16.10
2015

Holanda: Delft, a cidade das porcelanas holandesas

Quem vai a Holanda, além de incluir Amsterdã no roteiro pode conhecer diversas outras cidades do país. A Holanda é um país pequeno, com isso, as distâncias pra praticamente todos os lugares são curtas.

maq sony antiga 196

Uma boa opção de passeio a partir de Amsterdã é ir até a cidade de Delft, a cidade das porcelanas holandesas e local onde nasceu um dos artistas mais famosos do país, Johannes Vermeer. 

maq sony antiga 180

Para ir de Amsterdã até lá a melhor opção é ir de trem. O ticket pode ser comprado no site da Nederlandse Spoorwegen (Netherlands Railways), a principal empresa de trem do país. A viagem dura mais ou menos 1 hora, a frequência é ótima (4 ou 5 trens por hora) e o ticket custa por volta de 10,00 a 15,00 euros na segunda classe e mais ou menos entre 18,00 a 23,00 euros na primeira classe. Eu comprei meu ticket lá mesmo na estação, nas máquinas e foi beeem tranquilo.

maq sony antiga 182

Delft é uma cidade pequena, mas pra quem quer conhecer a fábrica das porcelanas e também quer visitar o centrinho da cidade, deve saber o seguinte: a estação de trem de Delft fica no meio, onde de um lado está apenas a fábrica das porcelanas (uns 20 minutos de caminhada a partir da estação) e do outro todo o restante da cidade (uns 10 minutos de caminhada a partir da estação).

maq sony antiga 189

A cidade tem cinco atrações principais:

→ Porcelanas Holandesas

Esse foi o principal motivo que me fez ir a Delft: as suas porcelanas. Elas são produzidas na cidade desde o século 17. Dizem que essas porcelanas holandesas eram muito populares entre as famílias ricas tanto da Europa como de outras partes do mundo. Elas fizeram tanto sucesso, que antigamente existiam diversas fábricas na cidade, mas foi só a moda passar que diversas fábricas fecharam a suas portas. Hoje em dia apenas uma restou: a Koninkdjke Porceleyne Fles (Royal Delft Factory), que existe desde 1653.

maq sony antiga 176

maq sony antiga 175

E foi essa fábrica que fui visitar. Ela fica um pouco mais afastado do centrinho da cidade (Markt Square). Quem tiver interesse em saber mais sobre a história, processo de fabricação e também ver como as porcelanas são pintadas, é possível através de um tour. E ainda, quiser comprar algumas porcelanas, esse é o lugar mais indicado. A loja é relativamente grande e vende diversos modelos. Além dos modelos tradicionais (azul e branco), eles também tem linhas de outras tonalidades, branca e dourada por exemplo, que são suuuper bonitas!

maq sony antiga 171

maq sony antiga 170

→ Oude Kerk (Igreja Velha)

Como o seu nome já diz, ela é a igreja mais antiga da cidade, foi fundada durante o século 13. Essa igreja ficou conhecida por causa da sua estrutura. Assim como a Torre de Pisa na Itália, essa igreja também tem a sua torre totalmente torta. Juro que a foto tá bem retinha, quem é super torta mesmo é a igreja!! =D

maq sony antiga 181

Outro motivo que a tornou popular e muito visitada é pq é onde está enterrado um dos maiores artistas do país, Johannes Vermeer (aqueeele que pintou o quadro A Moça do brinco de pérola).

Obs.: Quem visita a essa igreja, com o mesmo ticket pode visitar a Nieuwe Kerk.

→ Nieuwe Kerk (Igreja Nova)

Essa igreja é considerada a mais nova da cidade e foi fundada no final do século 15. Digamos que ela não é tãão nova assim, mas.. Nela estão enterrados alguns integrantes da família real holandesa e por esse motivo, tem uma exibição especial lá relacionada a esse tema. Dá pra visitar a torre, mas eu acabei não me animando a subir, são 365 degraus até o topo! Essa igreja está localizada na principal praça da cidade, a Markt Square.

maq sony antiga 199

maq sony antiga 188

→ Stadthuis (Prefeitura)

Digamos que não é beeeem uma atração turística, mas é impossível não olhar pra esse edifício logo que a gente coloca os pés na Markt Square, a principal praça da cidade. O edifício da prefeitura fica de frente para a Nieuwe Kerk e nos arredores da praça estão diversos bares e lojinhas. É um lugar bem legal pra sentar, tomar um sorvete e ficar vendo o movimento dessa pacata cidade de menos de 100 mil habitantes.

maq sony antiga 198

→ Oostpoort

Antigamente a cidade de Delft era cercada por uma muralha, e o portão localizado na parte leste foi o único que restou. Por esse portão passa um dos vários canais da cidade. Ele está muito bem preservado. Essa região também é usada para caminhadas e diversas pessoas andam de bicicleta. Vale a pena dar uma caminhada por essa região da cidade.

maq sony antiga 191

maq sony antiga 193

Como deu pra perceber, a cidade é super pequena. É possível conhecer tudo com bastante calma em uma tarde, por exemplo. E depois é só caminhar a beira de um canal qualquer ou sentar em um dos vários restaurantes na Markt Square.

Posts relacionados:

Todos os posts sobre Amsterdã

Todos os posts sobre Keukenhof

Todos os posts sobre Zaanse Schans

Siga o Blog Contando as Horas nas redes sociais:

no Instagram: @brunabartolamei

e curta nossa fanpage no Facebook: facebook.com/ContandoAsHoras

Bruna Bartolamei
Siga-me

Bruna Bartolamei

Catarinense, mas atualmente morando em Curitiba-PR. Já morou em Edimburgo, a capital da Escócia por quase 2 anos. Criou o blog pra contar um pouco mais sobre como foi o seu intercâmbio na terra dos Kilts e das Gaitas de Fole, e também, sobre suas viagens pelo mundo.
Bruna Bartolamei
Siga-me
Postado em Delft, Holanda
Booking.com
Deixe o seu comentário...