20.06
2013

Londres: 15 bate-voltas de trem!

Normalmente quando eu viajo pra alguma capital da Europa ou até mesmo pra alguma cidade maiorzinha que seja rodeada por outras cidades menores interessantes, eu sempre coloco no roteiro pelo menos um bate-volta pra poder conhecer um pouco do interior daquele país.

Londres oferece uma gama enorme de bate-voltas que podem ser feitos usando tanto trem como os ônibus. Sempre que possível eu dou preferencia pra utilizar o trem, já que no UK eles geralmente são super pontuais e cobrem praticamente o país todo.

Aqui nesse post estão listados todos os bate-voltas que eu já fiz partindo de Londres, onde apenas 3 desses eu fiz partindo de Edimburgo (Manchester, Blackpool e York), mas não precisa se preocupar, é totalmente possível fazer a partir de Londres também.

Parliament Square - Londres

Parliament Square – Londres

Ainda existem muitos destinos que eu gostaria de conhecer, mas enquanto eu não risco todos da minha listinha interminável, aqui vão algumas sugestões:

Bath é uma das cidades mais bonitas que conheci na Inglaterra. A cidade ganhou fama por ter sido (e ainda continuar sendo) um destino de férias de ricos e famosos, além das termas romanas, Jane Austen e das construções feitas de pedras de cor amarelada.  Pra chegar lá de trem é bem simples: os trens partem de Londres da estação de Paddington e em aproximadamente 1 hora e 20 minutos estamos desembarcando na estação de Bath SPA, localizada no centro da cidade.

As principais atrações da cidade são: as Termas Romanas, a Bath Abbey, Pulteney Bridge (um dos cartões postais da cidade), Royal Crescent e o The Circus.

Blackpool é uma das cidades mais populares do Reino Unido quando o assunto é diversão e praia. Inclusive Blackpool é a maior rival de Brighton nesses dois quesitos. Pra quem nunca tinha ouvido falar nessa cidade, ela está localizada na costa oeste da Inglaterra, um pouco acima do País de Gales e muito perto de Liverpool.

Pra ir até lá de trem, apesar do trajeto não ser direto (é preciso fazer uma troca em Preston), o tempo de viagem é de aproximadamente 2 horas e 30 minutos. Os trens partem da estação de Euston em Londres e o desembarque deve ser feito (na minha opinião) na estação Blackpool North, que é a que fica mais próxima ao centro da cidade (uns 10 minutos caminhando).

A grande atração de Blackpool é a sua costa, que é banhada pelo geladíssimo mar da Irlanda. Existem alguns pier com restaurantes e atrações. Ah, e é claro que não dá pra esquecer da principal atração da cidade: a Torre de Blackpool, uma versão inglesa da Torre Eiffel.

Brighton uma cidade a beira-mar que fica no sul da Inglaterra a menos de 1 hora de Londres. Para chegar lá é bem fácil, pois os trens da empresa First Capital Connect são diretos e partem da estação de London Bridge, em Londres com uma boa frequencia diaria.

As principais atrações da cidade são: o Royal Pavilion, um palácio de estilo totalmente atipico, podemos caminhar pela região chamada The Lanes, com ruazinhas medievais super bonitinhas e ainda é possivel conhecer uma típica praia inglesa, com pedras (ao inves de areia) e se divertir e fazer compras no Brighton Pier.

Brighton

Brighton

Dover fica no sul da Inglaterra e o tempo de viagem de Londres até lá vai depender de qual estação for a escolhida. Se o trem partir da Victoria Station o trajeto vai ser feito em aproximadamente 2 horas, se a escolhida for a Charing Cross o tempo tbm é grande, em torno de 1 hora e 50 minutos. Quem optar por ir a partir da St Pancras Station (como eu fiz), o tempo cai significativamente e fica em 1 hora a viagem.

As 2 principais atrações da cidade são: o Castelo de Dover e os White Cliffs. Mas caminhar pela cidade também tem seu charme e ver de perto as praias com “areia de pedra” também pode ser um ótimo programa.

Hampton Court Palace foi o palácio onde o Rei Henrique VIII morou com Ana Bolena. Fica a uma curta distância de Londres, aproximadamente 30 minutos de trem. Existem trens direto ou com 1 conexão, então é bom ficar ligado na hora de comprar o bilhete. Todos os trens partem da estação de Waterloo, em Londres.

Basicamente a nossa visita se resumiu ao Hampton Court Palace, onde podemos visitar as partes internas do palácio e aprender um pouco sobre a polêmica história de vida do Rei Henrique VIII e suas 6 mulheres. Ah, os jardins do palácio são imperdíveis!

Liverpool é sinonimo de Beatles, mas a cidade tem muito mais a oferecer. Eu estive duas vezes lá e em ambas as vezes inclui no meu roteiro tanto atrações relacionadas com os Beatles (eu não seria nem louca de não fazer isso!) como outras atrações. Praticamente 99% das pessoas que vão a Liverpool vão visitar o Beatles Story, uma especie de museu que conta toda a trajetoria dos integrantes da banda desde o inicio até as suas carreiras solos hoje em dia. Além disso, fiz também o Magical Mystery Tour também. Fui duas vezes no The Cavern e ainda me hospedei no “Hotel dos Beatles”, o Hard Days Night Hotel. Mas além disso, visitei a Radio City Tower, uma torre de TV que porporciona ótimas fotos de toda Liverpool, conheci também o  Merseyside Museum (que conta um pouco da história tragica do Titanic), caminhei pela região da Albert Docks e conheci as duas principais igrejas da cidade.

Para chegar lá partindo de Londres é tranquilo, apesar de eu não ter feito esse trajeto, pois eu fui de Edimburgo a Liverpool, as principais informações sobre esse trajeto são: o tempo de viagem é de 2 horas (se o trem for direto) ou de 2 horas e 30 minutos (se tiver conexão pelo caminho). Os trens partem de Londres da estação de Euston e chegam em Liverpool na estação de Lime Street. O trajeto será feito pela empresa Virgin Trains.

Manchester além de ser famosa por causa dos times de futebol, teve uma importancia muito grande para o mundo, foi onde a revolução industrial começou. Um pouco dessa história pode ser vista no MOSI, o museu de ciência e industria da cidade. Ainda tem a região de Castelfield, que está relacionada com a ocupação dos romanos na cidade e ainda existem resquicios a serem vistos por ali. E como eu fiquei pouco tempo na cidade, pq o meu objetivo era apenas ver o show do Belle & Sebastian, o que eu conseguisse ver seria lucro. Ainda caminhei pela praça que fica em frente ao City Hall  onde estava acontecendo um mercadinho de Natal super interessante e muito bem organizado.

Mesmo eu não tendo feito esse trajeto a partir de Londres, as informações essenciais são: todos os trens partem de Londres da estação de Euston, o trajeto leva aproximadamente 2 horas e como Manchester tem varias estações de trem, eu aconselho a desembarcar na Piccadilly Station, que além de ser a maior estação da cidade, está super bem localizada.

Manchester City Hall

Manchester City Hall

Norwich, ganhou fama por causa da mostarda inglesa. Para ir até lá, a viagem tem inicio na estação de London Liverpool Street e dura 1 hora e 50 minutos.

A cidade é super pequena e é possível conhece-la rapidamente. As principais atrações da cidade ficam por conta do Castelo de Norwich, a sua catedral, a galeria Royal Arcade onde fica o Colman’s Mustard Shop and Museum. Outro lugar legal de caminhar é pelos corredores aperdados do Norwich Market, que fica em frente ao City Hall. E pra terminar o dia, nada melhor do que caminhar pelas ruas medievais de Elm Hill, um dos lugares mais bonitos e tranquilos da cidade.

Oxford os 100 km que separam Oxford de Londres podem ser facilmente percorridos de trem. O trajeto pode levar desde 1 hora até 1 hora e 50 minutos, dependendo do horário escolhido e se tiver conexão no meio do caminho. Todos os trens partem de Londres da estação de Paddington e chegam na única estação de trem de Oxford.

As principais atrações da cidade são: os 38 colleges (especialmente o de Christ Church, onde foram filmadas cenas do Harry Potter como Hogwarts) que fazem parte da Universidade de Oxford, uma das mais tradicionais do Reino Unido. Alguns colleges estão aberto para visita, não são todos. Ainda podemos conhecer a Radcliffe Camera que fica na Radcliffe Square, bem no centro da cidade, a Igreja de St Mary, a Biblioteca Bodleian (mas não é possivel visitar o seu interior) e a Bridge of Sighs.

Stonehenge é um dos lugares mais populares para fazer um bate-volta a partir de Londres, sejam por brasileiros ou não. Existem duas formas de ir até lá: de ônibus ou de trem. Independente de qual opção for a escolhida para a primeira parte do trajeto, a primeira parada vai ser na cidade de Salisbury. Para a segunda parte do trajeto é necessário pegar o ônibus “The Stonehenge Tour” que vai até a bilheteria/lojinha de souvenirs/cafeteria do lugar.

Obs: quem resolver fazer a primeira parte do trajeto de trem, vai ser preciso caminhar um pouquinho até chegar na Bus Station pra pegar o ônibus The Stonehenge Tour.

Ao comprar o ticket, o ingresso da direito ao audio-guia em diversos idiomas, mas em português ainda não tem. A visita dura mais ou menos uns 30 a 40 minutos. Se tiver chovendo não é uma boa idéia passear por lá, pq como é um campo aberto, venta muito e as vezes nem mesmo o guarda-chuva dá conta.

Stonehenge

Stonehenge

Stratford ano passado durante as Olimpíadas em Londres o mundo inteiro estava ligado nessa região da Inglaterra. Explico: esse é o lugar onde está localizado o Parque Olímpico que foi palco de competições em diversos esportes, além de ter recibido as cerimônias de abertura e encerramento das Olimpíadas. Mas além do Parque Olímpico, grudado fica outra grande “atração” do país, o Westfield Stratford City, atualmente o maior shopping da Europa.

Para chegar lá é muito simples. Os trens partem de Londres da Estação de St Pancras e em menos de 15 minutos a gente já está desembarcando na estação de Stratford Internacional. Mas claro que esse trajeto não precisa ser feito obrigatoriamente de trem, pode ser feito também de metro, DLR e ônibus.

Stratford upon Avon é a cidade natal de Shakespeare, então como esperado, tudo por ali vai girar em torno desse grande escritor britânico. As principais atrações da cidade ficam por conta das cinco casas onde ele morou, também visitamos a Igreja onde ele foi batizado e está enterrado e aproveitamos pra caminhar pelo centrinho da cidade, que diga-se de passagem é a coisa mais linda desse mundo. Parece coisa de cinema!

Para chegar lá a partir de Londres, os trens partem de duas estações, a Euston e a Marylebone. A melhor opção, na minha opinião, seria pegar o trem que parte da estação de Marylebone, pq há opção de fazer o trajeto com um trem direto. O tempo de viagem é de 2 horas. Antes de chegar em Stratford upon Avon, é importante saber que existem duas estações de trem na cidade, então a melhor opção é desembarcar na estação chamada somente de “Stratford upon Avon Station”.

Warwick é uma outra cidadezinha que fica pro lado oeste da Inglaterra. Para chegar até lá, o ideal é pegar o trem na estação de Marylebone. O trajeto dura em torno de 1 hora e 20 minutos para trens diretos e 1 hora e 40 minutos quando os trens fizerem uma conexão. Importante saber que Warwick também é servida por duas estações, então é bom escolher a estação chamada “Warwick” simplesmente, pra não ter problemas.

O grande detaque da cidade fica por conta do Castelo de Warwick e da sua catedral. Vale muito a pena passar uma tarde por lá, com certeza!

Windsor fica a 48 km de Londres, ou seja, é uma cidade que pode ser facilmente incluida em um roteiro na Inglaterra, além de ser uma ótima oportunidade de andar de trem e conhecer as paisagens do interior do país. O jeito mais fácil de chegar até lá partindo de Londres é de trem. Existem dois tipos de trajeto: o direto, que partem da estação de Waterloo e os com uma conexão (de aproximadamente 8 minutos na cidade de Slough) que partem da estação de Paddington. Em Windsor existem duas estações de trem, então a melhor opção é desembarcar na estação chamada “Windsor & Eton Central” que fica praticamente de frente pra entrada principal do Castelo de Windsor, é só atravessar a rua.

A principal atração da cidade é o Castelo de Windsor, considerado o maior castelo ainda habitado do mundo. Além do próprio castelo, podemos visitar também a St George’s Chapel e ver a troca da guarda.

Quem tiver interesse, também é possível conhecer um dos colégios mais tradicionais da Inglaterra, o Eton College. O Eton College fica no vilarejo de Eton e pra chegar lá só é preciso atravessar o rio e caminhar mais uns 20 minutos. Alguns meses do ano é permitido visitar o colégio com um tour guiado. Outra sugestão pra quem viaja com criança (ou não) é visitar o parque Legoland, que fica a uns 10 minutos de ônibus do centrinho de Windor.

York fica mais perto de Edimburgo do que de Londres, porém mesmo assim é totalmente possivel fazer um bate-volta partindo de lá. York é uma das cidades mais antigas da Inglaterra e cada vez mais tem se destacado entre os turistas brasileiros.

A cidade gira em torno da York Minster, mas a sua muralha de defesa não passa batida. Ainda existem alguns museus, como por exemplo o Jorvik Viking Centre, além da Torre Clifford que foi o que restou do Castelo de York. Ultimamente muitas pessoas vão até lá pra passear pela ShamblesStreet, uma ruazinha com ar medieval que ficou famosa no filme Harry Potter.

Para ir até York de trem partindo de Londres, o trajeto é de 2 horas. Todos os trens partem da estação de King’s Cross em Londres e chegando em York não é preciso se preocupar, pois a cidade tem apenas uma estação de trem.

Obs.: para ter mais detalhes sobre essas viagens, é só clicar no link em vermelho no nome da cidade. Ali vão estar listados todos os posts que escrevi sobre cada destino e as informações vão estar muito mais detalhadas.

Posts relacionados:

Lista com todos os posts sobre a Inglaterra

O que fazer em Londres em apenas 24 horas?

Mind the Gap! Como andar de Metro em Londres

Mini-guia para viajar de trem pela Escócia e norte da Inglaterra

Passo a passo pra comprar uma passagem de trem entre Londres e Edimburgo

Day Trip com Empresa de Turismo na Inglaterra

Bruna Bartolamei
Siga-me

Bruna Bartolamei

Catarinense, mas atualmente morando em Curitiba-PR. Já morou em Edimburgo, a capital da Escócia por quase 2 anos. Criou o blog pra contar um pouco mais sobre como foi o seu intercâmbio na terra dos Kilts e das Gaitas de Fole, e também, sobre suas viagens pelo mundo.
Bruna Bartolamei
Siga-me
Postado em Bath, Blackpool, Brighton, Dover, Hampton Court, Inglaterra, Liverpool, Londres, Manchester, Norwich, Oxford, Stonehenge, Stratford, Stratford upon Avon, Transporte público, Warwick, Windsor, York
Booking.com
  1. Monikinha 20/06/2013 | 21:19

    Republicou isso em Quero viajar…..e agora?e comentado:
    Muito legais estas dicas! Nunca estive em Londres, mas pretendo que faça parte do roteiro da minha próxima viagem. Com certeza vou levar em conta esses bate-voltas!

    • Bruna Bartolamei 21/06/2013 | 00:24

      Oi, Monikinha

      Obrigada!! :D

      Tenho certeza que vc vai gostar muito dos passeios, mesmo que não seja possível fazer todos em uma única viagem, até pq Londres é fascinante.

  2. Boia Paulista 24/06/2013 | 09:33

    Oi, Bruna. Tudo bem? :)

    Seu post foi selecionado para a #Viajosfera, do Viaje na Viagem.
    Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Até mais,
    Natalie – Boia

  3. Desporto: viajar 24/06/2013 | 11:36

    Oi Bruna. Para mim esse é um dos MELHORES posts de sempre porque agrega num post só um monte de informação dispersa por tudo quanto é lado na Internet e que eu andava checando para quando visitar Londres. Não conheço Londres, mas em breve tenciono lá ir e quero combinar essa ida à cidade com vários bate-e-voltas. Grato pela informação. Já agora aproveito para dar a conhecer o meu blogue Desporto: Viajar. Terminei hoje uma série de posts sobre uma viagem ao Egito. Se tiver interesse, dá uma checada. Abraço, Bruno Cardoso

    • Bruna Bartolamei 24/06/2013 | 22:29

      Oi, Bruno

      Obrigada pela visita aqui no blog!

      Tava adiando esse post por não ter escrito ainda sobre Dover, mas como sempre aparecem duvidas nesse sentido, achei que seria bom reunir todas as infos em um único post.

      Ainda não conhecia o teu blog… Vi q vc tem uma quantidade enorme de posts sobre o Egito, muito interessante. Sabe que vou esse ano a Italia, Roma, Vaticano, e mais alguns outros lugares. Certeza que vou ler teus relatos!!

  4. Fernanda Scafi 24/06/2013 | 14:16

    Quero fazer todos!! rs Por enquanto não fiz nem metade desses, mas tem alguns que preferiria não fazer bate-volta, por exemplo Liverpool e Manchester pq tem muita coisa interessante e merecem mais tempo!

    • Bruna Bartolamei 24/06/2013 | 22:36

      Oi, Fernanda

      Alguns eu não fiz literalmente um bate-volta, fiquei 2 dias ou ainda fui 2x. Mas fica a sugestão pra quem não sabe o q fazer ou não sabe por onde começar a pesquisar.

      • Fernanda Scafi 22/07/2013 | 14:15

        Sim, e tb depende dos gostos de cada um, se quer entrar em museu ou não, se gosta de futebol, de Beatles, ou de nenhum dos 2 rs Fiz um post hj sobre os bate-voltas que eu fiz em Londres, com os prós e contras de fazer em excursão:http://taindopraonde.blogspot.com.br/2013/07/day-trips-de-londres.html, e coloquei um link lá pra esse seu post aqui.

        • Bruna Bartolamei 24/07/2013 | 00:43

          Oi, Fernanda!!

          O tipo de viagem, se vai ser bate-volta ou se vai ser um fds prolongado, vai da curiosidade e interesse de cada um, com vc bem disse. Tem lugares que são propicios pra um bate-volta, pq em poucas horas dá pra ver realmente tudo. Enquanto alguns outros lugares como Liverpool, na minha opinião, merece um final de semana. Mas isso vai de cada um, claro.

          Ahhh!! Vou olhar!! Obrigada por citar meu blog!! =D

  5. valdeir 08/08/2014 | 18:44

    Gostei muito deste blog, agradeço muito pelas dicas, pois nunca fui para a Europa e se Deus permitir no ano que vem pretendo ir para Londres conhecer e estas dicas de bate e volta é fantástica, principalmente para mim que sou marinheiro de primeira viagem, conhecer Londres e ao mesmo tempo algumas cidades no interior da Inglaterra vai ser inesquecível, obrigado e parabéns por esta prestação de serviço.

    • Contando as Horas 10/08/2014 | 19:51

      Oi, Valdeir

      Muito obrigada pelo comentário! Pode ir bem tranquilo, tanto no UK como no restante da Europa, vc vai poder andar muito de trem e conhecer diversos lugares legais fazendo bate-volta.

      Obrigada pela visita aqui no blog!

  6. Carolina Barroso 09/10/2014 | 17:36

    Muito legal o seu blog, bastante claro, parabéns! Se possível peço que me situe, estou indo para Londres e precisarei ir até Rotherham, South Yorkshire visitar um fornecedor, voltarei para Londres no mesmo dia. Qual seria a melhor maneira? Poderia aproveitar para encaixar algum passeio? Muito obrigada!

    • Contando as Horas 11/10/2014 | 17:19

      Oi,Carolina

      Nossa, nunca tinha ouvido falar nessa cidade. Olhei no site da National Rail, existe trem de Londres até lá, porém não é direto. O tempo médio da viagem é de 2 horas e 30 minutos.

      Infelizmente não sei te dizer se existe algo interessante pra fazer nesse lugar, mas com esse tempo de viagem de 2 horas e 30 minutos pra ir + 2 horas e 30 minutos pra voltar, acho que vc não vai conseguir fazer muita coisa, principalmente se for a partir de novembro, quando começa a escurecer por volta das 16:30.

      Obrigada pela visita aqui no blog!

  7. Raquel Gimenes 25/01/2015 | 20:31

    Oi Bruna! Os horários dos trens são britânicos, como reza a lenda? Pergunto isso porque gostaria de ir a Liverpool por uma noite, mas por causa do valor dos bilhetes, chego lá por volta de meio dia e meia, e tem um tour do National Trust as 14h15, daria tempo? Outra duvida: no outro dia, pegando o trem das 13h47, que chega em Euston as 15h59, daria tempo de pegar outro p Paris CDG que sai as 17h04 de St Pancras? Grata

    • Contando as Horas 25/01/2015 | 23:28

      Oi, Raquel

      Teoricamente costumam ser sim. Os trens só atrasam por algum motivo muito forte, tipo fatores climáticos (chuvarada ou nevascas) e problema nos trilhos.

      Não posso garantir nada, mas levando em consideração de que vai dar tudo certo e os teus trens vão chegar no horário, o que eu posso te dizer é o seguinte:
      – em Liverpool, vc vai deixar as malas nos guardas volumes da estação de trem? Se sim, ok, acho que dá tempo sim.
      – Para pegar o Eurostar, eu acho esse tempo de 1 hora muito apertado. Eu colocaria no mínimo 2 horas a 2 horas e 30 minutos de intervalo, pois vc precisa se deslocar de uma estação pra outra (apesar de ficarem super perto, leva um tempinho caminhando e tal) e ainda, vc tem que passar pela imigração francesa e controle de segurança pra embarcar para Paris. As vezes tem um pouco de fila nesse processo. Sem contar que vc ainda pode querer comer algo ou ir ao banheiro, então um tempinho extra ajudará vc a fazer tudo com mais calma.

      Essa é a minha opinião.

  8. Raquel Gimenes 26/01/2015 | 07:48

    Bruna, em Liverpool, existe um hotel em frente a estação de trem, onde fiz reserva. Daria tempo de deixar as malas lá ou realmente é melhor deixar na estação e buscar depois?
    Existe alguma ligação entre as duas estações em Londres ou é preciso ir pela rua, ou de taxi ?

    • Contando as Horas 27/01/2015 | 15:20

      Oi, Raquel

      Se o trem chegar no horário marcado e o teu hotel fica bem em frente a estação, eu acredito que sim.

      Se vc tiver o cartão de metro (oyster), vc consegue ir de metro, apesar de ser apenas uma parada, é melhor arrastar malas e tal no metro do que na rua (se tiver chovendo, como foi no meu caso). Eu peguei o metro uma vez pra isso, pois o preço da passagem de metro é infinitamente mais barata do que se eu pegasse um taxi. Mas não existe nenhuma ligação subterrânea ou de qualquer tipo entre as duas estações não.

  9. Gabriella 05/02/2015 | 16:53

    Oi Bruna, tenho 2 dias para fazer bate-volta. Que lugares você recomendaria? Fiquei em dúvida entre Cambridge,York, Bath e Liverpool. Mas só é possível mesmo um lugar por dia, não é mesmo? Obrigada!

    • Contando as Horas 12/02/2015 | 23:47

      Oi, Gabriella

      Sim, entre todas essas opções, vc só consegue visitar uma cidade por dia. Entre todas, na minha opiniao a unica que eu não faria um bate-volta é Liverpool, pq a cidade é muito mais do que as coisas relacionadas aos Beatles. Mas Cambridge, York e Bath vc pode fazer em um dia tranquilamente.

  10. Charlote Brandao 20/07/2015 | 11:58

    O que Londres tem de mais interessante prá mostrar pode ser visto, até mesmo em 2 dias e nao é preciso dinheiro algum. The Westminster, The London Bridge, The Tate Museum (esse eu recomendo de verdade),pois é de graca e tem obras de artistas famosos, e sao originais, como as que eu vi o mês passado de Andy Warhol, nao podem ser deixadas prá trás. Todas essas atracoes se encontram entre as zonas 1 e 2, prá quem gosta de andar, simplesmente vá à pé, ou comprem simplesmente os bilhetes que sao vendidos por aproximadamente 42 Libras. Divirtam-se

    • Contando as Horas 30/07/2015 | 12:10

      Oi, Charlote

      Concordo com vc, Londres tem muitas atraçoes gratuitas que são muito interessantes e devem ser incluidas em um roteiro, seja ele quantos dias tiver. Mas nos arredores de Londres tbm existem muitas outras cidades legais pra se conhecer, por isso é legal reservar uns dias extras e conhecer outras cidadezinhas menores do sul da Inglaterra.

  11. ADALBERTO FERREIRA 26/03/2016 | 20:42

    Olá. Terei 10 dias para ficar em Londres, pois antes estarei fazendo a Escócia e já terei ido a Glasgow e York. Minha pergunta amiga é.. algumas das cidades mencionadas dá para fazer mais de uma ou duas por dia? Dá para fazer uma sequencia delas e retornar a Londres? Vale a pena ficar em Hotel fora de Londres em virtude dos preços? Quais bairros são mais vantajosos em preço caso opte por Londres? O oyster card vale a pena para os 10 dias? Abraço de Curitiba-PR

    • Contando as Horas 31/03/2016 | 17:27

      Oi, Adalberto

      Todas essas cidades citadas nesse post, complicam um pouco se vc quiser fazer mais de uma em um dia por conta propria. Se vc pegar algum passeio com agencias de turismo, vc até consegue conhecer mais de uma cidade em um dia. Mas não te aconselho. Fiz isso uma vez, e me arrependi de não ter tido mais tempo em alguns lugares, como no caso de Oxford, onde acabei voltando outra vez.

      Sim, vc pode partir de Edimburgo, ir a York, ir até Maschester e/ou Liverpool, seguir até Oxford, ir até Stratford upon Avon, Bath, Brighton e chegar a Londres.. É só vc jogar no mapa ir vendo a ordem das cidade e seguir o fluxo de trem ou ônibus. É bem tranquilo.

      Não acho que vale a pena ficar em hotel fora do centro de Londres, o preço até pode compensar um pouco, mas vc vai perder muito tempo no deslocamento com transporte publico até o centro da cidade. Existem hotéis 3 estrelas com preços bons que ficam em áreas centrais da cidade, vc pode optar por um desses. E na minha opinião, vale a pena sim comprar o Oyster Card, se vc quiser, antes de ir embora, eles tem uma politica se vc devolver o cartão, eles devolvem as 5,00 libras (acho que esse ainda é o preço) gastas pra comprar o cartão.

  12. Jéssica Zanon 17/06/2016 | 08:29

    Bom dia Bruna,

    Primeiramente, estou amando o seu blog, parabéns!
    A minha dúvida é a respeito de NewCastle, como comentei no outro post estarei fazendo um intercambio curto (15 dias) em NewCastle College, mas pretendo ficar mais uns 10 dias para conhecer outros cantos como Escócia e Londres.

    Gostaria de dicas, pq eu pretendo fazer uns bate volta nos finais de semana e os outros 10 dias fazer uma viagem um pouco mais “longa”, você me indicaria esses dois destinos mesmo? Escócia e Londres?
    Além de ir sozinha (que dá uma certa insegurança), a grana é um pouco curta e preciso de lugares bem em conta, mas com bastante beleza kkkkkkk..

    Desde já muito obrigada, seu blog é um dos melhores que encontrei.
    Abraços!

    • Contando as Horas 18/06/2016 | 15:46

      Oi, Jéssica

      Obrigadaaa!! =))

      Existe uma série de lugares próximos a Newcastle que vc pode conhecer na Inglaterra, como York, Durham, Whitby, Nothingham ou um pouquinho mais longe, vc pode ir na região dos lagos, nos arredores de Windermere ou Liverpool, entre outros.

      Também existem alguns castelos na Inglaterra que ficam ali perto, como Alnwick Castle (esse foi filmado Harry Potter e Downton Abbey), Bamburgh Castle, Lindisfarne Castle (esse eu acho super bonitinho, ele fica em uma ilha, quase fui lá quando morava em Edimburgo), entre outros (esses eu lembro de cabeça, mas existem mais).

      Sim, indicaria Londres e o sul da Escócia, onde vc pode conhecer Edimburgo e a região The Borders (ali tem algumas igrejas históricas, muitas em ruínas, mas vale a pena conhecer, e também existem castelos), tem Stirling, Glasgow, Falkirk (The Kelpies e Falkirk Wheel), entre outros lugares.

      Como dá pra vc ver, sempre acaba faltando dias no nosso roteiro pra fazer tudo o que existe de legal no UK. hehehehe Eu sei bem, pq ainda tenho uma lista interminável de lugares que ainda quero conhecer por lá.

      Qualquer coisa é só me escrever!

      • Jéssica Zanon 23/06/2016 | 12:52

        Excelente Bruna!

        Todas as dicas estão guardadas aqui, vou pesquisar melhor e tentar montar um roteiro, qualquer coisa te procuro novamente!
        Muitíssimo Obrigada!

  13. Anderson de Lima 21/06/2016 | 14:52

    Boa Tarde Bruna.

    Parabéns pelo blog. Realmente muito bom.
    Estou pretendendo ir a Londres em meados de Setembro próximo, e gostaria de poder visitar outras cidades por meio de trem. Serão apenas 7 dias e por isso eu gostaria muito que você me recomendasse algumas dessas cidades para fazer um bate e volta. Liverpool é uma das cidades que eu pretendo conhecer. Em Londres, você acha que em 01 dia é possível conhecer as principais atrações. Se não for abusar muito da sua boa vontade e pelo seu vasto conhecimento, você não me enviaria por e-mail um roteiro com as suas sugestões. Abs e mais uma vez parabéns!!!

    • Contando as Horas 27/06/2016 | 00:46

      Oi, Anderson

      Muito obrigada! =D

      Tranquilo vc ir de Londres a Liverpool, se vc pegar algum trem que tenha o tempo de deslocamento na faixa de 2 horas. Setembro ainda não escurece tão cedo, então vc consegue aproveitar bem o dia antes de voltar pra Londres.

      Eu te diria que o ideal é reservar no mínimo 2 dias pra conhecer alguma coisa de forma decente em Londres, uma dia, é super pouco. O ideal, na minha opinião, é pelo menos 4 a 5 dias. Londres tem muita coisa legal, não seria interessante vc passar por lá correndo. Vc vai me dar razão quando chegar lá.

      Qualquer coisa vc me manda um email e a gente conversa sobre esse roteiro. Meu email é brunab@contandoashoras.com

Deixe o seu comentário...