21.03
2012

Um dia em York

Uma das maneiras mais fáceis de conhecer algumas cidades do norte da Inglaterra é partir de Edimburgo. E a escolhida da vez foi York, a capital do condado de Norte Yorkshire e uma das cidades mais antigas da Inglaterra.

Chegando na estação de trem de York

York tem muita história pra contar, a cidade foi fundada há muuuuito tempo, no ano de 71 a.C e chegou a ser capital do Império Romano por alguns anos. Além de ser uma cidade histórica, com mais de 2 mil anos, muitas coisas ainda estão bem preservadas por lá.

Partindo de Edimburgo até York, uma das melhores maneiras é pegar um trem. Nos fomos com a empresa East Coast que faz o trajeto de forma direta com duração de um pouco mais de 2 horas.

As principais atrações de York ficam dentro das suas muralhas, muito bem conservadas por sinal, uma das melhores heranças deixadas pelos Romanos.

Centrinho de York

Nossa visita começou pelo Micklegate Bar, considerado o mais importante portão de acesso a cidade para quem chegava de Londres e de todo o sul da Inglaterra, inclusive era por onde acontecia a entrada dos Monarcas Britânicos naquela época. Nesse portão também fica um museu, que mostra um pouco da sua própria história, que além de servir como porta de entrada a cidade, foi por alguns anos residencia para muitas familias.

Em um dos seus dois andares, mostra também um pouco da importância das muralhas pra que a cidade tenha conseguido se proteger de invasões, se desenvolver e crescer! Além disso, um dos principais destaques deste museu são os acontecimentos marcantes da cidade ao longo dos séculos, como por exemplo, quando os traidores eram executados suas cabeças eram penduradas nesse portão, para que todos pudessem ver.

Das várias batalhas que aconteceram na região, uma das mais importantes foi a Guerra das Duas Rosas, entre as casas de York e Lancaster, que teve duração de 30 anos, e foi uma das mais longas batalhas travadas entre essas duas dinastias na Inglaterra. Assim, no museu, tem uma montagem mostrando a cabeça decepada de Richard, o Duque de York, que naquela época foi pendurada como troféu nesse portão.

Sem duvida um dos principais atrativos da cidade, junto com a Catedral de York Minster, é a sua muralha medievel. O acesso a muralha, além de ser gratuito, pode ser feito por qualquer um dos seus quatro portões que estão em toda a sua extensão, ou melhor, na boa parte da extensão que permanece até hoje. E é justamente da muralha que se consegue as melhores fotos de quase toda a cidade e da Catedral de York Minster.

Acabamos saindo perto de uma ponte, a Lendal Bridge, de onde saem a cada 1 hora e 30 minutos os tours de barcos pelos rio Ouse. O tour não é muito longo não, dura menos de 45 minutos e o barco percorre boa parte do Rio Ouse, e da pra ter uma boa ideia de como é a cidade por outro ângulo.

Catedral de York vista do barco

Antigamente, o rio era muito utilizado, tendo se tornado um dos mais importantes do norte da Inglaterra, pois era através dele que era feito o transporte das riquezas e do comércio dessa região.

No final do passeio de barco, começou a chover franquinho, então resolvemos seguir para a Catedral de York Minster, considerada uma das maiores catedrais gótica do mundo!

Detalhes no teto

Famosa por seus vitrais, que chegam a 128 no total, o principal destaque fica por conta da rosácea chamada de Rose Window, que na época, por volta do ano de 1500, foi construida para comemorar a união das casas reais de York e Lancaster.

Detalhes perfeitos!

E por apenas 5,00 libras, tivemos acesso aos 275 degraus que nos levaram até o topo da Catedral. A escada é beeem estreita, mas vale o sacrificio, ver York por alguns minutos, antes da chuva desabar novamente, foi um dos pontos altos do dia.

Placas indicando a localização das principais atrações turisticas

E como ainda estava chovendo, fizemos uma parada pra um lanchinho rápido numa das sete casas de chás da Betty’s espalhadas pela cidade.

Agora vem o momento Harry Potter do dia… pra falar bem a verdade, eu nem sabia desse detalhe, mas ao colocar as fotos da viagem no Facebook, vááárias pessoas reconheceram a  Shambles Street e me disseram que ela aparecia em um dos filmes do Harry Potter.

Essa rua medieval estreitíssima e sinuosa fica entre a Catedral e a Torre Clifford. É considerada a rua mais antiga da Inglaterra e muitas coisas permanecem iguaizinhas como eram antigamente, como por exemplo, alguns edificios de madeira que foram construidos no estilo Tudor.

Souvenirs

E a ultima parada do dia foi no Castelo de York, ou melhor, no que restou dele. O que ainda podemos visitar é a Torre Clifford. Esse foi o primeiro castelo construído por William, o Consquistador em 1068. Foi construido totalmente de madeira, e alguns anos depois de pronto, houve um incendio no local, destruido praticamente tudo.

Essa torre era uma das estruturas mais importantes do Castelo, foi construida em uma posição extremamente importante, no encontro dos rios Ouse e Foss, e seriva para controlar e defender toda a cidade e o norte da Inglaterra.

Sem tempo pra mais nada, voltamos para a Estação de trem de York, e ficamos esperando nosso trem que voltava para Edimburgo as 18:20 da tarde!

Bruna Bartolamei
Siga-me

Bruna Bartolamei

Catarinense, mas já morou em Curitiba (8 anos) e em Edimburgo, a capital da Escócia (quase 2 anos). Criou o blog pra contar um pouco mais sobre como foi o seu intercâmbio na terra dos Kilts e das Gaitas de Fole, e também, sobre suas viagens pelo mundo.
Bruna Bartolamei
Siga-me
Postado em Inglaterra, York - ,
Compartilhe
Deixe um Comentário
16 comentários em "Um dia em York"
  1. Jorge   23/03/12 • 20h12

    Bruna, Como disse em uma outra publicação aqui no seu blog, em maio estarei em Edimburgo, gostei de suas sugestões para passeios saindo de Edimburgo. Não tinha pensado em conhecer as cidades do norte da Inglaterra porque sempre tive impressão de que as distancias seriam grandes, vendo aqui nessa sua publicação que são apenas 2 horas, ,me animei a conhecer mais a região. Existe mais alguma cidade interessante entre Edimburgo e York para eu conhecer? Posso parar, visitar uma outra cidade e depois seguir o trageto?

  2. Bruna   25/03/12 • 15h05

    Oi Jorge!!
    Existe sim, tem Newcastle por exemplo, super famosa junto com York, além de Durham, tem Leeds tbm (um pouquinho mais longe), Darlington, e por ai vai. Todas essas que citei tem alguma coisa de interessante pra visitar. Dai depende do teu interesse!
    Se vc comprar o trajeto direto entre Edimburgo – York, não tem como parar no meio do caminho, mas se vc comprar Edimburgo – cidade x, cidade x- até York, pode sim. Ou tem também o British Pass, um passe como os que vc utiliza no continente europeu e viaja durante 30 dias e pode parar algumas vezes, por exemplo.

  3. GEISLER   09/02/15 • 20h27

    Bruna, vocë chegou a visitar a Vila dos Vikings em York?
    Dois dias seriam suficientes para conhecer a cidade?
    obrigado abs

    • Contando as Horas   13/02/15 • 00h57

      Oi, Geisler

      Não visitei. Sim, dois dias é suficiente pra conhecer super bem toda a cidade.

      Obrigada pela visita aqui no blog!

  4. Roberto   18/03/15 • 14h09

    Neste seu post você não deixa especificado qual período do ano você foi (ou escreveu e deixei passar)…e teria alguma dicas de hotel bons aí, um que tenha ficado ou conhecido mediante relatos de amigos viajantes?

  5. Contando as Horas   19/03/15 • 01h34

    Oi, Roberto

    Fui durante o verão, era mês de agosto.
    Infelizmente nao tenho dicas de hoteis, nunca me hospedei em York. Mas vc pode dar uma olhada no site do Booking, que é parceiro aqui do blog!

  6. Simonne   17/07/15 • 15h10

    Oi Bruna, estarei viajando com meus pais e ficarei hospedada em Newcastle, gostaria de saber para um bate e volta qual dessas cidades (durhan, york, leeds etc) a estacao rodoviaria fica proxima do centro ?? possivel ir a pe

    • Contando as Horas   18/07/15 • 02h55

      Oi, Simonne

      Hum… Geralmente eu viajava de trem quando estava lá no UK, pouquíssimas vezes andei de ônibus. Mas assim, a maioria das rodoviárias ficam próximas das estações de trem ou as vezes até ficam no mesmo espaço. Mas não sei te dizer sobre as rodoviárias dessas cidades em específico.

  7. Cristiane   20/05/16 • 23h54

    Oi, vou a York em agosto, indo de passagem para Londres. Você sabe me dizer se há algum local onde posso deixar a bagagem guardada na estação de trem?

    • Contando as Horas   21/05/16 • 13h29

      Oi, Cristiane

      Deve existir um Left Luggage na estação de trem de York. Não lembro de ter visto, mas vc pode consultar aqui se existe e onde fica: http://www.nationalrail.co.uk/stations_destinations/default.aspx
      Onde pede “station name/code” digita York e vc consegue descobrir.

    • Dalva   11/02/17 • 19h34

      Oi Cristiane , vou passar em York em Julho, indo de Edimburgo para Londres,estou com a mesma preocupação de onde deixar as malas guardadas, olhei no Link que a Bruna passou,mas não achei. O que me diz? Tem onde deixar as bagagens por um dia?

      • Contando as Horas   12/02/17 • 21h35

        Oi, Dalva

        Infelizmente eu não lembro se tinha ou não, mas acredito que como é uma estação relativamente grandinha, deve ter, mas não posso te dar 100% de certeza.

  8. Suely Barreto   12/03/17 • 12h41

    Oi Bruna,parabéns,muito bom o seu Post.Gostaria de uma orientação, baseada em sua experiência.
    Estamos pensando em viajar para a Inglaterra e Escócia.Estamos na dúvida entre setembro ou outubro.Na sua opinião entre os dois,qual mês escolher?
    Estamos planejando ficar em Edimburg, teria outra cidade da Escócia que valeria visitar ? Faremos nossa viagem de trem.
    Obrigada.

    • Contando as Horas   12/03/17 • 18h30

      Oi, Suely

      Depende. Os dois meses são bons. Só não recomendo o iniciozinho de setembro, pq em Edimburgo é o final dos festivais de verão e os preços são asteonomicos. Setembro ainda tem um resquicio de verão na cidade, mas em outubro ja tem as cores do outono.

      Depois de Edimburgo, Glasgow e Inverness são as cidades mais visitadas. Depende muito do que vcs querem fazer. Existem muitos castelos, lagos, passeios, destilarias de whisky, entre outros. E tão depende muito do que vocês gostam de fazer.

  9. Mirelle   09/05/17 • 20h26

    Oi Bruna,
    Estava pretendendo ir de York para Edimburgo de ônibus. Você sabe me informar onde fica a estação de ônibus em Edimburgo?

    • Contando as Horas   09/05/17 • 20h33

      Oi, Mirelle

      Sim, fica na St Andrew Square, ao lado do Multrees Walk (uma região cheia de lojas bacanas). Uma vez uma leitora aqui do blog me deixou um comentário, que nunca tinha pensado dessa forma (e claro, não esqueci): é a unica rodoviária do mundo que fica ao lado de uma loja da Louis Vuitton. hahaha

      E é verdade!

      Obrigada pela visita aqui no blog!

Blog Membro RBBV
Contando as Horas
Chegando em Budapeste!🇭🇺 Esse é o Monte Gellért passando pela janelinha da minha cabine!
.
No ultimo verão europeu eu fiz um cruzeiro fluvial pelo rio Danúbio (segundo maior rio da Europa).
.
Meu cruzeiro começou na Romênia, passou pela Bulgária, Sérvia, Croácia e terminou na Hungria.
.
Foram 7 dias a bordo do navio River Duchess, da empresa @uniworldcruises ! Uma experiência sensacional (ainda quero repetir, fazendo uma das rotas que passam pelos mercadinhos de Natal)!!
.
🌏Budapeste, Hungria
.
#budapeste #budapest #hungria #hungary #cruzeirofluvial #rivercruise #riodanubio #danuberiver #uniworld #exploreuniworld #essemundoenosso #revistaadv #meusroteirosdeviagem #travelgirl #amoviajar #missaovt #eurotrip #europa #followyourdream #picoftheday #hotelinspectors #sourbbv #viajar #missãovt #revistaviajar #riverduchess #qualitours #rivercruising #summer #veraoeuropeu
Kremlin de Moscou 🇷🇺🇷🇺
.
Antigamente essa fortaleza servia de proteção para a cidade, mas hoje em dia é a sede do governo e residencia oficial do Presidente da Rússia.
.
Ele é formado por vários palácios, catedrais, museus, um jardim, as torres e a muralha.
.
Quem estiver em Moscou pode incluir uma visita ao Kremlin no roteiro.
.
É possível conhecer algumas atrações, como: o Palácio do Arsenal, local onde está o Museu do Arsenal e o Complexo das Catedrais (formado por 4 igrejas). Todas todos os demais edifícios podem ser fotografados apenas por fora.
.
⚠️O Kremlin não abre as quintas-feiras. Para visitar o Museu (700 rublos) e o Complexo das catedrais (800 rublos) o valor total é de 1500 rublos (95,00 reais).
.
🌏Moscou, Rússia
.
#praçavermelha #redsquare #redsquaremoscow #kremlin #kremlindemoscou #moscou #moscow #russia #copadomundo2018 #missãovt #sourbbv #instaviagem #meusroteirosdeviagem #essemundoenosso #revistaviajar #blogdeviagem #cahnarússia #amoviajar #eurotrip #travelgirl #viajarmais #viajar #eurotrip2018 #viajandosozinha #viajarmais #viagemeturismo #worldcup2018 #russiaworldcup2018 #russia2018 #brasilnacopa #visitrussia
Existem diversas formas de entrar na Praça Vermelha, em Moscou, mas sem duvida alguma, a mais bonita é atravessando o Portão da Ressurreição, localizado literalmente entre a Prefeitura de Moscou (lado esquerdo) e o Museu Estatal de História Nacional (essa construção a direita).
.
Nessa foto também da pra ver a Capela Ibérica e o Marco Zero da Russia.
.
🌏Moscou, Rússia
.
#praçavermelha #redsquare #redsquaremoscow #moscou  #moscow #russia #copadomundo2018 #kempinski #missãovt #sourbbv #instaviagem #hotelinspectors #meusroteirosdeviagem #essemundoenosso #revistaviajar #blogdeviagem #cahnarússia #amoviajar #eurotrip #travelgirl #viajarmais #viajar #visitrussia #viajandosozinha #viajarmais #viagemeturismo #worldcup2018 #russiaworldcup2018 #russia2018 #jogosdobrasilnacopa2018 #brasilnacopa
Parque da Vitoria é onde está localizado o Museu da Grande Guerra Patriótica, que é como os russos chamam a Segunda Guerra Mundial. Obviamente, esse museu conta toooooda a historia dessa guerra (com muitas fotos, documentos, objetos, entre outros - tem legendas em inglês).
.
Além disso, também destaco: O Hall dos Heróis (foto 3) que presta uma bela homenagem a todos os russos que morreram nessa guerra, mais de 20 milhões de pessoas, o Hall das Lagrimas (foto 4) que simboliza as lagrimas de quem perdeu filhos, pais, irmãos e maridos durante essa guerra e por fim, os Dioramas de Guerra (foto 5), esses paines gigantes que retratam algumas cenas de momentos importantes dessa guerra.
.
O parque é gigante e o Museu é enorme, portanto, vá com muito tempo (tempo minimo de 3 - 4 horas).
.
Dica: Para chegar aqui, o acesso é feito pela estaçao de metro Парк Победы, aquela que tem as escadas rolantes mais profundas de todas as estações de metro de Moscou, sao quase 3 minutos andando nessa escada. 😱
.
🌏Moscou, Rússia
.
#parquedavitoria #moscou #moscow #russia #copadomundo2018 #missãovt #sourbbv #instaviagem #meusroteirosdeviagem #essemundoenosso #queroviajarmais #revistaviajar #blogdeviagem #cahnarússia #amoviajar #eurotrip #travelgirl #viajarmais #viajar #visitrussia #viajandosozinha #viajarmais #viagemeturismo #worldcup2018 #russiaworldcup2018 #russia2018 #jogosdobrasilnacopa2018 #brasilnacopa
Museu Memorial da Cosmonáutica é formado por três partes: 
1) Alameda dos Cosmonautas: com varias estatuas de cosmonautas russos, entre elas, Yuri Gagarin, primeiro cosmonauta russo a ir ao espaço (da um zoom ai nas imagens q da pra ver algumas estatuas)
2) Monumento aos Conquistadores do Cosmos: é essa estrutura que simboliza um foguete decolando em direçao ao espaço.
3) Museu do Espaço: localizado logo abaixo disso tudo, aqui é possivel aprender um pouco sobre a chegada dos russos ao espaço atraves de equipamentos, roupas, documentos historicos, entre outros. A parte mais legal, na minha opiniao, é poder entrar na réplica da Estação Espacial Mir e ver como era a vida deles durante uma missão no espaço.
.
O museu tem explicações em inglês. Além do valor do ticket, quem quiser fotografar, precisa comprar uma permissão de fotos.
.
🌏Moscou, Rússia
.
#cosmonautas #museumemorial #vdnkh #moscou #moscow #russia #copadomundo2018 #missãovt #sourbbv #instaviagem #meusroteirosdeviagem #essemundoenosso #revistaviajar #blogdeviagem #cahnarússia #amoviajar #eurotrip #travelgirl #viajarmais #viajar #visitrussia #viajandosozinha #viajarmais #viagemeturismo #worldcup2018 #russiaworldcup2018 #russia2018 #jogosdobrasilnacopa2018 #brasilnacopa
Certeza absoluta que essa é uma das atrações mais fotografadas de toda a Rússia!!!
.
A Catedral de São Basilio foi construída durante o seculo 16 por ordem do Czar Ivan, o Terrível. Ela é formada por 9 capelas, mas elas não ficam lado a lado, é quase como se fosse um labirinto com varias escadas e corredores.
.
Dica: Essa igreja nao abre as quartas-feiras. Além do valor do ticket, é necessário comprar uma permissão para fotos e/ou videos.
.
🌏Moscou, Rússia
.
#praçavermelha #redsquare #catedraldesaobasilio #stbasilscathedral #moscou #moscow #russia #copadomundo2018 #missãovt #sourbbv #instaviagem #meusroteirosdeviagem #essemundoenosso #revistaviajar #blogdeviagem #cahnarússia #amoviajar #eurotrip #travelgirl #viajarmais #viajar #visitrussia #viajandosozinha #viajarmais #viagemeturismo #worldcup2018 #russiaworldcup2018 #russia2018 #jogosdobrasilnacopa2018 #brasilnacopa
Contando as Horas