29.09
2014

Londres: Courtauld Gallery, na Somerset House

Cada nova oportunidade que surge de viagem ao Reino Unido, eu sempre incluo Londres no meu roteiro. A cidade tem milhões de atrações interessantes, que numa primeira viagem, muitas vezes acabam ficando de fora. E uma delas foi justamente a Somerset House.

Já fui diversas vezes nessa região de Londres, mas esse sempre foi um lugar que passava batido, mas nessa ultima viagem eu fiz questão de incluir no roteiro.

s3

Pra quem não sabe, a Somerset House é um palácio do século 18, que está muito bem localizado, próximo ao rio Tamisa e no meio do caminho entre a Galeria Nacional e a Catedral de St Paul.

Antigamente esse lugar foi usado como residência real para duas rainhas britânicas, a rainha Elizabeth I e a rainha Henrietta Maria da França, esposa do rei Charles I.

SONY DSC

Hoje em dia, esse palácio foi transformado em museu, mas dependendo da época do ano, diversos eventos acontecem nesse lugar, como por exemplo o London Fashion Week (dispensa apresentações), o Film 4 Summer Screen (com exibições de filmes e apresentações ao ar livre) e durante os meses de inverno, é montado uma pista de patinação no gelo.

SONY DSC

Mas agora no final de agosto, nenhum desses eventos extras estavam acontecendo por lá, eu aproveitei para visitar um dos seus museus, a Courtauld Gallery.

s13

Quem entra na Somerset House vindo pela rua Strand, a Courtauld Gallery  fica logo na entrada, na ala norte (north wing) de frente pra lojinha de souvernirs. Como é um museu pequeno, com apenas dois andares, a visita é bem rapidinha. Eu acho que eu não fiquei mais do que uns 40 a 50 minutos por ali. O ingresso a gente compra ali mesmo na bilheteria e é bem tranquilo, pois não há filas.

s10

O grande destaque dessa galeria é a sua exibição permanente com obras de pintores impressionistas conhecidos no mundo todo, como por exemplo, Van Gosh, Rubens, Manet, Cézanne, Renoir, Degas e o meu preferido entre todos esses, Paul Gauguin.

s11

Espalhados pelos dois andares, além dos quadros desses pintores também estão algumas esculturas e desenhos.

SONY DSC

Eles permitem fotos, sem nenhum problema, desde que seja sem flash. Como é um lugar que ainda não foi (e nem sei se vai ser um dia) invadido em massa por turistas, a visita é bem tranquila.

s23

s18

Ah, além dessa galeria, a Courtauld Gallery, ainda existem outras pequenas galerias e exibições em outras áreas da Somerset House. Infelizmente eu preferi não ir, pq como não tava chovendo, eu aproveitei pra fotografar as 55 fontes que estão localizadas no pátio interno da Somerset House. Vale a pena ficar ali um tempinho vendo as fontes em ação!

A Somerset House fica na Strand e as estações de metro mais próximas são: Temple e Charing Cross.

Bruna Bartolamei
Siga-me

Bruna Bartolamei

Catarinense, mas atualmente morando em Curitiba-PR. Já morou em Edimburgo, a capital da Escócia por quase 2 anos. Criou o blog pra contar um pouco mais sobre como foi o seu intercâmbio na terra dos Kilts e das Gaitas de Fole, e também, sobre suas viagens pelo mundo.
Bruna Bartolamei
Siga-me
Postado em Atrações turísticas, Inglaterra, Londres
Booking.com
Deixe o seu comentário...