17.11
2012

Mini-guia para passar o Natal e Ano Novo em Edimburgo

Faz tempo que eu estava pensando em escrever esse post e acho que agora é uma boa oportunidade, já que eu acabei de voltar de Edimburgo. Mesmo sendo inicio de novembro, a decoração de Natal já estava sendo montada pela cidade e muitas lojas já estavam com as suas vitrines enfeitadas para o final do ano. Alguns restaurantes também  já estavam divulgado seus menus especiais e oferecendo possibilidade de reserva.

Como existem alguns prós e contras importantes a serem levados em consideração antes de fechar uma viagem para Edimburgo (e Escócia em geral) nessa época, aqui vão algumas considerações:

** Natal **

Ao contrario de nós aqui no Brasil, na Escócia em geral o Natal é comemorado com um almoço no dia 25 de dezembro. Pra nós brasileiros, o ideal é manter o nosso dia de comemoração na noite do dia 24, pq as possibilidades vão ser maiores de encontrar um restaurante aberto e os preços acabam ficando bem mais agradáveis.

Dia 24 de dezembro:

– Atrações turísticas: a grande maioria das atrações turísticas de Edimburgo abrem normalmente. Como por exemplo, o Palácio de Holyrood, o Castelo de Edimburgo e os Museus (Galeria Nacional e o Museu de Arte Moderna). Já outras atrações como o Royal Yacht Britannia, abrem com horário reduzido.

– Lojas: abrem normalmente nesse dia, algumas (poucas) fecham um pouco mais cedo, por volta de 16:00 horas.

– Restaurantes: assim como as lojas, a grande maioria dos restaurantes abrem normalmente também, pouquissímos trabalham com horário reduzido ou fecham.

– Trens e ônibus: funcionam normalmente por todo o país.

Dia 25 de dezembro:

– Atrações turísticas: a maioria das atrações estarão fechadas, então, lugares como o Palácio de Holyrood, o Castelo de Edimburgo, Museu Nacional da Escócia, Museu de Arte Moderna e a Galeria Nacional da Escócia não serão possíveis de visitar.

– Lojas: praticamente tudo fechado, exceto algumas lojinhas de souvenirs.

– Restaurantes: a grande maioria dos restaurantes fecham e os que estiverem abertos, são os que operam com o sistema de reserva antecipada para um almoço de Natal especial.

– Trens e ônibus: Nenhum trem ou ônibus estarão operado na Escócia, nenhum mesmo. É uma das poucas datas em que literalmente o país para.

Dia 26 de dezembro:

Apesar de aqui no Brasil esse dia já ser considerado um “dia normal”, em Edimburgo (e por toda a Escócia) nesse dia é feriado, mas diferentemente do dia anterior (dia 25 de dezembro), as lojas e restaurantes voltam a funcionar normalmente (a grande maioria), mas alguamas atrações, como o Palácio de Holyrood, o Castelo de Edimburgo, Museu de Arte Moderna e a Galeria Nacional da Escócia ainda estarão fechados. Já algumas outras atrações como Museu Nacional da Escócia estarão funcionando com horário reduzido e outras atrações como Royal Yacht Britannia voltam a abrir normalmente.

Os meios de transporte em geral, como trens e ônibus, voltam a oferecer os seus serviços, porém algumas empresas operam com horários reduzidos.

Obs.: Aqui nesse post eu coloquei alguns exemplos, mas é sempre é bom checar nos sites oficiais de cada uma das atrações turísticas os horários de funcionamente de cada uma em especifico. É bem fácil de encontrar essas informações, pois todos os sites tem um link chamado PLAN YOUR VISIT ou OPENING TIMES ou HOW TO FIND US.

** Hogmanay, o Ano Novo Escocês **

Até alguns anos atrás o Hogmanay costumava ser comemorado em 5 dias, que depois foram diminuidos para 4, e  desde o ano passado essas comemorações foram parar em apenas 3 dias.. e sinceramente? Espero que essas reduções parem por aqui!!

Dia 30 de dezembro

Um dos eventos mais legais na minha opinião nas comemorações do Hogmanay é o Torchlight Procession. Ele que abre todas as comemorações dessa época do ano. Eu tive a oportunidade de participar por duas vezes, uma carregando a tocha e seguindo o percurso e outra analisando melhor os bastidores do evento, sendo assim, todas essas informações estão super detalhas nesse post onde eu descrevi como tudo acontece nesse dia. Claro que nem todo mundo tem coragem de enfrentar uma caminhada de 1 hora (ou talvez um pouco mais?) até o topo do Calton Hill acompanhado de um friozão (e de um ventão) de matar, mas vale o sacrificio, pode ter certeza!!  Os tickets (que na verdade é a compra da tocha) para esse dia podem ser comprados pela internet ou lá na hora mesmo. Quem não quiser carregar a tocha e participar da caminhada junto com o restante da galera, pode acompanhar o pessoal mesmo sem estar com a tocha.

Nesse dia todas as atrações, restaurantes, bares, pubs, lojas, enfim, tudo, funciona normalmente.

Dia 31 de dezembro

Véspera de Ano Novo. Bom, assim como em praticamente todos os lugares do mundo, é nesse dia que acontecem os grandes eventos das comemorações do próximo ano que já está quase dando as caras. Em Edimburgo, a maioria das atrações turisticas abrem, algumas abrem com horário reduzido e pouquíssimas fecham. Mas de qualquer forma, é sempre bom checar no site oficial de cada atraçãos os horários, para evitar surpresas. Então como por exemplo, o Royal Yacht Britannia abre, mas com horário reduzido, já o Castelo de Edimburgo e o Palácio de Holyrood abrem normalmente.

Quanto aos restaurantes, bares, pubs e cafes, abrem normalmente ao meio dia e a noite, os restaurantes que estiverem abertos operam com horários reduzidos ou no sistema de reserva antecipada. Alguns restaurantes, mesmo que não estejam lotados, não aceitam entrada “de ultima hora”, nesse caso fazer reserva é altamente recomendado. Já as lojas costumam abrir normalmente, exceto as que estão na Princes Street que vão fechar mais cedo devido as comemorações do Ano Novo.

Nesse dia, o Hogmanay tem vários eventos acontecendo simultaneamente, então, é bom garantir o ticket pela internet pra não evitar surpresas e ficar sem. Como existem varios tickets a venda, é bom verificar tudo o que realmente interessa, pra evitar de comprar tickets com passe para alguns eventos que não interessam, bem como comprar tickets mais simples e perder de ver alguma atração que seja importante.

Uma coisa que achei legal foi a mudança no acesso aos eventos na Princes Street e o tipo de ticket comprado. Antes era preciso comprar ticket separado pra todos os eventos que interessassem, já hoje em dia, quem comprar o ticket para o Concert in the Gardens ou para o Keilidh, por exemplo, não precisam mais comprar um ticket em separado para o Hogmanay Street Party, pq agora esses tickets também permitem acesso na Princes Street para ver a queima de fogos a meia noite. Quem comprar somente o ticket em especificio para o Hogmanay Street Party, não tem acesso a nenhum dos outros eventos que vão estar acontecendo ali, claro.

O grande destaque do Hogmanay é a grande queima de fogos a meia noite no alto do Castelo de Edimburgo, mas existem outros eventos legais também, como por exemplo o Concert in the Gardens, que acontecem no Ross Theatre, que fica dentro do Princes Street Gardens. Os ingressos para esse evento costumam esgotar num piscar de olhos. Escoceses de todas as partes do país vem pra Edimburgo principalmente para ver os shows que normalmente são com bandas nacionais ou até internacionais que estão fazendo bastante sucesso pelo país. Apesar de um não conhecer nenhuma das bandas que tocaram nos anos que estive lá de férias em 2008 ou durante o tempo que fiz meu intercâmbio, mesmo assim eu nunca consegui comprar ingressso. Os tickets pra esses shows evaporam em questão de poucos dias. Os ingressos pra esse ano já estão a venda desde o dia 13 de novembro, quem tiver interesse, é bom se mexer logo.

Outro evento legal é o Keilidh, que são apresentações de bandas escocesas (com muita gaita de fole) e com muita dança tipica escocesa. É bem legal pra quem quer ver e conhecer um pouco mais da cultura do país. Quem tiver esse ticket pode assistir ao Keilidh, que acontece no The Mound (entre a National Gallery of Scotland e a Royal Scottish Academy) e depois seguir para a Princes Street e aguardar a queimas de fogos.

Como a Princes Street é fechada com cercas, as placas indicando o acesso para o Hogmanay estão bem visiveis. Hoje em dia eu não sei como anda essa questão, mas até 2010, apenas algumas ruas davam acesso a festa. Claro que vão exisitir muitos pontos de informações, placas e sinalizações, quanto a isso não é preciso se preocupar. Ninguém vai perder a comemoração por falta de informação.

Obs.: Pessoas com menos de 16 anos não podem entrar desacompanhadas de um adulto responsável. Existem banheiros em toda a extensão da Princes Street, assim como também existem algumas barraquinhas vendendo cerveja e comidas tipicas em geral. Não é permitido levar a nossa propria garrafa de champagne pra brindar a meia noite, infelizmente (por questão de segurança). O acesso a Princes Street só é permitido até as 23:00 horas, depois disso, ninguém mais entra. Quem não tiver ingresso para o Concert in the Gardens e para o Keilidh, eu acho legal chegar lá pelas 21:30 – 22:00, assim da pra dar uma voltinha tranquilamente, e por volta das 23:00 horas, quando os portões encerram as entradas, já é bom procurar um lugar legal pra ver a queima dos fogos. A comemoração é beeem tranquila, é tudo bem civilizado. Lembro que quando fomos a primeira vez em 2008, estavamos com medo de do pessoal estar bebado demais e importunar os demais que estavam ali na Princes Street, mas foi muuuito tranquilo. Muito tranquilo mesmo!

Dia 01 de janeiro

Nesse dia eu nunca participei de nenhum dos eventos que fazem parte das comemorações do Hogmanay, mas já posso adiantar que, logo cedo ao acordar (por volta das 10:00 da manhã) a gente saiu pra dar uma voltinha e o centro da cidade e a Princes Street já estava organizada, as cercas já tinham sido desmontadas e as ruas estavam limpíssimas.

Lembro que em 2008 eu queria assistir (e não participar) do Loony Dook, um evento que deve ser no minimo interessante. O pessoal (uns doidos varridos) tiram a roupa e nadam por alguns minutos nas águas geladíssississsisssissimas do Firth of Forth. Dizem que isso ajuda a curar o porre da noite anterior. Eu hein, existem outros métodos para curar porres, né?

Ainda existem outros eventos como o Dogmanay, que voltou a fazer parte do Hogmanay esse ano. Esse evento basicamente é uma corrida de cachorros. Esse evento vai acontecer no Holyrood Park. A entrada é gratuita para ver as corridas.

Os restaurantes voltam a funcionar normalmente. Algumas lojas abrem (mas poucas), principalmente as lojas de souvenirs.

Quanto as atrações turisticas, o Palácio de Holyrood abre normalmente, o Castelo de Edimburgo e a Galeria Nacional da Escócia abrem com horário reduzido.

Já os trens e ônibus operam normalmente por todo o país durante todos os dias do Hogmanay (30 e 31 de dezembro e 01 de janeiro).

Em resumo, na minha opinião, vale muito mais a pena passar o Ano Novo em Edimburgo do que o Natal se levarmos em consideração os dias “utéis” para aproveitar na viagem. E pra quem quiser ver a decoração de Natal e consequentemente a cidade ainda efeitada não há motivos pra se preocupar, já que os efeites, luzes e tudo mais permanecem até o dia 06 de janeiro.

Obs 1.: todas as fotos desse post são de dezembro de 2011.

Obs 2.: a inauguração das luzes de Natal pra esse ano está marcado para o dia 29 de novembro.

Posts relacionados:

Lista com todos os posts que já escrevi sobre Edimburgo

Mini-guia para viajar de trem pela Escócia e norte da Inglaterra

O que fazer em apenas 24 horas em Edimburgo?

O que fazer em 48 horas em Edimburgo?

Edimburgo: Onde é melhor se hospedar?

Euro x Libra e o Reino Unido

Bruna Bartolamei
Siga-me

Bruna Bartolamei

Catarinense, mas atualmente morando em Curitiba-PR. Já morou em Edimburgo, a capital da Escócia por quase 2 anos. Criou o blog pra contar um pouco mais sobre como foi o seu intercâmbio na terra dos Kilts e das Gaitas de Fole, e também, sobre suas viagens pelo mundo.
Bruna Bartolamei
Siga-me
Postado em Edimburgo, Escócia, Hogmanay, Natal
Booking.com
  1. Bóia Paulistaa 19/11/2012 | 11:24

    Oi, Bruna :) Tudo bem?

    Seu post foi selecionado para a #Viajosfera, do Viaje na Viagem.

    Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Até mais,
    Natalie – Boia Paulista

  2. Nick 21/11/2012 | 09:22

    Oi Bruna, que legal….vc acabou indo mesmo pra Edimburgo, heim !!!!!

    • Bruna 22/11/2012 | 01:12

      Oi Nick,

      E eu ia ser louca de perder a oportunidade???? De jeito nenhum!! Eu ali do ladinho, tinha que dar uma passadinha por lá.. =))))

  3. Julia 24/11/2012 | 21:18

    Estou indo para Edimburgo em dezembro e só volto em fevereiro, então vou passar o ano novo e natal por lá (: Seu post ajudou bastante, estava pesando em viajar para algum lugar da Europa no ano novo.. mas me interessei muito pelo ano novo em Edimburgo, acho que vou ficar por lá mesmo. hahaha!

  4. Bruna 25/11/2012 | 15:59

    Oi Julia,

    Huuum.. que legal!! Isso, fica em Edimburgo, tu não vai te arrepender. É bem interessante o Hogmanay! =))

  5. […] 2011 | LINK 22. @contandoashoras | mini-guia para passar o natal e ano novo em edimburgo | LINK 23. @contandoashoras | elephant house the birthplace of harry potter.. | LINK 24. @contandoashoras […]

  6. Felipe 13/11/2013 | 12:12

    Olá Bruna tudo bem? Achei muito legal o seu blog, parabéns!!! Estou indo para Edinburgh com os meus amigos no ano novo só que vamos ficar hospedados em Glasgow, portanto o nosso voo de volta é para o dia 1 as 11h saindo de Glasgow, nossa maior dúvida é saber que horas termina a festa e se tem algum transfer ou ônibus que faça este roteiro no dia 1 pela manhã. Obrigado

    • Contando as Horas 14/11/2013 | 14:05

      Oi, Felipe
      Tudo bem e por ai?
      Obrigada =DD

      As vezes que fui, a festa toda acontecia antes da queima de fogos a meia noite. Depois fica por ali quem quer, mas a grande maioria das pessoas acaba indo embora (ou vai pra outro lugar), pq ficar ali ao ar livre é muuuito frio.

  7. Débora Álvares Santana 17/11/2013 | 14:28

    Oi Bruna,
    Adorei seu blog está ajudando muito nosso réveillon em Edinburgh.
    Estou com dúvidas na compra dos tickets!
    Qual dos shows comprar concert in the gardens ou keilidh. Qual a melhor opção para ver os fogos?
    Obrigado,
    Débora Santana

    • Contando as Horas 18/11/2013 | 02:34

      Oi, Débora

      Obrigada! =DD

      Hum.. eu acho que vai depender muito do gosto musical de vocês. Por exemplo, o Keilidh são musicas e dancinhas tipicas da Escócia, já o Concert in the gardens são aquelas 4 atrações (The 1975, The 10:40, Nina Nesbitt e Pet Shop Boys como destaque principal). Ai depende muito do que vcs gostam.

      Pelo que eu me lembro, o Concert in the Gardens é onde está o Ross Theatre, que é um palco e uma area pra eventos e shows bem no meio do Princes Street Gardens. Acredito que ainda seja ali esse show, pq não consigo visualizar outro lugar pra caber tanta gente.

      Já se vcs optarem por ver o Keilidh, eu não consegui descobrir onde exatamente o palco vai estar. Mas eu acredito que deve ser em alguma rua vertical com a Princes Street ou ao lado da Royal Scottish Academy. Se for nessa região, ai provavelmente vcs terao que deixar essa ala e ir pra Princes Street pra ter uma visão melhor dos fogos com o castelo ao fundo.

  8. Oi Bruna 09/01/2014 | 15:33

    Muito legal seu blog… esse assunto específico com dicas é muito bom e não se acha “por aí”.
    Eu vou passar o Reveillon de 2014 em Edimbra, finalmente.
    Ainda não parei pra fazer meu roteiro, pq quero ficar por 20 ou 30 dias viajando pelo Reino Unido. Vc tem alguma sugestão de lugares pra esse roteiro?
    Fui em 2012 pra Londres e Edimburgo, 4 dias em cada lugar, na primavera.
    Quero voltar pra conhecer melhor, pq eu não consegui curtir muito, foi muito rápido.
    Vc pode me orientar onde ficar hospedada, para o Hogmanay? Não quero muvuca, mas tbm ficar longe deve ser difícil por causa do frio.

  9. jennifer 01/07/2014 | 18:09

    Olá!
    Vou passar o natal com meu marido em edimburgo.Onde vc sugere um jantar no dia 24 de dezembro e um almoço no dia 15 de dezembro?
    beijos

    • Contando as Horas 02/07/2014 | 14:00

      Oi, Jennifer

      Tem centenas de opções, mas claro que teria que verificar se eles abrem nessas datas ou se é só com reserva (e como andam essas reservas, pois os britânicos em geral são muito organizados com relação a isso).

      Então, se vcs quiserem restaurantes de comida típica da Escócia, vcs podem tentar o The Witchery, Angels with Bagpipes, Dome, Hadrians Brasserie (dentro do Hotel Balmoral), entre outros. Vcs também podem ir a algum pub, os mais frequentados são os que ficam na Grassmarket, Rose Street e Porto de Leith.

      Eu precisaria saber mais detalhes do que vcs gostaria pra poder sugerir algo mais direcionado, mas se vc procurar por esses restaurantes ou até mesmo por coisas nessas ruas, vc vai achar bastante coisa interessante.

      Só não esquece de reservar, muito desses restaurantes tem cardápio e preços especiais para Natal e Ano Novo.

  10. Patricia 24/11/2014 | 21:37

    Olá Bruna, tudo bem? Puxa achei super bacana seu post! Aliás, ele me deixou um pouco aliviada.. Ehehe. Meu marido e eu estamos pensando em ir pra Edimburgo no Ano Novo, mas eu honestamente tenho uma certa fobia de grandes multidões! Mas lendo vc contar que é bem tranquilo, até me animei mais :).
    Nós fomos pra lá em Fev/2012 e simplesmente amamos a cidade!!! Imagina enfeitada com as luzes de Natal!! Abraço!!

    • Contando as Horas 26/11/2014 | 01:03

      Oi, Patricia

      Verdade! Eu to acompanhando pela internet as fotos que o pessoal ta postando de lá e realmente, ta tudo muuuuito lindo!

      Olha, na ultima vez que estive no Hogmanay tava tranquilo. Hj em dia já não sei se ainda é a mesma tranquilidade. Multidão sempre vai ter, mas não é aquela coisa absurda que a gnt é acostumada aqui, do tipo impossivel de se mexer.

      Vcs vão adorar a festa! É tudo muito organizado! Aproveitem!! :D

  11. flavia 08/12/2014 | 23:15

    OI Bruna adorei esse guia… tiraram muitas duvidas que eu tinha, estou indo passar o reveillon esse ano com umas amigas,e uma delas esta gravida. Tentei fazer reserva de restaurantes e nao consegui… voce tem alguma dica, ou site que poderia me ajudar?

    obrigada

    • Contando as Horas 10/12/2014 | 00:47

      Oi, Flavia

      Vc pode ver o guia sobre as festas de fim de ano em Edimburgo atualizado (versão 2014), nesse link aqui:
      http://contandoashoras.com/2014/11/21/festivais-de-inverno-de-edimburgo-2014/

      Então, geralmente eu procuro os restaurantes no site do TripAdvisor. Seleciono os que gosto e ai entro site por site e vejo o menu. Pra essa época de final de ano, a maioria dos restaurantes tem algum menu especial. O ideal é vc reservar diretamente no proprio site do restaurante, ou ainda, vc pode reservar pelos sites do Book a Table e o Open Table. Agora não lembro qual dos dois eu já usei, eles são meio parecidos, mas deu tudo certo com a reserva.

  12. Diógenes 27/07/2016 | 16:25

    Olá, Bruna. Tudo bem? Olhei o site do Hogmanay e as vendas para a Street Party (25 libras – adulto) começaram. No teu texto fala “Antes era preciso comprar ticket separado pra todos os eventos que interessassem, já hoje em dia, quem comprar o ticket para o Concert in the Gardens ou para o Keilidh, por exemplo, não precisam mais comprar um ticket em separado para o Hogmanay Street Party…” Acredito que houve outra mudança, pois os ingressos para os eventos devem ser comprados separadamente.

    Diógenes

    • Contando as Horas 02/08/2016 | 01:16

      Oi, Diógenes

      Pode ser, pois esse post é de 2012, portanto, as infos são referentes aquele ano. Já está na hora de atualizar essas infos, acho que esse ano vou escrever um post com as informações mais atualizadas. Obrigada pelo comentário!

      • Diógenes 30/09/2016 | 17:19

        Bruna, as boates funcionam no dia 31/12? A Street Party vai até 01:00. Hoje começaram as vendas. Quando fui comprar o Concert in the Gardens, ele já estava “sold out”! Ir ao Candlelit Concert (18:00 – 19:30) e depois à Street Party é indicado?

        • Contando as Horas 02/10/2016 | 21:48

          Oi, Diógenes

          Acredito que abram sim.

          Puxa, que pena! No mesmo dia e ja estava sold out? Meuuu Deuuusss!!!

          Sim, mas nesse meio tempo vc pode ir em algum pub ou restaurante comer algo.

          Obrigada pela visita aqui no blog!

Deixe o seu comentário...