23.02
2015

Dica de Hotel em Oban: Ranald Hotel

Oban é uma cidadezinha de apenas 9 mil habitantes, localizada na costa oeste da Escócia. Como dá pra imaginar, as grandes redes de hotéis ainda não existem por lá, o que convenhamos, torna a tarefa de escolher um hotel gerenciado por uma família local muito mais simples.

Quem estiver com planos de conhecer a cidade e as ilhas da costa oeste (Inner Hebrides), o melhor local pra se hospedar é próximo a estação de trem, do ponto de ônibus (não existe uma rodoviária propriamente dita em Oban, apenas um ponto de ônibus grandão que é chamado de rodoviária) e do terminal de ferry.

IMG_3070

Como eu ia ficar apenas 2 dias em Oban, onde em um dia eu iria conhecer a cidade e no outro iria fazer um passeio de ferry para algumas ilhas vizinhas e ainda, iria pegar o trem pra ir pra Edimburgo, eu optei por me hospedar nessa região onde estão a estação de trem, ponto de ônibus grandão e o terminal de ferry. E olha, foi a melhor coisa que fiz! 

Entre as opções que eu encontrei, o Ranald Hotel me pareceu ser a melhor opção. Motivo? Além de estar muito bem avaliado por antigos hospedes nesses sites de reserva, ele fica numa rua super tranquila e está a apenas 2 quadras do mar e a poucos passos de qualquer lugar que eu quissesse conhecer.

O hotel é pequeno, tem apenas 17 quartos espalhados nos seus 3 andares. Pra quem sempre opta por ficar em novos hotéis, esse é o hotel mais novo da cidade, foi inaugurado em setembro de 2012.

SONY DSC

Na minha opinião, os pontos positivos do hotel são:

– localização: como eu já disse anteriormente, fica muito perto de tudo. Dá pra percorrer tranquilamente a cidade toda a pé, sem nenhum problema.

– o quarto: o hotel tem quatro tipos de quarto, mas eu optei por reservar standard room (achei o compact muuuito pequeno e a diferença de preço tbm era bem tranquila). O espaço no quarto era ótimo, tinha uma cama de casal king size todinha pra mim (maravilha!!!), tem mesinha, máquina de fazer café e chá, bolachinhas e chocolates. Uma coisa me chamou atenção, dentro do guarda-roupa tinha um ventilador (dá pra acreditar?). Deve estar fazendo muuito calor na Escócia pra precisar usar um ventilador, mesmo no verão. =DD

SONY DSC

– banheiro: o espaço no banheiro é ótimo, muito bom mesmo. O chuveiro também é muito bom (trauma do chuveiro do hotel de Bolonha, agora sempre reparo nisso!), e o hotel oferece produtinhos de higiene também.

– café da manhã: ao reservar qualquer quarto, todos incluiem o café da manhã no valor da diária. Eu não tenho costume de tomar café da manhã (como todo mundo que lê o blog já sabe!), mas passei lá rapidinho antes de ir pegar o ferry para as ilhas. Pra quem gosta, a especialidade deles são os baked egg, mas também tem omelete, panquecas, sanduíches, frutas, sucos, entre outros.

– internet wifi: também está incluido no valor da diária, o que é ótimo, né!?!?! Qualquer hotel que ofereça wifi gratuito já ganha pontos comigo. Nada melhor do que chegar no hotel e poder olhar os emails, acessar as redes sociais e mandar noticias no whats app, né? Nesse hotel a internet era muito boa, conectava rapidinho e ainda, a velocidade era ótima.

IMG_3142

– bar e restaurante: o hotel tem apenas uma pequena área onde tem um bar (quem quiser tomar uma cervejinha ou até mesmo uns drinks ou comer um aperitivo) e ao mesmo tempo é um restaurante também. Não cheguei a almoçar ou jantar lá nenhum dia, mas pelo que vi, me pareceu ser bom.

– pagamento: no ato da reserva, independende de ser diretamente no site do hotel ou no site do Booking, o valor total das diárias já é cobrado. Eu particularmente prefiro, pois assim não preciso ficar carregando muito dinheiro vivo comigo.

SONY DSC

Quantos aos pontos negativos, as duas unicas coisas que não gostei muito foram:

– O hotel não tem elevador. Particularmente eu não me estresso com isso, mas acho que pra quem viaja com muitas malas deve ser um ponto a levar em consideração. O hotel oferece quartos no andar terreo também, mas sei lá, como esses quartos ficam no mesmo andar onde esta a recepção, o restaurante e a entrada do hotel, achei que talvez fosse ser um pouco barulhento demais e optei por pedir um quarto no primeiro andar. Por sorte, eles levaram a minha malinha para o quarto, então né, nem tenho do que reclamar.

– Outra coisa que achei meio estranho é o fato de que havia um aviso na porta do banheiro dizendo que quando eu fosse tomar banho eu deveria deixar a porta fechada pq o vapor do chuveiro poderia acionar o alarme de incendio. Achei tudo isso um exagero, claro. Afinal, até então, eu nunca tinha visto um aviso desse em nenhum hotel anteriormente. Mas olha, por sorte eu resolvi seguir o que dizia o aviso, pq o chuveiro formou MUUUUITO vapor. Se eu tivesse deixado a porta aberta, certamente o alarme teria sido acionado. E ainda, pra ajudar, a porta era super pesada, então a forma que encontrei de manter a porta aberta enquanto tava no quarto (exceto na hora do banho), foi colocando o lixo do banheiro de atravessado ali. Ai eu tinha que passar toda vez por aquela frestinha pra não precisar ficar abrindo aquela porta pesada.

SONY DSC

No geral, tirando esses dois pequenos detalhes, a estadia foi ótima. O atendimento do pessoal na recepção foi excelente. As acomodações do hotel são muito boas e confortaveis. Recomendo!

O Ranald Hotel fica na 41, Stevenson Street. A duas quadras do mar, da estação de trem, do terminal de ferry e do ponto de ônibus intermunicipal, além de estar muito perto de lojas, bares, restaurantes e todas as atrações turisicas da cidade.

** Se você gostou das dicas desse blog e quiser dar uma força reservando hotel em Oban através do site Booking, para iniciar as pesquisas, é só clicar aqui -> Reservar hotel em Oban. Obrigada!!! **

** Importante: Ao reservar um hotel através de um link do site Booking aqui nesse post, será repassado uma comissão ao blog Contando as Horas. **

** Não sabe como utilizar o site do Booking? Aqui vai um post bem detalhado sobre como escolher e reservar um hotel. **

Bruna Bartolamei
Siga-me

Bruna Bartolamei

Catarinense, mas atualmente morando em Curitiba-PR. Já morou em Edimburgo, a capital da Escócia por quase 2 anos. Criou o blog pra contar um pouco mais sobre como foi o seu intercâmbio na terra dos Kilts e das Gaitas de Fole, e também, sobre suas viagens pelo mundo.
Bruna Bartolamei
Siga-me
Postado em Escócia, Hotéis, Oban
Booking.com
  1. Raquel 05/03/2015 | 06:15

    Oi Bruna, e muito bacana quando as pessoas tiram fotos dos quartos e comentam sobre os serviços dos hotéis, ajuda e muito na hora de escolher um hotel, suas dicas sao valiosas!;D

    • Contando as Horas 09/03/2015 | 02:18

      Oi, Raquel

      Verdade!! Eu passo horas olhando fotos de hotéis e lendo comentários de hospedes antigos antes de definir qual hotel vou reservar. Acho ótimo, ajuda muito mesmo na hora de definir a hospedagem!

Deixe o seu comentário...