09.10
2014

Onde pesquisar e comprar ingressos para Shows e Musicais em Londres

Se eu morasse em Londres eu já estaria pobre e falida! Até então, eu nunca vi uma cidade com tanta coisa legal e interessante pra fazer. Sendo assim, sempre que possível eu procuro incluir um show, alguma apresentação ou até mesmo um musical no meu roteiro.

Eu já tive oportunidade de ver muita coisa em Londres e por isso, achei interessante reunir todas as minhas dicas sobre esse assunto nesse post.

foto 2-4_Fotor

Quem pretende assistir algum musical, show, ballet, concertos de musica clássica, peças de teatro em Londres, deve se programar com o máximo de antecedência possível. E nem é muito difícil imaginar o motivo. Londres por si só já tem publico para lotar qualquer coisa e se a gente resolver somar ainda o número de turistas que visitam a cidade diariamente, já da pra imaginar o resultado disso. Tudo lotado, ingressos se esgotando num piscar de olhos e muita fila.

Em Londres, o local onde tudo acontece fica na região do West End, bem no meio da Piccadilly, Leicester Square e do Covent Garden. A maioria dos teatros ficam nessa região e não é muito difícil ver um teatro um do ladinho do outro. 

foto 3_Fotor

Então, pra ajudar a facilitar esse processo, aqui vão algumas considerações:

→ Sites para pesquisar o que está em cartaz: existem diversos sites onde é possível pesquisar o que está acontecendo em Londres, mas eu costumo usar apenas três: Visit London (que é o site de turismo oficial da cidade), o Ticketmaster (esse site dispensa apresentações) e London Theatre (mas esse eu só uso pra ver as estréias).

→ Site para ver como é o seating plan dos teatros: o melhor site que achei pra descobrir onde ficam os assentos disponíveis antes de eu comprar os meus tickets foi o London Theatre – Seating Plans. Eles tem uma página dedicada aos planos de assentos dos principais teatros da cidade, que consequentemente são os lugares onde estão em cartaz os principais musicais, shows e peças de teatro. Mas pode acontecer de algum teatro não estar listado nesse site, e foi ai que acabei descobrindo o site Seat Plan, que sempre me ajudou a entender melhor como é o teatro e as disposições das cadeiras pra que eu pudesse escolher a melhor opção.

SONY DSC

→ Como escolher o melhor lugar? Não tem muito segredo! Na verdade, diversos sites permitem que a gente mesmo escolha o nosso próprio lugar, porém, alguns não. Geralmente os sites que não permitem a escolha, acabam selecionando os melhores lugares entre os que estão disponíveis. Muitas vezes não vejo problemas com isso, mas sempre que possível, eu prefiro eu mesma escolher em qual assento eu quero sentar.

Na hora de comprar os ingressos, geralmente a parte mais difícil de todo esse processo é a escolha do lugar onde eu vou sentar. Explico.

Todos os teatros são separados em alas, facilitando assim a nossa vida na hora de comprar os ingressos. Os melhores lugares sempre vão ser os camarotes (boxes) ou a região chamada de plateia (stalls). Os camarotes, como todo mundo já imagina, tem os ingressos mais caros, mas em contra partida, oferecem uma vista privilegiada do espetáculo. Quem escolher sentar nas stalls, vai poder ver o show bem de perto, pq as cadeiras ficam de frente e muito próximas ao palco. Ainda existem as opções chamadas de circles, que seriam os balcões. Os balcões são divididos em lower circle (primeiro andar de balcão) ou upper circle (segundo andar de balcão). Até aqui, nenhuma novidade!

foto 2-2_Fotor

Mas pq então eu to falando de tudo isso? Pq em Londres, ao contrário aqui do Brasil, geralmente os ingressos que esgotam num piscar de olhos são os melhores (boxes e stalls e as primeiras duas fileiras do lower e upper circle. Por isso, quem quiser garantir um bom ingresso, vai precisar se espertar.

→ Preços: os preços dos tickets variam de acordo com o tipo de apresentação e do local escolhido. Claro que, quanto mais caro forem os ingressos, melhor vai ser o lugar. Mas, na minha opinião, não há necessidade em pagar uma fortuna para ir num camarote ou até mesmo na primeira fileira, existem diversos outros lugares legais também. Na verdade, a maior preocupação que se deve ter é com relação aos ingressos muuuito baratos, pois alguns teatros oferecem alguns desses tickets por preços quase de graça, pq a visão é quase 90% comprometida.

→ Sites para comprar os ingressos: na minha opinião, o melhor site pra comprar qualquer ingresso pra qualquer coisa é o site oficial do espetáculo em questão. Quando isso não é possível, eu sempre acabo comprando no Ticketmaster ou no Visit London. O legal é que eles vendem tudo o que a gente imaginar, desde ingresso de algumas atrações, musicais, jogos de futebol, show, entre outros. Sempre quando a gente compra um ticket online, a gente tem três opções pra receber o ticket: por email (imprimir em casa), por correio ou ainda, da pra retirar na bilheteria. Sempre que possível, eu procuro imprimir em casa, acho  mais pratico e assim, não preciso mais me preocupar com isso. Quando algum site não oferece essa opção, sempre escolho retirar na bilheteria, claro.

foto 4-3_Fotor

→ Tempo de antecedência: se é um show, musical ou algo que eu realmente quero muuuito ir, eu procuro comprar com pelo menos uns 6 meses de antecedência, pois assim, eu consigo escolher tanto o dia que quero ir como o lugar que quero sentar. Muitas vezes, quem deixa pra comprar de ultima hora, acaba tendo que ficar com o que sobrou e muitas vezes nem sempre essa opção agrada.

→ Vale a pena arriscar e deixar pra comprar em Londres (na bilheteria do teatro ou nos pontos de vendas)? olha, isso sempre é um risco, principalmente se a apresentação for algo que acabou de estrear na cidade. Lembro que quando fiquei sabendo que os musicais Ghost e Let it Be iam entrar em cartaz, eu tratei logo de garantir o meu. Mas claro que se for algum musical que já está a anos em cartaz em Londres, como Mamma Mia ou Fantasma da Ópera, não há necessidade de tanta urgência. Alguns musicais como Billy Elliott e Les Miserables, por exemplo, nos dias que fui, tinham alguns (poucos, é verdade!) lugares sobrando. Tudo depende!

SONY DSC

→ Postos de vendas de tickets em Londres: existem milhares dessas casas de venda de ingressos espalhadas por Londres, principalmente na região nos arredores da Leicester Square. Eu particularmente nunca comprei nenhum ingresso nesses lugares, pois sempre precisei comprar meus tickets com antecedência. Geralmente quando eu quero muito ir ver alguma coisa, eu trato de comprar o ingresso logo. Quando eu to em duvida ou não sei se vale muito a pena, acabo não comprando e até hoje, nunca me arrependi ou fiquei tipo uma louca desesperada atrás de algum desses postos de venda pra encontrar algum ingresso. Mas claro, isso vai de cada um! Diversos blogs e sites por ai dão dicas de quais postos de venda são confiáveis. Lembre-se: os ingressos vendidos nesses postos de venda geralmente só vendem tickets ainda disponíveis para o dia e as vezes para o próximo dia.

→ Shows: a maior casa de show de Londres é a Arena o2, que fica na parte leste de Londres, pro mesmo lado de Greenwich. Mas claro que alguns show também são realizados em estádios de futebol, geralmente no Wembley Stadium ou ainda, em algum parque da cidade. Algumas vezes também, acontece de algum grande show ser marcado para acontecer no Royal Albert Hall. Eu particularmente nunca fui a nenhum grande show em Londres, então não sei dar mais detalhes de como as coisas funcionam.

foto 1-5_Fotor

→ Musicais: pelo que eu já percebi, entre todos os tipos de apresentações existentes em Londres, com certeza, a compra dos ingressos são mais disputadas para ver um musical. Alguns musicais são clássicos na cidade, como por exemplo: Fantasma da Ópera, Mamma Mia, Billy Elliot, Les Miserables, já outros ficaram em cartaz menos tempo, como foi o caso do Zorro, Ghost, entre outros.

→ Ballet: pra quem gosta de ballet, eu sei que um dos melhores lugares para ver boas apresentações é no Royal Opera House, que fica no Covent Garden. Quem quiser ver alguma apresentação desse tipo, nesse lugar, aconselho a comprar o ingresso o quanto antes. Eu já tentei ir lá pelos menos umas duas vezes e os ingressos sempre estavam esgotados pro que eu queria ver.

→ Concertos de música clássica: não é meu estilo de música preferido, mas sempre que viajo com meus pais acabo indo ver alguma apresentação desse tipo. Geralmente as melhores apresentações acontecem no Royal Albert Hall.

SONY DSC

→ Peças de teatro: a única peça de teatro que assisti em Londres foi no Shakespeare Globe, mas claro, existem muitos outros lugares com peças em cartaz. Eu resolvi ver uma peça de teatro pra testar o meu inglês, e lógico, claro que não entendi 100% da peça, mas ao menos consegui entender boa parte dos diálogos e consegui entender a história no geral. Quem for fera em inglês, não vai ter problema, mas quem não manja muito, sei lá, eu não acho um programa legal, pq a gente tem que se concentrar demais pra conseguir entender tudo o que eles falam. Lembro que sai de lá com dor de cabeça. Mas no geral valeu a pena, principalmente como teste de listening. =D

→ Roupas e sapatos: muitas pessoas ficam em dúvida com relação a que roupa e quais são as melhores opções de sapatos pra usar em uma determinada ocasião. Eu tbm já tive essa preocupação. Eu particularmente nunca vou nem muito formal, mas também não vou muito esculhambada. Geralmente vou de calça jeans, bota ou sapatilha (não uso tênis em viagem, somente pra ir na academia) e uma blusinha mais arrumada. Quando faz frio, coloco um casaco qualquer, nada muito elaborado. Ai, dependendo do lugar e da apresentação, procuro colocar um cachecol com algum brilho e ainda, coloco algum brinco mais bonitinho e só. Até então, eu nunca tive problemas com isso.

foto 3-5_Fotor

Não há a menor necessidade de usar vestido ou calça social e no caso dos homens, de vestir terno e gravata, por exemplo. E claro que também não é recomendado ir de bermuda e chinelo.

Na duvida, nada de exageros, nem pra mais ou para menos! Fica a dica!

→ Dica extra: é importante ter conhecimento de duas coisas antes de comprar qualquer ingresso: 1) Se a viagem estiver marcada para o verão (principalmente meses de junho, julho e agosto) e pra época de final de ano (novembro, dezembro e janeiro) é bom garantir o ingresso o quanto antes. Londres está sempre cheia, mas nesses meses em especial, a cidade fica realmente lotada, já que é época de férias no continente europeu. 2) Se for uma apresentação que acabou de estrear em Londres ou que vai ficar na cidade por um curto período, é recomendadíssimo comprar os ingressos o quanto antes. Foi o que aconteceu comigo nas vezes que fui ver os musicais Let it Be e Ghost. Tive que garantir os meus ingressos o quanto antes, e mesmo assim, quase fiquei sem opção de escolher meu lugar.

foto 3-3_Fotor

Então é isso, se alguém tiver mais alguma dica ou ainda, alguma recomendação de qualquer apresentação, a caixa de comentários está a disposição. O próximo musical que quero muito ver é o Singing in the rain, que só não fui ver mês passado pq eles estavam fazendo um tour pelo UK. Fica pra próxima!

Bruna Bartolamei
Siga-me

Bruna Bartolamei

Catarinense, mas já morou em Curitiba (8 anos) e em Edimburgo, a capital da Escócia (quase 2 anos). Criou o blog pra contar um pouco mais sobre como foi o seu intercâmbio na terra dos Kilts e das Gaitas de Fole, e também, sobre suas viagens pelo mundo.
Bruna Bartolamei
Siga-me
Postado em Inglaterra, Londres, Shows e Musicais - , , , , ,
Compartilhe
Deixe um Comentário
Blog Membro RBBV
Contando as Horas
Nesse mesmo dia, mas em 2010, eu desembarcava em Edimburgo, na Escócia para iniciar meu intercâmbio. 🏴󠁧󠁢󠁳󠁣󠁴󠁿💙
.
Além de aprender inglês em um país sensacional, foi muito bom aproveitar aquele momento para descobrir um “mundo muito maior” que Chapecó/Curitiba.
.
Mesmo faltando conhecer alguns outros continentes aindaaa, todas as culturas e paises que conheci e tudo que aprendi com meus colegas de todas as partes do mundo, com toda a certeza, tornaram essa experiência muito mais interessante.
.
Melhor experiência de vida!
.
🌎 Banchory, Escócia 🏴󠁧󠁢󠁳󠁣󠁴󠁿
.
#escocia #scotland #castletrail #visitabdn #visitaberdeenshire #uk #intercambio #intercambionaescocia #intercambiofotos #visitscotland #ciintercambio #eurotrip #uktrip #essemundoenosso #travelgirl #viajantesolo #solotrip #agenciadeviagem #scotlandisnow #englishtips #missaovt #revistaviajar #saudade #helloescocia #cahnaescocia
Um outro jeito de viajar pela Europa: fazendo um cruzeiro fluvial.
.
Quem quiser saber mais detalhes, estou falando mais sobre isso no stories.
.
Se quiser saber os roteiros, datas e valores, meu email para contato esta no perfil!
.
🌏Em algum lugar no rio Danubio, Leste Europeu
.
#lesteeuropeu #europa #cruzeirofluvial #rivercruise #riodanubio #danuberiver #uniworld #exploreuniworld #essemundoenosso #viajoteca #revistaadv #meusroteirosdeviagem #travelgirl #amoviajar #missaovt #eurotrip #europa #followyourdream #picoftheday #hotelinspectors #sourbbv #viajar #missãovt #revistaviajar #riverduchess #qualitours #rivercruising #summer #veraoeuropeu #eurotrip2018
Chegando em Budapeste!🇭🇺 Esse é o Monte Gellért passando pela janelinha da minha cabine!
.
No ultimo verão europeu eu fiz um cruzeiro fluvial pelo rio Danúbio (segundo maior rio da Europa).
.
Meu cruzeiro começou na Romênia, passou pela Bulgária, Sérvia, Croácia e terminou na Hungria.
.
Foram 7 dias a bordo do navio River Duchess, da empresa @uniworldcruises ! Uma experiência sensacional (ainda quero repetir, fazendo uma das rotas que passam pelos mercadinhos de Natal)!!
.
🌏Budapeste, Hungria
.
#budapeste #budapest #hungria #hungary #cruzeirofluvial #rivercruise #riodanubio #danuberiver #uniworld #exploreuniworld #essemundoenosso #revistaadv #meusroteirosdeviagem #travelgirl #amoviajar #missaovt #eurotrip #europa #followyourdream #picoftheday #hotelinspectors #sourbbv #viajar #missãovt #revistaviajar #riverduchess #qualitours #rivercruising #summer #veraoeuropeu
Kremlin de Moscou 🇷🇺🇷🇺
.
Antigamente essa fortaleza servia de proteção para a cidade, mas hoje em dia é a sede do governo e residencia oficial do Presidente da Rússia.
.
Ele é formado por vários palácios, catedrais, museus, um jardim, as torres e a muralha.
.
Quem estiver em Moscou pode incluir uma visita ao Kremlin no roteiro.
.
É possível conhecer algumas atrações, como: o Palácio do Arsenal, local onde está o Museu do Arsenal e o Complexo das Catedrais (formado por 4 igrejas). Todas todos os demais edifícios podem ser fotografados apenas por fora.
.
⚠️O Kremlin não abre as quintas-feiras. Para visitar o Museu (700 rublos) e o Complexo das catedrais (800 rublos) o valor total é de 1500 rublos (95,00 reais).
.
🌏Moscou, Rússia
.
#praçavermelha #redsquare #redsquaremoscow #kremlin #kremlindemoscou #moscou #moscow #russia #copadomundo2018 #missãovt #sourbbv #instaviagem #meusroteirosdeviagem #essemundoenosso #revistaviajar #blogdeviagem #cahnarússia #amoviajar #eurotrip #travelgirl #viajarmais #viajar #eurotrip2018 #viajandosozinha #viajarmais #viagemeturismo #worldcup2018 #russiaworldcup2018 #russia2018 #brasilnacopa #visitrussia
Existem diversas formas de entrar na Praça Vermelha, em Moscou, mas sem duvida alguma, a mais bonita é atravessando o Portão da Ressurreição, localizado literalmente entre a Prefeitura de Moscou (lado esquerdo) e o Museu Estatal de História Nacional (essa construção a direita).
.
Nessa foto também da pra ver a Capela Ibérica e o Marco Zero da Russia.
.
🌏Moscou, Rússia
.
#praçavermelha #redsquare #redsquaremoscow #moscou  #moscow #russia #copadomundo2018 #kempinski #missãovt #sourbbv #instaviagem #hotelinspectors #meusroteirosdeviagem #essemundoenosso #revistaviajar #blogdeviagem #cahnarússia #amoviajar #eurotrip #travelgirl #viajarmais #viajar #visitrussia #viajandosozinha #viajarmais #viagemeturismo #worldcup2018 #russiaworldcup2018 #russia2018 #jogosdobrasilnacopa2018 #brasilnacopa
Parque da Vitoria é onde está localizado o Museu da Grande Guerra Patriótica, que é como os russos chamam a Segunda Guerra Mundial. Obviamente, esse museu conta toooooda a historia dessa guerra (com muitas fotos, documentos, objetos, entre outros - tem legendas em inglês).
.
Além disso, também destaco: O Hall dos Heróis (foto 3) que presta uma bela homenagem a todos os russos que morreram nessa guerra, mais de 20 milhões de pessoas, o Hall das Lagrimas (foto 4) que simboliza as lagrimas de quem perdeu filhos, pais, irmãos e maridos durante essa guerra e por fim, os Dioramas de Guerra (foto 5), esses paines gigantes que retratam algumas cenas de momentos importantes dessa guerra.
.
O parque é gigante e o Museu é enorme, portanto, vá com muito tempo (tempo minimo de 3 - 4 horas).
.
Dica: Para chegar aqui, o acesso é feito pela estaçao de metro Парк Победы, aquela que tem as escadas rolantes mais profundas de todas as estações de metro de Moscou, sao quase 3 minutos andando nessa escada. 😱
.
🌏Moscou, Rússia
.
#parquedavitoria #moscou #moscow #russia #copadomundo2018 #missãovt #sourbbv #instaviagem #meusroteirosdeviagem #essemundoenosso #queroviajarmais #revistaviajar #blogdeviagem #cahnarússia #amoviajar #eurotrip #travelgirl #viajarmais #viajar #visitrussia #viajandosozinha #viajarmais #viagemeturismo #worldcup2018 #russiaworldcup2018 #russia2018 #jogosdobrasilnacopa2018 #brasilnacopa
Contando as Horas