24.05
2015

Curitiba: Ópera de Arame

Outra grande atração turística muito famosa de Curitiba é a Ópera de Arame, um dos teatros mais diferentes que ja conheci até então. Dizem que esse teatro, obra do arquiteto Domingos Bongestabs, levou apenas 75 dias pra ficar pronto. Dá pra acreditar?!?!

SONY DSC

O local escolhido pra construir a Ópera de Arame é espetacular. Imagine um lugar, onde o acesso é feito por uma ponte de metal diretamente ao segundo andar do teatro, parcialmente circundado por um lago, onde de um lado tem uma cachoeira que cai do alto de um paredão de pedra de 10 metros e do outro lado há mata nativa (principalmente araucárias). Consegue imaginar? Pois bem, esse é o cenário onde esta a localizado a Ópera de Arame! 

SONY DSC

O acesso a opera é feito através de uma pontezinha que vai diretamente ao segundo andar, onde fica o auditorio principal (com capacidade para mais de 1500 pessoas!).

SONY DSC

Essa ponte que faz o acesso é onde a gente percebe de onde vem o seu nome, pois realmente a gente fica com a impressão de que o chão foi totalmente feito de arame. Por sorte, a administração do teatro providenciou umas placas de metal pra colocar em parte dessa ponte de acesso. Quem sente tontura, certamente adorou essa ideia!

SONY DSC

SONY DSC

Já no primeiro andar (andar inferior da opera), sendo um funcionário da recepção, está fechado para reformas. Com isso, o acesso a lanchonete e ao lago ficam prejudicados nesse meio tempo.

SONY DSC

SONY DSC

E como dá pra imaginar, todo mundo acabou se aglomerando na ponte de acesso e no corredor externo do segundo andar. Como não foi possível ver de perto a estrutura interna, ao menos eu tive bastante tempo pra reparar (e fotografar) a parte externa. O teatro é totalmente construído com tubos de metal e coberto com vidro do chão ao teto, literalmente, o que dá uma característica muito unica ao lugar.

Quem gosta de conhecer lugares diferentes e apreciar a arquitetura bem peculiar, esse é o lugar!

SONY DSC

Próximo a Ópera de Arame fica a Pedreira Paulo Leminski (local onde acontecem show e apresentações ao ar livre), que juntos formam o Parque das Pedreiras.

SONY DSC

A Ópera abre de terça a domingo das 08:00 as 21:00. A entrada é gratuita, portanto não se assunte ao ver as catracas e a guarita do funcionários que fazem a segurança do lugar.

SONY DSC

Ah, junto a entrada da Ópera tem uma lojinha com diversas coisas legais pra levar de lembrancinha pra casa!

SONY DSC

A melhor forma de ir até lá é pegando o ônibus Linha Turismo de Curitiba. A parada é quase em frente a entrada principal, coisa de 2 ou 3 minutinhos de caminhada.

Posts relacionados:

Todos os posts sobre Curitiba

Siga o Blog Contando as Horas nas redes sociais:

no Instagram: @brunabartolamei

e curta nossa fanpage no Facebook: facebook.com/ContandoAsHoras

Bruna Bartolamei
Siga-me

Bruna Bartolamei

Catarinense, mas atualmente morando em Curitiba-PR. Já morou em Edimburgo, a capital da Escócia por quase 2 anos. Criou o blog pra contar um pouco mais sobre como foi o seu intercâmbio na terra dos Kilts e das Gaitas de Fole, e também, sobre suas viagens pelo mundo.
Bruna Bartolamei
Siga-me
Postado em Brasil, Curitiba, Paraná
Booking.com
Deixe o seu comentário...