19.04
2015

Caribe: Febre Chikungunya

Sempre que vou viajar, uma das primeiras coisas que pesquiso é a necessidade de visto e vacina para um determinado país. Até agora, no Caribe, a unica vacina exigida por alguns países é a da Febre Amarela.

Mas enquanto eu estava organizando a viagem a St Maarten/St Martin, vi algumas reportagens falando da tal Febre Chikungunya (como por exemplo essa no NY Times). De cara fiquei meio preocupada e resolvi procurar mais informações sobre esse assunto.

chikv-1e

Foto retirada do site Puerto Rico Day Trips

No finalzinho do ano de 2013 foi identificado o primeiro caso da Febre Chikungunya no Caribe. E adivinha em qual ilha isso aconteceu? Isso mesmo, na ilha de St Maartin/St Martin, mas foi no lado francês. De lá pra cá, houveram alguns casos confirmados pelo CARPHA (Agencia de Saúde Pública do Caribe) de que ainda existiam casos aparecendo nessa ilha em especifico. 

No inicio fiquei meio preocupada, mas resolvi não me desesperar e fui buscar relatos de pessoas que tinham acabado de viajar pra lá pra ver o que elas diziam sobre esse assunto. Consegui conversar com duas ou três pessoas apenas. Segundo elas, que nem estavam sabendo disso, falaram que nos dias que ficaram nessa ilha, não ouviram ninguém falar nada sobre essa tal febre. Ainda bem! Me acalmei um pouco.

Claro que essa febre não é nada comparado com um Ebola da vida, mas né, nunca é bom sair de casa e ir pra uma área de risco independente da doença que for.

E pra quem chegou até esse paragrafo desse texto e ainda não sabe exatamente do que se trata a Febre Chikungunya, ela é uma doença causada por um vírus transmitido através da picada de um mosquito do gênero Aedes, o mesmo da família da dengue. O período de incubação do vírus é de até 12 dias e ele tem baixa taxa de mortalidade.

chikv-1d

Foto retirada do site Puerto Rico Day Trips

Na verdade, o que preocupa nessa doença são os sintomas, que dizem que demora tempo pra desaparecerem por completo. Como os seus sintomas são bem parecidos com uma virose qualquer (febre, dores nas articulações, dores de cabeça e musculares), as vezes as pessoas nem sabem que podem estar com essa doença.

Mas pra encurtar a história, aqui vai a minhas informações mais recentes sobre isso. Eu estive em St Maarten/St Martin em fevereiro de 2015 e apesar de ainda terem alguns casos sendo confirmados na ilha, ninguém parece saber dizer se de fato ainda tem pessoas pegando essa doença. Na duvida, preferi não abrir as janelas do hotel, deixei o ar ligado o tempo todo que estava no quarto.

Também preferi tomar alguns cuidados extra pra evitar ficar doente em uma viagem, mas nada beirando a paranoia, apenas fui mais cuidadosa. Pq pensando bem, ficar doente em casa já é ruim, imagina durante uma viagem. Já pensou perder um dia (ou uma semana) de praias paradisíacas pra ficar de molho em uma cama de hotel ou até mesmo em um hospital? Não gosto nem de imaginar essa hipótese!

Dizem que as ilhas mais afetadas no Caribe são: Rep Dominicana e Haiti. Se eu já tinha me preocupado com os números de casos em St Maarten/St Martin, os números que vi nessas outras duas ilhas é muuuuito maior. Então é bom ficar ligado e pesquisar um pouco mais sobre os casos dessa doença pra não ter nenhum problema.

Obs.: Fotos retiradas do site Puerto Rico Day Trips.

** Precisando de hotel para sua próxima viagem? Inicie as pesquisas aqui.

** Precisando de seguro viagem? Inicie as pesquisas aqui.

** Precisando alugar um carro? Inicie as pesquisas aqui e/ou aqui.

Se você gostou das dicas, ao reservar hospedagem, seguro viagem e aluguel de carro aqui pelo blog, nós ganhamos uma pequena comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Obrigada! :D

Posts relacionados:

Todos os posts sobre Aruba

Todos os posts sobre Barbados

Todos os posts sobre St Maartin/St Martin

Todos os posts sobre St Kitts e Nevis

Siga o Blog Contando as Horas nas redes sociais:

no Instagram: @brunabartolamei

e curta nossa fanpage no Facebook: facebook.com/ContandoAsHoras

Bruna Bartolamei
Siga-me

Bruna Bartolamei

Catarinense, mas já morou em Curitiba (8 anos) e em Edimburgo, a capital da Escócia (quase 2 anos). Criou o blog pra contar um pouco mais sobre como foi o seu intercâmbio na terra dos Kilts e das Gaitas de Fole, e também, sobre suas viagens pelo mundo.
Bruna Bartolamei
Siga-me
Postado em Aruba, Barbados, Caribe, St Kitts e Nevis, St Maarten / St Martin
Booking.com
Deixe o seu comentário...