25.02
2013

Hotel em Barbados

Quando o assunto é hospedagem, Barbados oferece uma boa gama de opções. Vai desde luxuosos hotéis a beira mar (The Crane e Sandy Lane), até hotéis, hotéis com cara de resort (mas longe de incluir ou ser tudo o que vemos, por exemplo, em Cancun ou em algumas praias do norteste), B&B, albergues, enfim, opções certamente não faltarão.

hotel barbados 8_1024x734

hotel barbados 7_1024x666

Enquando eu ainda estava escolhendo onde iria me hospedar, vi que as opções de regiões também são boas e cada uma com uma caracteristica em especifico. Então, na verdade, tudo vai depender do que realmente estamos buscando ver e fazer no país. As opções de hospedagem por região podem ser facilmente descritas assim:

hotel barbados 16_1024x704

– Bridgetown, a capital do país: ao contrario do que estamos acostumados a fazer em outras viagens, no caso de Barbados, se hospedar na capital não é muito interessante não. Bridgetown é bonitinha e tal, mas certamente não é a melhor opção de hospedagem;

– Costa sul: tem tanto praias calminhas quanto praias com mar mais agitado. É a região mais movimentada do país e onde estão concentrados a maioria dos bares e restaurantes. Eu nem pensei meia vez e tratei logo de reservar o meu hotel nessa região aqui. E não me arrependi, muito pelo contrario, gostei bastante;

hotel barbados 10_1024x730

– costa oeste: voltada para o mar do Caribe, eu diria que essa região é mais propicia pra quem vai viajar com crianças e quer (e gosta) de praias mais calminhas. A areia é branquíssima, o mar é exatamente aquilo que esperamos de qualquer praia caribenha, azul turquesa e com água bem quentinha;

– costa leste: voltada para o Oceano Atlântico, essa região é uma das mais despovoadas do país. Quem gosta de praias mais selvagens, com mar mais agitado (eu diria até que é mais perigoso), certamente vai gostar bastante dessa região do país. Os surfistas que desembarcam em Barbados podem confirmar!

hotel barbados 11_1024x754

Depois de muito pesquisar, tanto localização quanto valores, achei que seria uma boa idéia me hospedar no Courtyard by Marriott Hotel. Esse hotel está longe de ser um resort, eu até acho que ele se enquadraria como um desses hotéis que facilmente encontrariamos em qualquer grande capital pelo mundo.

Apesar do hotel não ficar na beira da praia, ele fica muito perto. É só atravessar a ruazinha principal da região de Hastings, descer umas escadinhas e pronto, estamos com os pés na praia.

A praia em frente ao hotel

A praia em frente ao hotel

O hotel é relativamente grande e basicamente oferecem dois tipos de quartos: os “quartos normais” como o que eu escolhi e as “suites”. A unica grande diferença que eu percebi (pelo que vi em fotos) foi a presença de sacada e cama king size nas suites, pq no meu não tinha. Mas sinceramente? Não fez a menor falta!

hotel barbados 4_1024x731

O meu quarto (guest room, 2 queen) era relativamente grande, tinha duas camas queen, uma escrivaninha, um mini bar vazio (na sequencia explico como funcionava esse esquema por lá) e o banheiro com chuveiro e banheira. Ah, e sem esquecer do climatizador, claro.

hotel barbados 2_1024x751

O piso era de ceramica (nem tinha como ser de outra coisa) e todo o design e decoração eram bem clean. O café da manhã não estava incluido no valor da diária (mas eu tbm não faço muita questão, já que não tenho costume de tomar café da manhã), a internet wi-fi é gratuita em todo o hotel (funciona muuuuuito bem) e a TV a cabo tinha os principais canais de notícias e filmes.

hotel barbados 6_1024x754

No quarto ainda foi disponibilizado duas toalhas de praia, que poderiam ser trocadas a qualquer momento. Mas como garantia de que todo mundo não ia perder, esquecer ou até melhor levar elas pra casa, no check-in eles cobram uma taxa de 50,00 dolares de Barbados pelo aluguel das toalhas, que no final da estadia, se tudo estiver de acordo, eles devolvem esse valor. Achei bem legal!

hotel barbados 3_1024x725

Sobre a questão do mini bar do quarto estar vazio, no primeiro dia eu estranhei, principalmente pq, na hora do check-in, a recepcionista não me explicou nadinha como isso funcionava. Então, no outro dia pela manhã, eu fui até a recepção e enquanto aguardava para ser atendida percebi um pequeno “Market” ali do ladinho. Pra encurtar a história, logo que vi, eu já entendi como as coisas iriam funcionar nesse sentido. E eu estava certa. As coisas funcionam assim: água (com e sem gás), cervejas nacionais e importadas (lata ou garrafa), sucos, barrinhas de cereal, salgadinhos e bolachas são vendidos ali. Depois de escolher o que gostaria de levar pro quarto, temos duas opções: anotar e incluir tudo na nossa conta e pagar somente na hora do check-out ou ainda, pagar com cartão ou dinheiro (dolar americano ou dolar de barbados são aceitos) na hora da compra. Ok, mas na minha opinião, eu achei que pelo menos água eles poderiam oferecer no quarto e já incluido no valor da diária, mas tudo bem né!

hotel barbados 12_1024x743

Existe ainda um restaurante, que serve lanches rápidos. Então, ali não existem opções de pratos mais elaborados. E funciona no mesmo esquema do “Market”, ou pagamos ali na hora ou ainda podemos anotar e pagar tudo no final.

Eu jantei algumas vezes nesse restaurante do hotel e gostei bastante de tudo o que pedi. Só senti um pouco de falta de ter algumas opções de pratos tipicos da ilha no menu, mas fora isso, tudo certo! Aproveitei também pra tomar muuuuito Rum Punch, um dos drinks mais famosos de Barbados.

hotel barbados 19_1017x768

Como opções extra, ainda existem um pequeno spa, uma sala com computadores (com acesso a internet, claro) e uma salinha de TV.

Em resumo, minha opinião sobre o hotel: muito prático e sem frescuras. Gostei bastante do atendimento de todos os funcionários, fossem as camareiras, as atendentes no balcão ou ainda no restaurante. A minha idéia de uma ilha no Caribe não incluem hospedagem em grandes resorts e muito menos ficar curtindo a piscina, então nessa questão, esse hotel foi o ideal, já que estava a pouquíssimos metros da praia e ainda, muito perto de muitos bares e restaurantes. Gostei bastante a ponto de recomendar a todos que um dia pensem em visitar Barbados!

hotel barbados 14_1024x706

O Courtyard by Marriott Hotel fica na The Garrison Historic Area, em Hastings, na parish de Christ Church. Fica a uns 15 minutos de carro da capital do país, Bridgetown e a alguns minutos de caminhada de algumas das praias mais famosas de Barbados, como Accra Beach, Dover Beach e Carlisle Bay.

** Se você gostou das dicas desse blog e quiser dar uma força reservando hotel em Barbados através do site Booking, para iniciar as pesquisas, é  só clicar aqui -> Reservar hotel em Barbados. Obrigada!!! **

** Importante: Ao reservar um hotel através de um link do site Booking aqui nesse post, será repassado uma comissão ao blog Contando as Horas. **

** Não sabe como utilizar o site do Booking? Aqui vai um post bem detalhado sobre como escolher e reservar um hotel. **

Posts relacionados:

Todos os posts sobre Aruba

Todos os posts sobre Barbados

Todos os posts sobre St Maartin/Martin

Todos os posts sobre St Kitts e Nevis

Siga o Blog Contando as Horas nas redes sociais:

no Instagram: @brunabartolamei

e curta nossa fanpage no Facebook: facebook.com/ContandoAsHoras

Bruna Bartolamei
Siga-me

Bruna Bartolamei

Catarinense, mas atualmente morando em Curitiba-PR. Já morou em Edimburgo, a capital da Escócia por quase 2 anos. Criou o blog pra contar um pouco mais sobre como foi o seu intercâmbio na terra dos Kilts e das Gaitas de Fole, e também, sobre suas viagens pelo mundo.
Bruna Bartolamei
Siga-me
Postado em Barbados, Caribe, Hotéis
Booking.com
  1. Melissa 24/10/2013 | 10:03

    Olá, Bruna, preciso de uma informação sobre o retorno de Barbados ao Brasil. Para ir tem voo direto da Gol aos sábados, certo? Para voltar, tem voo direto, ou é preciso ir a algum país da América do Sul?

    Abraços

  2. Melissa 25/10/2013 | 09:00

    Oi, sim os Voos são direto a São Paulo, apenas aos domingos.
    Abraço.

    • Contando as Horas 27/10/2013 | 18:40

      Oi, Melissa

      Então, eu tava olhando no site da gol e agora os voos saem de SP aos sábados e voltam sempre aos domingos. Um dia a mais pra aproveitar Barbados! =D

  3. Guto 02/09/2014 | 07:38

    Olá Bruna ref. Ao café da manhã nos hotéis em barbados me parece que são todos pagos isso procede? Abs

    • Contando as Horas 02/09/2014 | 20:06

      Oi, Guto

      Não sei te dizer se em todos os hoteis o café da manha é pago a parte, mas nesse hotel que eu tava, era. Essa questão do café da manhã varia muito da politica adotada por cada hotel em especifico. Se vc precisa tomar cafe da manha, tipo, não vive sem, é bom vc pegar um hotel que ofereça isso incluido no valor da diaria ou ate mesmo pagar por fora, pois diferentemente das praias aqui do Brasil, em Barbados nao existem vendedores ambulantes nas praias. Vc precisa levar alguma coisa pra comer por conta ou ir a alguma praia que tenha mais estrutura.

  4. Poliana 29/01/2015 | 22:39

    Olá Bruna, td bem?
    Estou pesquisando sobre Barbados para uma viagem com meu namorado e encontrei seu blog, q por sinal ADOREI! Os posts são ótimos e está ajudando bastante.
    Vc poderia por favor me tirar algumas dúvidas?
    Em pesquisa de hoteis no tripadvisor, vi q tem a disponibilidade de alugueis pra temprada. Vc sabe algo sobre isso? Pelo q entendi são casas ou apartamentos com td mobiliado q aluga por dia. Achei interessante pois tem cozinha. Qual sua opinião sobre esses alugueis?
    Outra dúvida é sobre a língua. Vi q em Barbados fala-se o inglês, e o nosso é beeeem básico. Muito difícil a comunicação?
    Outra questão é sobre os passeios. Pra duas semanas por lá da pra conhecer bem neh? Pensei em ficar uma semana numa regiao e outra em outra região. O q indicaria?
    Se puder me dar uns toques quanto a essas duvidas, agradeço.
    Abraços,
    Poli.

    • Contando as Horas 30/01/2015 | 01:06

      Oi, Poliana

      Infelizmente não sei te dar mais informações sobre isso, pois acabei buscando apenas por hotéis pra me hospedar, já que seria a minha primeira vez nessa parte do mundo. Achei mais seguro ficar em um hotel.

      Com certeza devem existir essas opções de aluguéis de temporada. Vc chegou a dar uma olhada no site da AirBnB sobre isso? Apesar de eu ainda não ter escrito um post sobre minha experiencia em alugar um apto com eles (mas foi em Edimburgo, na Escócia no ano passado), eu já te adianto, gostei bastante dessa opção.

      Sim, em Barbados eles falam inglês, herança da colonização britânica. Pro essencial, tipo: pedir comida, pegar um taxi e tal, eu acho que mesmo com um inglÊs básico vc pode se virar. Se caso fugir muito disso, ai não sei. Depende da pessoa com quem vcs estiverem falando, as vezes elas até podem saber alguma outra lingua ou ter paciencia pra tentar ajudar vocês de alguma outra forma. O pessoal lá em Barbados é bem prestativo e simpático.

      Duas semanas é mais do que suficiente. Eu fiquei uma semana só e consegui fazer bastante coisa. Com duas semanas então, vcs vão conseguir conhecer tudo hehehe Eu indicaria vcs ficarem na região de Hasting, que foi onde fiquei ou até mesmo em Bridgetown (caso forem alugar um carro) e também, mais pro lado do oceano Atlântico, próximo do hotel The Crane (se quiserem surfar ou algo do tipo).

      =D

Deixe o seu comentário...