08.04
2012

Hampton Court Palace

Das muitas opções de bate-volta a partir do centro de Londres, minha mãe acabou escolhendo que iriamos visitar o Hampton Court Palace. Localizado em Richmond upon Thames, no sudoeste de Londres, o Palácio fica as margens do rio Tâmisa, interessante, né? O lugar acabou se tornando popular entre os turistas por ter sido residência de Henrique VIII e Ana Bolena, além dos seus magnificos jardins!

Mas pra enteder como Henrique VIII descobriu esse lugar, é preciso voltar um pouco no tempo… Por volta do século 15, o Cardeal Thomas Wolsey adquiriu a propriedade, e resolveu tranformar essa simples construção em um dos Palácios mais luxuosos da região.

E foi justamente nessa época que o Rei Henrique VIII apareceu na história, o Rei gostou tanto do lugar, que resolveu utilizar os seus poderes e confiscou o Palácio, e desde então, o Hampton Court passou a ser sua residência oficial por alguns anos. O Palácio é uma mistura de estilos tudor e barroco, sofreu também algumas modificações devido a alguns incêndios e destruições.

Alguns anos depois, durante o reinado do Rei George III, a corte se mudou para o Castelo de Windsor, e o Palácio de Hampton Court ficou totalmente abandonado.

Durante a era da Rainha Victoria, o Palácio passou por algumas obras antes de ser aberto a visitas. Durante esse periodo de reparos, os jardins receberam um cuidado especial, e hoje em dia, muitas pessoas vão até lá apenas para passar o dia literalmente lagartiando em seus jardins.

Uma das coisas que acabei descobrindo enquanto organizava esse passeio, foi que nesse Palácio fica a quadra de tênis indoor mais antiga da Europa, e ainda tem mais, o Palácio mantem um vinhedo próprio.

O passeio é relativamente longo, ao todo nos ficamos umas 4 horas por lá, sem contar o tempo pra ir e voltar. O Palácio é bem menos opulente que outras residências reais que tive oportunidade de conhecer, como o Buckingham Palace o Holyhood Palace, mas não é por esse motivo que alguém deva desmerecer o lugar e deixar de visitar.

Durante os meses de verão, existem algumas apresentações no patio interno do Palácio, onde alguns atores contam um pouco de como era a vida na corte, e como era o relacionamento de Henrique VIII com as suas 6 esposas e sua busca incessante por um herdeiro homem, que seria o futuro Rei da Inglaterra.

O Palácio em si, é pequeno, pelo me pareceu enquanto caminhavamos pelas várias alas que estão abertas ao público, a nossa visita começou pela cozinha tudor, que de cara já impressionou pelo tamanho, ocupava um andar inteiro, e para tornar a visita mais real, o lugar é totalmente decorado dando impressão de que as frutas, carnes e tudo mais eram realmente de verdade.

Depois seguimos para o Great Hall, onde estão expostas algumas tapeçarias e moveis daquela época. A próxima ala que visitamos é onde ficavam os apartamentos reais, onde Henrique VIII ocupou durante o periodo que passou no Palácio.

Ainda tem a Royal Chapel, uma “igrejinha” super bonitinha, que segundo as lendas, nunca deixou de ser usada, desde que o Palácio foi adquirido pelo Rei.

Há ainda uma exibição que mostra através de imagens um pouco da trajetória dos Tudors, e também conta um pouco da vida de Henrique VIII, desde sua infância, até a sua morte.

Mas a nossa maior surpresa foi ver de perto os jardins do Palácio, e que realmente são lindíssimos. Impossível não ficar impressionado com aquelas árvores.

Os jardins privados, além do seu desenho feito com flores ser totalmente simétrico, eles foram totalmente inspirados em jardins de Palácios Franceses, Realmente, muito bonitos!

Para chegar até lá, existem algumas opções, e nos optamos por ir de trem. O trem parte da estação de Waterloo e depois de aproximadamente 30 minutos chegamos na estação Hampton Court. Saindo da estação, é só atravessar uma ponte e caminhar um pouquinho até chegar na entrada principal do Palácio.

Estação de Waterloo

Estação de Waterloo

Para comprar os ingressos, usamos as maquinas self-service na estação de Waterloo, super fácil de usar. Aceita dinheiro, moedas e cartão de crédito que estão facilmente sinalizadas na parte superior de cada máquina.

O Palácio abre o ano inteiro. Valor de 14,00 libras por pessoa.

Postado em Hampton Court, Inglaterra
  1. Karol 09/04/2012 | 00:18

    adorei o passeio! to doida pra conhecer este lugar!

    • Bruna 13/04/2012 | 17:00

      Oi Karol,
      realmente vale muito a pena! não deixe de ir se estiver em Londres!

  2. Verônica Quirino 11/01/2013 | 00:03

    É muito bom compartilhar com outras pessoas coisas boas e interessantes como você faz com os lugares que visita. AMO viajar e conhecer novos lugares. Estou louca para conhecer o Palácio de Hampton Court e o de Buckingham.

  3. Bruna 11/01/2013 | 03:07

    Oi Verônica,

    Obrigada pela vista aqui no blog. Concordo com vc, se eu pudesse passava a vida toda só viajando heheeheh

    Ambos os lugares que vc quer conhecer valem muito a pena! O palácio de Buckingham é super luxuoso e muito bonito (nem tinha como ser diferente) e mesmo a gente tendo acesso a pouquissimas alas, vale a visita com certeza!

  4. […] Hampton Court Palace foi o palácio onde o Rei Henrique VIII morou com Ana Bolena. Fica a uma curta distância de […]

Deixe o seu comentário...