19.02
2014

Cambridge: a cidade onde fica a segunda Universidade mais antiga da Inglaterra

Se Oxford tem a universidade mais antiga da Inglaterra, Cambridge tem a segunda universidade mais antiga do país. Essa “rivalidade” entre as universidades, fez com que literalmente ambas as cidades entrassem no roteiro de muitas turistas.

IMG_8943_1200x784

Como a gente já havia visitado Oxford (para ver o post, clique aqui), nessa última viagem resolvemos conhecer Cambridge também, uma cidade que recebeu muitos estudantes importante em seus colleges.

SONY DSC

Cambridge está localizada no condado de Cambridgeshire e fica a apenas 80 km de Londres. Essa região já se destacou pelo comercio de lã e produtos agricolas, mas hoje em dia, o que realmente movimenta a economia desse local é a indústria de alta tecnologia e a própria universidade.

SONY DSC

Um fato curioso que acontece em Cambridge é que a cidade não tem uma catedral oficial pra chamar de sua. E o mais estranho ainda, é que na Inglaterra um pré-requisito pra que o local ganhe o status de cidade é justamente ter uma catedral. Cambridge foi uma exceção. A catedral de Ely (que fica na cidadezinha de Ely, a uns 15 minutos de trem de Cambridge) é quem responde por Cambridge nesse sentido.

SONY DSC

SONY DSC

Onde são feitas as festas de formatura em Cambridge!

Assim como em Oxford, tudo em Cambridge gira em torno da sua universidade, a Universidade de Cambridge. Essa universidade foi fundada no inicio do século 13, mas o primeiro college só foi inaugurado quase no final desse mesmo século. Os dois maiores orgulhos da cidade com relação a sua universidade são: sempre estar entre as top 5 universidades do mundo e ter recebido um número enorme de estudantes que fizeram descobertas ou ocuparam cargos importantes nesse mundo.

SONY DSC

A Universidade é formada por 31 colleges, mas claro que é impossível conhecer todos (alguns não abrem pra visitação, outros abrem apenas alguns dias da semana e com horário definido, alguns tem entrada gratuita, outros cobram um valor simbolico de entrada, então é importante ficar atento a esses detalhes).

Entre os seus alunos de destaque estão Sir Isaac Newton, Charles Darwin, Oliver Cromwell, Stephen Hawking, alguns primeiros-ministros, principes (como por exemplo o Principe Charles) e reis de diversos países do mundo, entre outros.

SONY DSC

As universidades de Oxford e Cambridge não tem apenas um campus como acontece aqui no Brasil, então é importante ficar atento a esse detalhe também, pois os colleges (as faculdades) estão espalhados por toda a cidade.

Como parte da universidade estão incluidos o renomado Laboratório de Cavendish (onde foi feita a descoberta do DNA) e a Biblioteca da Universidade de Cambridge, a terceira maior do Reino Unido.

SONY DSC

Se Peterhouse College e o Clare College são consideradas as faculdades mais antigas da cidade, com certeza a mais famosa é o King’s College. A arquitetura desse college é considerada uma das mais bonitas, isso sem contar que um dos cartões postais da cidade é a King’s College Chapel, uma capela construida em estilo gótico perpendicular (parecida com a catedral de Bath) que dá todo um destaque único ao local.

SONY DSC

O King’s College começou a ser construído durante o reinado do rei Henrique VI e só foi finalizado durante o reinado de Henrique VIII, quase três décadas depois. O plano inicial do rei Henrique VI era somente que os alunos do Eton College estudassem ali, mas essa idéia não durou muito tempo e logo a faculdade recebeu alunos vindos de outras partes do país.

SONY DSC

Infelizmente a faculdade não é aberta aos visitantes, mas a Capela sim. No dia que visitamos essa capela, eles estavam arrumando ela pra uma missa típica de Natal que acontece todos os anos no inicio de dezembro. Então, novamente, é importante verificar no site as datas de abertura, pra não chegar lá e dar de cara com um aviso dizendo que não é possivel visitar pq vai ter algum concerto, ou gravação ou alguma cerimônia tradicional.

SONY DSC

O interior da capela é super bonitinho, cheio de vitrais (um mais bonito que o outro), além da sua obra mais importante, uma pintura de Rubens, chamada de “A adoração dos Reis Magos”. Existe também um pequeno museu, contanto alguns fatos históricos que aconteceram na cidade e que estão relacionados com esse college. Então, com certeza vale a visita!

SONY DSC

Depois do almoço no Pub The Eagle, resolvemos conhecer o St Jonh’s College, que é considerado a segunda maior faculdade da Universidade de Cambridge, ficando apenas atrás da sua faculdade vizinha, a Trinity College. Esse college tem arquitetura em estilo Tudor (parecido com a fachada do Hampton Court) e foi fundado no inicio do século 16, por Lady Margaret Beaufort, a mãe de Henrique VII. Esse college se destaca também por ter tido diversos alunos que ganham o Prêmio Nobel.

SONY DSC

SONY DSC

Podemos caminhar pelos seus jardins e ver a Bridge of Sighs (inpirada na ponte de Veneza), uma ponte coberta que liga as duas partes da faculdade, uma em cada lado do rio.

SONY DSC

SONY DSC

IMG_9017_1200x788

Pelos seus jardins a gente teve acesso a  algumas partes que fazem parte do Trinity College, como a capela (inspirada na Sainte Chapelle de Paris e que tem uma estátua de Sir Isaac Newton, o seu aluno mais ilustre)..

SONY DSC

SONY DSC

SONY DSC

SONY DSC

SONY DSC

Visitamos também a Wren Library, a biblioteca de estilo único projetada por Sir Christopher Wren (o mesmo que projetou a Catedral de St Paul em Londres). Ali nos podemos ver a primeira edição do livro Mathematical Principles of Natural Philosophy, inclusive com anotações feitas por Sir Isaac Newton. Também tem mechas dos seus cabelos e a sua bengala em exibição. Infelizmente não dá pra tirar fotos lá dentro, mas em compensação, quando saimos dessa visita, o tempo tinha mudado significativamente, passando de um dia nublado com neblina para um maravilhoso dia de sol.

SONY DSC

As fotos mais bonitas dessa viagem nos tiramos exatamente nesse local, vai dizer que não parece um quadro? Perfeito!

c20_1200x791

c22_1200x861

Além dos colleges, outras duas grandes atrações da cidade são o seu rio, o rio Cam e suas pontes. Essa região as margens do rio Cam é chamada de The Backs, e é de onde saem as melhores fotos da cidade.

IMG_8935_1200x799

Uma coisa que é importante comentar é que, essa região não é tipo um calçadão na beira do rio que se pode caminhar livremente de uma ponta a outra, muitas vezes é preciso contornar um college pela rua, pra dai ter acesso ao proximo college ou ainda, é preciso atravessar as inumeras pontes, dar uma volta enorme até chegar na proxima ponte, pra poder continuar o caminho. Não achei isso muito prático não!

SONY DSC

Não é a qualidade da foto que está ruim, isso é uma leve nevoa que tinha no final da tarde (15:30-16:00) em Cambridge!

Outro passeio legal de fazer em Cambridge deve ser andar nos barquinhos de madeira, chamados de “punts”. Existem empresas que proporcionam esse passeio e elas ficam perto do St John’s College. Deve ser a melhor maneira de conhecer todas as principais pontes da cidade (como a Clare Bridge, a mais antiga da cidade ou a Mathematical Bridge, projetada por Sir Isaac Newton), além de uma visão unica dos colleges.

SONY DSC

IMG_9079_1200x738

IMG_9096_1200x769

Como o tempo não colaborou muito nessa nossa visita, até as 14:00 tinha neblina que não dava pra ver nada muito além, o frio tava de matar, nos apenas caminhamos pela cidade. Mas quem sabe um dia, numa proxima visita (com certeza eu vou voltar!), eu faço o passeio de barco e conheço um pouco mais de Cambridge.

SONY DSC

Corpus Christi College

E ainda antes de ir embora mais uma foto do Corpus Christi College, que infelizmente nesse dia não estava aberto a visitação, mas ao menos deu pra fotografar o seu patio principal. Alguns colleges em Cambridge mais parecem palácio, não é?

c4_1200x813

Estação de trem de Cambridge

Quem estiver em Londres e quiser fazer um day trip até Cambridge, isso é totalmente possível. Existem várias formas de ir até lá, seja de ônibus, alugando um carro ou pegando um trem. Nos optamos pela comodidade de ir de trem. A maioria dos trem que vão para Cambridge partem da estação de King’s Cross, mas existe alguns trem que partem também da estação de Liverpool Street. Nos optamos por pegar o trem na estação de King’s Cross (aquela que tem a plataforma do Harry Potter), pq a frequencia dos trens que saem dali são maiores, os trens partem a cada 30 minutos. O trajeto de trem era direto e em menos de uma hora já estavamos desembarcando na estação de trem de Cambridge.

c1_1200x883

O único inconveniente é que a estação de trem de Cambridge fica um pouco afastada do centro e dos colleges, algo em torno de uns 15 a 20 minutos de caminhada, o que não foi nada agradável, pois o dia amanheceu super frio e com muita neblina.

c3_1200x853

Obs. 1: todas as fotos desse post foram tiradas no mesmo dia, apesar de não parecer!! =DD

Obs. 2: os colleges estão fechados entre o final de abril e a primeira semana de junho, pois é quando acontecem as provas na Universidade. Então é bom evitar esses meses!

Bruna Bartolamei
Siga-me

Bruna Bartolamei

Catarinense, mas já morou em Curitiba (8 anos) e em Edimburgo, a capital da Escócia (quase 2 anos). Criou o blog pra contar um pouco mais sobre como foi o seu intercâmbio na terra dos Kilts e das Gaitas de Fole, e também, sobre suas viagens pelo mundo.
Bruna Bartolamei
Siga-me
Postado em Cambridge, Inglaterra
Booking.com
  1. Raquel 19/02/2014 | 16:56

    Alem de lindo parece tudo tao limpo, as pessoas realmente preservam a parte histórica, nao consigo encontrar defeito nesse lugar. Obrigada pelas fotos, nas ferias estarei novamente visitando a Inglaterra e Escócia de tanto que amei esses lugares.Abcs;)

    • Contando as Horas 21/02/2014 | 04:53

      Oi, Raquel

      Se vc incluir Cambridge no teu roteiro, tenho certeza que vc não vai se arrepender!! E realmente, preservar a história é uma coisa que os britânicos fazem muito bem e com muito orgulho. Eu sou suspeita em dizer alguma coisa do UK, pq depois do tempo que morei em Edimburgo, gosto muito de tudo naquele país!

  2. Boia Paulista 20/02/2014 | 13:46

    Oi, Bruna. Tudo bem? :)

    Seu post foi selecionado para a #Viajosfera, do Viaje na Viagem.
    Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Até mais,
    Natalie – Boia

  3. Roberta Maués 10/06/2014 | 02:06

    Oi Bruna! Estou amando seu blog!!! Excelente trabalho!
    Queria saber, se você sabe se dá para fazer visitação em Cambrige dia de domingo? Estou me desdobrando em mil para montar um roteiro bem redondinho e não consegui achar essa informação.
    Bjss

    • Contando as Horas 10/06/2014 | 21:06

      Oi, Roberta

      Muito obrigada!! =DD

      Sim, teoricamente vc pode. O que é interessante vc verificar são os horarios e os dias que abrem as coisas que vc quer visitar, pq algumas coisas tem uns horarios meio chatinhos, outras abrem so de manha ou a tarde, ou ainda, tem algumas coisas que nao abrem por algum outro motivo. Essas infos vc encontra nos links que estao em vermelho no texto.

      • Roberta Maués 13/06/2014 | 22:05

        Muito obrigada, Bruna.
        Beijos

  4. Lu 15/08/2014 | 20:20

    Oi, Bruna,
    Estou indo p/Londres e Edinburgh e já peguei várias dicas no seu blog.
    Na volta de Edinburgh p/Londres, resolvemos alugar um carro e visitar Jedburgh, Hadrian Walls, Durham, York e Cambridge, em 2 dias, devolver o carro em Cambridge e voltar de trem p/Londres. Pretendemos dormir em York, q parece ficar no meio do caminho, no 1 dia e no dia seguinte saímos em direção a Cambridge. Tenho 2 perguntas p/vc:
    1) vale a pena dormir em Cambridge? Ou seria melhor voltar p/dormir em Londres?
    2) algum outro lugar q vc ache interessante visitar no caminho sem desviar mto?
    Desde já, super obrigada,
    Lu

    • Contando as Horas 17/08/2014 | 08:53

      Oi, Lu

      1) Depende, se vc quer conhecer Cambridge, eu acho que vale a pena sim. A cidade é bem legal e bem bonitinha. Agora se for só pra dormir e seguir viagem, ai não. Eu iria até Londres, pq o trajeto é de uns 50 minutos de trem.

      2) Se vc tiver interesse em visitar castelos e palácios, eu acho que dois poderiam valer a pena: Floors Castle, perto de Kelso, que fica perto de Jedburgh. E Alnwick, para ver o Alnwick Castle, que fica no caminho para York, assim como Newcastle.

  5. Lu 17/08/2014 | 10:00

    Valeu, Dri!
    Acho q ficaria mesmo mto corrido p/chegar em Cambridge de tarde, visitar a cidade e pegar o trem p/Londres. Se pernoitarmos lá, podemos aproveitar p/fazer as coisas c/+ calma, incluir algum dos castelos, e contar c/3 dias p/essa perna da viagem.
    Bjs,
    Lu

  6. Lu 17/08/2014 | 10:01

    Desculpe, Bruna, troquei os nomes.
    Bjs,
    Lu

    • Contando as Horas 18/08/2014 | 13:15

      Oi, Lu

      Não esquenta com isso!! :D

      Vc não vai se arrepender em aumentar em um dia essa parte da viagem. Todas essas cidades que vc pretende passar são muito bonitinhas. Se vc for no outono então, meu deus, as fotos vão ficar maravilhosas. Sem falar q dirigir no lado contrario deve ser um pouco complicado no inicio, principalmente ate pegar o jeito.

  7. BRUNO CORIOLANO 12/11/2014 | 21:34

    Qual cidade foi mais bacana e menos cara, Oxford ou Cambridge? Dá pra “conhecer” qualquer uma delas em quantos dias?

    • Contando as Horas 13/11/2014 | 13:03

      Oi, Bruno

      Eu gostei bastante das duas cidades, mas achei mais fácil de se situar em Oxford. Cambridge é mais fotogênica. Com um dia vc consegue fazer bastante coisa, mas o ideal mesmo seriam pelo menos dois dias.

  8. Matheus Nunes 14/05/2015 | 10:28

    Estudo na universidade de Cambridge e vi que você está muito bem informada sobre a história da universidade. Você foi além do que uma visita proporcionaria. Parabéns!! Muito bom seu blog.

  9. Luiz 18/06/2015 | 07:23

    Otimo post ; parabens !

  10. Lucimara 07/11/2016 | 20:05

    Amei seu blog, parabéns pelo belissímo trabalho!

  11. Hilda Ide Lima Sanches 02/08/2017 | 17:30

    Gostei muito das fotos e das informações que tive, deu muita vontade de conhecer essas cidades.Parabéns!!!

Deixe o seu comentário...