27.08
2012

Curitiba: Praça do Japão, a praça mais bonita da cidade

Eu não conheço nem metade das praças de Curitiba, mas certamente a mais bonita, na minha opinião, é a Praça do Japão.

A praça tem uma localização estratégica, fica bem na divisa entre os bairros do Batel e Água Verde, entre as ruas Sete de Setembro, Francisco Rocha e Av República Argentina. 

Como já dá pra imaginar, a praça presta homenagem a todos os imigrantes japoneses que chegaram em Curitiba no inicio do século 20.

A praça não é muito grande, mas tem até relativamente bastantinha coisa pra ser visto por ali, como por exemplo:

O Portal Japonês que é a entrada principal da praça e foi erguido seguindo o tradicional estilo de construções japonesas.

O Memorial da Imigração Japonesa é onde fica a Biblioteca, a Casa da Cultura e a Casa de Chá. Infelizmente no dia que eu estive lá estava tudo fechado. Não consegui descobrir o motivo, mas assim fica um motivo pra voltar lá mais uma vez! A construção do Memorial foi inspirado no Templo Dourado de Kyoto e no topo tem uma garça dourada, que foi doada por uma comitiva japonesa durante uma visita a Curitiba em 1994.

Por toda a praça estão espalhados pequenos lagos artificiais. Num deles, no que fica entre o Portal e o Memorial tem um Buda que foi feito de resina e foi colocado bem no centro do lago. Ainda, bem em frente ao Memorial tem um outro lago com peixes, onde podemos ver principalmente as carpas coloridas., que é onde podemos peixes. No outro lado da praça, fica um outro lago, acho que é o maior deles, e nesse lago tem duas pequenas cascatas.

Nesse lago maior, é onde fica também, a tradicional Lanterna Oriental que foi totalmente esculpida em pedra e é considerado um dos principais símbolos presentes em todos os jardins japoneses.

E bem no centro da praça fica o monumento que comemora os 50 e os 100 anos da Imigração Japonesa no Brasil.

A praça é bem tranquila, cheio de pessoas se aquecendo ou se alongando pra uma caminhada, sem falar nas criancinhas brincando por ali ou algumas pessoas lendo nos banquinhos espalhados pela praça ou ainda, muitas pessoas deitadas no gramado pegando um solzinho. Vale a pena o passeio por ali, com certeza!

Posts relacionados:

Todos os posts sobre Curitiba

Siga o Blog Contando as Horas nas redes sociais:

no Instagram: @brunabartolamei

e curta nossa fanpage no Facebook: facebook.com/ContandoAsHoras

Bruna Bartolamei
Siga-me

Bruna Bartolamei

Catarinense, mas já morou em Curitiba (8 anos) e em Edimburgo, a capital da Escócia (quase 2 anos). Criou o blog pra contar um pouco mais sobre como foi o seu intercâmbio na terra dos Kilts e das Gaitas de Fole, e também, sobre suas viagens pelo mundo.
Bruna Bartolamei
Siga-me
Postado em Brasil, Curitiba, Paraná
Booking.com
  1. Joao Alves Monteiro 10/09/2013 | 00:23

    com todos estes visual a vida se torna mais valorosa
    natureza é vida
    eu amo as duas:

  2. Contando as Horas 11/09/2013 | 00:03

    Oi, João

    Concordo! Essa praça é a minha preferida em Curitiba. Acho ela lindíssima!! :D

  3. […] Paulo Leminski Ópera de Arame Torre panorâmica de Curitiba A nova rua 24 horas de Curitiba Praça do Japão Paço da Liberdade e Mercado das Flores Praça Tiradentes – Onde Curitiba foi fundada a 319 […]

Deixe o seu comentário...