01.02
2014

Um dia em Oxford, a cidade onde fica a Universidade mais antiga do UK

Eu já tive oportunidade de conhecer algumas cidades da Inglaterra, mas sem dúvida, Oxford foi uma das que mais gostei (junto com Brighton, Cambridge e York). A primeira vez que estive em Oxford já faz um tempinho e foi no Boxing Day, ou seja, feriado e praticamente tudo fechado no UK, o que fez o nosso passeio se resumir apenas a dar uma voltinha pela cidade.

IMG_9135

Mas nessa última viagem, nos resolvemos incluir no nosso roteiro as duas cidades universitárias mais famosas da Inglaterra: Oxford e Cambridge (tema pra outro post).

Nem precisaria dizer que tudo em Oxford gira em torno de sua universidade, a Universidade de Oxford, a mais antiga universidade da Inglaterra e uma das mais antigas da Europa. A universidade sempre está na lista das 10 melhores universidades do mundo. Além disso, seu histórico de alunos e professores são de fazer inveja a qualquer universidade por ai. Oxford já teve Lewis Carrol (o autor de Alice no País da Maravilhas) como professor, o escritor irlandes Oscar Wilde, alguns reis britânicos e de outros páises, vários ex-primeiros-ministros britânicos (pra citar um dos mais recentes, Tony Blair), varios presidentes, o ator Hugh Grant até um Papa já estudaram aqui.

IMG_9123

Os seus 38 colleges estão espalhados por toda a cidade, sendo que alguns abrem pra visita e outros não. Quem quiser conhecer alguns colleges, é importante ver bem certo os dias da semana e os horários de abertura, pois nem todos ficam abertos o dia todo.

A Universidade de Oxford foi fundada a mais de 800 anos atrás como residências medievais para estudantes. Os colleges mais antigos são: o University College (fundado em 1249 e seu aluno mais ilustre foi o ex-presidente dos EUA, Bill Clinton), Balliol College (fundado em 1263, que é aberto a visitação pública) e o Merton College (fundado um ano depois, em 1264). Já o mais novo a ser fundado foi o Green Templeton College, em 2008.

IMG_9281

Como é praticamente impossível visitar todos os colleges em um bate-volta partindo de Londres, nos resolvemos priorizar e visitamos apenas os mais famosos: o Christ Church College e o All Souls College.

oxford (71)_1200x900

oxford (68)_1200x900

oxford (56)_1200x792

O Christ Church College é uma das faculdades mais famosas da Universidade de Oxford e de uns tempos pra cá tem atraido muuuuitos turistas por conta de ter sido o local onde foram gravadas algumas cenas dos filmes do Harry Potter. Não sou nenhuma fã ou expert de Harry Potter, mas pq não visitar, né? Até pq, a maioria das pessoas reconhecem as fotos do Great Hall, o famoso salão de Hogwarts no filme .

IMG_9203

Mas nem só de Harry Potter vive esse college, pois ele teve alguns alunos ilustres como Albert Einstein, Sir Christopher Wren (que projetou a Catedral de St Paul, em Londres), além de 13 primeiros ministros britânicos, entre outros.

IMG_9204

Esse college foi fundado em 1525 pelo Cardeal Thomas Wolsey com outro nome, mas alguns anos depois o Rei Henrique VIII renomeou o college para Christ Church.

oxford (72)_1200x842

Também dá pra visitar a sua catedral, considerada a catedral anglicana da cidade desde o reinado de Henrique VIII. A catedral realmente é muito bonita, vale a pena conhecer principalmente pra ver os seus vitrais, um mais bonito que o o outro.

IMG_9224

IMG_9236

Dá pra visitar o Great Hall do Christ Church College, a Christ Church Cathedral e os jardins (Christ Church Meadow).

Já o All Souls College ficou bem conhecido por sua arquitetura gótica. Esse college foi fundado por Henrique VI, no inicio do século 15, para estudos relacionados a teologia, artes e filosofia. Hoje em dia é basicamente um local de pesquisas acadêmicas, as aulas foram suspensas. O que podemos visitar, além de apreciar a sua arquitetura externa, são: o Great Quadrangles e a sua Capela.

oxford (116)_1200x900

IMG_9330

Quem quiser ver Oxford do alto, duas boas opções são a Carfax Tower e a torre da St Mary the Virgin Church. Nos optamos por subir na torre da igreja, que fica bem em frente a um dos principais cartões postais da cidade, a Radcliffe Camera. A subida é feita através de uma escada, com 127 degraus, mas o melhor de tudo, é que essa escada não é totalmente feita daqueles degraus minusculos e super apertados, e ainda tem espaço pra dar uma descansada.

IMG_9280

IMG_9289

A razão por a gente ter optado pela torre da igreja foi por sua altura, que chega a 62 metros contra 23 metros da Carfax Tower. E realmente, além de uma vista de 360 graus privilegiada de Oxford, a gente ainda está num dos melhores lugares pra fotografar o por do sol. Fantástico! Vale muito a pena o esforço!

oxford (103)_1200x900

oxford (86)_1170x900

IMG_9356

IMG_9337

A Radcliffe Camera é uma biblioteca com acesso restrito a alunos da universidade, que guarda parte da coleção de livros da Bodleian Library.

IMG_9317

Dessa vez a gente conseguiu visitar algumas alas da Bodleian Library, considerada a principal biblioteca da Universidade de Oxford e a segunda maior do Reino Unido, ficando atrás somente da British Library, em Londres. Quando essa biblioteca abriu suas portas no inicio do século 17, ela tinha uma coleçao de apenas 2 mil livros, porém hoje o seu acervo já ultrapassa os 11 milhões de exemplares. E essa coleção cresce assustadoramente a cada semana (em torno de 5 mil itens), pois ela é um dos seis depósitos de livros onde são guardados uma cópia de cada um dos livros impressos no UK e na Irlanda também. Gente, haja espaço!!!! Pra ter uma idéia, cópias de algumas obras importantes da literatura britânica estão guardadas ali, como por exemplo: o First Folio de Shakespeare, além de cópias da Carta Magna e da Bíblia de Gutenberg.

Junto a essa biblioteca, tem um pequeno museu que conta a história das maiores descobertas feitas por alunos da Universidade de Oxford. O museu é bem pequeno, então uma visita não leva mais do que uns 40 minutos a 1 hora. Vale muito a pena, pois a maioria das invensões e descobertas mais importantes desse nosso mundão foram feitas ali.

IMG_9113

E por fim, porém não menos importante, antes de voltamos pra estação, ainda passamos pela Bridge of Sighs, que faz parte do Hertford College e ficou conhecida pelo seu tamanho e por ligar duas partes de edificios como a Bridge of Sighs de Veneza (aquela que faz parte do Palazzo Ducale).

IMG_9101

Oxford também é muito bem servida quando o assunto são restaurantes, bares e pubs. Todas as principais redes de restaurantes existentes em Londres, como Byron Hamburges, Jamie’s Italian, Gourmet Burger Kitchen estão lá também. Pra quem quiser prestigiar algo mais tradicional e local, as melhores opções são The Turf Tavern (que fica perto da Bridge of Sighs), The Eagle & Child Pub (que ficou bem popular por ser o local onde C.S Lewis, que escreveu As Crônicas de Nárnia e J.R.R Tolkien, que escreveu O Senhor dos Anéis costumavam frequentar), além do The Grand Cafe que está situado no local onde existiu o primeiro café da Inglaterra.

oxford (1)_1200x789

oxford (52)_1200x900

Pra quem não sabe, Oxford é um bate-volta totalmente possível a partir de Londres, seja de ônibus (opção mais barata, porém mais demorada) ou de trem (opção mais rápida e um pouquinho mais cara dependendo do horário). Nos optamos por fazer esse deslocamento de trem, com a empresa First Great Western, pra não perder muito tempo com isso. Os 90 km de distância são percorridos em apenas 1 hora de viagem. O bom é que os trens pra Oxford tem uma boa frequencia, partindo a cada 30 minutos da estação de Paddington.

oxford (61)_1200x900

Oxford só tem uma estação de trem, super pequena, o que significa que é muito fácil se achar por lá. Geralmente os trens pra Londres partem da plataforma 1, que fica bem em frente as catracas de acesso as plataformas.

** Os tickets de todas as atrações pagas citadas nesse post foram uma cortesia do Visit Oxford and Oxfordshire **

Bruna Bartolamei
Siga-me

Bruna Bartolamei

Catarinense, mas atualmente morando em Curitiba-PR. Já morou em Edimburgo, a capital da Escócia por quase 2 anos. Criou o blog pra contar um pouco mais sobre como foi o seu intercâmbio na terra dos Kilts e das Gaitas de Fole, e também, sobre suas viagens pelo mundo.
Bruna Bartolamei
Siga-me
Postado em Inglaterra, Oxford
Booking.com
  1. Raquel 03/02/2014 | 12:05

    Adorei ver as fotos e a história dessa universidade incrível ( quem me dera estudar nesse lugar), uma verdadeira aula de cultura que você nos deu, obrigada! Abcs,
    Raquel

    • Contando as Horas 04/02/2014 | 01:29

      Oi, Raquel

      Obrigada pela visita!! Realmente, Oxford merece toda a fama que tem e além disso, a cidade é muito bonita, perfeita pra um bate-volta.

  2. Carla 07/02/2014 | 16:51

    Oi Bruna, estou finalizando a organização do meu roteiro de intercambio com viagens pela Inglaterra e com isso, descobri seu blog. Me tira uma dúvida? Ficarei em Londres por 3 semanas estudando inglês e nos finais de semana quero muito passear em cidades perto de Londres. Gostei muito de Oxford, mas vi que vc esteve em Cambridge tbm. Qual delas vc preferiu visitar? Eu ja tenho os outros dois finais de semana ocupados com Dublin e Paris. O que eu faço? Vc pode me ajudar? Bjs e obrigada

    • Contando as Horas 09/02/2014 | 02:41

      Oi, Carla

      Historicamente as duas cidades são imperdiveis, o tempo de viagem entre Londres e qualquer uma delas também é igual. A única diferença a meu ver é a cidade propriamente dita. Enquanto Oxford tudo é mais perto e fácil de se localizar, Cambridge é mais espalhado e também o centro da cidades e seus colleges ficam mais longes da estação de trem. Mas se vc disse que tem um final de semana livre, pq não vai nas duas? No sábado vai em Oxford e o no domingo em Cambridge, ou vice-versa. Assim vc não perde nada!!! É totalmente possível. =DD

  3. Tiago Del Valle 01/07/2014 | 17:41

    Bah que saudades. Morei em Oxford por 2 anos. Vocês deveriam ter ido no Eagle and Child Pub. Muitas recordações boa!

    Obs: Há muito tempo eu leio o blog de vocês e acho simplesmente SENSACIONAL! Mas só dessa vez eu tive coragem de comentar! rs

    Abs viajantes!

    • Contando as Horas 02/07/2014 | 13:52

      Oi, Tiago

      Ah é?!?!?! hehehe Por favor, compartilhe as tuas dicas com nós. Certamente se alguém tivesse me dito antes que esse pub era legal, eu teria ido! =D

      As duas vezes que estive em Oxford, eu gostei bastante. A única coisa que é ruim quando a gente tá turistando é o fato que em cidades pequenas muita coisa fecha pra hora do almoço, como aconteceu em Oxford em algumas atrações. Mas fora isso, a cidade é muito bonitinha e tem uma história muito interessante!

  4. Christiane Lopes 11/07/2014 | 13:42

    Oi… semana que vem vou para London e Oxford. Preciso escolher um terceiro lugar. Reservei hotel em Cardiff mas já me arrependi. Pensei em fazer alguma coisa mais shakespeareana… ou poética. Não vi nada em Cardiff que fosse meu estilo. Vou a London procurar Virginia Woolf (rs). Será que vc tem alguma sugestão? Ainda dá tempo… estou precisando de uma dica prática… vou estar só e contando as moedas…

  5. Cintia Veras 02/11/2014 | 17:59

    Olá Bruna, tudo bem? Viajarei pro Reino Unido no final de novembro e o seu blog me ajudou( e continua ajudando) muuuuuuito a planejar a viagem. Parabéns pela didática, pela organização dos posts, fotos…Tudo
    Cheguei num ponto do planejamento que estou com uma dúvida e se vc puder me dar sua opinião, super agradeço. Seguinte: Vc acha que dá pra fazer um bate volta saindo de Londres pra Oxford e no mesmo dia ir também no Palácio de Blenheim? Tipo passar a manhã em Oxford e a tarde no Palácio? Sei que em dezembro temos pouco tempo de sol, mas se desse seria muito bom pro meu roteiro. Será que se deixarmos pra visitar só as duas principais colleges em Oxford daria tempo? Dá pra fazer tudo a pé a partir da estação de trem?
    E a volta do palácio, pega-se o mesmo ônibus S3 de volta para a estação?
    Antecipadamente agradeço sua atenção
    Abraço

    • Contando as Horas 02/11/2014 | 23:27

      Oi, Cintia

      Muito obrigada! =D

      Eu tinha pensado em fazer exatamente isso que vc, mas sinceramente, acho que fica bem corrido. Principalmente por causa do palácio, pq internamente a visita é rápida, mas a caminhada pelos jardins fica um pouco prejudicada por conta que começa a escurecer mais cedo.

      Isso, é o mesmo ônibus que vc pega pra voltar a estação de trem, o S3 (ele é azul com dourado).

  6. Cintia Veras 03/11/2014 | 07:39

    Oi Bruna, mega obrigada pela rápida resposta, vou tentar decidir como faço então.
    Beijinhos e boa semana que se inicia.
    Abraço
    Cintia

    • Contando as Horas 04/11/2014 | 00:44

      Oi, Cintia

      O que vc pode fazer também, é deixar a ida ao Blenheim Palace meio esquematizada, se vc vê que dá tempo, já aproveita. Senão, não tem jeito, tem que fazer o trajeto todo em um outro dia.

      Vc vai ver que a gente tem interesse em visitar uma ou duas coisinhas, mas ai quando a gente chega lá, se empolga, começa a bater foto disso e daquilo. Quer entrar e conhecer tudo, pq já que tá aberto, vou dar uma olhadinha pra ver como é. hehehe

      Não sei se vc é assim, mas eu sou. Nisso, eu me enrolo muito e quando vejo, visitei a cidade toda praticamente.

  7. Paula Perim 10/03/2015 | 22:59

    Oi Bruna!!
    Estou programando uma viagem para junho e o seu blog está sendo fundamental!!! Muito obrigada por todas as dicas!!
    2 duvidas:
    – Em Oxford e Cambridge, alem dos meios para chegar la, as atrações são pagas?? Tipo os Colleges, igrejas, bibliotecas??
    – A visita a Stonehenge vale mesmo?? Acho que só terei tempo de ir ou a Oxford ou a Cambridge (1 das 2) se for a Stonehenge… Vale mais a pena onde??
    Desculpe essa ultima pergunta, que não tem a ver com esse post, mas aproveitei! ;)
    Mais uma vez parabéns mesmo pelo blog!
    E muito obrigada já pela resposta!

    Paula

    • Contando as Horas 11/03/2015 | 00:41

      Oi, Paula

      – Sim, a maioria delas são pagas sim. Mas geralmente é coisa de 3,00 libras a 5,00 libras, poucos lugares custam mais do que isso. As bibliotecas nao são pagas, algumas igrejas tbm não, exceto as super famosas.

      – Olha, tudo depende do que vc espera de Stonehenge. É aquela coisa, é mais pela historia do que propriamente pelo que a gente encontra lá, sabe?!?!? Entre as três, eu ficaria com Cambridge e Oxford, sem duvida alguma.

      Obrigada pela visita aqui no blog! =D

      • Paula Perim 11/03/2015 | 19:47

        Bom saber!! Muito obrigada por responder, Bruna!!!
        Abusando um pouquinho, e Greenwich?? Vi seu post e achei que vale a pena!! Mas vale mais do que Oxford ou Cambridge!??!

        • Contando as Horas 11/03/2015 | 20:56

          Oi, Paula

          Greenwich tbm é super legal! Eu hostei bastante! Vc pode ir de barco até lá, ja faz o passeio pelo Tamisa e conhece a região de Greenwich! Uma hr dessas quero ir la de novo!

Deixe o seu comentário...