22.05
2012

A Inglaterra também tem a sua Torre Eiffel e ela fica em Blackpool!

Uns anos atrás enquanto estava planejando a nossa viagem a Bath, no sul da Inglaterra, acabei descobrindo no site Imagens Viagens a existência da cidade de Blackpool.

Dessa vez, como eu queria voltar a Liverpool, achei que dois dias inteiros seriam demais pro que eu tinha em mente. Olhando no mapa as opções de cidades próximas a Liverpool, as duas que se destacavam eram Manchester e Blackpool. Como eu iria em dezembro no show do Belle & Sebastian em Manchester, achei que  Blackpool seria uma boa opção, e na hora lembrei desse post que tinha lido a mil anos atrás.

Blackpool não é nenhum pouco popular entre os milhares de turistas brasileiros que visitam o Reino Unido todos os anos. Mas a cidade é bem popular na Inglaterra e pra ter uma idéia, Blackpool é a maior rival de Brighton quando o assunto é diversão e praias, por mais estranho que isso possa parecer!

 

A cidade está localizada na costa oeste da Inglaterra, mais pro norte do país, faz parte do condado de Lancashire e é banhada pelo geladíssimo mar da Irlanda, no qual eu tive o privilégio de colocar as minhas mãozinhas pra sentir o gelo daquelas águas na pele =)

Assim como Brighton, Blackpool também manteve a tradição inglesa do século 19 e tem 3 piers espalhados pela costa… O North Pier é o mais tradicional e antigo. Muitas pessoas vão ali para se divertir ou para andar no carrossel.

Tem também o Central Pier que se tornou um dos cartões postais da cidade por causa da sua roda-gigante, que junto com a ‘Torre Eiffel’ de Blackpool, são as atrações que não podem faltar em uma foto de recordação da cidade…

E lá no final, fica o South Pier que também é chamado de Victoria Pier, tem um estilo unico, que mais parece um circo e pelo que notei é o preferido da criançada. A proximidade com o Parque de diversão justifica a presença de fila para conseguir ter acesso ao pier…

Apesar da cidade receber milhões de turistas todos os anos, especialmente no verão, Blackpool é pequena. Tudo na cidade gira em torno do calçadão a beira-mar chamado de Promenade. Ali, ficam desde as principais atrações, até mesmo os melhores hotéis, pubs e restaurantes da cidade.

Ao contrário do que vemos em outras cidades britânicas, as atrações em Blackpool são mais recentes e modernas. Existe uma igreja na cidade é claro, porém ela não se torna parada obrigatória como seria o caso em Durham ou em Canterbury, por exemplo.

Eu sai de Liverpool relativamente cedo, trajeto de trem entre as duas cidades seria curto senão fossem as milhoes de paradinhas pelo caminho. Então uma distancia de aproximadamente 30 km, demorou um pouquinho mais de 1 hora para ser percorrida. Há duas estações para desembarcar na cidade, e eu escolhi a Blackpool North. A estação fica relativamente perto da Promenade, acho que não passa de uns 10 minutos de caminhada.

Como era um sábado à tarde de outubro, ultimos dias para aproveitar um pouco do “verão” inglês com seus dias longos, a cidade tava lotada. Inclusive o trem que peguei em Liverpool, conforme ia passando e parando nas estações de cidadezinhas menores da redondeza foi ficando lotado. Ficou tão cheio, que as pessoas estavam dividindo bancos e outras se amontoando em pé pelos corredores do trem.

Não sei pq, mas ao chegar no calçadão a beira-mar, tive a nitida impressão de estar colocando meus pés numa cidade com uma mistura de ‘Las Vegas e praias da California” com um aspecto um pouco extravagante por meu gosto. Sim,  isso pq tinha muita coisa brilhando, piscando e mesmo achando aquilo tudo um exagero, achei a cidade bem animada e diverdida!!

O ideal é começar o passeio caminhando pelo Promenade, mas não pense que será possível percorrer toda a extensão, até pq o calçadão é enoooorme, com mais de 20 km de extensão. Apesar do ventão que tinha aquele dia, fazendo com que eu quase congelasse, inclusive com por alguns minutos, alternando com um pouquinho de sol, as garoas deram as caras muitas vezes durante todo o dia.

Existem opções de bondes-elétricos  e trams para percorrer todo o calçadão, mas achei que não teria a mesma graça se fizesse o passeio dessa forma.

Enquanto vamos caminhando pelo calçadão, podemos ver em boa parte do trajeto a ilha da Irlanda nos acompanhando. Inclusive achei engraçado o pessoal ir até a praia para fazer um passeio de mula hahaha.. (Eu tô dizendo, essa cidade é estranha..)

Ainda tem os que preferem se aventurar em uma carruagem puxada por um cavalo em pleno centro da cidade..

Caminhei até chegar ao parque de diversões que tem a segunda maior montanha-russa da Europa, o Blackpool Pleasure Beach. Eu não entrei no parque, até pq não curto muito esse tipo de coisa, mas enquanto eu tava por ali, vi diversas vezes o sobe e desce na montanha russa e ouvi os gritos estericos da criançada..

Ao longo de todo o trajeto, vi milhões dessas placas de advertencia falando sobre violencia com que as ondas podem chegar até as paredes do Promenade. Ainda bem que naquele dia que eu tava lá o mar tava calminho, deu até pra descer na areia, caminhar um pouquinho e colocar a mão na água rapidinho…

Mas a principal atração meeesmo da cidade é a Torre de Blackpool, uma versão inglesa da Torre Eiffel, e como tudo nessa cidade é um pouco estranho, a torre foi construida saindo de dentro de um prédio (que abriga um aquário e  muitas outras atrações).

Essa torre tem a metade do tamanho da sua irma gemea, chegando a 158 metros de altura. Eu acabei não subindo na Torre, pq o vento tava muito forte e chovia e parava de chover o tempo todo e o dia não tava tão bonito assim.

Eu não me convenci que seria uma boa idéia pagar mais de 12,00 libras pra subir até o topo. Imagino que deve ser super bonita a vista, mas o mais ideal seria se o dia estivesse ensolarado. E foi assim que passei o dia em Blackpool!

Postado em Blackpool, Inglaterra
  1. […] Blackpool é uma das cidades mais populares do Reino Unido quando o assunto é diversão e praia. Inclusive […]

Deixe o seu comentário...