31.03
2015

Escócia: Dunbar – A última cidade antes da fronteira entre Escócia e Inglaterra e o inicio da trilha John Muir Way

Dunbar foi uma cidade que acabei visitando meio que por acaso. Na verdade, nesse dia eu tinha a intenção de ir até a cidade inglesa de Berwick-upon-Tweed, mas de ultima hora, resolvi fazer uma paradinha nessa cidade.

maq sony antiga 329

Como dá pra imaginar, Dunbar é uma cidadezinha minuscula, localizada a 30 km de Edimburgo, com uma população de um pouco menos de 7 mil habitantes e que ficou conhecida por ser a ultima “grande cidade” escocesa antes de cruzar a fronteira entre Escócia e Inglaterra. 

maq sony antiga 327

Dunbar é a cidade onde nasceu o explorador e naturalista John Muir, que ficou mais conhecido nos Estados Unidos do que em qualquer outra parte do mundo, pois foi ele quem criou e desenvolveu o sistema dos parques nacionais americanos.

maq sony antiga 351

Na cidade existe um museu, o John Muir’s Birthplace Museum, que foi montado na casa onde ele nasceu e que conta a um pouco da sua história, da sua relação com o meio ambiente e de quando ele se mudou para os EUA com a sua família pra fundar o sistema dos parques nacionais americanos. O museu fica na rua principal de Dunbar, a High Street, entre a estação de trem e as ruinas do Dunbar Castle, no lado esquerdo da rua. O museu é relativamente pequeno, eu acho que não levei mais do que uns 30 – 40 minutos pra conhecer. A entrada é gratuita.

maq sony antiga 350

Ainda na High Street fica a prefeitura da cidade, a Dunbar Town House, que tem uma arquitetura bem bonitinha.

maq sony antiga 352

Outro local bastante visitado é a região portuária da cidade, com um porto beeem pequeno, que só recebe barquinhos de pesca.

maq sony antiga 347

maq sony antiga 348

maq sony antiga 330

Nessa região também fica as ruínas do Dunbar Castle, construído no local onde existia uma fortaleza antigamente. Esse castelo teve um papel muito importante, pois dali era possível controlar a fronteira entre Inglaterra e Escócia. Apesar de ter tido uma história bem turbulenta, sofrente com os ataques ingleses, alguma coisa ainda restou e o castelo se encontra em ruínas. Não é possível andar pelas ruínas, então a melhor forma de ver o que restou é do porto ou até mesmo do Dunbar Leisure Pool.

maq sony antiga 345

maq sony antiga 344

maq sony antiga 336

maq sony antiga 338

Perto dali, é onde fica o inicio do John Muir Way, uma trilha de 215 km que praticamente atravessa o país, indo de Dunbar (na costa leste) até a cidadezinha de Helensburgh que fica próxima ao Loch Lomond (praticamente na costa oeste).

maq sony antiga 342

Obviamente eu não fiz essa trilha (que pode ser percorria a pé ou de bicicleta), pq esse não era o objetivo nesse passeio, mas eu caminhei um pouquinho, os primeiros 10 ou 15 minutos da trilha apenas, que passa pelo Natural Arch, um arco de pedra que fica bem próximo as ruínas do castelo e segue o seu caminho por diversas praias super bonitas (e com água super gelada também!).

maq sony antiga 341

maq sony antiga 340

maq sony antiga 339

E antes de voltar pra estação pra seguir em direção a Inglaterra, eu fiz uma parada na Dunbar Parish Church, a principal igreja da cidade. Adoro visitar pelo menos uma igreja em cada cidade que vou e como lá eu só vi essa, resolvi entrar pra conhecer.

maq sony antiga 353

Ah, eu não visitei, mas pra quem se interessar, ali pertinho de Dunbar existem dois campos de golf, onde o mais prestigiado e frequentado é  Dunbar Golf Club, que foi fundado na metade do século 19. Quem fizer o trajeto de trem entre Edimburgo e Dunbar, vai conseguir ver esses campos de golf do trem.

maq sony antiga 354

maq sony antiga 355

Para ir até lá usando o transporte público, existem duas opções: trem ou ônibus. Eu optei por ir de trem. A Dunbar Railway Station (DUN) fica em uma das extremidades da cidade, é minuscula e tem apenas 1 plataforma. Por lá passam todos os trens que vão para as cidades inglesas que ficam perto da fronteira com a Escócia, como Berwick-upon-Tweed, Newcastle, York e Durham. As empresas que fazem esse trajeto são: East Coast, First ScotRail e a Cross Contry. Eu optei por ir com a Cross Country, pq o tempo de viagem era de apenas 20 minutos e também, pq essa empresa seguia viagem até Berwick-upon-Tweed, a cidade que eu ia visitar logo na sequencia. Quem for de Edimburgo até Dunbar, os trens da Cross Country (ou de qualquer outra empresa) só partem da Waverley Station.

Bruna Bartolamei
Siga-me

Bruna Bartolamei

Catarinense, mas atualmente morando em Curitiba-PR. Já morou em Edimburgo, a capital da Escócia por quase 2 anos. Criou o blog pra contar um pouco mais sobre como foi o seu intercâmbio na terra dos Kilts e das Gaitas de Fole, e também, sobre suas viagens pelo mundo.
Bruna Bartolamei
Siga-me
Postado em Dunbar, Escócia
Booking.com
Deixe o seu comentário...