12.09
2012

Museu Oscar Niemeyer celebra 10 anos!

Quando eu li o cartaz que dizia “2012: Museu Oscar Niemeyer celebra 10 anos” fiquei meio sem reação. Wow! Nem parece que faz tanto tempo assim!

O MON – Museu Oscar Niemeyer (também conhecido como Museu do Olho) é formado por duas partes: o prédio antigo, onde ficam a maior parte das exposições, desde as exposições temporárias até as exposições permanentes e o “olho” que geralmente é onde fica uma das exposição de maior destaque do museu. 

O Museu do Olho, além de ser um dos cartões postais de Curitiba, também ganhou mais alguns outros apelidos, como por exemplo: “O maior museu do Brasil”, “O mais museu da América Latina” e “O museu com o maior vão livre do Brasil – com 65 metros”.

Basicamente o museu é subdividido em 4 partes: terreo (onde fica a bilheteria e entrada do museu, loja de souvenirs, cafeteria e espaço pra eventos), primeiro piso (tem nove salas de exposições), sub-solo (aqui ficam as exposições permanents de projetos, fotos e maquetes de obras de Oscar Niemeyr, batizado de Espaço Niemeyer. É onde ficam também as salas administrativas, o Espaço da Ação Educativa onde são realizados cursos e oficinas, o Pátio das Esculturas, a Reserva Técnica e o Laboratório de Conservação e Restauro, além do acesso ao Olho pelo tunel) e o Salão de Principal do Olho.

O foco principal do MON são as obras de artes plásticas, alguns projetos de arquitetura e o design de objetos.

No prédio antigo ficam as duas exposições permanentes do museu: o Espaço Niemeyer que mostra um pouco das suas obras pelo mundo através de maquetes, projetos e fotos..

E o Pátio das Esculturas onde estão diversas obras em exposição, com destaque pra escultura “O Atleta” de Bruno Giorgio.

No dia eu eu estive lá, na parte das exibições temporárias estavam em cartaz 5 exposições, mas eu só visitei três delas.

A primeira foi “O Feminino e seu Universo”, que mostra um pouco da relação do tema sobre as mulheres em diversas momentos da nossa história.

Logo ao lado estava uma outra exposição “Modigliani – Imagens de uma vida” mostra através de pinturas, fotos e esculturas as obras do artista italiano Amadeo Modigliani. Era uma das mostras mais populares, pq a sala estava simplesmente lo-ta-da, mal dava pra caminhar lá dentro.

E pra terminar, eu atravessei o túnel subterrâneo que dá acesso ao Salão Principal do Olho, onde estava a principal exposição do museu Poty, de todos nós, que homenageia os 88 anos do anscimento de Poty, além de comemorar os 319 anos de Curitiba. Ali podemos ver algumas obras como, desenhos, esculturas e paineis obras de Poty Lazzarotto.

No geral, o MON tem em seu acervo mais de 2 mil itens, que vão desde obras de artistas paranaenses até artistas de nivel nacional, como Miguel Bakun, Guido Viaro e Tarsila do Amaral, Candido Portinari, Oscar Niemeyer, entre outros.

Ainda faz parte da estrutura do museu um auditório, um laboratório de restauração, uma sala com computadores, além de um bar e um restaurante.

O museu abre de terça a domingo, das 10:00 as 18:00, sendo que na quinta-feira fica aberto até mais tarde. No dia que eu fui lá, como era o primeiro domingo do mês, a entrada era gratuita (o museu tava cheio, mas como o espaço é enorme, não estava entulhado), mas normalmente o valor do ticket é de 4,00 reais.

O MON está localizado na rua Marechal Hermes, 999, no Centro Cívico. Fica entre o Palácio Iguaçu e o Bosque do Papa.

Posts relacionados:

Todos os posts sobre Curitiba

Siga o Blog Contando as Horas nas redes sociais:

no Instagram: @brunabartolamei

e curta nossa fanpage no Facebook: facebook.com/ContandoAsHoras

Bruna Bartolamei
Siga-me

Bruna Bartolamei

Catarinense, mas já morou em Curitiba (8 anos) e em Edimburgo, a capital da Escócia (quase 2 anos). Criou o blog pra contar um pouco mais sobre como foi o seu intercâmbio na terra dos Kilts e das Gaitas de Fole, e também, sobre suas viagens pelo mundo.
Bruna Bartolamei
Siga-me
Postado em Brasil, Curitiba, Paraná
Booking.com
  1. Milton 07/06/2017 | 17:08

    Olá sou aluno da Escola Cnec Sepé tiaraju de Santo Ângelo e estamos realizando um trabalho multidisciplinar com o objetivo a construção de uma maquete. Meu grupo escolheu o Museu do Olho gostaria de saber se você poderia nos auxiliar com algumas informações em relação ao prédio e a maquete construída. Desde já muito obrigado.

Deixe o seu comentário...