10.09
2015

Berlim: A Ilha dos Museus

Diversas cidades da Europa são muito famosas por seus museus. E claro, Berlim não ficaria de fora dessas. O legal é que, mesmo Berlim sendo uma capital, é possível conhecer 5 museus incríveis em um único lugar: A Ilha dos Museus (Museumsinsel, em alemão).

SONY DSC

Pra quem não sabia até então, Berlim é cortada pelo rio Spree e nele está localizada uma ilha. É justamente nesse lugar onde estão os cinco museus: Altes Museum, Neues Museum, Alte Nationalgalerie, Pergamonmuseum e o Bode-Museum. 

Ilha dos Museus - Berlim

Mapa da Ilha dos Museus – Foto retirada do site oficial do museu

Antigamente essa ilha era uma área residencial, mas o rei Frederick William IV da Prússia resolveu transformá-la em uma região destinada as artes em geral, com isso, entre os séculos 19 e 20, os cinco museus foram construídos.

Altes Museum ou Old Museum ou Museu Antigo

Como o nome sugere, esse é o museu mais antigo da ilha dos museus. Quem vê ele por fora imagina que ele seja gigante, mas na verdade, ele é relativamente pequeno. São dois andares onde pra quem gosta de arte antiga grega, romana e etrusca, vai adorar conhecer esse lugar. No primeiro andar estão as obras gregas e o segundo andar é dividido por obras romanas e etruscas.

SONY DSC

SONY DSC

Entre tudo o que eu vi lá, o que eu mais gostei foi um salão amplo e praticamente vazio, não fosse as colunas e estátuas nos arredores. Achei super bonito!

SONY DSC

SONY DSC

Dizem que esse museu foi construído para abrigar as coleções de obras de arte da Família Real da Prússia, mas com o tempo o espaço do museu foi ficando pequeno e com isso o Neues Museum foi construído, para que boa parte da coleção fosse transferida para lá.

SONY DSC

SONY DSC

O Altes Museum abre de terça a domingo, das 10:00 as 18:00 (nas quintas-feiras fecha as 20:00).

Neues Museum ou New Museum ou Novo Museu

Logo atras do Altes Museum fica o Neues Museum, construído para abrigar o restante da coleção da Família Real da Prússia que não coube no antigo museu.

SONY DSC

SONY DSC

A coleção desse museu é na sua grande maioria de obras egípcias e da pré-história. Entre as obras de maior destaque estão o busto da Rainha Nefertiti (tudo original, sem restauração) e o Chapéu de Ouro de Berlim (usados como calendários para prever eclipses lunares) e ainda, algumas jóias, papiros e objetos antigos variados, entre outras coisas.

SONY DSC

SONY DSC

Sem duvida alguma, entre todos os museus, esse foi o meu preferido. Achei o conjunto todo (edifício + decoração interna + acervo) super bonito. Vale a visita!

SONY DSC

SONY DSC

Abre todos os dias, inclusive as segundas-feiras, das 10:00 as 18:00 (e nas quintas-feiras fecha as 20:00).

Alte Nationalgalerie ou Old National Gallery ou Antiga Galeria Nacional

O próximo museu a ser construído na Ilha dos Museus foi esse. Ele foi inspirado na Acrópolis de Atenas e serve para abrigar coleções de obras de arte do século 19 doadas pelo banqueiro Joachim H. W. Wagener.

SONY DSC

SONY DSC

Dizem que ele tinha diversos quadros e esculturas, mas devido aos danos causados no prédio por conta da Segunda Guerra Mundial, hoje em dia só os quadros ficaram ali.

SONY DSC

Depois do Neues Museum, esse foi outro museu que gostei bastante. Espalhados pelos seus 3 andares estão quadros que retratam diversos temas, principalmente relacionados com a Alemanha.

SONY DSC

Além disso, também tem pinturas de artistas consagrados como Manet, Monet, Cézanne, Degas, Renoir e obras de alguns artistas alemães, como Caspar Friedrich e Adolph von Menzel.

SONY DSC

SONY DSC

Abre de terça-feira a domingo, das 10:00 as 18:00 (até as 20:00 as quintas-feiras).

Pergamonmuseum ou Pergamon Museum ou Museu de Pérgamo

Esse foi o ultimo museu a ser construído na Ilha dos Museus, mas como ele fica logo atrás da Alte Nationalgalerie, vou falar dele primeiro por aqui.

SONY DSC

Esse é considerado o museu mais famoso e mais visitado da Ilha dos Museus. Ele é legal, mas acho que como boa parte dele estava em obras (justamente a parte onde está o Altar de Pérgamo, que deu nome ao museu!) e fechado a visitação publica, eu acabei não achando que ele tenha sido o meu preferido.

SONY DSC

SONY DSC

O museu está dividido em três alas, uma com coleção de artes da antiguidade (onde estão o Altar de Pérgamo, as Portas do Mercado de Mileto e diversas esculturas gregas e romanas), coleção de artes do antigo oriente (com diversas coisas que vieram da Babilônia) e a coleção de arte Islâmica (com destaque para a Fachada de Mshatta, um palácio descoberto onde atualmente está a Jordânia).

SONY DSC

Abre todos os dias da semana, inclusive as segundas-feiras, das 10:00 as 18:00 (nas quintas-feiras fecha as 20:00).

Bodemuseum ou Bode Museum ou Museu Bode

Esse foi o quarto museu a ser construído na Ilha dos Museus, mas pela ordem que estou apresentando, ele é o ultimo museu, localizado em uma das pontas da ilha.

SONY DSC

SONY DSC

Imagino que você assim como eu, deve estar se perguntando o pq desse nome e a resposta é bem simples: é uma homenagem ao primeiro curador desse museu, Wilhelm von Bode.

SONY DSC

Entre os destaques desse museu, além da sua cúpula marrom e do seu hall de entrada (maravilhoso!!), estão artes do período bizantino, diversas esculturas e uma enooorme coleção de moedas (dizem que é uma das maiores do mundo, com mais de 700 mil itens).

SONY DSC

SONY DSC

Outra coisa que chama atenção é que, Wilhelm von Bode introduziu o conceito de salas por estilos, onde diversos objetos (pinturas, mobiliario, esculturas, objetos de arte) seguiam o mesmo estilo artístico. Vale reparar nesse detalhe!

SONY DSC

Abre de terça a domingo, das 10:00 as 18:00 (as quintas-feiras fecha as 20:00).

Dicas:

– Importante ficar ligado nos dias de abertura dos museus, alguns abrem todos os dias, outros fecham as segundas-feiras.

– É possível visitar apenas 1 museu se quiser, mas o valor cobrado é de 10,00 euros ou 12,00 euros (se comprar pela internet sai por 9,00 ou 11,00 euros), enquanto quem compra o Area Ticket Museum Island, consegue visitar todos os 5 museus pagando 18,00 euros (se comprar pela internet sai por 17,00 euros), visitando todos eles em um único dia.

SONY DSC

– Sim, é cansativo visitar 5 museus em um único dia, mas se não quiser gastar a mais com ingresso ou se os dias no roteiro estão curtos, acho que vale a pena dar uma passada em todos e ver ao menos as obras principais.

– Como ficamos bastantes dias em Berlim, foram 7 dias inteiros e uma tarde, nos optamos por dividir os museus e outras atrações nas redondezas e assim fomos duas vezes a Ilha dos Museus.

SONY DSC

– Quem precisar chegar até a Ilha dos Museus usando o metro, a estação mais próxima é a da Alexanderplatz, são uns 10 minutos de caminhada.

** Precisando de hotel em Berlim? Inicie as pesquisas aqui.

** Precisando de seguro viagem? Inicie as pesquisas aqui.

Se você gostou das dicas, ao reservar hospedagem e seguro viagem aqui pelo blog, nós ganhamos uma pequena comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Obrigada! :D

Posts relacionados:

Todos os posts sobre a Alemanha

Todos os posts sobre Berlim

Siga o Blog Contando as Horas nas redes sociais:

no Instagram: @brunabartolamei

e curta nossa fanpage no Facebook: facebook.com/ContandoAsHoras

Bruna Bartolamei
Siga-me

Bruna Bartolamei

Catarinense, mas já morou em Curitiba (8 anos) e em Edimburgo, a capital da Escócia (quase 2 anos). Criou o blog pra contar um pouco mais sobre como foi o seu intercâmbio na terra dos Kilts e das Gaitas de Fole, e também, sobre suas viagens pelo mundo.
Bruna Bartolamei
Siga-me
Postado em Alemanha, Berlim
Booking.com
  1. Elisa Tavares 10/09/2015 | 16:42

    Oi, Bruna.
    Estou achando os posts de Berlim fantásticos.
    Vc sabe dizer se Berlim tem algum equivalente ao “museum pass” de Paris que compramos na Fnac e serve para um monte de monumentos e museus da cidade?

    • Contando as Horas 12/09/2015 | 00:55

      Oi, Elisa

      Tudo certo com o planejamento da tua viagem?

      Sim, existe o Berlin Museum Pass. Não falei dele pq não usei, mas vc pode ver mais infos aqui:
      http://www.visitberlin.de/en/museum-pass-berlin

      Obrigada pela visita aqui no blog!

      • Elisa Tavares 12/09/2015 | 10:16

        Olá. Tudo certo, sim.
        Fechei o roteiro dos dias e agora vou as poucos reservando hotel e comprando passagens para os deslocamentos na Europa.
        Ficarei 5 dias em Berlim e um deles será para a visita da ilha dos museus e já visito a Catedral e arredores(graças a informações do seu blog).
        Pena que, pelo que entendi, no inverno não tem como fazer o passeio no rio Spree.
        Também tinha pensado num day trip para Potsdam, mas por causa do inverno estou quase desistindo…

        • Contando as Horas 13/09/2015 | 22:11

          Oi, Elisa

          Legal!! Pra mim a viagem só começa quando compro as passagens aéreas e reservo os hotéis! O resto a gente vai fazendo aos poucos.. =DD

          Não cheguei a ver sobre o passeio de barco, mas em compensação minha mãe queria muito ir a Potsdam. Lá é bonito, os palácios são maravilhosos tbm, mas ainda não abriria mão de conhecer bem Berlim, pois eu gostei muuuito mesmo de lá! Acho que vale ficar o máximo de tempo possível nessa cidade.

Deixe o seu comentário...