11.12
2014

Escócia: Conhecendo a Ilha de Skye

Um dos destinos mais visitados da Escócia é a Ilha de Skye. A Isle of Skye é a segunda maior ilha do país e faz parte das Hebrides, um grande conjunto de ilhas localizados na costa oeste da Escócia.

Pra quem gosta de destinos com belas paisagens, esse é o lugar ideal para passar alguns dias durante as férias. As principais atrações da Ilha de Skye são:

SONY DSC

→ Portree

A capital e principal cidade da ilha é Portree, que na minha opinião, é a melhor opção pra montar base durante uma viagem pra lá. Boa parte dos hotéis e restaurantes estão localizados em Portree. 

SONY DSC

SONY DSC

É lá também onde está um dos maiores cartões postais da ilha, as casinhas coloridas no porto da cidade e a ilha de Raasay.

SONY DSC

SONY DSC

→ Old Man of Storr

Apenas 10 km de distância separam Portree da montanha formada por um conjunto de pinaculos, onde o pinaculo que mais se destaca é justamente o Old MAn of Storr. Esse pinaculo tem 50 metros de altura e já na estrada é possivel avistá-lo a distancia. Essa montanha fica as margens do Loch Leathan. Apesar de eu não ter encarado, quem tiver interesse em conhecer melhor o lugar, existe uma trilha que vai até o topo da montanha e permite ver as formações rochosas mais de perto. Não é recomendado fazer a trilha se tiver ventando muuuito, pode ser perigoso.

SONY DSC

SONY DSC

→ Kilt Rock

De todas as atrações que eu conheci na ilha de Skye, não sei bem pq, essa foi a que mais gostei.O Kilt Rock é um penhasco com uma cachoeira de 60 metros de altura, a Mealt Waterfall, que fica proximo aos vilarejos de Elishader e Staffin. Se olhar bem pro penhasco dá pra entender o pq ele recebeu esse nome, pois o rochedo lembra muuuito a saia que os escoceses usam, o kilt.

IMG_2861

SONY DSC

Água transparente

Junto ao penhasco, tem um mirante de onde dá pra tirar as melhores fotos. Além disso, tem algumas placas informativas sobre esse lugar.

IMG_2859

→ Quiraing

Imagine uma área formada por diversos vales e montanhas cheios de formações rochosas estranhas espalhadas por todos os lados e ainda, com alguns lagos no meio disso tudo. Conseguiu imaginar?!?! Pois bem, esse é o Quiraing. Um lugar absolutamente incrivel!

SONY DSC

Durante o passeio, esse foi um dos lugares que mais tivemos tempo de explorar, acho que ficamos ali mais ou menos 1 hora.

SONY DSC

SONY DSC

As formações rochosas mais fotografadas são: The Needle (uma especie de pinaculo com 37 metros de altura), The Table (uma montanha com o topo bem plano, lembrando uma mesa) e The Prison (uma montanha em forma de pirâmide).

SONY DSC

→ Uig

É um vilarejo ao norte do país, formado por meia duzia de casas, que fica literalmente no meio do nada. Na verdade, esse vilarejo se tornou importante quando foi colocado um serviço de ferry pra ligar a Ilha de Skye a Ilha de Harris, uma das ilhas que faz parte das Outer Hebrides.

SONY DSC

SONY DSC

→ Dunvegan Castle

Assim como existem diversos castelos na ilha principal onde fica a maior parte do territorio escoces, a Ilha de Skye também tem alguns (pouco, é bem verdade) castelos. O que mais me chamou a atenção durante as minhas pesquisas foi o Dunvegan Castle, um dos castelos que está a mais tempo sendo habitado na Escócia, já são mais de 800 anos! O Castelo fica a 2km do centro do vilarejo de Dunvegan, no norte da ilha (tem como ir até lá de transporte público).

SONY DSC

O castelo pertence ao clã dos MacLeod desde o século 13 e apesar de ser uma propriedade privada, durante os meses de verão (de abril a outubro), a familia abre uma pequena ala do castelo e os seus jardins para visitas publicas.

SONY DSC

SONY DSC

Essa pequena ala aberta a visitação publica é bem pequena mesmo, acho que no total são umas 7 ou 8 salas apenas. As salas são bem decoradas, com diversas obras de arte, mobiliarios clássicos, além da coleção dos tesouros pertencentes aos MacLeod (como Fairy Flag e a Dunvegan Cup), mas não é um lugar tão chique e luxuoso como eu já pude ver em outras visitas. De qualquer forma, é sempre interessante conhecer um castelo, ainda mais na Ilha de Skye, um lugar tão remoto.

SONY DSC

SONY DSC

A caminhada pelos jardins é relativamente rapida, coisa de uns 20 minutos e ainda, dá pra caminhar as margens do Loch Dunvegan. Certamente esse é o local de onde se consegue as melhores fotos do castelo.

→ Fairy Pools

Sem duvida alguma, um dos lugares mais bonitos da Escócia é o Glen Brittle, um vale localizado mais ao sul da Ilha de Skye, próximo ao rio Brittle, do Loch Brittle e das Black Cuillins. Na verdade, bem no meio disso tudo fica as Fairy Pools, um lugar cheio de cachoeiras e pequenos corregos em meio a uma paisagem muito bonita.

foto 4

É legal ir com tempo nesse lugar (eu fiquei mais ou menos 1 hora e 30 minutos), pois existe uma trilha a ser percorrida, sem contar, que a cada 2 passos, a gente precisa parar pra bater umas fotos. O lugar é realmente muito bonito! Infelizmente quando eu estive lá a vazão das águas estava baixa, pois não havia chovido muito nas ultimas semanas. De qualquer forma, vale o passeio!

foto 1

SONY DSC

→ Talisker Destillery

A Talisker é a unica destilaria da Ilha de Skye e esta localizada nos arredores do vilarejo de Carbost, próximo ao Loch Harport com ótimas vistas dos The Cuillins. Essa destilaria só produz whisky single malt com variações de cinco tipos de idade.

SONY DSC

SONY DSC

No dia que eu estive lá, os tours já estavam esgotados, mas em compensação, pra não fazer os turistas perderem a viagem, eles tem um pequeno museu que explica como o whisky deles é produzido e conta algumas curiosidades, além de ter uma lojinha e ainda, pra quem se interessar, eles oferecem um menu de degustação onde é possivel escolher alguns whiskys pra provar.

SONY DSC

foto 2

→ Cuillin Hills: Red e Black Cuillins

Logo ao atravessar a Skye Bridge, próximo ao vilarejo de Sligachan, surge na nossa frente uma grande cadeia de montanhas gigantescas, os The Cuillins Hill. Essas montanhas ainda foram separadas em Red Cuillins e Black Cuillins.

SONY DSC

Black Cuillins

Segundo a guia do tour que fiz, o motivo dos nomes dados a essas montanhas está na composição das rochas, onde no caso da Black Cuillins se deve a presença do gabro, um tipo de rocha de cor escura (quase preto) e as Red Cuillins que são formadas de granito de cor marrom meio avermelhado.

SONY DSC

Red Cuillins

Um ponto estratégio pra bater foto dessas montanhas é parar proximo a ponte Sligachan Bridge (uma ponte só para pedestres), onde de um lado fica a cadeira de montanhas Red Cuillins (são montanhas menores e a maior delas é a Glamaig, tem 775 metros de altura e é uma das mais fotografadas, pois tem um formato triangular bem interessante) e do outro lado ficam os Black Cuillins (a montanha mais alta é a Sgurr Alasdair com quase 1000 metros de altura).

IMG_2958

Red Cuillins

→ Outras atrações

Scorrybreac (é uma colina localizada fora da area central de Portreet. Ela tem uma trilha de 3 km, chamada de Scorrybreac Walk, que vai desde a base da montanha até um mirante de onde dá pra ver toda a cidade de Portree lá do alto).

IMG_2923

Não sei que flor é essa, mas vi muitas por lá!

Staffin Beach ficou conhecida por ser o local onde foram encontradas pegadas de dinossauros. Diz a lenda que essas pegadas estão lá a mais de 165 milhões de anos, porém elas só foram descobertas no ano de 2002.

Cemitério Kilmuir é onde estão enterrados os membros de um dos clãs mais influentes da ilha, o clã McDonald. Nesse lugar é onde está o túmulo de Flora McDonald, uma das maiores heroinas da Escócia.

SONY DSC

Castelo de Armadale pertencia ao clã dos MacDonalds, um dos mais importantes da Escócia. Apesar de ter uma fachada bem conservada, ele tá em ruinas. Mas rende boas fotos e dá pra visitar os jardins.

Neist Point é a Giant’s Causeway da Escócia, pois o lugar é coposto basicamente de basalto. Tem um farol, o Neist Point Lighthouse. É um lugar muito procurado por causa das belissimas paisagens e tambem, por ser um local onde são frequentes a presença de baleias e golfinhos.

Bruna Bartolamei
Siga-me

Bruna Bartolamei

Catarinense, mas atualmente morando em Curitiba-PR. Já morou em Edimburgo, a capital da Escócia por quase 2 anos. Criou o blog pra contar um pouco mais sobre como foi o seu intercâmbio na terra dos Kilts e das Gaitas de Fole, e também, sobre suas viagens pelo mundo.
Bruna Bartolamei
Siga-me
Postado em Escócia, Hebrides, Highlands, Ilha de Skye
Booking.com
  1. Raquel 01/01/2015 | 18:40

    Oi Bruna estou pensando em incluir a ilha de Skye no meu próximo roteiro a Escócia, quero conhecer a culinária e as paisagens dessa belíssima desta ilha. As fotos estão lindas e o post esta impecável como sempre, obrigada pelas dicas. Raquel.

    • Contando as Horas 01/01/2015 | 22:51

      Oi, Raquel

      Muito obrigada! Tenho certeza que vc vai adorar a ilha de Skye, as paisagens e a culinária não deixam a desejar, muito pelo contrario.

      Obrigada pela visita aqui no blog! E um excelente ano de 2015 pra vc! =D

  2. Dani 12/01/2015 | 13:57

    Oi Bruna!

    Estou querendo incluir a Ilha de Sky no meu passeio de Dez/2015, vc acha que vale a pena conhecer a ilha em dezembro? Ou é melhor deixar para conhecer outro lugar nesta época? bjs

    • Contando as Horas 15/01/2015 | 00:11

      Oi, Dani

      Olha, valer a pena sempre vale. O clima vai estar mais frio que o de costume e vai escurecer mais cedo, por volta das 15:30. Ai vc quem sabe se deve ir ou não, dependendo do que vc quer fazer lá.

  3. Eugenia Sleet 25/01/2015 | 21:11

    ola Bruna! farei uma viagem para escocia em agosto e gostaria saber se em inverness e necesario o aluguel de um carro ou se com o transporte local seria suficiente. obrigada!!

    • Contando as Horas 25/01/2015 | 23:31

      Oi, Eugenia

      Depende! Depende do que vc quer fazer. Se for só passear pela cidade e ir ao Lago Ness, vc não precisa alugar um carro. Agora se quiser ir a outros lugares ou até mesmo conhecer o Eilean Donan Castle, ai sim seria legal ter um carro, pois depender de transporte publico pode deixar a viagem mais engessada. Mas em agosto, como é alta temporada e verão, as opções de horarios de transporte publico são maiores também. É tudo muito relativo, teria que saber ao certo o que vc tem incluido no teu roteiro.

  4. Bruna Mira 26/01/2015 | 16:45

    Oi Bruna! Seu blog é sensacional, usei muito suas dicas para planejar minha viagem ao Reino Unido agora entre março e abril/2015.
    Assim que voltar, escrevo em alguma página para ajudar futuros viajantes tbm =D
    Me tira uma duvida plse? Inicialmente eu faria grande parte da viagem de carro, então meu roteiro estava bem desenhado. Mas agora que farei sozinha tive que cortar alguns locais (não dá pra dirigir sozinha no meio da escócia né? rs)…o unico local far far far away que eu não quero cortar de jeito NENHUM é a ilha de Skye, qual operadora de turismo você usou para essa trip? Estarei em edimburgo mesmo, e tenho cerca de 3 dias pra fazer highlands+skye (passando por Loch Lomond, glen coe, Fot willian e augustus e etc). Saber que existe uma guia que te leva em tanto locais na Skye já fez meu dia mais feliz! Principalmente referente às Fairy Polls, estou sonhando com elas!

    Bjs e obrigadaaa

    • Contando as Horas 27/01/2015 | 15:53

      Oi, Bruna

      Muito obrigada! Fico bem feliz que tenha gostado do blog! =DD

      Eu fiz a viagem toda por conta, mas usando transporte público no deslocamento entre todas as cidade. Eu estava em Inverness e de lá fui pra ilha de Skye de ônibus. Quando cheguei lá, fui no escritório do Visit Scotland, que tem em Portree e peguei um passeio que foi indicado por uma senhora que fazia o atendimento, pro dia seguinte. Eu falei pra ela que queria um tour com poucas pessoas e que conhece o máximo possível da ilha. Ela me recomendou essa empresa que peguei (que se não escrevi no post, não lembro mais o nome de cabeça e tenho que procurar), mas não tem erro, a motorista era uma senhora mais velha.

  5. Bruna Mira 06/02/2015 | 16:25

    Entendi, nesse meio tempo procurei algumas empresas que fazem 3 dias de viagem (Skye+Highlands) a partir de Edimburgo. Pois o preço de trem/bus até a ilha ficava bem próximo do cobrado pelas empresas e ainda otimiza o pouquíssimo tempo que tenho por lá.
    Enviei e-mail para algumas operadoras mas eles dizem que o roteiro em Skye é bastante flexível e o motorista tem então liberdade de fazer as paradas de acordo com o clima, sendo assim, não puderam me garantir o passeio nas Fairy Pools =(
    Vc se lembra se existe linha de onibus regular por lá? Assim pediria pra me deixarem na entrada da trilha e voltaria sozinha,rs… no google só diz que o ponto de onibus mais proximo fica a 6km…mas até aí, blza. Info sobre onibus regular mesmo nao tem =(

    • Contando as Horas 12/02/2015 | 23:56

      Oi, Bruna

      Os ônibus regulares são mais frequentes somente nos meses de verão (principalmente em maio, julho, julho e agosto). Em setembro, que foi quando eu tava lá, onde teoricamente ainda é verão, as linhas já não eram mais tão frequentes. O ideal é vc saber se as Fairy Pools estão cheias, pq quando eu fui, a vazão de água tava beeeem baixa, mas claro, o lugar é bonito de qualquer jeito.

      Eu não sei se as empresas deixam passageiros no meio do caminho, pelo que sei, vc deve pedir uma autorização antes caso realmente queira muito fazer isso.

      Mas não te aconselho a depender de ônibus pra esse passeio. Caso vc comprar um chip local, combina com algum taxista pra te buscar lá então, acho mais garantido.

  6. Maura Andrade 14/03/2015 | 11:22

    Bruna, muito legal seu blog. Esta me ajudando muita nas decisoes. Grande abraço

  7. Renata 22/04/2015 | 19:02

    Amei seu site, estou buscando dicas já que pretendo uma viagem com roteiro dividido entre Escócia e Irlanda.
    A flor da foto tinha na casa do meu avô e a conheço como “brinco de princesa”.
    att

    • Contando as Horas 23/04/2015 | 00:05

      Oi, Renata

      Obrigada pelo comentário, fico feliz que tenha gostado do blog.
      Sério que esse é o nome dessa flor? Vou procurar mais infos a respeito no google. Obrigadaaa!!! =DD

  8. Maelyn 07/08/2015 | 22:25

    Oi Bruna!
    Seu blog é incrível e super completo! Gostaria de saber se vc acha que consigo fazer em 4 dias, saindo de Edinburgh de carro, ilhas de skye, invrness passando por duffton num tour rápido do single malte? Gostaria de passar por stirling, fort william etc…
    É tanto lugar lindo pra conhecer que estou perdida com o pouco tempo que tenho.
    Na volta, pretendemos passar uma noite em Glasgow.
    Vc acha melhor começar indo direto pra Inverness? Vamos na primeira semana de Setembro!
    Bj

    • Contando as Horas 10/08/2015 | 14:18

      Oi, Maelyn

      Teoricamente você consegue sim, ainda mais pq vai estar de carro, então você consegue aproveitar o tempo da melhor forma possível e do jeito que vc quiser. Em setembro, costuma escurecer um pouco mais tarde, por volta das 20:00, então da pra aproveitar bastante coisa.

      Se vc vai passar a ultima noite em Glasgow, acho melhor vc começar por Inverness, ir a Ilha de Skye e seguir pra Fort William e Glasgow. Fica mais redondinho o roteiro dessa forma.

  9. Mariana Mello 31/01/2016 | 18:55

    Ola Bruna!
    Adoramos seu blog e as dicas!!!
    Agora em julho estarei fazendo uma viagem Inglaterra, Gales e Escocia. O roteiro Inglaterra e Gales esta Ok, mas queria uma dica para algum itinerario e transporte para melhor proveito em Edimburgo, Glasgow e Ilha de Skye, voce poderia me ajudar?
    Obrigada
    Mari

    • Contando as Horas 02/02/2016 | 21:33

      Oi, Mariana

      Existem diversas possibilidades de itinerário para a Escócia. Você pode colocar Edimburgo no inicio da viagem, passar por Glasgow e seguir para Ilha de Skye ou também pode começar a viagem em Glasgow, seguir para Ilha de SKye e voltar para Edimburgo. Se vc quiser passar pelas Highlands, o ideal é ir de Edimburgo ou Glasgow até Inverness de trem ou onibus, assim vc consegue ver a paisagem. De lá vc consegue conhecer o Eilean Donan Castle e seguir para Ilha de Skye. Existe também a possibilidade de ir até Glasgow, seguir para Mallaig e lá atravessar de ferry para a Ilha de Skye, seguir viagem para Inverness ou Fort William e depois ir a Edimburgo. Tudo depende muito de como vc quer viajar. A parte dos transportes é um pouco mais complicadinha, mas como vc vai no mês de julho, é mais fácil encontrar transporte (diversos horários) e rotas para ir de um lugar para o outro.

      Vc pode ler todos os posts que escrevi sobre as Highlands aqui no blog, assim vc consegue decidir qual meio de transporte usar, pq eu já andei de ônibus e de trem por diversos lugares da Escócia.
      http://contandoashoras.com/categoria/destinos/escocia/highlands/

  10. Luriany 22/05/2016 | 16:55

    Oi Bruna, muito legais as suas dicas.
    Esse tour que vc fez la vc passou por todos esses lugares na descricao? Estou pensando se vale mais a pena pegar um tour day de iverness ou pegar um tour desses lah em portree. Estou pensando que vai ficar muito caro me hospedar na ilha e ainda pagar o tour. :/

    • Contando as Horas 27/05/2016 | 13:55

      Oi, Luriany

      Sim, passei por todos esses lugares. Meu tour partiu de Portree. Apenas a ida ao Dunvegan Castle eu fiz por conta.

  11. Henrique 27/08/2016 | 21:37

    Oi Bruna, parabéns pelos site! dicas valiosas. Estou pensando em alugar um carro e percorrer as Highlands e Skye a partir de Glasgow. Com 3 dias disponíveis para quais lugares/cidades consigo conhecer nesse tempo? Esse tour que você fez na Ilha de Skye é tranquilo fazer de carro? Ou é melhor pegar um tour com uma empresa? Voce conheceu a ilha toda em um dia? Obrigado pela ajuda.

    • Contando as Horas 29/08/2016 | 13:38

      Oi, Henrique

      De carro vc consegue conhecer muito mais coisa, afinal, o próprio trajeto já é o passeio. Se pra vc dirigir na mão inglesa não é problema, vc pode ir por tudo de carro, inclusive na ilha de Skye. Eu percorri praticamente a ilha toda, faltou apenas o Neist Point entre todas as principais atrações da ilha. Esse lugar fica beeeem no outro extremo, contrario de onde está Portree.

  12. Ana Luiza Zapponi 22/09/2016 | 22:27

    Olá Bruna,

    Parabéns pelo seu site! Estou planejando toda a minha viagem por ele! Excelente!

    Estarei viajando com a minha mãe de 60 anos e minha irmã. Ficarei 3 noites em Edimburgo, 3 noites em Inverness e 3 noites em Portree. Em Inverness pensei em pagar um tour de um dia inteiro para o Loch Ness (highlandexplorertours.com/1-day-tours). No outro dia queria conhecer o Eilean Donan Castle. Você sabe se há alguma empresa que faça excursão para lá?

    No dia seguinte pegaremos o ônibus para a Ilha Skye. Gostaria de conhecer Old Man of Storr (fazendo a trilha), Kilt Rock e Mealt Waterfall, Quiraing, Fairy Pools, Talisker Destillery, Neist Point, Cuillin Hills.

    Você saberia me dizer se há excursão com guia privado/poucas pessoas que levem a alguns desses lugares? Quais tem empresas que levam e quais eu teria que ir sozinha? Indo sozinha é tranquilo pegar taxi? Para a trilha no Old Man of Storr há empresa com guia?

    Desculpa pelo mundo das perguntas!
    Desde já agradeço!

    • Contando as Horas 02/10/2016 | 19:00

      Oi, Ana

      Muito obrigadaaa! :D

      Agora, de cabeça, não to lembrando se tem ou não. Mas isso vc pode resolver indo no escritório do Visit Scotland, lá eles tem diversas empresas que fazem diversos passeios pela região.

      Sim, existe guias pra essa trilha do Old Man of Storr. Quando eu fiz meu tour na Ilha de Skye, eu contratei um passeio com apenas 10 ou 12 pessoas, peguei a indicação la no escritório do Visit Scotland em Portree. Assim que vc chegar em Portree, já vai la e reserva os passeios. É mais facil.

      Desculpe não poder ajudar com algo mais concreto, mas é bem mais facil vc reservar esses passeios diretamente lá. Mas se caso vc ja quiser ir com algo pesquisado, no site do Visit Scotland sempre tem indicações de algumas empresas e passeios. Geralmente esses passeios são feitos em vans onde o proprio motorista é o guia e é para poucas pessoas, 10 a 12 pessoas no maximo.

      Obrigada pela visita aqui no blog!

Deixe o seu comentário...