17.07
2014

Castelo de Santo Ângelo, um dos melhores lugares pra ver Roma e o Vaticano do alto

por Raul Bartolamei

O que não falta em Londres, Edimburgo e Paris são lugares pra ver a cidade do alto. Em Roma isso não é tão fácil de ser encontrado ou ao menos não é tão óbvio. Nessa minha última viagem, no dia em que fomos visitar o Vaticano, aproveitamos pra conhecer o Castelo de Santo Ângelo (Castel Sant’ Angelo).

SONY DSC

Pra ver o post sobre a visita que a minha irmã fez no Vaticano, é só clicar aqui.

O Castelo de Santo Ângelo fica as margens do rio Tibre e foi construído para ser um mausoléu para o Imperador Adriano, mas com o passar do tempo também serviu de residência para alguns Papas e até foi usado como prisão durante o período da Unificação da Itália.

IMG_0788

IMG_0750

Hoje em dia o castelo/fortaleza foi transformado em um museu, cada exposição é separada em salinhas, onde em cada uma pode ser encontrado: uma exposição sobre a Segunda Guerra Mundial, reprodução do apartamento onde os Papas moraram, outra com armaduras e armas militares, ainda tinha uma sala que contava um pouco da história do castelo, em outra sala tinham diversas obras de arte, especialmente pinturas renascentistas, entre outros.

DSC01988

Quatro grandes destaques, na minha opinião, são:

– O Arcanjo São Miguel: diz a lenda que o Papa Gregório I teve uma visão do Arcanjo São Miguel no alto do castelo dizendo que a epidemia da peste estava chegando ao fim. Com isso, como forma de agradecimento, ele mandou colocar sua estátua exatamente no local onde ele afirma ter visto o arcanjo. Inicialmente essa estátua tinha sido feita de mármore, mas desde meados do século 18, o que vemos é uma estátua de bronze.

SONY DSC

– A vista do terraço panorâmico, de onde é possível ver todo o Vaticano e Roma do alto. Uma visão de 360 graus, que eu considero imperdível.

DSC01952

IMG_0646

– Caminhar pelas muralhas e os jardins: depois de visitar todo o complexo, o terraço panorâmico e as exposições, ainda é possível dar uma volta de 360 graus nas muralhas. Essa é a parte mais medieval do castelo, a gente consegue perceber que essa parte foi construída a muitos séculos atrás.

DSC01981

DSC01982

DSC01983

DSC02009

– As estátuas da Ponte Sant’ Ângelo: nessa ponte é onde estão 12 estátuas de anjos esculpidas por Bernini. A riqueza de detalhes é impressionante. Vale a pena conferir.

IMG_0744

Onde comprar os tickets: Quem comprar o Roma Pass, a entrada para o Castelo de Santo Ângelo está incluído no valor. Não sei se é possível comprar por algum site oficial, ao menos eu não encontrei. Como não usamos o Roma Pass, comprei nossos ticket na bilheteria do Castelo e foi bem tranquilo. Não tinha fila e em menos de 5 minutos nos já estávamos visitando o castelo.

DSC02007

DSC01996

Para chegar até lá: a melhor forma é utilizar o transporte público. Como nós visitamos o Vaticano primeiro, acabamos indo até lá e depois fomos caminhando até a entrada do Castelo. Escolhemos ir até o Vaticano de metro, então foi só pegar a linha A (linha vermelha) no sentido Battistini e descer na estação Ottaviano-S. Pietro. Essa é a estação mais próxima tanto para o Vaticano quanto para o Castelo de Santo Ângelo.

Siga o Blog Contando as Horas nas redes sociais:

no Instagram: @brunabartolamei

e curta nossa fanpage no Facebook: facebook.com/ContandoAsHoras

Raul Bartolamei
Siga-me

Raul Bartolamei

Catarinense, formado em Administração e Direito. Eventualmente escreve no blog sobre suas viagens, tours em estádios e jogos de futebol. E agora, também, sobre seu intercâmbio na França.
Raul Bartolamei
Siga-me
Postado em Itália, Roma, Vaticano
Booking.com
Deixe o seu comentário...