20.07
2015

Próxima viagem: Argentina – Bariloche (com uma paradinha rápida em Buenos Aires)

Contagem regressiva para a próxima viagem…. É hoje!!!! Contando as horas literalmente! Então, lá vou eu novamente pra Patagônia Argentina, mas dessa vez o destino será…. Bariloche!!!!

A primeiríssima viagem internacional que eu fiz foi justamente para esse destino, mas isso aconteceu há uns 20 anos, mais ou menos. Estou ansiosa pra ver como andam as coisas em Bariloche, provavelmente muita coisa tenha mudado, mas tenho certeza que uma coisa continua igual: as belezas naturais!

map_of_argentina

San Carlos de Bariloche, mais conhecido como Bariloche ou ainda, muitos brasileiros e argentinos chamam de Brasiloche (afinal, somos a maioria por lá), está localizada na província de Rio Negro, na região da Patagônia Argentina.

Bariloche está dentro do Parque Nacional Nahuel Huapi, junto a Cordilheira dos Andes, pertíssimo da fronteira com o Chile. 

A localização de Bariloche garante paisagens espetaculares, rodeadas por lagos de formação glacial e várias montanhas inteiramente branquinhas de neve (sendo que algumas até foram transformadas em estações de ski/centros de inverno).

Aqui no Brasil, nem mesmo aqui na região sul do Brasil, não estamos acostumados com neve. Até acontece de cair um pouco de neve, mas é sempre muito pouco. Normalmente as opções mais perto para isso ficam nos países vizinhos, principalmente Argentina e Chile.

Quem pensa em incluir uma estação de ski no roteiro, deve começar a se programar com bastante antecedência, pois a temporada de neve está ficando cada vez mais curta.

Normalmente a temporada de neve e a abertura das estações de ski  começam no mês de junho e vão até setembro, porém esse ano, pelo que estou acompanhando, a temporada começou com um mês de atraso. Diversas estações de ski mudaram suas datas de abertura devido a falta de neve.

Levando em consideração essa questão, é sempre importante tentar viajar na alta temporada, pois a probabilidade de ter neve com quantidade satisfatória é maior, mas claro, hoje em dia, sem nenhuma garantia!!!

Com isso, nós optamos por viajar justamente numa dessas semanas que fazem parte da altissima temporada, tudo isso pra não correr risco de ficar sem poder ver a neve.

Todas as viagens que faço, sempre gosto de sair de casa com o maior número de coisas reservadas, agendadas e organizadas, mas no caso desse tipo de viagem, isso não foi possível.

Alguns passeios precisam ter tempo bom, alguns precisam ter muita neve, alguns exigem que não esteja chovendo, e com isso, fica muito difícil reservar qualquer coisa com bastante antecedência.

Não sei ao certo como vai ficar nossa programação diária, mas vamos tentar fazer (se o tempo permitir!) diversas coisas diferentes além de esquiar.

Maaaas e Buenos Aires entra aonde nesse roteiro? Quem chegou até o final do texto e estiver se perguntando sobre isso, a resposta é bem simples: a Aerolineas cancelou nosso voo de ida no trecho entre Buenos Aires e Bariloche, com isso vamos passar 1 dia em Buenos Aires. Não gostei nada disso, mas….. Foi a única opção que restou!

Então, quem quiser acompanhar a viagem, sempre que possível, vou postar fotos e informações nas redes sociais: Facebook e Instagram. Segue lá!!!

Obs.: Mapa retirado do site da Lonely Planet.

* Precisando de hospedagem na Argentina? Para iniciar as pesquisas no site do Booking, é só clicar aqui *

Posts relacionados:

Argentina: Informações práticas

Patagônia Argentina: O que levar na mala

Lista com todos os posts sobre Buenos Aires

Lista com todos os posts sobre Ushuaia

Lista com todos os posts sobre El Calafate

Siga o Blog Contando as Horas nas redes sociais:

no Instagram: @brunabartolamei

e curta nossa fanpage no Facebook: facebook.com/ContandoAsHoras

Bruna Bartolamei
Siga-me

Bruna Bartolamei

Catarinense, mas já morou em Curitiba (8 anos) e em Edimburgo, a capital da Escócia (quase 2 anos). Criou o blog pra contar um pouco mais sobre como foi o seu intercâmbio na terra dos Kilts e das Gaitas de Fole, e também, sobre suas viagens pelo mundo.
Bruna Bartolamei
Siga-me
Postado em Argentina, Bariloche, Buenos Aires
Booking.com
  1. Regina 22/07/2015 | 13:41

    Oi Bruna!
    Cheguei ao seu blog através de um post sobre a Aerolineas Argentinas e fiquei super animada em saber que vc está em Bariloche! Vou pra lá dia 08 e quero saber se pode me dar uma opinião sobre o valor que quero levar para 5 dias, além de saber sua opinião sobre um passeio que não sei se vc vai fazer…
    Acho que vou esperar vc voltar, mas quando voltará de Bariloche? Dizem aí pela net que as tudo em geral em Bariloche está muito caro.
    Obrigada.
    Abs,
    Regina

    • Contando as Horas 30/07/2015 | 16:54

      Oi, Regina

      Voltei ontem de viagem. Fiquei um pouco mais de uma semana na Argentina.

      Eu fiz os passeios basicos, como Circuito Chico e passeio de barco na Isla Victoria e Bosque Arrayanes. Fui no Cerro Catedral, Cerro Otto e ainda, fomos em Villa la Angostura no Cerro Bayo. Fiz aula de ski e aluguei equipamentos. Mas assim… Bariloche está beeeem cara mesmo, fiquei meio apavorada com os valores.

  2. Regina 31/07/2015 | 08:46

    Oi Bruna!
    Obrigada por responder. É mesmo? Tá assim cara?
    Bom eu vou dia 08 e volto dia 15/08. Hospedagem e passeios estão pagos. Dos que vc mencionou só não programamos Cerro Bayo. Estava pensando em acrescentar Piedras Blancas. Vc conhece? E sobre valores a moeda que comprei seria destinada para alimentação e outras despesas como compras, taxi/ramis, e Piedras Blancas ou qq outro passeio. Comprei 6000 pesos para um casal. Vou levar o cartão de credito, mas… acha que posso passar aperto? Não tenho a minima ideia. Bom, ainda tenho uma semana dá para comprar um pouquinho mais. O que acha, já que estave lá recente? Super obrigada!!!
    Abs, Regina

    • Contando as Horas 01/08/2015 | 13:18

      Oi, Regina

      Eu fui ao Cerro Otto e ao lado fica Piedras Blancas, mas depois do almoço, que era o momento em que iríamos a Piedras Blancas, o acesso fechou por conta do mal tempo. Ficou pra uma próxima oportunidade. Mas pelo que fiquei sabendo, o nosso guia disse que era um lugar mais pra crianças e adolescentes.. então não sei ate que ponto seria interessante ir até lá.

      Os passes de acesso aos cerros são relativamente caros, na média de 200 reais/pessoa. Se vc for alugar roupas, o valor é até tranquilo comparado com o valor das roupas pra comprar. Praticar algum esporte exige o aluguel de equipamentos (ski, botas, óculos de neve, as vezes capacete), isso custa um pouco caro. Mas o que achei mais caro foram os restaurantes, qualquer lugar mais ou menos pra comer prato principal, sobremesa e cerveja ou vinho não saia por menos de uns 60,00 a 80,00 dólares (para duas pessoas). Não sei se vcs estão com planos de almoçar e jantar em restaurantes, mas é sempre bom ter uma idéia aproximada desse tipo de gasto.

  3. Regina 03/08/2015 | 14:05

    Obrigada Bruna! Vou reavaliar… ainda dá tempo! ; )
    Lindas as suas fotos do insta.
    Abs!

    • Contando as Horas 04/08/2015 | 20:50

      Isso, Regina. Qualquer coisa ainda dá tempo de separar mais uns dólares!!
      Obrigadaaa!!
      Boa viagem! =D

  4. Flávia 20/08/2015 | 13:22

    Oi Bruna, tudo bem?
    Estou em Montevideo e quero ir a Bariloche.
    Vi no seu insta que suas roupas de frio pareciam roupas ‘normais’…rs
    Vc alugou roupas ou são suas mesmo?
    Voce pode me dar uma indicação de hotel para ficar?
    Abraços.

    • Contando as Horas 22/08/2015 | 16:43

      Oi, Flávia

      Não aluguei não, as roupas eram minhas. Mas no centro de Bariloche existem diversas lojas que alugam, o preço não varia muito. Se vc optar por comprar alguma coisa, pesquisa melhor, pq ai sim, a diferença de preço pode ser muito grande de uma loja pra outra.

      Nos ficamos hospedados em Bariloche em um hotel mais fora do centro da cidade, o Arelaquen Lodge, pois ele ficava mais próximo dos cerros do que do centro da cidade. Agora se vc preferir se hospedar na cidade, Bariloche não é uma cidade muito grande, então vc não vai ter dificuldades em encontrar um hotel no centro que te agrade (apenas tome cuidado pra não reservar algo velho demais, principalmente se o preço estiver muuuito barato).

Deixe o seu comentário...