11.10
2012

Documentos necessários para embarque nacional e internacional

Quando vamos fazer uma viagem, seja ela nacional ou internacional, normalmente sempre achamos que só podemos embarcar usando a carteira de identidade  ou o passaporte, certo? Certo! Certíssimo! Mas o que muita gente não sabe é que, outros documentos também são aceitos na hora de embarcar.

Foto retirada do site copastur.com.br

→ Embarque para destinos nacionais

Como todo mundo já sabe, os embarques são considerados nacionais quando o deslocamento acontece entre duas cidades dentro do Brasil, claro. Até ai nenhuma novidade. A novidade fica por conta dos documentos que podemos apresentar para embarcar. Além da carteira de identidade, também são aceitos muitos outros documentos, desde que tenham foto, como por exemplo: Carteira de motorista, carteira de um Conselho ou Federação Profissional (OAB, CRM, CREA) e a Carteira de Trabalho (essa eu não sabia, novidade pra mim!).

Já no caso de crianças, além da carteira de identidade ou certidão de nascimento, é necessário autorização judiacial caso somente um dos pais esteja viajando ou a criança estiver acompanhada de um responsável.

→ Embarque para países da América do Sul

Muitas pessoas quando viajam para os países que fazem parte do Mercosul usam apenas a carteira de identidade (emitida pela Secretaria de Segurança Pública do Estado ou do Distrito Federal), o que eu não recomendo. Acho que é sempre interessante ao viajar para fora do país levar o passaporte. Digo isso, pq já li relatos de pessoas que não conseguiram permissão para visitar alguns países pq a foto da carteira de identidade tava muito diferente do que a pessoa está hoje em dia. Então na duvida e pra não correr riscos, fortemente recomendo fazer um passaporte e levá-lo junto sempre que viajar para fora do país.

→ Embarque internacional para os demais países do mundo

Passaporte, somente o passaporte válido é aceito nesse caso!  E ainda o visto, no caso de estar viajando para um país que exisge visto dos brasileiros, claro.

Para pessoas menores de 18 anos, viajando desacompanhada do pai ou da mãe ou os dois, é ainda necessário apresentar uma autorização judicial.

Tranquilo, não é?

Posts relacionados:

Todos os posts sobre Dicas de Viagem

Siga o Blog Contando as Horas nas redes sociais:

no Instagram: @brunabartolamei

e curta nossa fanpage no Facebook: facebook.com/ContandoAsHoras

Bruna Bartolamei
Siga-me

Bruna Bartolamei

Catarinense, mas já morou em Curitiba (8 anos) e em Edimburgo, a capital da Escócia (quase 2 anos). Criou o blog pra contar um pouco mais sobre como foi o seu intercâmbio na terra dos Kilts e das Gaitas de Fole, e também, sobre suas viagens pelo mundo.
Bruna Bartolamei
Siga-me
Postado em Dicas de Viagem
Booking.com
  1. Parece um assunto simples, mas não é! Ainda tem muita gente que se confunde e que não sabe o que levar! Quando estive pela primeira vez em Buenos Aires, encontrei um casal brasileiro cujo marido tinha tentado embarcar com a sua identidade profissional; Ela vale em todo o território nacional, mas néao vale nem no Mercosul. A esposa embarcou, ele não. Teve que comprar uma outra passagem e ir mais tarde (quando conseguiu ter em mãos um outro documento válido).

    • Bruna 12/10/2012 | 22:57

      Oi Milena,

      Verdade! Também já soube de várias histórias parecidas de pessoas que viajaram aqui pela américa do sul sem se preocupar muito com os docs e não conseguiram entrar. Eu quando viajo pra fora do país, sempre levo o passaporte, mesmo que seja aqui pela redondeza, Argentina ou Chile, que eu ja fui por exemplo. Acho mais tranquilo!

    • bruunaduarte 17/01/2013 | 08:05

      Nossa que situação ein? Recentemente fiz um cruzeiro e embarquei no porto de Itajaí.
      Lá estavam um pai e uma filha que deveriam ter embarcado no Rio de Janeiro.
      A filha simplismente esqueceu de levar qualquer documento para a viagem.

      • Bruna 18/01/2013 | 01:47

        Nossa, eu nem imagino como alguém consegue esquecer os documentos, pq eu olho mais de 1000x pra ver se está td certo com o meu passaporte.

        Essa deve ser uma das situações mais chatas, pq perder uma viagem por esquecer os docuementos é meio que imperdoavel, na minha opinião.

  2. luiziana 28/12/2014 | 20:54

    Oiii!
    Muito obrigada pelas informações. Amei!
    Tou indo pra Europa ( Suíça)pela segunda vez depois de 11 anos. A primeira vez fui por Zurique, fiquei um pouco perdida por conta de não entender nada de alemão, agora vou por Genève e me viro melhor em francês no entanto sempre dá um friozinho na barriga por viajar só mas to buscando bastante informações pra poder aproveitar o máximo.

    • Contando as Horas 01/01/2015 | 22:38

      Oi, Luiziana

      Verdade! As primeiras viagens a gente sempre fica super nervosa, né?!?! Comigo também foi assim, ainda mais quando viajo pra um lugar onde teoricamente não consigo compreender nada da lingua, tipo na Alemanha, Áustria, Polônia, Montenegro, entre outros.

      Obrigada pela visita aqui no blog! Feliz 2015 pra ti!

Deixe o seu comentário...