21.01
2015

El Calafate: Informações práticas

Assim como Ushuaia, na minha opinião, outro lugar interessantíssimo de se conhecer na Patagônia Argentina é El Calafate. Devido a sua proximidade com o Parque Nacional Los Glaciares, atração certa em qualquer roteiro de quem viaja a essa região, a cidade se tornou a melhor opção pra montar base para realizar todos os passeios.

El Calafate recebeu esse nome devido a presença de uma frutinha azul escuro, que faz parte da família das berrys, chamada Calafate. Além de ser muito apreciada em natura, a fruta é usada pra fazer alfajores, geléias e sorvetes.

SONY DSC

Glaciar Perito Moreno

Apesar de ser uma cidade extremamente pequena, nos ultimos 10 anos a cidade cresceu muito principalmente devido ao turismo. Com isso, a população da cidade praticamente dobrou de tamanho, ficando em torno de 30 mil habitantes.

Mas vamos ao que interessa.. 

♦♦ Localização

El Calafate se define como sendo a cidade porta de entrada para visitar as geleiras. É, faz algum sentido! A cidade está localizada na província de Santa Cruz, as margens do Lago Argentino e bem próximo a fronteira com o Chile. Fica a 80 km do Parque Nacional Los Glaciares, numa área com aparencia desértica.

IMG_5670

♦♦ Como ir até El Calafate

Existem diversas formas de ir até El Calafate, seja de carro, de ônibus ou de avião. Nós preferimos ir de avião, que obviamente se torna a opção mais sensata e menos cansativa, pois a distancia entre Ushuaia e El Calafate é de mais de 800 km, que podem ser facilmente percorridos de avião em 1 hora e 30 minutos.

Não sei se existem voos diretos do Brasil em determinadas épocas do ano para El Calafate, mas todas as opções que eu vi exigem uma conexão em Buenos Aires. Como nós estavamos em Ushuaia, nos voamos com a Aerolíneas Argentinas.

O voo é super bonito, sobrevoa boa parte do Canal de Beagle, atravessa as montanhas da Cordilheira dos Andes e um tempo depois toda a paisagem se transforma em um enorme deserto.

Dica: Quem quiser ver Ushuaia do alto logo após a decolagem, o legal é sentar do lado esquerdo do avião. Agora quem preferir ver o Lago Argentino no momento do pouso em El Calafate, é melhor sentar no lado direito do avião.

IMG_5626

♦♦ Aeroporto Internacional Comandante Armando Tola – El Calafate (IATA: FTE)

O único aeroporto de El Calafate está localizado a mais de 20 km do centro da cidade. É um dos aeroportos mais novos do país, pois foi inaugurado no ano 2000. Pra quem pretende visitar o Parque Nacional Los Glaciares, esse é o aeroporto mais próximo.

Assim como o aeroporto de Ushuaia, o aeroporto de El Calafate é super pequeno também. Ele tem dois andares, onde no primeiro andar ficam as áreas de check-in e algumas lojas. Já no segundo andar, é onde está o controle de segurança, a área de embarque e uma lanchonete.

O aeroporto oferece uma visão privilegiadíssima do Lago Argentino e ainda, pra quem quiser passar o tempo checando emails e atualizando as redes sociais, eles oferecem wi-fi free.

IMG_5661

IMG_5663

Lago Argentino visto do terminal de desembarque

♦♦ Como ir do aeroporto até o centro da cidade

Para ir de El Calafate ao centro da cidade ou vice-versa, existem algumas opções, como por exemplo: táxi, remis e ônibus shuttle especial. Nós optamos por pegar o ônibus shuttle da empresa Ves Patagonia. O trajeto é direto, leva mais ou menos uns 40 minutos e eles param somente nos hotéis pra ir largando o pessoal.

Quem preferir, pode reservar a passagem pela internet ou comprar a passagem diretamente no guiche de atendimento no aeroporto. Nós deixamos pra fazer tudo lá no aeroporto no momento em que chegamos. Inclusive já deixamos pago e agendado a busca no nosso hotel para o dia da volta.

Logo ao sair da area de desembarque e o guiche da Ves Patagonia fica logo em frente, não tem erro, é super fácil de achar.

A van é relativamente grandinha, não sei exatamente quantos lugares tem, mas acredito que há pelo menos uns 15 lugares. Já as malas vão num carrinho especial, grudado atrás da van.

IMG_5671

IMG_5672

♦♦ Melhor época

Qual seria a melhor época para ir a El Calafate? Essa é uma pergunta simples de responder: durante o verão. A temporada de verão começa em novembro e vai até março. Nessa época as temperaturas costumam ser mais tranquilas e com isso, é possivel fazer diversos passeios que no inverno não são.

Outra vantagem de viajar pra lá no verão é que os dias são mais longos, amanhecendo por volta das 05:00 e escurescendo lá pelas 22:00.

IMG_5676

Lago Argentino… O que é a cor desse lago?!?!?

♦♦ Como é o verão em El Calafate

Nossa chegada em El Calafate aconteceu no dia de Natal, ou seja, inicio da temporada de verão na cidade. A maioria das pessoas na cidade estava usando roupas de frio, porém nada tão exagerado como em Ushuaia.

O termometro marcava temperaturas relativamente agradáveis, na faixa de 15 graus, porém na prática a coisa não era bem assim não. A presença constante de um vento muuuuito forte fazia com que a sensação térmica ficasse um pouco mais baixa.

No total nós ficamos 3 dias inteiros em El Calafate e nesse periodo, o clima no centro da cidade era super diferente do que encontravamos no parque nacional. Enquanto na cidade tinha sol, no parque nacional estava nublado e a maioria das vezes uma garoa chata nos acompanhou durante os passeios. Já o vento é presença garantida em qualquer lugar e claro, é suuuuuper forte.

O unico dia que não pegamos vento foi no ultimo dia lá no Parque Nacional. O guia até nos disse que estavamos com MUITA sorte, pois isso é extremamente raro por lá. Praticamente um milagre, né?!?!

SONY DSC

♦♦ Onde é melhor se hospedar

El Calafate é uma cidade relativamente pequena, mas o seu maior “problema”, na minha opinião, é que ela uma cidade espalhada. Com isso, tudo gira em torno da avenida principal, a Av Libertador San Martin. Tudo o que ficar nessa rua ou próximo a área mais central dessa rua é considerado um bom local.

Se em Ushuaia a gente não tinha se preocupado tanto com a localização, em El Calafate eu acabei me preocupando menos ainda. Claro que eu preferia ter reservado um hotel numa area mais central, mas não foi isso que aconteceu.

Eu reservei um hotel um pouco mais afastado do centro, coisa de uns 5 minutos de carro, por dois motivos: todos os passeios que fizemos em El Calafate tinham transporte incluido para ir até o Parque Nacional, então, todos os dias as empresas passavam no nosso hotel pra nos pegar. Já na volta, eles deveriam nos deixar no hotel, mas nos sempre pedimos pra ficar no centro da cidade.

Ao ficar no centro da cidade, a gente podia dar uma caminhada sem pressa, jantar e quando fosse conveniente, era só nos dirigirmos até o Centro de Informações turisticas da cidade, que uma van do hotel partia a cada 30 minutos levando os hospedes para o hotel.

SONY DSC

♦♦ Passeios

Todos os passeios que fizemos em El Calafate vão virar um post aqui no blog. Nós chegamos em El Calafate no dia 25 de dezembro e fomos embora no dia 29 de dezembro. A cidade tava lotada!

Eu aconselho fortemente quem estiver indo nessa época (mas em qualquer outra época também) a reservar os principais passeios o quanto antes. Nós reservamos o Big Ice com 2 meses de antecedência e o passeio de barco Rios de Hielo com um pouco mais de 1 mes de antecedência. Foi a melhor coisa que fizemos, pois como os passeios tem número limitado, pra não correr o risco de ficar sem, o ideal é reservar o quanto antes.

O único passeio que reservei na semana da viagem foi o Safari Nautico + caminhada pelas passarelas, pois esse é um passeio mais tranquilo de conseguir lugar. Não há necessidade de se preocupar tanto com isso.

Eu li em diversos lugares o pessoal sugerindo deixar pra reservar todos os passeios quando chegar em El Calafate, mas eu não concordo com essa opinião. Talvez em anos anteriores a coisa fosse mais tranquila, mas hoje em dia não dá pra dar bobeira, sob risco de ficar sem! Já imaginou?

SONY DSC

♦♦ Roteiro

Nosso roteiro em El Calafate ficou assim:

1 dia inteiro: Big Ice .

2 dia inteiro: Rios de Hielo + Passeio pela cidade + Museu do Gelo

3 dia inteiro: Safari Náutico + Caminhada pelas passarelas

IMG_5657

Chegando em El Calafate, paisagem desértica

♦♦ Segurança

Quem leu o post sobre Ushuaia – Informações práticas, já sabe o que eu achei de Ushuaia. Sobre El Calafate eu tenho a mesmíssima opinião. A cidade é super segura. Os 3 dias que passamos lá foram muito tranquilos. Em momento algum ficamos com uma má impressão ou com medo de alguma coisa. Também não tivemos a sensação de que estavamos sendo enganados (como muitos turistas relatam quando vão a Buenos Aires). Então, pra quem estiver com vontade de conhecer El Calafate, pode ir despreocupado nesse sentido. No geral, eu achei a cidade beeem segura!

** Se você gostou das dicas desse blog e quiser dar uma força reservando os passeios em El Calafate através de uma empresa parceira do blog, a Argentina 4u, para iniciar as pesquisas, é só clicar nos respectivos links em vermelho. Obrigada!!! **

** Importante: Ao reservar um passeio com empresa Argentina 4u através de algum link deste post, será repassado uma comissão ao blog Contando as Horas **

** Não sabe como utilizar o site da Argentina 4u? Aqui vai um post bem detalhado sobre como escolher e reservar um passeio. **

** Precisando de hotel em El Calafate? Inicie as pesquisas aqui.

** Precisando de seguro viagem? Inicie as pesquisas aqui.

Se você gostou das dicas, ao reservar hospedagem e seguro viagem aqui pelo blog, nós ganhamos uma pequena comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Obrigada! :D

Posts relacionados:

Todos os posts sobre Bariloche

Todos os posts sobre Buenos Aires

Todos os posts sobre El Calafate

Todos os posts sobre Ushuaia

Todos os posts sobre Villa La Angostura

Siga o Blog Contando as Horas nas redes sociais:

no Instagram: @brunabartolamei

e curta nossa fanpage no Facebook: facebook.com/ContandoAsHoras

Bruna Bartolamei
Siga-me

Bruna Bartolamei

Catarinense, mas atualmente morando em Curitiba-PR. Já morou em Edimburgo, a capital da Escócia por quase 2 anos. Criou o blog pra contar um pouco mais sobre como foi o seu intercâmbio na terra dos Kilts e das Gaitas de Fole, e também, sobre suas viagens pelo mundo.
Bruna Bartolamei
Siga-me
Postado em Argentina, El Calafate
Booking.com
  1. Fidelis A C Paula 29/06/2016 | 08:11

    NO HOTEL QUE VC FICOU VENDE OS PASSEIOS??

    • Contando as Horas 29/06/2016 | 14:26

      Oi, Fidelis

      Talvez sim, mas não sei. Eu preferi reservar tudo por conta. Pesquisei as empresas e os passeios e reservei o que me interessou. Te aconselho a reservar logo, principalmente se for fazer o Big Ice e Mini-Trekking, pq eles esgotam num piscar de olhos.

  2. DANIELA 01/09/2016 | 16:38

    Boa tarde, vou para El calafate e Ushuaia em janeiro… meu marido, eu e nossos filhos(11 e 5 anos), ficaremos três dias em el calafate e 4 dias em ushuaia, vc acha que da para aproveitar bastante ou precisa mais tempo?

    • Contando as Horas 05/09/2016 | 17:41

      Oi, Daniela

      Depende. Depende muito dos passeios que vcs querem fazer. Faz uma listinha do que interessa pra vcs e organiza os passeios por dias. Tem alguns passeios que podem ser feitos no mesmo dia, mas alguns duram o dia todo.

Deixe o seu comentário...