na ultima foto desse post)!

E pra terminar mesmo a visita, essa familia que é dona dessa fazenda de Renas, nos mostra um videozinho (no maior estilo National Geographic) sobre toda a região da Lapônia, o clima frio, as paisagens cobertas de neve, o cuidado com as renas e pq não, até o Papai Noel faz uma aparição!

Ahhh, mais algumas considerações importantes:

– existem várias empresas (mas não são muuuuitas) e com exceção do tour de renas que acontecem todos os dias, todos os outros tours acontecem apenas 2 ou 3 vezes por semana.

– dependendo dos tours e da empresa escolhida, a viagem deve ser totalmente montada baseada nessas informações;

– em cada tour podem se inscrever entre 10 a 15 pessoas. Na época de Natal, é grande o número de familias inteiras fazendo os passeios, o que significa que alguns podem se esgotar rapidamente. O aconselhavel é reservar tudo, com pelos menos, 1 mês de antecedência.

Ah, e no final, ainda recebemos uma licença internacional de motorista de rena!

Para ver todos os outros posts sobre a Lapônia, é só clicar aqui.

Bruna Bartolamei
Siga-me

Bruna Bartolamei

Catarinense, mas já morou em Curitiba (8 anos) e em Edimburgo, a capital da Escócia (quase 2 anos). Criou o blog pra contar um pouco mais sobre como foi o seu intercâmbio na terra dos Kilts e das Gaitas de Fole, e também, sobre suas viagens pelo mundo.
Bruna Bartolamei
Siga-me
Postado em Finlândia, Lapônia - , , ,
Compartilhe
Deixe um Comentário
17 comentários em "Snowmobile e Tour de Rena na Lapônia"
  1. […] as horas, por Bruna Bartolamei: Snowmobile e Tour de Rena na Lapônia. Foram quase 2 anos de Europa. Uma das viagens mais esperadas durante esse tempo em que fiz […]

  2. Letícia   02/10/13 • 02h55

    Oii Bruna, eu estou indo para a Laponia agora e sue site tem me ajudado bastante! Obrigada !! Você lembra qual foi a empresa que você fez esse passeio? Não estou achando empresas pela internet para pesquisar sobre os passeios.. Obrigada pela ajuda ! Beijoos

  3. Glauce   10/10/13 • 14h51

    Oi Bruna vou passar o Natal na Laponia e felizmente existe o seu site que é rico em detalhes e informaçoes, porque não se acha muitas informaçoes para turismo lá.
    Gostaria de fazer os passeios que estao descritos no seu site, mas nao sei como, voce pode me dar uma mãozinha enviando o nome do passeio e das agencias que voce fez? Desculpe por tal pedido, mas gostaria de já fazer a reserva devido a época que vou.
    Grata por tudo.
    Glauce

    • Contando as Horas   11/10/13 • 13h43

      Oi, Glauce

      Ahhh, que legal!! Eu não consegui passar o Natal lá, mas fui umas duas semanas antes.

      Como eu respondi agora pra Leticia, existe esse site do Visit Rovaniemi, que foi onde pesquisei. Entrei uma por uma das empresas listadas ali e fui vendo os tours e as datas oferecidas.

      A empresa que mais se encaixou no que eu procurava e nas datas também, foi a Safartica. O tour que fiz foi o “Snowmobiling in pursuit of reindeer”, que vc acha clicando em “Winter” lá no topo, e depois em “Weekly program” no lado esquerdo.

  4. Matheus Dantas   11/10/13 • 20h54

    Bruna, muito bom seu site. Irei fazer intercâmbio em Londres no mês de março e estava procurando em passar um final de semana em uma estação de esqui, neste mês é possível? Pesquisei, pesquisei e descobri que as mais próximas e mais em conta estão na Escócia, voce tem alguma informação de alguma em que possa me ajudar como chegar de Londres ate ela? Obrigado. E se possivel caso responda meu comentario em informe por e-mail.

  5. Glauce   18/10/13 • 08h53

    Oi Bruna vc realmente me ajudou muito. Obrigada por tudo. Agradeço sua atenção. Bjs Glauce

  6. Daniela   30/10/13 • 16h15

    Oi! Estou adorando seu blog!!! Sendo a Lapônia, um destino pouco divulgado, existem poucas informações a respeito e o seu blog tem ajudado nas escolhas dos passeios e também estou adorando as dicas! Irei para a Lapônia em dezembro/2013, mas, estou apavorada devido ao frio.
    Gostaria se fosse possível que me enviasse algumas dicas, do que usar, sua experiência com roupas térmicas e impermeáveis. Realmente funcionam? E o que posso levar? Obrigada!!!

    • Contando as Horas   30/10/13 • 16h48

      Oi, Daniela

      Obrigada!! Também passei por esse mesmo sufoco pra encontar infos sobre a Lapônia. =DD

      Realmente é beeem frio lá, com neve muito frequente, obviamente.

      É importantíssimo levar roupas impermeáveis, pois quase sempre vai estar nevando. Casacos de lã e tecidos similares não adiantam nada na neve, pq molham muito fácil.

      Eu procurei me vestir em camadas, então..
      – usava calça jeans dessas com strech (que facilita bastante o movimento), eu particularmente não gosto de usar duas calças, fico meio aflita, mas se vc sente muito frio, aconselho a usar mais uma calça ou meia calça dessas de fio 40 ou de lã mesmo.
      – colocava uma dessas camisetas de manga comprida da hering (basicona) mais comprida, pra poder prender nas calças, ai usava uma blusa dessas tipo fleece e mais uma blusa de pura lã e o casaco impermeavel. Usei dois cachecóis todos os dias, pq venta muito por lá. E ainda quando estava em Helsinki, conversei com uma mulher e ela me aconselhou a comprar esses chapeuzinho/toca, que tem uma aba tipo de boné pra proteger os olhos da neve. Eu achei que ajudou bastante, pq tá sempre caindo uma neve beeeem fininha e elas ficam pendurada nos cilios. Luvas também é importante levar, pq os dedos literalmente congelam.
      – se vc não tem botas ou tenis propicios pra neve, aconselho vc a comprar uma bota da hunter, é uma das melhores marcas que tem no mercado e o preço não é uma fortuna. Facilmente vc encontra em qualquer lugar la na Finlândia.

      Ah, e não esquece de levar hidratante pras mãos e pro rosto e lip balm, vc vai usar muuuito. A gente acaba ficando com a pele bem ressecada.

  7. Danielle Diniz   21/05/15 • 11h51

    Bruna, muito legal suas histórias!! Meu noivo e eu vamos passar uma parte da lua de mel na lapônia e gostaria de saber se temos que comprar botas especiais para beve ou se lá podemos alugar. O que vc acha?

    • Contando as Horas   21/05/15 • 23h57

      Oi, Danielle

      Vc pode comprar (principalmente se vc gosta desse tipo de destino de frio, com neve e tal) ou alugar (caso não seja muito chegada nesse tipo de coisa, e vá usar uma vez na vida mais ou menos hehe).
      Eu não sei onde vc pode alugar, pq comprei a minha Hunter e andei o tempo todo com ela.

  8. Deborah   24/07/15 • 15h56

    Olá Bruna. Parabéns pelo blog. Vou para a Laponia agora em setembro. Gostaria de saber se é uma boa época para ver Aurora Boreal e para a tour de renas. Gostaria tb de passar uma noite num iglu, você conhece alguma empresa que proporcione este tipo de passeio? Obrigada

    • Contando as Horas   30/07/15 • 21h19

      Oi, Deborah

      O tour de renas eu acho que não existe sem ser na época de inverno, mas não posso afirmar isso, teria que pesquisar melhor, Já sobre a aurora boreal, as condiçoes do tempo devem ser boas com céu limpo, mas geralmente a melhor época pra isso é durante o inverno na Europa.

      Pessoalmente eu não conheço nenhuma empresa, mas no site de Rovaniemi tem uma lista com diversas empresas, ai vc pode entrar em uma por uma e ver os passeios que elas ofercem pra essa época. O site é http://www.visitrovaniemi.fi

Blog Membro RBBV
Contando as Horas
Saudade do Caribe!
.
Existe uma ilha no Caribe dividida por dois países: St Martin (pertence à França) e St Maarten (pertence a Holanda).
.
A melhor época para visitar essas ilhas é agora, de novembro a maio, periodo que as chuvas são muito raras.
.
No lado francês ainda existem outras duas pequenas ilhas: Tintamarre e a Pinel (foto).
.
Tintamarre não tem estrutura, Pinel tem beach clubs e barraquinhas que alugam caiaque, sup, entre outros.
.
📍Pinel Island, St Martin 🇫🇷
.
#iletpinel #pinelisland #stmartin #caribe #caribbean #igcaribbean #marcaribe #amoviajar #feriasnocaribe #beachlife #praia #mar #sup #sourbbv #mulheresviajantes #travelgirl #feriaschegando #ferias #picoftheday #viajarépreciso #revistaviajar #missaovt #qualviagem #revistaviajemais #viagemeturismo #meusroteirosdeviagem #essemundoenosso #visitfrance #gopro #goprobrasil
O verão começa oficialmente na próxima semana e só consigo lembrar da viagem que fiz no inicio do ano ao Nordeste.
.
Esse ano, depois de muito tempo, consegui tomar um banho de mar na praia Baia dos Golfinhos, famosa pelos passeios de barco para ver golfinhos e por suas falésias.
.
A praia não tem estrutura de bares e lojas, mas existem ambulantes vendendo comidas e bebidas. Além disso, existem pessoas que também alugam cadeira, guarda-sol e pranchas de sup.
.
Essa parte da praia (foto) próxima a divisa com a Praia do Madeiro é vazia e tranquila.
.
📍Baia dos Golfinhos, RN, Brasil.
.
#baiadosgolfinhos #golfinhos #pipa #praiadapipa #rn #riograndedonorte #nordeste #litoralsulrn #amoviajar #missaovt #travelgirl #americadosul #essemundoenosso #meusroteirosdeviagem #mtur #viajemais #cahnonordeste #viajepelobrasil #sourbbv #blogdeviagem #travel #travelphotography #viajandosozinha #nordestebrasileiro #nordestegram #piparn #ilovetravel #viagemeturismo #mulheresviajantes #visitbrazil
Uma foto dificil de conseguir: só eu e a Torre de Belém (mas isso durou só 5 segundos 😂😅).
.
📍Lisboa, Portugal 🇵🇹
.
#lisboa #lisbon #lisboaportugal #lisbonportugal #portugal #portugal2018 #eurotrip2018 #eurotrip #europa #turismodeportugal #visitportugal #travelgirl #viajemais #missãovt #essemundoenosso #igportugal #viajar #mulheresviajantes #brasileirosemportugal #instaviagem #viagemeturismo #agenciadeviagem #travelphotography #cahemportugal #lisboalovers #lisboacool #visitlisboa #meusroteirosdeviagem #sourbbv #revistaqualviagem
Existe uma parte da Patagonia Argentina pouco explorada, Cabo San Pablo, localizado na costa do oceano Atlantico.
.
Ao contrário de montanhas, aqui vemos campos planos, tambem nao vemos pinguins, mas conseguimos ver guanacos por todos os lados (como esses curiosos ai na foto 😍😍), mas pra quem gosta de trilhas, é uma ótima opção. As duas maiores atrações do passeio: o Farol do Cabo San Pablo e o Navio Desdémona.
.
Esse passeio dura o dia todo e eu fiz com a empresa @tierraturismo . No blog tem o relato completo, inclusive com horarios e valores.
.
📍Ushuaia, Argentina 🇦🇷
.
#ushuaia #ushuaiafindelmundo #fimdomundo #findelmundo #tierradelfuego #landoffire #patagonia #patagoniaargentina #argentina #americadosul #southamerica #amoviajar #missãovt #travelblogger #essemundoenosso #blogdeviagem #meusroteirosdeviagem #viagens #sourbbv #cabosanoablo #oceanoatlantico #desdemona #lovetravel #travelgirl #tierraturismo #viajante #viajar #travel #mulheresviajantes #amoviajar
Vamos comigo para a Rússia em 2019?
.
Um dos mais novos produtos da minha Agencia de Viagens: um roteiro que inclui Helsinki (Finlândia), São Petersburgo e Moscou (Rússia).
.
Essa viagem será em setembro de 2019. Grupos pequenos e com duas guias russas que falam português do Brasil. Garantia de muitas historias interessantes!
.
Quem tiver interesse ou souber de alguém que quer conhecer a Rússia, pode enviar um email para: brunab@contandoashoras.com Em breve envio todas as informações.
.
O roteiro foi todo elaborado por mim, com caminhadas, uso de transporte publico, deslocamentos de trem e em algumas ocasiões, transfer. Exatamente da maneira como eu costumo viajar!
.
🌏Moscou, Rússia 🇷🇺
.
#moscou #moscow #mockba #russia #missãovt #instaviagem #agenciadeviagem #agenciadeviagens #meusroteirosdeviagem #essemundoenosso #revistaviajar #blogdeviagem #cahnarússia #amoviajar #eurotrip #picoftheday #travelgirl #viajar #visitrussia #viajandosozinha #viajarmais #viagemeturismo #russia2018 #russia2019 #fall #autumn #mulheresviajantes #travel #instarussia #sourbbv
Por do sol de hoje do alto do Arco da Rua Augusta, em Lisboa. 😍😍
.
🌍 Lisboa, Portugal 🇵🇹
.
#arcodaruaaugusta #lisboa #lisbon #lisboaportugal #lisbonportugal #portugal #portugal2018 #eurotrip2018 #eurotrip #europa #turismodeportugal #visitportugal #travelgirl #viajemais #missãovt #essemundoenosso #igportugal #viajar #mulheresviajantes #brasileirosemportugal #instaviagem #viagemeturismo #agenciadeviagem #travelphotography #cahemportugal #lisboalovers #lisboacool #sourbbv #revistaqualviagem
Contando as Horas