20.06
2012

A Cidade Nova de Praga

Depois de literalmente ter as 4 estações do ano nos ultimos 2 dias, o meu terceiro e ultimo dia na cidade amanheceu fechado, com nevoa e o tão esperado frio resolveu dar as caras!

Minhas ultimas horas na cidade foram na Cidade Nova de Praga (Nové Město), que pra falar bem a verdade nem é tããão nova assim. Essa parte mais recente da cidade foi fundada por Carlos IV em 1348, isso pq ele achava que ja estava na hora da cidade crescer e ir além das ruazinhas ao redor do Castelo de Praga, da Ponte Carlos e do Centro Antigo. 

Meu hotel tinha uma boa localização, ficava exatamente no meio da Cidade Antiga e da Cidade Nova e a poucas quadras do rio e da Ponte Carlos e consequentemente do Castelo de Praga.

Naquele dia pela manha, eu sai caminhando pro lado contrario do que eu costumava ir. O hotel estava a meia quadra do principal Bulevar da Cidade Nova. Na Cidade Nova tudo gira em torno da Praça de Sao Venceslau.

Logo em frente fica uma pequena pracinha, que domina o alto da avenida, é la onde esta a estatua equestre de São Venceslau. Na verdade, essa praça seria um calçadão para pedestres e não apenas uma praça propriamente dita.

Esse é um dos lugares mais importantes da cidade, isso pq foi justamente ali, que Alois Jirásek, leu a proclamação da independencia da Tchecoeslovaquia. Alem disso, ela ja presenciou acontecimentos historicos como a Primavera de Praga e a Revolução de Veludo. Ainda hoje em dia, quando os tchecos estão protestando por alguma coisa, a população se reune ali.

Museu Nacional de Praga é considerado como um dos melhores exemplos do estilo neo-renascentista da cidade. Começou a ser construido em 1885 e levou mais de seis anos para ficar pronto. Seu arquiteto foi Josef Schulz, o mesmo que projetou o Teatro Nacional de Praga. Com uma localização privilegiada, no alto do calçadão, ele esta la, imponente e muito bem conservado!

Praga tem fama de ter saido intacta das guerras, porém com o Museu Nacional a historia não foi a mesma. Durante a Segunda Guerra Mundial, o museu foi bombardeado. O processo de reconstrução durou um pouco mais de 2 anos. Quanto as obras, nenhuma foi danificada, pq a coleção conseguiu ser removida a tempo.

Bem proximo dali, entrando numa rua a esquerda, fica uma outra parte do Museu Nacional (Národní Muzeum), a parte nova. O edificio tem um estilo mais moderno, com sua fachada toda de vidro. Ali podemos ver uma grande coleção relacionadas tanto ao pais, como coleções de objetos de varias partes do mundo.

Descendo o boulevard, a avenida é extensa (quase 1 km de extensão) e ali estão muitas lojinhas, pequenos museus e galerias, casas de cambio, shoppings, muitos restaurantes, bancos, hoteis de luxo, literalmente essa região é o centro comercial nervoso de praga.

Sem tempo pra mais nada, peguei um taxi ali mesmo no boulevard e fui pro aeroporto.

Bruna Bartolamei
Siga-me

Bruna Bartolamei

Catarinense, mas já morou em Curitiba (8 anos) e em Edimburgo, a capital da Escócia (quase 2 anos). Criou o blog pra contar um pouco mais sobre como foi o seu intercâmbio na terra dos Kilts e das Gaitas de Fole, e também, sobre suas viagens pelo mundo.
Bruna Bartolamei
Siga-me
Postado em Praga, Rep Tcheca
Booking.com
Deixe o seu comentário...