08.04
2012

Hampton Court Palace

Das muitas opções de bate-volta a partir do centro de Londres, minha mãe acabou escolhendo que iriamos visitar o Hampton Court Palace. Localizado em Richmond upon Thames, no sudoeste de Londres, o Palácio fica as margens do rio Tâmisa, interessante, né? O lugar acabou se tornando popular entre os turistas por ter sido residência de Henrique VIII e Ana Bolena, além dos seus magnificos jardins!

Mas pra enteder como Henrique VIII descobriu esse lugar, é preciso voltar um pouco no tempo… Por volta do século 15, o Cardeal Thomas Wolsey adquiriu a propriedade, e resolveu tranformar essa simples construção em um dos Palácios mais luxuosos da região.

E foi justamente nessa época que o Rei Henrique VIII apareceu na história, o Rei gostou tanto do lugar, que resolveu utilizar os seus poderes e confiscou o Palácio, e desde então, o Hampton Court passou a ser sua residência oficial por alguns anos. O Palácio é uma mistura de estilos tudor e barroco, sofreu também algumas modificações devido a alguns incêndios e destruições.

Alguns anos depois, durante o reinado do Rei George III, a corte se mudou para o Castelo de Windsor, e o Palácio de Hampton Court ficou totalmente abandonado.

Durante a era da Rainha Victoria, o Palácio passou por algumas obras antes de ser aberto a visitas. Durante esse periodo de reparos, os jardins receberam um cuidado especial, e hoje em dia, muitas pessoas vão até lá apenas para passar o dia literalmente lagartiando em seus jardins.

Uma das coisas que acabei descobrindo enquanto organizava esse passeio, foi que nesse Palácio fica a quadra de tênis indoor mais antiga da Europa, e ainda tem mais, o Palácio mantem um vinhedo próprio.

O passeio é relativamente longo, ao todo nos ficamos umas 4 horas por lá, sem contar o tempo pra ir e voltar. O Palácio é bem menos opulente que outras residências reais que tive oportunidade de conhecer, como o Buckingham Palace o Holyhood Palace, mas não é por esse motivo que alguém deva desmerecer o lugar e deixar de visitar.

Durante os meses de verão, existem algumas apresentações no patio interno do Palácio, onde alguns atores contam um pouco de como era a vida na corte, e como era o relacionamento de Henrique VIII com as suas 6 esposas e sua busca incessante por um herdeiro homem, que seria o futuro Rei da Inglaterra.

O Palácio em si, é pequeno, pelo me pareceu enquanto caminhavamos pelas várias alas que estão abertas ao público, a nossa visita começou pela cozinha tudor, que de cara já impressionou pelo tamanho, ocupava um andar inteiro, e para tornar a visita mais real, o lugar é totalmente decorado dando impressão de que as frutas, carnes e tudo mais eram realmente de verdade.

Depois seguimos para o Great Hall, onde estão expostas algumas tapeçarias e moveis daquela época. A próxima ala que visitamos é onde ficavam os apartamentos reais, onde Henrique VIII ocupou durante o periodo que passou no Palácio.

Ainda tem a Royal Chapel, uma “igrejinha” super bonitinha, que segundo as lendas, nunca deixou de ser usada, desde que o Palácio foi adquirido pelo Rei.

Há ainda uma exibição que mostra através de imagens um pouco da trajetória dos Tudors, e também conta um pouco da vida de Henrique VIII, desde sua infância, até a sua morte.

Mas a nossa maior surpresa foi ver de perto os jardins do Palácio, e que realmente são lindíssimos. Impossível não ficar impressionado com aquelas árvores.

Os jardins privados, além do seu desenho feito com flores ser totalmente simétrico, eles foram totalmente inspirados em jardins de Palácios Franceses, Realmente, muito bonitos!

Para chegar até lá, existem algumas opções, e nos optamos por ir de trem. O trem parte da estação de Waterloo e depois de aproximadamente 30 minutos chegamos na estação Hampton Court. Saindo da estação, é só atravessar uma ponte e caminhar um pouquinho até chegar na entrada principal do Palácio.

Estação de Waterloo

Estação de Waterloo

Para comprar os ingressos, usamos as maquinas self-service na estação de Waterloo, super fácil de usar. Aceita dinheiro, moedas e cartão de crédito que estão facilmente sinalizadas na parte superior de cada máquina.

O Palácio abre o ano inteiro. Valor de 14,00 libras por pessoa.

Bruna Bartolamei
Siga-me

Bruna Bartolamei

Catarinense, mas já morou em Curitiba (8 anos) e em Edimburgo, a capital da Escócia (quase 2 anos). Criou o blog pra contar um pouco mais sobre como foi o seu intercâmbio na terra dos Kilts e das Gaitas de Fole, e também, sobre suas viagens pelo mundo.
Bruna Bartolamei
Siga-me
Postado em Hampton Court, Inglaterra -
Compartilhe
Deixe um Comentário
13 comentários em "Hampton Court Palace"
  1. Karol   09/04/12 • 00h18

    adorei o passeio! to doida pra conhecer este lugar!

    • Bruna   13/04/12 • 17h00

      Oi Karol,
      realmente vale muito a pena! não deixe de ir se estiver em Londres!

  2. Verônica Quirino   11/01/13 • 00h03

    É muito bom compartilhar com outras pessoas coisas boas e interessantes como você faz com os lugares que visita. AMO viajar e conhecer novos lugares. Estou louca para conhecer o Palácio de Hampton Court e o de Buckingham.

  3. Bruna   11/01/13 • 03h07

    Oi Verônica,

    Obrigada pela vista aqui no blog. Concordo com vc, se eu pudesse passava a vida toda só viajando heheeheh

    Ambos os lugares que vc quer conhecer valem muito a pena! O palácio de Buckingham é super luxuoso e muito bonito (nem tinha como ser diferente) e mesmo a gente tendo acesso a pouquissimas alas, vale a visita com certeza!

  4. GUILHERME   25/02/15 • 18h26

    Bruna, tudo bom?
    Estarei indo visitar Hampton Court no dia 5 de março. Tenho um Oyster Visitor que comprei pelo site do Visit Britain e recebi em casa no Brasil. Estou consultando o Plan a Journey, e partindo de Waterloo entre 9:00 e 9:30 a unica opção que aparece é o trem fazendo uma troca em Subirton. Ja o site da The Train Line mostra a opção direta sem troca. Será que posso usar meu Oyster para essa opção direta? Hampton fica dentro da zona 6 do transporte público.

    • Contando as Horas   25/02/15 • 21h46

      Oi, Guilherme

      Então, tava olhando o site do Hampton Court e lá diz que vc pode ir de ônibus ou trem usando o Oyster Card, mas de metro não.

      Dá uma olhada aqui:
      http://www.hrp.org.uk/HamptonCourtPalace/planyourvisit/gettingthere

      Eu nunca fiz esse trajeto usando o oyster card, quando fui, eu comprei o ticket de trem na estação de Waterloo em Londres, então não sei te dizer com toda a certeza. Mas imagino que se no site diz que vc pode usar Oyster Card, ele deve valer tanto pra trem direto ou não.

  5. Alessandra   04/03/15 • 15h47

    Queria uma ajuda na escolha e qual palácio visitar. Se vamos no Castelo de Leeds ou no Hampton Court. Estou separando alguns dias na viagem a Londres para fazer viagens bate e volta. Pensei em ir em Windor, Oxford e outro dia em Leeds OU Hampton Court. E fiquei na duvida tambem se iria a Bath ou Stonehenge. O que acha?

    • Contando as Horas   09/03/15 • 01h58

      Oi, Alessandra

      Dificil essa tua pergunta. Eu nunca fui ao Castelo de Leeds, mas gostei bastante do Hampton Court. Acho que vale a pena ir até lá sim. Sobre Bath e Stonehenge, tbm gostei muito de conhecer os dois. Na minha opinião, se tivesse que escolher, eu iria até Hampton Court e Bath.

  6. sonia ramos   09/09/15 • 06h40

    Olá Bruna

    Gosto imenso do seu blog, muito detalhado
    Que castelo preferiu: o de Hampton Court ou de Windsor?

    obrigada
    Sonia

    • Contando as Horas   09/09/15 • 15h14

      Oi, Sonia

      Ontem a noite eu respondi o teu outro comentário no link de Windsor, mas vou colocar aqui novamente a resposta, caso não tenha visto:

      “Oi, Sonia
      Obrigada! =DDD
      Depende, pois são dos lugares com estilos diferentes. Enquanto o Castelo de Windsor é mais bem decorado, afinal, a Realeza ainda frequenta o lugar. Já o Hampton Court é mais medieval, ou seja, sem nenhuma ostentação, digamos assim. Mas em compensação, os jardins são super bonitos.
      Ambos tem outras atrações além dos castelos, então vc teria que ver o que mais te interessa. É difícil escolher, eu gostei dos dois.”

      Obrigada pela visita aqui no blog!

  7. sonia ramos   10/09/15 • 06h11

    Muito obrigada pela resposta Bruna e desculpe a confusão dos dois links
    vou continuar sempre a acompanhar o blog, é um dos meus preferidos

    Sonia

  8. nichelle   20/09/16 • 16h50

    olá. achei lindo o castelo. me diga uma coisa: dá para visitar o interior? se sim, o que tem nele? (é que sou louca por castelos, e estou planejando uma viajem para abril do ano que vem, e gostaria de conhecer um castelo com seus móveis e ornamentos da época deles). obrigada

    • Contando as Horas   02/10/16 • 18h31

      Oi, Nichelle

      Sim, da pra visitar. Tem diversas coisas que vc pode conhecer, eu escrevi aqui no post o que mais gostei. Para saber mais sobre esse lugar, vc pode entrar no site oficial.

Blog Membro RBBV
Contando as Horas
Kremlin de Moscou 🇷🇺🇷🇺
.
Antigamente essa fortaleza servia de proteção para a cidade, mas hoje em dia é a sede do governo e residencia oficial do Presidente da Rússia.
.
Ele é formado por vários palácios, catedrais, museus, um jardim, as torres e a muralha.
.
Quem estiver em Moscou pode incluir uma visita ao Kremlin no roteiro.
.
É possível conhecer algumas atrações, como: o Palácio do Arsenal, local onde está o Museu do Arsenal e o Complexo das Catedrais (formado por 4 igrejas). Todas todos os demais edifícios podem ser fotografados apenas por fora.
.
⚠️O Kremlin não abre as quintas-feiras. Para visitar o Museu (700 rublos) e o Complexo das catedrais (800 rublos) o valor total é de 1500 rublos (95,00 reais).
.
🌏Moscou, Rússia
.
#praçavermelha #redsquare #redsquaremoscow #kremlin #kremlindemoscou #moscou #moscow #russia #copadomundo2018 #missãovt #sourbbv #instaviagem #meusroteirosdeviagem #essemundoenosso #revistaviajar #blogdeviagem #cahnarússia #amoviajar #eurotrip #travelgirl #viajarmais #viajar #eurotrip2018 #viajandosozinha #viajarmais #viagemeturismo #worldcup2018 #russiaworldcup2018 #russia2018 #brasilnacopa #visitrussia
Existem diversas formas de entrar na Praça Vermelha, em Moscou, mas sem duvida alguma, a mais bonita é atravessando o Portão da Ressurreição, localizado literalmente entre a Prefeitura de Moscou (lado esquerdo) e o Museu Estatal de História Nacional (essa construção a direita).
.
Nessa foto também da pra ver a Capela Ibérica e o Marco Zero da Russia.
.
🌏Moscou, Rússia
.
#praçavermelha #redsquare #redsquaremoscow #moscou  #moscow #russia #copadomundo2018 #kempinski #missãovt #sourbbv #instaviagem #hotelinspectors #meusroteirosdeviagem #essemundoenosso #revistaviajar #blogdeviagem #cahnarússia #amoviajar #eurotrip #travelgirl #viajarmais #viajar #visitrussia #viajandosozinha #viajarmais #viagemeturismo #worldcup2018 #russiaworldcup2018 #russia2018 #jogosdobrasilnacopa2018 #brasilnacopa
Parque da Vitoria é onde está localizado o Museu da Grande Guerra Patriótica, que é como os russos chamam a Segunda Guerra Mundial. Obviamente, esse museu conta toooooda a historia dessa guerra (com muitas fotos, documentos, objetos, entre outros - tem legendas em inglês).
.
Além disso, também destaco: O Hall dos Heróis (foto 3) que presta uma bela homenagem a todos os russos que morreram nessa guerra, mais de 20 milhões de pessoas, o Hall das Lagrimas (foto 4) que simboliza as lagrimas de quem perdeu filhos, pais, irmãos e maridos durante essa guerra e por fim, os Dioramas de Guerra (foto 5), esses paines gigantes que retratam algumas cenas de momentos importantes dessa guerra.
.
O parque é gigante e o Museu é enorme, portanto, vá com muito tempo (tempo minimo de 3 - 4 horas).
.
Dica: Para chegar aqui, o acesso é feito pela estaçao de metro Парк Победы, aquela que tem as escadas rolantes mais profundas de todas as estações de metro de Moscou, sao quase 3 minutos andando nessa escada. 😱
.
🌏Moscou, Rússia
.
#parquedavitoria #moscou #moscow #russia #copadomundo2018 #missãovt #sourbbv #instaviagem #meusroteirosdeviagem #essemundoenosso #queroviajarmais #revistaviajar #blogdeviagem #cahnarússia #amoviajar #eurotrip #travelgirl #viajarmais #viajar #visitrussia #viajandosozinha #viajarmais #viagemeturismo #worldcup2018 #russiaworldcup2018 #russia2018 #jogosdobrasilnacopa2018 #brasilnacopa
Museu Memorial da Cosmonáutica é formado por três partes: 
1) Alameda dos Cosmonautas: com varias estatuas de cosmonautas russos, entre elas, Yuri Gagarin, primeiro cosmonauta russo a ir ao espaço (da um zoom ai nas imagens q da pra ver algumas estatuas)
2) Monumento aos Conquistadores do Cosmos: é essa estrutura que simboliza um foguete decolando em direçao ao espaço.
3) Museu do Espaço: localizado logo abaixo disso tudo, aqui é possivel aprender um pouco sobre a chegada dos russos ao espaço atraves de equipamentos, roupas, documentos historicos, entre outros. A parte mais legal, na minha opiniao, é poder entrar na réplica da Estação Espacial Mir e ver como era a vida deles durante uma missão no espaço.
.
O museu tem explicações em inglês. Além do valor do ticket, quem quiser fotografar, precisa comprar uma permissão de fotos.
.
🌏Moscou, Rússia
.
#cosmonautas #museumemorial #vdnkh #moscou #moscow #russia #copadomundo2018 #missãovt #sourbbv #instaviagem #meusroteirosdeviagem #essemundoenosso #revistaviajar #blogdeviagem #cahnarússia #amoviajar #eurotrip #travelgirl #viajarmais #viajar #visitrussia #viajandosozinha #viajarmais #viagemeturismo #worldcup2018 #russiaworldcup2018 #russia2018 #jogosdobrasilnacopa2018 #brasilnacopa
Certeza absoluta que essa é uma das atrações mais fotografadas de toda a Rússia!!!
.
A Catedral de São Basilio foi construída durante o seculo 16 por ordem do Czar Ivan, o Terrível. Ela é formada por 9 capelas, mas elas não ficam lado a lado, é quase como se fosse um labirinto com varias escadas e corredores.
.
Dica: Essa igreja nao abre as quartas-feiras. Além do valor do ticket, é necessário comprar uma permissão para fotos e/ou videos.
.
🌏Moscou, Rússia
.
#praçavermelha #redsquare #catedraldesaobasilio #stbasilscathedral #moscou #moscow #russia #copadomundo2018 #missãovt #sourbbv #instaviagem #meusroteirosdeviagem #essemundoenosso #revistaviajar #blogdeviagem #cahnarússia #amoviajar #eurotrip #travelgirl #viajarmais #viajar #visitrussia #viajandosozinha #viajarmais #viagemeturismo #worldcup2018 #russiaworldcup2018 #russia2018 #jogosdobrasilnacopa2018 #brasilnacopa
Uma das praças mais bonitas do mundo, a Praça Vermelha, em Moscou! 🇷🇺
.
Reserve 1 dia inteiro pra conhecer essa praça. Entre as principais atrações estão: Portão da Ressurreição (a principal forma de entrar na praça), a Capela Ibérica, Museu Estatal de História Nacional, o Kremlin de Moscou (dá pra comprar ingresso antecipado no site oficial), Mausoléu de Lênin, a Catedral de São Basílio, Loja de Departamento GUM, a Catedral de Kazan e a Prefeitura de Moscou.
.
Essa era a vista do meu quarto em Moscou, no Hotel Baltschung Kempinski.
.
🌏Moscou, Rússia
.
#kremlin #kremlindemoscou #moscou #moscow #russia #copadomundo2018 #kempinski #missãovt #sourbbv #instaviagem #hotelinspectors #meusroteirosdeviagem #essemundoenosso #revistaviajar #blogdeviagem #cahnarússia #amoviajar #eurotrip #travelgirl #viajarmais #viajar #visitrussia #viajandosozinha #viajarmais #viagemeturismo #hotelview #worldcup2018 #russiaworldcup2018 #russia2018 #jogosdobrasilnacopa2018 #brasilnacopa
Contando as Horas