02.06
2015

Como andar de Metro / RER em Paris

Toda vez que vou viajar, uma das primeiras coisas que pesquiso (depois de passagem e hotel) é sobre transporte público. Paris, como qualquer outra grande cidade do mundo, oferece diversas opções, como por exemplo: metro, RER, ônibus, bondinho, trem, barcos e funicular (em Montmartre).

As três vezes que estive em Paris, eu andei muuuito, mas também usei muuuito o metro e o RER. Por isso, nesse post eu vou me limitar a falar somente dessas duas modalidades.

SONY DSC

A empresa responsável pelo transporte publico na cidade é a RATP.

→ Metro

O metro de Paris é oficialmente chamado de Métropolitain, mas foi abreviado a Métro de Paris. É considerado o quarto maior sistema de metro da Europa, ficando atrás somente dos metros de Londres, Moscou e Madri. Ele foi inaugurado no ano de 1.900 para ser usada durante os Jogos Olímpicos de Paris e desde então, a rede foi muito ampliada. 

SONY DSC

Hoje em dia, o metro de Paris tem 16 linhas, sendo que elas vão de 1 a 14, com duas linhas menores chamadas de 3 bis e 7 bis. Cada linha é identificada com uma cor diferente. São 219 km de extensão com mais de 300 estações. Portanto, como dá pra perceber, o metro cobre muito bem todos os 20 arrondissements de Paris.

→ RER

O RER – Réseau Express Régional (Rede Regional Expressa) é uma forma alternativa ao metro. Eles são mais ou menos parecidos, porém esses trens andam tanto no centro de Paris como nas areas metropolitanas.

IMG_8725

O RER tem apenas 5 linhas, que são identificadas por cores (vermelha, azul, amarela, verde e lilas) e letras (A, B, C, D e E).

→ Comprando o ticket

Ao comprar um bilhete para andar no transporte público, o mesmo ticket permite andar tanto de metro, de RER, de ônibus, como no funicular de Montmartre.

Os tickets são comprados em máquinas ou em guiches de atendimento dentro das próprias estaçãoes. Somente as estações maiores tem as duas opções, pois as estações menores somente oferecem a opção de comprar o ticket direito nas máquinas.

IMG_8731

Ss máquinas que vendem os tickets são verdes e são identificadas através do escrito “Vente” em francês. Importante verificar a forma de pagamento aceita em cada máquina, normalmente elas aceitam dinheiro (notas e moedas) e cartão de crédito, ou apenas uma dessas opções.

Existem diversos tipos de ticket:

Ticket t+: são os bilhetes individuais, esse ticket pode ser usado uma unica vez dentro das zonas 1 e 2, mas claro que se nesse trajeto foi necessário fazer conexões, não há nenhum problema. Valor de 1,80 euros (em abril de 2014).

IMG_8726

Ticket t+10: é um carnê com 10 tickets. É um dos tipos de ticket mais vantajosos, pq o preço do ticket individual é de 1,80, mas nesse carnê, o preço do ticket individual ficaria em 1,41 euros. Como ele não é nominal, os tickets do carnê podem ser divididos em mais de uma pessoa. Eles não podem ser usados para ir ao aeroporto, Versalhes e Disney.

Ticket Mobilis: é o “day pass”, ou seja, um ticket para ser usando no periodo de 24 horas de forma ilimitada, dentro das zonas escolhidas (de 1 a 5). Normalmente esse ticket é util pra quem vai se hospedar em Paris, mas vai fazer bate-volta a Versalhes e a Disney, por exemplo.

IMG_8953

Paris Visite: é um cartão especial que existe nas modalidades de 1, 2, 3 ou 5 dias e pode ser usado de forma ilimitada pelo periodo escolhido. Normalmente esse tipo de ticket é util pra quem vai usar muuuito o metro por dia.

E ainda, existe o ticket Jeunes Week-end (opção para quem tem menos de 26 anos de idade, mas que só pode ser usado nos finais de semana ou feriados) e o cartão Navigo (util pra quem for ficar em Paris por mais tempo, pois ele existe na modalidade semanal, mensal e anual).

Entre todas essas opções, as que eu já usei foram: bilhete individual, carnê com 10 tickets e o Paris Visite.

IMG_8954

Geralmente existe duvida entre o Ticket t+10 e o Paris Visite.. E então, qual é melhor comprar?

Quando eu estive em Paris em 2011, eu estava sozinha e já tinha ido a Paris uma outra vez (em 2005). Então como eu queria ganhar tempo, optei pelo Paris Visite, que nesse caso foi bem vantajoso, já que pude andar milhões de vezes de transporte publico desde o dia que cheguei, numa sexta-feira, até o domingo a noite. Andei muito de metro mesmo, de manhã eu tava no Louvre, na hora do almoço em La Defense e no final da tarde em Montmartre e ainda, a noite voltei ao centro de Paris e fui ao aeroporto. Isso só foi possível dessa forma, pq esse passe vale mais a pena se for usar MUITO o transporte publico.

Nessa ultima viagem a Paris, como fizemos deslocamentos saindo cedo do hotel pra ir até uma determinada área e chegando la a gente andou por tudo a pé, pegando o metro apenas pra voltar no final do dia, o Ticket t+10 foi mais útil nesse sentido. Nos também estávamos em 4 pessoas, então logo que chegamos compramos 2 carnês com 10 tickets e usamos os 6 dias em que ficamos em Paris.

IMG_8728

→ As estações

Todas as estações de metro de Paris são identificadas com “Métro” ou “Metropolitain” na entrada. Se por ali passar o RER, também tem uma identificação logo na entrada.

Em todas as estação de metro que passei, na entrada, sempre tinha pelo menos uma ou duas máquinas pra comprar bilhete de metro. Normalmente, apenas as estações maiores tem guichês de informação e de venda de bilhetes.

IMG_8952

No geral, as estações são bem organizadas, com muitas placas. Impossível não se achar!

Nas plataformas existem paineis que informam quanto tempo falta para os próximos dois metros chegarem e qual é o sentido da linha (informando a ultima estação daquela linha para um determinado sentido).

→ Como andar no Metro e no RER de Paris

Andar de metro/ RER é muito simples, muito simples mesmo. O transporte público de Paris é dividido em 5 zonas (sendo a zona 1 a mais central e a zona 5 a mais afastada), mas geralmente as zonas 1, 2 e 3 são as que mais interessam turisticamente falando. Algumas poucas atrações estão em outras zonas (Versalhes na zona 4 e Euro Disney na zona 5), então é bom prestar atenção na hora de pegar as informações de como chegar em um determinado lugar, seja no site oficial do lugar ou nos mapas.

IMG_8820

Sempre quando eu vou viajar para outro pais, eu procuro já definir logo qual meio de transporte eu vou utilizar, pois assim eu já anoto as estações mais proximas de um determinado lugar, assim como a cor e o número da linha, o que facilita muito a minha vida na hora de pegar o metro para ir até lá.

IMG_8741

Com o nome da estação de destino e o ticket em mãos, o processo de andar no metro/RER é muito simples. Em Paris é necessário passar o ticket nas catracas para ter acesso as plataformas. Normalmente em uma plataforma passa apenas uma linha, mas é necessário observar que os sentidos vão ser diferentes. Ao chegar nas plataformas, é necessário olhar as placas e ver pra que lado está a estação de destino, ai é só ir pra plataforma que a seta indicar, esperar o metro chegar e embarcar.

IMG_8742

Algumas estações, normalmente as mais centrais, vão ter mais de uma linha passando por ali. Mas não há necessidade de se preocupar, pq elas passam em plataformas diferentes.

Importante: algumas portas de metro abrem automaticamente, já outras é necessário erguer uma manivela ou apertar um botão para que as portas abram.

IMG_8743

Obs.: é necessário guardar o ticket até o final da viagem, pois assim como é necessário colocar o ticket pra liberar a catraca pra entrar na estação, também é necessário inserir o ticket na catraca para liberar a saída da estação.

IMG_8724

→ Segurança

Todas as vezes que andei de metro/RER em Paris, nunca tive nenhum problema. Obviamente, tomei todos os cuidados necessários com bolsa. Nunca entro em nenhuma estação com máquina fotográfica na mão e muito menos fico olhando o celular, só quando preciso consultar o mapa para saber que rota pegar pro próximo destino, fora isso, celular fica sempre na bolsa. Procuro também não ficar falando muito.

Quanto menos as pessoas souberem que sou estrangeira (turista), melhor. Assim como, quanto menos ficarem vendo que tenho uma câmera e um celular comigo, melhor também.

As vezes parece exagero, mas as vezes, dependendo do horário e da estação, tem meia duzia de pessoas espalhadas ao longo da plataforma. Se alguém te abordar e quiser roubar qualquer coisa, outras pessoas podem nem notar.

IMG_8895

→ Curiosidades

– A primeira linha do metro foi inagurada em 1900, e essa linha (obviamente) é a linha 1 (cor amarela)

– A estação Châtelet – Les Halles é a maior estação de Paris, ela serve de ponto de troca para 5 linhas do metro e 3 linhas do RER;

– A linha 14 do metro é totalmente automática, não tem motorista;

– A linha 6 oferece uma das vistas mais bonitas da cidade, com a Torre Eiffel. Quem estiver indo no sentido Charles de Gaulle Étoile, sentar do lado direito para poder ver a Torre;

– Algumas estações tem decoração super bonita, como por exemplo a Franklin D. Roosevelt.

SONY DSC

→ Outras informações

A frequência do metro é muito boa, nas linhas mais movimentadas os metros passam a cada 2 ou 3 minutos, em outras linhas menos movimentadas o tempo aumenta um pouco, ficando por volta de 5 a 8 minutos.

Quanto ao horário de funcionamento, geralmente as estações ficam abertas das 05:30 a 00:30.

Bruna Bartolamei
Siga-me

Bruna Bartolamei

Catarinense, mas já morou em Curitiba (8 anos) e em Edimburgo, a capital da Escócia (quase 2 anos). Criou o blog pra contar um pouco mais sobre como foi o seu intercâmbio na terra dos Kilts e das Gaitas de Fole, e também, sobre suas viagens pelo mundo.
Bruna Bartolamei
Siga-me
Postado em França, Paris - , , , , , , , , , ,
Compartilhe
Deixe um Comentário
46 comentários em "Como andar de Metro / RER em Paris"
  1. Catherine   02/06/15 • 13h49

    Olá Bruna, acho esse seu post muito importante, principalmente RESSALTAR BEM que algumas portas de metro NÃO abrem automaticamente e as que abrem erguendo uma manivela, só abre com um puxões violentos pra cima. :)) :)) :)) Quando estive em Paris em 2013, eu já sabia que nem todas as portas eram automáticas, mas quando tentei abrir pela manivela NADA! Eu já ia perdendo a estação quando um passageiro com pena levantou deu um porrada violenta na manivela e a porta abriu. Tem que ser um pouco(a) bruto(a) mesmo :)) :)) Algumas portas lá tb são tão pesadas e “voltam” quando abrem que várias vezes quase fui jogada pra fora com mala e tudo :)))Um abraço

    • Contando as Horas   07/06/15 • 17h47

      Oi, Catherine

      Ah é?!?!? Sabe que poucas vezes peguei metro com essas manivelas? E as vezes que peguei, sempre alguém ia entrar ou sair na mesma hora que eu, então não passei por essas situações. Mas é sempre bom saber desses detalhes pra não correr risco de perder o metro. =DD

  2. marcia alves   16/07/15 • 10h45

    Vou ficar um final de semana em Paris com meu filho d 17 anos e meu marido, então pelo que entendi é mais vantajoso comprar o T+10 do que o Paris Visite? Ele cobre a região da Torre Eiffel? Que bilhete eu compro da Garu du Nord até a região 1 onde fica meu hotel?

    • Contando as Horas   16/07/15 • 14h11

      Oi, Marcia

      Assim, se vc for andar muito de metro pra lá e pra cá, é melhor vc comprar o Paris Visite. Agora se você for se deslocar pouco de metro e chegando em uma determinada região vc fizer tudo a pé, o t+10 é melhor.

      Ambos cobrem a região da Torre Eiffel, a região da Gare du Nord e 1 arrondissement.

  3. Vinícius   04/08/15 • 20h53

    Olá Bruna! Farei minha primeira viagem a Paris e gostaria de ir do aeroporto Charles de Gaulle até a estação Colonel Fabien, na linha 2 do metrô. Pra isso vi no mapa que é preciso pegar o RER B no aeroporto, seguir até a Gare du Nord, e pegar a linha 2 sentido Nation até descer na Colonel Fabien… Em todo esse trajeto um único ticket t+ é suficiente? Outra pergunta: você saberia dizer se no aeroporto existe ambos máquina e guichê para comprar os tickets? Obrigado desde já e parabéns pelo seu blog e este post especificamente, achei muito útil! :D

    • Contando as Horas   04/08/15 • 21h11

      Oi, Vinícius

      Faz tempo a ultima vez que fui a PAris via Charles de Gaulle, mas pelo que lembro os tickets do aeroporto tem valor diferenciado, são um pouco mais caros e dão direito a seguir andando no metro, desde que vc troque o RER pelo metro dentro de uma mesma estação, ou seja, vc não pode sair de uma estação e pra entrar e continuar o trajeto em outra.

      Existe sim, fica no subsolo do andar de desembarque, são as máquinas verdes. Junto as máquinas também tem guiche de atendimento, caso vc tenha alguma duvida.

      Obrigada!! Fico feliz que tenha gostado do blog! Boa viagem!

  4. Maria Helena Ribeiro   15/08/15 • 18h01

    Estamos de partida para França e vamos visitar os jardins de versalhes mas como temos uma autocaravana gostariamos de poder parar num estacionamento perto dos transportes publicos para irmos visitar à noite a torre Eiffel e depois voltarmos à noite para a autocaravana, será que me podem informar se a linha da rer C amarela é directa à torre eiffel e se os horários são até que horas?

    Obrigado

  5. mafalda   02/10/15 • 12h55

    Boa tarde pode me ajudar? Vamos a paris dia 30/11 saímos da disney para irmos à torre eiffel . Somos dois adultos uma criança com 11 anos e uma com 2. Qual será a melhor opção de bilhete? Pensei no mobilis mas fica tão caro só para irmos à torre.. obrigada

    • Contando as Horas   03/10/15 • 23h39

      Oi, Mafalda

      Nunca estive na Euro Disney, mas acredito que essa seja a melhor opção mesmo.

      • mafalda   09/10/15 • 09h02

        bom dia não há nenhum site da rer onde possamos fazer simulação? acho exorbitante dar 60 euros para ir de uma estação a outra.. ainda falamos dos preços de Portugal.. :P

        • Contando as Horas   10/10/15 • 10h15

          Oi, Mafalda

          A distancia entre a Torre Eiffel e a Euro Disney é considerável. Eu até acho que o valor cobrado pelo transporte publico pra esse deslocamento tá bem ok. Acredito que deve existir sim um simulador de rotas no site da Ratp, empresa responsável pelo transporte publico de Paris.

  6. Bertucelli Greco   29/01/16 • 07h32

    Bom dia!
    Adorei suas dicas! Chegarei em Paris por Charles de Gaulle.É facil ir de RER/Metro ate a Estaçao GRANDS BOULEVARDS (linha 8)? Parece que terei que usar 3 linhas diferente…Agradeço sua ajuda!

    • Contando as Horas   02/02/16 • 15h39

      Oi, Bertucelli

      Nesse post eu explico como ir do Charles de Gaulle até o Centro de Paris..
      http://contandoashoras.com/2011/10/04/aeroportocdg-paris/

      Chegando lá, vc pega o metro, é só olhar qual a melhor linha que liga a estação onde vc vai chegar até o metro Grands Boulevards, não sei te dizer se é necessário fazer alguma troca de linha pelo caminho, mas o mapa do metro vai te ajudar nisso.

      Obrigada pela visita aqui no blog!

  7. Catarina   06/05/16 • 11h44

    boa tarde, eu vou a paris, mas surgir-me duas duvidas, às quais não encontro resposta em nenhum site.
    1ª : A caderneta com as 10 viagens é válida em todas as linhas?
    2ª : Com 1 só bilhete nós podemos entrar numa linha e passar para outra nos locais de “correspondência” (assim chamados nos mapas).

  8. Catarina   06/05/16 • 11h51

    Boa tarde, eu vou a paris e surgiram-me duas duvidas
    1ª: A carteira com 10 bilhetes servem para qualquer zona de paris ou está limitada?
    2ª: Com apenas um bilhete de metro, podemos sair de uma linha e entrar noutra nas chamadas “correspondências” (como estão deniminadas nos mapas)?

    • Contando as Horas   06/05/16 • 14h58

      Oi, Catarina

      1) Pelo que eu me lembre, somente nas zonas 1 e 2, assim como o ticket t+.
      2) Fazer conexão entre linhas, você diz? Sim. Enquanto vc não deixar a estação e a zona que o bilhete permite que vc ande, não há problema, vc pode pegar quantas conexões quiser.

  9. Rildo   04/08/16 • 08h51

    Olá, Bruna!
    Se tivesse lido antes seu blog não teria gasto 34 euros com o Paris visite. Hoje, penúltimo dia de minha visita a Paris, vou comprar o T+10. A cidade é linda! Li num outro blog que a vista do tour Montparnasse é mais bonita que dá torre. O q acha?
    Bjs e parabéns pelo blog.

    • Contando as Horas   06/08/16 • 16h20

      Oi, Rildo

      Obrigada pela visita aqui no blog! =D

      Então, nunca estive na Torre Montparnasse, mas meus pais já foram. Mesmo sem ter ido lá, acredito que a vista da Torre Eiffel é única, pega todo o rio sena e a parte mais central da cidade. Talvez vale a pena ir nos dois, mas não deixaria de ir na Torre Eiffel.

  10. Simone   10/08/16 • 05h13

    Bonjour! Nosso vôo é em orly as 7h, o metro só abre as 5:30h. Não dará tempo de ir de metrô. Qual o meio de transporte que vc nos indica? Obrigada!

    • Contando as Horas   10/08/16 • 17h29

      Oi, Simone

      Em Paris (como em qualquer outra cidade da Europa) existem os ônibus noturnos que vão até os aeroportos. Procura por “Night Bus Orly Airport”, certeza que vc acha alguma opção.

  11. Shirley   25/08/16 • 21h30

    Oi Bruna.
    Hoje conheci seu blog e adorei suas dicas,comentários, respostas às dúvidas de turistas e instruções quanto ao uso do metrô de Paris.Irei a Paris agora em fins de setembro e ficarei em Montmartre, próximo estação de Anvers. Gostaria de ir à Versailhes. Pode me instruir como ir? Metrô? Trem? Mesclando os dois?
    Aguardo sua resposta.
    Um abraço.

  12. André Pimentel   28/08/16 • 20h16

    Boa noite Bruna, vou fazer um conector em Paris de 10 hs, como chegar do aeroporto Charles de Gaulle ao museu do Louvre de trem?
    E depois gostaria de ir a catedral de notridame, arco do triunfo e torre Eiffel, será que consigo.

    • Contando as Horas   29/08/16 • 13h50

      Oi, André

      Eu já falei sobre a minha experiência em ir do CDG até o centro de Paris, nesse post aqui: http://contandoashoras.com/2011/10/04/aeroportocdg-paris/

      Chegando no centro da cidade, vc deve seguir de metro até Louvre e Catedral de Notre Dame (vc pode ir a pé de um para outro). Depois vc precisa seguir até o Arco do Triunfo e parar em outra estação de metro e o mesmo vale para a Torre Eiffel.

      Aqui tem um roteiro de 4 dias em Paris, onde vc pode ter uma ideia da distância e o que fica perto do que: http://contandoashoras.com/2014/08/23/roteiro-de-4-dias-em-paris-com-mapa/

      Se me permite, apenas 10 horas é pouco tempo pra conhecer todos esses lugares, vc precisa levar em conta o deslocamento de ida e volta ao aeroporto, além do deslocamento entre atrações, afinal, elas não ficam todas perto uma das outras. Se vc realmente quiser sair do aeroporto, o ideal, na minha opinião, seria priorizar apenas uma região dessas.

  13. Flávio   11/10/16 • 11h39

    Olá Bruna, esse seu blog é um grande achado, está me ajudando a fazer meus roteiros por Paris. Desculpa a ignorância mas estava lendo os comentários e vi que o ticket t+10 vale somente em algumas regiões, como funciona isso? Ficarei hospedado na região do Rèpublique, ele é válido para essa região? Agradeço desde já.

    • Contando as Horas   17/10/16 • 08h40

      Oi, Flavio

      Republique fica na area central da cidade, vc pode usar sim. Só não pode usar pra os lugares que cito na parte t+10 que está no post.

  14. Gabriel Ignácio   08/12/16 • 20h35

    Olá.

    Gostaria de saber se o Paris Visit 1-3 é válido para Metro e RER.

    Obrigado, seu blog é demais!

  15. Ricardo Rodrigues Lourenço   13/01/17 • 18h11

    Olá…estou indo a Paris pela primeira vez e como o meu hotel fica fora das zonas 1,2 e 3, gostaria de saber se consigo comprar bilhete unitário para outras zonas ou tenho que comprar o Paris visite?? Obrigado.

    • Contando as Horas   27/01/17 • 18h02

      Oi, Ricardo

      Eu nunca usei bilhete onde fosse necessario fazer todos deslocamentos em zonas fora dessas mais centrais, então, eu acho que as melhores opções seriam o day pass zone 1-5 e o Paris visite, mas pode ser que hj em dia ja existam outras opções.

  16. Lândia Belém   04/06/17 • 01h58

    Adorei o blog, muito bem explicado e devidamente ilustrado. Parabéns!

  17. Jéssica   04/07/17 • 00h12

    Boa noite.
    Adorei o blog e o modo que explicou!
    Irei chegar no aeroporto CDG e precisarei ir direto para o aeroporto ORLY qual seria a melhor forma e qual o horário que fecha as estações de trem? Pois meu voo é as 6 horas.

    Obrigada e Sucesso!

    • Contando as Horas   07/07/17 • 00h04

      Oi, Jéssica

      Hum.. vou ficar te devendo essa info. Ainda não fiz esse deslocamento, entao, nunca pesquisei.

  18. Ane   08/07/17 • 02h15

    Oi Bruna, me tira uma dúvida! O mesmo ticket do metrô também vale pro RER e é o mesmo preço?
    Obrigada!

    • Contando as Horas   08/07/17 • 15h01

      Oi, Ane

      Sim, mas você precisa ver a zona que você vai viajar. Você precisa estar com o ticket que permita você usar naquela zona do RER/metro que você for.

  19. Jhully   15/09/17 • 22h24

    Oi Bruna,

    Estou indo à Paris pela primeira vez e chego pelo aeroporto ORLY, sendo que em um intervalo de 2h preciso ir direto para o Gare du Nord. Você indicaria ir de trem ou Uber?

    • Contando as Horas   18/09/17 • 09h17

      Oi, Jhully

      Sem querer te apavorar, 2 horas é um tempo suuuper apertado. Vc precisa desembarcar, passar na imigração, retirar bagagem e tal, isso td leva um tempo. Sem falar o tempo do deslocamento ate o centro da cidade. Enfim, não sei te dizer qual é a melhor opção. Vc vai ter que arriscar alguma coisa.

  20. antonio Luis   13/12/17 • 20h27

    Estou pensando em visitar PARIS SET/2018, vou sozinho, nunca fui a Europa, estou estudando Frances. Qualquer pessoa mesmo sem ter visitado cidades com grandes redes de metro, terá facilidade de andar no sistema de Paris?

    • Contando as Horas   19/12/17 • 20h05

      Oi, Antonio

      Siiim!! É muito tranquilo

      A primeira vez que vc andar no metro vai ser mais dificil, ate vc pegar o jeito. Depois disso é mais tranquilo, vc faz as coisas meio automatico.

  21. Claudio   12/02/18 • 00h04

    Olá. Uma dúvida, a mesma linha vai e volta, como no metro de SP? Ou a linha que vai é diferente da linha que retorna. Pergunto porque no Japão a linha que vai não é a mesma que volta, por exemplo. Obrigado.

    • Contando as Horas   12/02/18 • 11h35

      Oi, Claudio

      A mesma linha vai e volta. :D
      Obrigada pela visita aqui no blog!

  22. Vania da Matta   15/08/18 • 01h20

    As suas informações são claras e de suma importância e devem ser lidas antes de se viajar a Paris. Os tipos de mobilidade e seu detalhamento me ajudaram muito a entender como ir de lá para cá e a não me atrapalhar na compra dos bilhetes, visto que há inúmeras opções, na guarda dos bilhetes, algo muito diferente em relação ao Brasil, em relação às portas que muitas vezes não se abrem automaticamente e você não sabe o que fazer, etc… Fantásticas informações.

    • Contando as Horas   15/08/18 • 14h26

      Oi, Vania

      Muito obrigada pelo comentário! Fico feliz que o post tenha te ajudado.
      :D

  23. Emerson   04/09/18 • 01h17

    Boa noite vou a paris amanhã
    Tenho uma dúvida posso usar o mesmo ticket de metro pra andar de RER dentro da cidade sem ser multado?

Blog Membro RBBV
Contando as Horas
Saudade do Caribe!
.
Existe uma ilha no Caribe dividida por dois países: St Martin (pertence à França) e St Maarten (pertence a Holanda).
.
A melhor época para visitar essas ilhas é agora, de novembro a maio, periodo que as chuvas são muito raras.
.
No lado francês ainda existem outras duas pequenas ilhas: Tintamarre e a Pinel (foto).
.
Tintamarre não tem estrutura, Pinel tem beach clubs e barraquinhas que alugam caiaque, sup, entre outros.
.
📍Pinel Island, St Martin 🇫🇷
.
#iletpinel #pinelisland #stmartin #caribe #caribbean #igcaribbean #marcaribe #amoviajar #feriasnocaribe #beachlife #praia #mar #sup #sourbbv #mulheresviajantes #travelgirl #feriaschegando #ferias #picoftheday #viajarépreciso #revistaviajar #missaovt #qualviagem #revistaviajemais #viagemeturismo #meusroteirosdeviagem #essemundoenosso #visitfrance #gopro #goprobrasil
O verão começa oficialmente na próxima semana e só consigo lembrar da viagem que fiz no inicio do ano ao Nordeste.
.
Esse ano, depois de muito tempo, consegui tomar um banho de mar na praia Baia dos Golfinhos, famosa pelos passeios de barco para ver golfinhos e por suas falésias.
.
A praia não tem estrutura de bares e lojas, mas existem ambulantes vendendo comidas e bebidas. Além disso, existem pessoas que também alugam cadeira, guarda-sol e pranchas de sup.
.
Essa parte da praia (foto) próxima a divisa com a Praia do Madeiro é vazia e tranquila.
.
📍Baia dos Golfinhos, RN, Brasil.
.
#baiadosgolfinhos #golfinhos #pipa #praiadapipa #rn #riograndedonorte #nordeste #litoralsulrn #amoviajar #missaovt #travelgirl #americadosul #essemundoenosso #meusroteirosdeviagem #mtur #viajemais #cahnonordeste #viajepelobrasil #sourbbv #blogdeviagem #travel #travelphotography #viajandosozinha #nordestebrasileiro #nordestegram #piparn #ilovetravel #viagemeturismo #mulheresviajantes #visitbrazil
Uma foto dificil de conseguir: só eu e a Torre de Belém (mas isso durou só 5 segundos 😂😅).
.
📍Lisboa, Portugal 🇵🇹
.
#lisboa #lisbon #lisboaportugal #lisbonportugal #portugal #portugal2018 #eurotrip2018 #eurotrip #europa #turismodeportugal #visitportugal #travelgirl #viajemais #missãovt #essemundoenosso #igportugal #viajar #mulheresviajantes #brasileirosemportugal #instaviagem #viagemeturismo #agenciadeviagem #travelphotography #cahemportugal #lisboalovers #lisboacool #visitlisboa #meusroteirosdeviagem #sourbbv #revistaqualviagem
Existe uma parte da Patagonia Argentina pouco explorada, Cabo San Pablo, localizado na costa do oceano Atlantico.
.
Ao contrário de montanhas, aqui vemos campos planos, tambem nao vemos pinguins, mas conseguimos ver guanacos por todos os lados (como esses curiosos ai na foto 😍😍), mas pra quem gosta de trilhas, é uma ótima opção. As duas maiores atrações do passeio: o Farol do Cabo San Pablo e o Navio Desdémona.
.
Esse passeio dura o dia todo e eu fiz com a empresa @tierraturismo . No blog tem o relato completo, inclusive com horarios e valores.
.
📍Ushuaia, Argentina 🇦🇷
.
#ushuaia #ushuaiafindelmundo #fimdomundo #findelmundo #tierradelfuego #landoffire #patagonia #patagoniaargentina #argentina #americadosul #southamerica #amoviajar #missãovt #travelblogger #essemundoenosso #blogdeviagem #meusroteirosdeviagem #viagens #sourbbv #cabosanoablo #oceanoatlantico #desdemona #lovetravel #travelgirl #tierraturismo #viajante #viajar #travel #mulheresviajantes #amoviajar
Vamos comigo para a Rússia em 2019?
.
Um dos mais novos produtos da minha Agencia de Viagens: um roteiro que inclui Helsinki (Finlândia), São Petersburgo e Moscou (Rússia).
.
Essa viagem será em setembro de 2019. Grupos pequenos e com duas guias russas que falam português do Brasil. Garantia de muitas historias interessantes!
.
Quem tiver interesse ou souber de alguém que quer conhecer a Rússia, pode enviar um email para: brunab@contandoashoras.com Em breve envio todas as informações.
.
O roteiro foi todo elaborado por mim, com caminhadas, uso de transporte publico, deslocamentos de trem e em algumas ocasiões, transfer. Exatamente da maneira como eu costumo viajar!
.
🌏Moscou, Rússia 🇷🇺
.
#moscou #moscow #mockba #russia #missãovt #instaviagem #agenciadeviagem #agenciadeviagens #meusroteirosdeviagem #essemundoenosso #revistaviajar #blogdeviagem #cahnarússia #amoviajar #eurotrip #picoftheday #travelgirl #viajar #visitrussia #viajandosozinha #viajarmais #viagemeturismo #russia2018 #russia2019 #fall #autumn #mulheresviajantes #travel #instarussia #sourbbv
Por do sol de hoje do alto do Arco da Rua Augusta, em Lisboa. 😍😍
.
🌍 Lisboa, Portugal 🇵🇹
.
#arcodaruaaugusta #lisboa #lisbon #lisboaportugal #lisbonportugal #portugal #portugal2018 #eurotrip2018 #eurotrip #europa #turismodeportugal #visitportugal #travelgirl #viajemais #missãovt #essemundoenosso #igportugal #viajar #mulheresviajantes #brasileirosemportugal #instaviagem #viagemeturismo #agenciadeviagem #travelphotography #cahemportugal #lisboalovers #lisboacool #sourbbv #revistaqualviagem
Contando as Horas