26.09
2014

Dica de Hotel em Londres: Great Northern Hotel

Uma das principais vantagens de Londres quando o assunto é hospedagem é o fato de que a cidade tem milhares de opções e principalmente, pq sempre vai ter uma que vai combinar com o nosso bolso.

Eu já estive em Londres diversas vezes e na grande maioria dessas vezes, sempre procurei me hospedar em regiões/bairros diferentes. Porém, nessa ultima viagem, como quase tudo o que eu queria fazer exigia que eu estive na estação de trem de King’s Cross (para ir pra Sandrigham) /Euston (para ir pra Glasgow) cedo, eu acabei optando por me hospedar novamente nessa região.

foto-24_Fotor

O Great Northern Hotel abriu suas portas pela primeira vez ainda no século 19, mas recentemente passou por uma reforma gigantesca e reabriu no inicio do ano passado.

Era conhecido por ter sido o primeiro hotel de Londres localizado em uma estação de trem, mas hoje em dia, além disso, o hotel ganhou uma decoração mais moderninha e se tornou o mais novo hotel boutique da cidade. 

Eu me hospedei lá por apenas 3 noites e gostei muito de quase tudo.

foto-21_Fotor

Então, na minha opinião, os principais “prós” desse hotel são:

– Para essa minha viagem, eu achei a localização perfeita. O hotel fica literalmente no meio das estações de St Pancras (de onde parte o Eurostar) e King’s Cross (de onde partem os trens para Edimburgo). Sem contar, que o hotel fica a pouquíssimas quadras de outra grande estação de trem, a estação de Euston, que era de onde partia o meu trem pra Glasgow. Além de todas essas estações de trem, ainda, praticamente na porta do hotel, fica a estação de metro de King’s Cross – St Pancras.

– Por ser um hotel relativamente pequeno, são 91 quartos espalhados em 5 andares, a movimentação nos elevadores é beeem tranquila. Os quartos são divididos em apenas três tipos: couchette, wainscot e cubit. Eu tinha reservado o quarto mais simples (couchette), mas na hora do check-in, eu recebi um up grade e fui para o quarto wainscot.

foto-10_Fotor

– O quarto wainscot tem uma decoração mais sobria, com muita madeira. Nesse quarto que fiquei, tinha uma cama de casal e um mesinha lateral maior em apenas um dos lados. Tinha uma TV gigante, secador de cabelo, roupão, uma nespresso e o mini bar (onde a as garrafinhas de água, com ou sem gás, eram cortesia, mas as demais coisas eram pagas).

foto-15_Fotor

– Já o banheiro, eu achei relativamente espaçoso. Os produtinhos oferecidos são da marca americana de Nova York, Malin & Goetz, que até então, eu nunca tinha ouvido falar, mas gostei bastante. Ah, e pra quem estiver viajando em dois, o banheiro tem dois chuveiros, então as duas pessoas podem tomar banho ao mesmo tempo, o que agiliza bastante o processo.

foto-19_Fotor

– Mas ai você deve estar se perguntando: No mini-bar, só a água é cortesia? Sim! Mas olha que legal a idéia que eles tiveram. Em cada andar, existe uma espécie de “despensa” no final do corredor, onde lanchinhos (bolos e bolachinhas) e bebidas a vontade (chá, água e café) são oferecidos de forma gratuita para os hospedes. É só chegar lá, preparar o lanchinho, pegar as bebidas e pronto. E ainda, eles sempre colocam o jornal do dia, mas também tem algumas revistas. Achei a idéia beeeem legal! Nunca tinha visto em outros hotéis até então.

foto-9_Fotor

– Por ser um hotel mais moderninho e cheio de tecnologias, o elevador e a porta de acesso ao corredor onde estão os quartos são feitos somente através do mesmo cartão que abre a porta do quarto. Achei isso ótimo, pq ai só circula pelos andares onde estão os quartos, pessoas que realmente estão hospedadas lá.

– Tem internet wi-fi free, que funcionava muito bem.

foto-20_Fotor

Já os dois únicos “contras” desse hotel, na minha opinião, foram:

– O quarto poderia ter uma escrivaninha. Não que eu precisasse de uma para usar o notebook ou algo do tipo, pq quando viajo, procuro não levar nada além do celular. Mas seria legal ter um espaço maior pra colocar a bolsa e todoas as tralhas que a gente acaba carregando durante a viagem. Outra coisa também que senti falta no quarto era de um lixo grande, eu particularmente, no final do dia, gosto de fazer uma limpa na minha bolsa e tirar todos aquelas notas, papéis, garrafa d’água e tudo mais da bolsa e ai não tinha nenhum lugar pra colocar isso tudo.

– No banheiro poderia ter um espaço maior junto a pia pra colocar os cremes, pasta de dente e tudo mais. O único lugar pra isso, era um armario pequeno ao lado do vaso, que sério, achei que não ficou nada prático.

– Pra mim, isso não chega a ser um “contra”, mas o café da manhã não está incluído no valor da diária. E pra quem quiser comer algo, em ambas as estações de trem (St Pancras e a King’s Cross), existem diversas opções de lugares para comer.

foto-14_Fotor

Como deu pra ver, os meus “contras” são só pequenos detalhes, quase bobagem, mas que pra mim, teriam facilitado muito mais a minha estada lá.

O hotel ainda tem dois restaurantes, sendo que um é mais chique (mas com preços ok), o Plum + Spilt Milk (que é o mesmo pra quem pede room service) e o Kiosk que serve lanches rápidos. Também tem o GNH Bar, que além de servir drinks e tal, também serve lanches rápidos.

O Great Northern Hotel está localizado na praça entre as estações de trem de St Pancras e King’s Cross, a uma quadra da Biblioteca Britânica e muito perto da estação de trem de Euston. Tem uma estação de metro, a King’s Cross St Pancras, que fica literalmente na porta.

foto-11_Fotor

Ah, e eu já tava quase esquecendo. Na recepção, ao menos no turno da noite, os funcionarios são, um português e um brasileiro. Então, a comunicação é beeeem facilitada, principalmente, pra quem não entende ou não se vira muito bem em inglês. E ainda, eles são super simpáticos e prestativos. Gostei muito do atendimento!

** Se você gostou das dicas desse blog e quiser dar uma força reservando hotel em Londres através do site Booking, para iniciar as pesquisas, é só clicar aqui -> Reservar hotel em Londres. Obrigada!!! **

** Importante: Ao reservar um hotel através de um link do site Booking aqui nesse post, será repassado uma comissão ao blog Contando as Horas. **

** Não sabe como utilizar o site do Booking? Aqui vai um post bem detalhado sobre como escolher e reservar um hotel. **

Posts relacionados:

Lista com todos os hotéis onde já me hospedei até hoje

Bruna Bartolamei
Siga-me

Bruna Bartolamei

Catarinense, mas atualmente morando em Curitiba-PR. Já morou em Edimburgo, a capital da Escócia por quase 2 anos. Criou o blog pra contar um pouco mais sobre como foi o seu intercâmbio na terra dos Kilts e das Gaitas de Fole, e também, sobre suas viagens pelo mundo.
Bruna Bartolamei
Siga-me
Postado em Hospedagem, Hotéis, Inglaterra, Londres
Booking.com
  1. Raquel 28/09/2014 | 12:34

    Parece bom esse hotel, pela praticidade da localização e um ótimo atendimento, que sao pontos importantes. Alem do mais, praticamente nao ficamos o dia inteiro no hotel, basicamente tendo uma boa cama e um toalete limpo (sou exigente nesse ponto), depois de um longo dia de caminhada e passeios, eh o que mais desejamos, nao eh? Obrigada pela dica de hotel Bruna, abcs;))

  2. Raquel 28/09/2014 | 12:37

    Ah sim, e essa idéia da despensa com lanchinhos no final do corredor, achei muito simpático esse detalhe do hotel com os hospedes. …abcs;)

    • Contando as Horas 28/09/2014 | 22:11

      Oi, Raquel

      Verdade! Eu sempre pesquiso hotéis com boa localização e que tenha opção de transporte público perto. Além do mais, como vc disse, sendo um hotel limpo, seguro e bem localizado, o resto são detalhes.

      Legal, né?!?! Eu tbm gostei dessa idéia, nunca tinha visto isso até então.

      Obrigada pela visita aqui no blog! =D

  3. Roberto 23/03/2015 | 11:28

    Qual a melhor hora para reservar hotel, tipo, com quanto tenpo já devo me preocupar com isso numa viagem à Inglaterra?

    • Contando as Horas 24/03/2015 | 01:41

      Oi, Roberto

      Olha, na minha opinião, o melhor é vc reservar o quanto antes. Eu costumo reservar com no minimo 6 meses de antecedência, as vezes até mais. Já cheguei a reservar com 8 a 9 meses de antecedência. Assim eu posso escolher o hotel que eu quero, pois a quantidade de hotéis disponiveis ainda são grandes e mais, muitas vezes consigo preços muito bons.

Deixe o seu comentário...