09.10
2012

Edimburgo: Princes Street Gardens, o parque mais popular da cidade

O Princes Street Gardens é um dos meus lugares preferidos em Edimburgo. Um parque que, mesmo dividido em duas partes e com localização no meio da cidade (literalmente), é um lugar super tranquilo e agradável.

É até dificil imaginar que a muitos séculos atrás nessa área da cidade ficava um lago, o Loch Nor e principalmente que era ali onde os esgotos que vinham da Old Town eram despejados. Mas hoje em dia não resta nenhum resquício dessa época e o que vemos é um parque muito bem planejado e estruturado.

Pelo parque passam os trilhos da rede ferroviária do país, então quem vai pro norte da Inglaterra ou pro norte da Escócia, partido da Waverley Station, vai passar bem do ladinho dos rochedos do Castelo de Edimburgo. Lembro quando eu fui a Manchester, eu não sabia desse detalhe e não tive tempo de pegar a camera pra bater umas fotos, mesmo com o trem passando bem devagarzinho por ali, o que deve render ótimas fotos e de um ângulo diferente do Castelo!

Mas vamos ao que interessa..  Independentemente de ter sol (raramente), estar nublado ou ester chovendo (quase sempre), normalmente na hora de voltar pra casa eu sempre acabava dando uma passadinha por ali. Esse parque é um daqueles lugares em que facilmente todos os dias a gente acaba reparando em algo diferente e descobrindo coisas novas, motivo mais que suficiente que me faziam querer voltar sempre.

Linda essa árvore, não?

Mesma árvore mas em outra estação do ano

A Flor da Escócia (mas só é possível ver no verão)

Claro que numa primeira visita a gente só tem olhos pro Castelo de Edimburgo, que fica no alto da Castle Rock, uma colina com localização estrategica bem no meio da cidade e acaba meio que esquecendo do resto. Então achei que seria legal escrever esse post, pra ajudar todo mundo a aproveitar o máximo desse lugar, já que uma tarde no Princes Street Gardens pode render ótimas fotos de Edimburgo, pode acreditar!

Como eu já disse no inicio desse post, o parque é dividido em duas partes pelo The Mound, uma pequena area composta também por uma rua curva que liga a New Town a Old Town. No The mound também é onde ficam três museus importantes da cidade: a Royal Scottish Academy, a National Gallery of Scotland e o Museum on the Mound, todos com entrada gratuita.

E se por acaso, quando estiver caminhando entre os museus, perceber um aglomero “meio sem sentido” (ou melhor, sem musica), a explicação é simples: ali tem uma maquete bem grandinha que mostra a parte central da cidade, incluindo o castelo de Edimburgo, claro!

Pra começar o passeio, o ideal é seguir pro lado leste do parque, facilmente identificado nas plaquinhas por East Princes Street Gardens. O principal destaque dessa parte do parque é o Scott Monument construido para homenagear o escritor escoces Sir Walter Scott. Pra quem se interessar, dá pra subir até no topo. A entrada é paga e a subida é feita através de uma escadinha beeem estreita.

Scott Monument ao fundo

Ainda é possível caminhar por algumas trilhas que vão nos levar até uma entrada meio que subterranea da National Gallery of Scotland. Nessa parte, tem um barzinho e uma lojinha de souvenirs com algumas coisas bem interessantes.

Passando pelo The Mound, mais pro final da tarde, é bem frenquente encontrar algum escoces solitario tocando gaita de fole ou até mesmo uma bandinha tocando varias musicas tipicas do país.

Seguindo pra o West Princes Street Gardens é onde vamos encontrar a maior concentração de atrações do parque.

Logo nas escadas, pro lado direito, vai estar o Floral Clock, o relógio de flores mais antigo do mundo e que funciona de verdade, mas só na primavera e no verão.

Pro lado esquerdo vai ter uma construção bem bonitinha, que muita gente vai até lá (inclusive eu!) achando que se trata de algum museu ou algo do tipo, mas na verdade o que encontramos é o West Gardener’s House, um antigo chalé que foi preservado no seu local de origem.

Caminhando pela parte superior da trilha vamos chegar no American War Memorial – The Call 1914 que presta uma homenagem aos soldados americanos que ajudaram os escoceses no inicio da Primeira Guerra Mundial..

Logo em frente fica o Falklands Memorial Gardens que presta uma homenagem a todos os escoceses que morreram durante a Guerra das Malvinas..

E tem ainda o Ross Bandstand que é onde acontecem vários show e apresentações ao longo do ano, como por exemplo o Princes Street Gardens Concert que faz parte das comemoraçoes do Hogmanay, o Ano Novo Escoces..

Ainda podemos encontrar muitos esquilinhos correndo pelo parque.. diversão garantida ao tentar bater fotos desses bichinhos!

Ainda tem a Norwegian Stone.. que foi uma forma como os Noruegueses encontraram de agradecer a aliança entre os países durante as guerras..

E um pouco mais a frente podemos ver a Ross Fountain, que hoje em dia dificilmente passa batido pelas cameras dos turistas. Assim, uma foto da Ross Fountain e do Castelo de Edimburgo ao fundo não é privilégio só dos cartões postais encontrados em todas as lojinhas de souvernirs da cidade, ainda bem!

Durante os meses da primavera e do verão a prefeitura monta um carrossel bem ao lado de um parquinho para crianças que existe ali..

Nesse lado do Princes Street Gardens é onde ficam duas igrejas importantes da cidade: a St Cuthbert’s Church e a St John’s Church. Das duas igrejas, somente temos acesso a St Cuthbert’s através do parque, já a outra igreja o acesso é feito pela Lothian Road. Apesar de não serem duas igrejas populares nos roteiros turisticos, elas merecem uma visita.

Aquela mesma árvore, lembra?

Na Igreja de St Cuthbert por exemplo, podemos ver um vitral feito pela Tiffany (a mesma dos abajures) e uma versão esculpida em mármore que foi inspirada na Ultima Ceia de Leonardo da Vinci.

Igreja de St Cuthbert

E na St John’s Church encontramos varios vitrais super bonitos além do teto da igreja que foi inspirado e construido no mesmo estilo que o da Abadia de Westminster, em Londres. Vale a visita, com certeza!

Igreja de St John durante a nevasca que caiu em novembro e dezembro de 2010

E pra terminar, logo “atrás” da Ross Fountain tem uma pontezinha que passa por cima dos trilhos de trem que leva a uma outra parte do parque, onde podemos ver os rochedos do Castelo de Edimburgo bem de perto.

Seguindo por ali, vamos sair no Castle Terrace, um dos melhores lugares pra fotografar o Castelo de Edimburgo de todos os ângulos. E ainda ali pertinho fica a Grassmarket uma rua com vários pubs, um do ladinho do outro.

E ainda tem as vááárias estátuas de personalidades escoesas que acompanham toda a extensão do parque que está voltada para a Princes Street. Pra ver todas essas estátuas, o bom mesmo é caminhar pela rua e não pelo parque.

Obs.: O Princes Street Gardens apesar de ser um parque público tem horário pra abrir e fechar, então quando ouvir uns apitos no final do dia, é bom procurar o portão mais próximo rapidinho se não quiser ficar trancando ali dentro.

** Precisando de hotel em Edimburgo? Inicie as pesquisas aqui.

** Precisando de seguro viagem? Inicie as pesquisas aqui.

** Precisando alugar um carro? Inicie as pesquisas aqui e/ou aqui.

Se você gostou das dicas, ao reservar hospedagem, seguro viagem e aluguel de carro aqui pelo blog, nós ganhamos uma pequena comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Obrigada! :D

Posts relacionados:

Todos os posts sobre a Escócia

Todos os posts sobre Edimburgo

Todos os posts sobre Glasgow

Todos os posts sobre as Highlands

Siga o Blog Contando as Horas nas redes sociais:

no Instagram: @brunabartolamei

e curta nossa fanpage no Facebook: facebook.com/ContandoAsHoras

Bruna Bartolamei
Siga-me

Bruna Bartolamei

Catarinense, mas já morou em Curitiba (8 anos) e em Edimburgo, a capital da Escócia (quase 2 anos). Criou o blog pra contar um pouco mais sobre como foi o seu intercâmbio na terra dos Kilts e das Gaitas de Fole, e também, sobre suas viagens pelo mundo.
Bruna Bartolamei
Siga-me
Postado em Atrações turísticas, Edimburgo, Escócia
Booking.com
  1. Celina Martins 09/10/2012 | 10:04

    Eu amo esse parque! Aliás eu amo Edimburgo!

    • Bruna 11/10/2012 | 03:06

      Oi Cel,
      Concordo 100% com o que vc disse! =)))

  2. garfosequartos 13/10/2012 | 17:39

    Oi Bruna
    Passei aqui para te agradecer por prestigiar o nosso blog, e me deparei com esse post sobre um parque tão bacana! Com direito a castelo, hein? Fiquei com vontade de conhecer Edimburgo, imagino o privilégio que deve ter sido morar lá!
    Abraço!

    • Bruna 14/10/2012 | 21:30

      Obrigada pela visita tbm!
      Sempre quando vejo alguma estação de ski/cidadezinha no hemisferio norte fico curiosa pra ler a respeito. Vail me pareceu ser bem interessante!

      E realmente foi um privilégio, Edimburgo é uma cidade espetacular! Não deixe de ir quando puder! =)

Deixe o seu comentário...