14.02
2016

Bariloche: Cerro Catedral, a maior estação de esqui da América do Sul

Se os Argentinos invadem as praias do Brasil durante as férias de verão, nós brasileiros invadimos as estações de ski da Argentina durante o inverno. Entre todas as estações de ski da Argentina, a preferida dos brasileiros é o Cerro Catedral, a maior estação de esqui da América do Sul.

DSC_0949

O Cerro Catedral está localizado dentro do Parque Nacional Nahuel Huapi, a cerca de 20 km do centro de Bariloche e uns 10 km de distância do hotel onde a gente se hospedou. 

DSC_0960

** Quem quiser ver o post sobre o hotel em Bariloche, é só clicar aqui -> Dica de Hotel em Bariloche: Hotel Arelauquen Lodge.

DSC_0976

IMG_0632

Essa montanha tem 2.388 metros de altura e é dividida em duas partes, onde na parte norte está localizada a estação de ski.

IMG_0634

DSC_0769 (2)

Como dá pra imaginar, o Cerro Catedral é enoooorme, gigante mesmo. É praticamente uma mini-cidade, onde dá pra encontrar praticamente tudo, desde restaurantes, lanchonetes, assistência médica, centro de informações, farmácia, banco, escolas de ski, lojas pra comprar/alugar roupas de inverno e equipamentos de ski, entre outros.

DSC_0773 (2)

DSC_0771 (2)

DSC_0941

Entre todos os dias que ficamos em Bariloche, estivemos por duas vezes no Cerro Catedral. Foi lá mesmo onde compramos nossos passes de acesso a montanha e também foi onde alugamos nossos equipamentos de esqui (tema para outro post).

DSC_0774 (2)

DSC_0978

Quem não quiser andar de ski ou de snowboard, não precisa se preocupar, é possível encontrar diversas outras atividades, como ski bunda, snow tubing, caminha em raquetes de neve, ski nórdico, esqui fora de pista e snowmobile. E ainda, se os esportes de inverno não forem muito a tua praia, dá apenas pra andar nos teleféricos e apreciar a paisagem.

DSC_0969

Nós estávamos em grupo grande, com 12 pessoas, e claro que nem todo mundo queria fazer a mesma coisa.

DSC_0778 (2)

Enquanto alguns resolveram praticar snowboard, eu e minha tia optamos por tentar andar de ski. E já aviso, quem vê atletas andando de ski nas Olimpíadas de Inverno e acha tudo muito simples, espere até chegar o seu dia de praticar! Garanto, não é tão simples quanto parece!

DSC_0776 (2)

Ninguém no nosso grupo tinha esquiado ainda, então precisamos contratar aulas de ski e snowboard para aprender todas as técnicas.

DSC_0979

Geralmente as lojas de aluguel de roupas e de equipamentos para a pratica de esportes de inverno já oferecem as aulas para aprender a andar de ski e snowboard. No mesmo lugar onde alugamos nossos equipamentos, nós reservamos nossas aulas de ski e snowboard.

IMG_0659

Nós alugamos nossos equipamentos e contratamos as aulas nesse lugar! O Refugio Catedral está localizado na rua, antes do pórtico de entrada ao Cerro Catedral (segunda foto desse post)

Pra quem ainda não sabe, as aulas de ski e snowboard existem em duas configurações:

1) Aulas em grupo: Como o próprio nome já indica, a aula será em grupo que pode variar a quantidade de pessoas. Algumas empresas oferecem aula para até 10 alunos por vez, outras pra mais, depende do número de interessados.

Vantagem: a principal vantagem de fazer aulas em grupo é o preço. O valor de uma aula em grupo é mais barata, com certeza.

Desvantagem: dependendo do número de pessoas no grupo, o professor pode não te dar a devida atenção e muitas vezes, quando você tiver alguma duvida, vai demorar um pouco mais pra conseguir falar com o instrutor.

DSC_0770 (2)

2) Aulas particulares: Como dá pra imaginar, a aula será exclusiva para você ou para sua família ou grupo de amigos. Só pessoas que já se conhecem podem optar por escolher as aulas particulares. Normalmente o número de pessoas permitidas é de no máximo 5 pessoas.

Vantagem: Aprender a esquiar sozinho ou em um grupo reduzido de pessoas pode ser uma ótima opção, já que você ou o seu pequeno grupo terão um professor exclusivo.

Desvantagem: Quem resolver praticar sozinho, vai pagar mais caro do que se praticar com mais uma ou duas pessoas.

DSC_0980

Depois de escolher o tipo de aula, é necessário definir o seu tempo de duração, que pode ser de 2 horas, 3 horas, dia completo (aprox. 7 horas). O tipo de aula e mais o seu tempo de duração vai determinar o preço a ser pago.

DSC_0780 (2)

IMG_7737

Nós optamos por pegar uma aula particular com 2 horas de duração com um professor exclusivo para ensinar nossos dois grupos, onde no “grupo 1” estávamos em 2 pessoas pra apreender ski e no “grupo 2” estávamos em 5 pessoas para apreender snowboard. O restante do pessoal não quis praticar nenhum esporte de inverno.

IMG_7744

IMG_7758

É recomendado chegar cedo na montanha, principalmente se tiver que comprar o passe de acesso, alugar equipamentos e contratar aula pra aprender a esquiar. Nós levamos praticamente 1 hora pra fazer tudo isso. Mas nós estávamos em bastante pessoas, então, enquanto um fazia uma coisa, outro fazia outra coisa e isso agilizava bastante o processo.

DSC_0938

2015-07-27 17.03.28

Esse equipamento ajuda a subir no alto da pista, mas ele quase arranca o braço hehe

O Cerro Catedral tem pistas para todos os níveis, desde para que está iniciando a pratica de algum esporte de inverno, até aos mais experientes.

IMG_0653

Fila pra ir até o alto da pista dos iniciantes

No total, são mais de 100 km de pistas, com 66 pistas divididas em níveis para iniciantes (zona verde), intermediários (zona azul), avançados (zona vermelha) e experts (zona preta).

Obviamente, como ninguém havia praticado ski ou snowboard na vida até então, nós fomos ter as aulas na zona verde, local para os iniciantes.

IMG_7757

Iniciando a aula

Vale dizer que a área para aprender ski e snowboard ficam no mesmo lugar, porém em partes diferentes, claro. A aula teve duração de 2 horas, que sério, a gente nem vê o tempo passar. Foi beeem cansativo, mas foi super divertido (a gente leva cada tombo espetacular!).

IMG_0654

Depois da aula, fomos procurar um lugar pra almoçar. Pelo Cerro Catedral existem diversas opções de lanchonetes e restaurantes, mas nós optamos por um que ficava super perto das pistas iniciantes.

IMG_0650

Todo restaurante/lanchonete tem na frente um local especifico pra deixar as pranchas e bastões de ski e snowboard. Num primeiro momento parece estranho simplesmente largar as coisas ali e entrar no restaurante, dá um certo medinho de que alguém vai passar ali e levar tudo. Mas não precisa ter medo, todo mundo faz isso e aparentemente, não há nenhum problema.

DSC_0733 (2)

O lugar que nós escolhemos almoçar era tipo uma lanchonete, que seria lanches rápidos tipo hamburger, cachorro quente, misto quente, enfim, esse tipo de coisa. O lugar era relativamente pequeno, mas a comida era bem feitinha.

IMG_0636

Depois de almoçar, foi hora de voltar mais um pouco pra pista de ski e praticar um pouco do que a gente havia aprendido na aula.

DSC_0741 (2)

Vale dizer que a tarde as pistas já estão mais cheias e pra ajudar, a área destinada a iniciantes fica cheio de crianças, portanto, é necessário tomar um cuidado maior pra não atropelar as pessoas enquanto anda de ski. Eu, por exemplo, atropelei uma professora e diversos aluninhos.. Não consegui parar o ski Derrubei todo mundo! Parecia um strike no boliche! hahaha =D

DSC_0751 (2)

E por fim, também tivemos tempo de pegar os teleféricos e subir até o topo da montanha. O Cerro Catedral tem 38 diferentes meios de elevação (teleféricos), onde alguns são exclusivos pra quem está praticando esporte e outros para quem pratica esportes / está a passeio. Quem for subir a montanha a passeio, precisa procurar pelos acessos chamados de “Princesa I”, “Princesa II” e “Princesa III”.

O inicio do passeio acontece pelo “Princesa I”, que está localizado junto a pista para iniciantes. É bem fácil de encontrar, pois fica literalmente no meio da base da montanha. Essa primeira etapa da subida é feita em um teleférico aberto com capacidade para no máximo duas 2 pessoas por cadeira. Essa primeira parte do passeio passa exatamente sobre a área onde está a pista para inciantes. É o melhor lugar pra ter uma visão geral da base da montanha.

DSC_0784 (2)

DSC_0792 (2)

DSC_0787 (2)

Pista de iniciantes vista do teleférico

DSC_0799 (2)

DSC_0795 (2)

DSC_0790 (2)

Pista de intermediário vista do teleférico

A estação “Princesa II” é a menor de todas e praticamente não tem nada pra fazer ali, exceto dar uma olhada nas pessoas que estão praticamento ski ou snowboard literalmente em pistas em meio as florestas da montanha. Dá pra tirar umas fotos legais lá do alto também (se o tempo permitir). O teleférico que leva a ultima estação também é totalmente aberto e cada cadeira tem capacidade máxima para duas pessoas.

DSC_0810

DSC_0808

DSC_0815

E por fim, a ultima estação, a “Princesa III”, está localizada quase no topo da montanha. Lá no alto, além de ter alguns malucos esquiando, existe um restaurante (que vende uns alfajores de doce de leite espetaculares!!! não deixe de provar!) com uma pequena varanda que garante ótimas vistas da montanha e do lago. Espetacular!

IMG_7777

IMG_0663

IMG_7778

DSC_0821

Dica importante: Se agasalhe SUPER bem pra subir a montanha. O frio lá no topo da montanha é muito maior do que na base e claro, a intensidade do vento também é muito maior, potencializando a sensação de frio. Leve tudo o que puder, touca, cachecol, luvas, pq o frio é imperdoável! A gente literalmente quase congela!

DSC_0846

DSC_0862

DSC_0877

DSC_0888

Obs. 1: O Cerro Catedral conta com equipamentos que produz neve de forma artificial. Se tiver pouca neve na época que estiver em Bariloche e tiver por optar por ir a uma montanha, escolha o Cerro Catedral. A neve é garantida!

DSC_0905

DSC_0908

Obs. 2: Quando estivemos em Bariloche pela primeira vez, uns 20 anos atras mais ou menos, a estrutura era mais simples, mas desde 2004, houve diversas modernizações e desde então, quase todos os anos tem alguma novidade.

DSC_0935

Obs. 3: Apesar de a gente não ter precisado usar, existem lockers (guarda-volumes) a disposição dos turistas que visitam a montanha.

DSC_0937

DSC_0927

Obs. 4: A temporada de ski de 2015 começou em 20 de junho. A data pra 2016 ainda não foi anunciada, quando eu tiver alguma noticia, atualizo o post com essa informação. A temporada de 2016 tá marcada pra começar dia 18/06, dependendo, é claro, das condições de neve. A temporada de 2016 foi adiada para começar no dia 24/06. A temporada 2016 foi adiada novamente, a nova data tá marcada para dia 01/07. Torcer pra que dessa vez tenha neve suficiente e não seja adiada novamente!

DSC_0981

Pra terminar esse post que já está gigaaante, existem diversas formas de ir até o Cerro Catedral, como por exemplo: transporte público, remis ou contratando um tour com uma agência de turismo receptivo. Como nós estávamos em 12 pessoas, optamos por pegar um remis, uma especie de táxi só que com um preço já pré-definido.

Posts relacionados:

Próxima viagem: Argentina – Bariloche (com uma paradinha rápida em Buenos Aires)

Bariloche: Informações práticas

Dica de Hotel em Bariloche: Hotel Arelauquen Lodge

Bariloche: Onde é melhor se hospedar?

Circuito Chico: A vista mais bonita de Bariloche

Dicas de restaurantes em Bariloche

Um tour pelo centrinho de Bariloche

Pub Crawl em Bariloche

Bariloche: Passeio de barco ao Bosque Arrayanes e a Isla Victoria

Bariloche: Chá da Tarde no Llao Llao Hotel & Resort

Argentina 4U: A nova parceria do blog para reservas de passeios nas principais cidades turisticas da Argentina

Siga o Blog Contando as Horas nas redes sociais:

no Instagram: @brunabartolamei

e curta nossa fanpage no Facebook: facebook.com/ContandoAsHoras

Bruna Bartolamei
Siga-me

Bruna Bartolamei

Catarinense, mas já morou em Curitiba (8 anos) e em Edimburgo, a capital da Escócia (quase 2 anos). Criou o blog pra contar um pouco mais sobre como foi o seu intercâmbio na terra dos Kilts e das Gaitas de Fole, e também, sobre suas viagens pelo mundo.
Bruna Bartolamei
Siga-me
Postado em Argentina, Bariloche, Estações de Ski
Booking.com
  1. Nick 16/02/2016 | 16:23

    Oi Bruna, tudo bem ? Sabe que sigo poucos blogs de viagem, entre eles o seu e o da Patrícia do Turomaquia. E não é que hoje lendo um post dela, ela citou vc numa matéria sobre Londres, que coincidência legal né…Abraços !!!!

    • Contando as Horas 17/02/2016 | 14:40

      Oi, Nick

      Ah é? Também gosto bastante do Turomaquia, mas confesso, faz algumas semanas que não passo por lá ver as novidades. Boa oportunidade, vou ver que post é esse, pq não acusou nenhuma notificação aqui no blog avisando. Obrigada por avisar!

  2. Aline 19/05/2016 | 14:44

    Adorei as dicas. Foi o post mais bem explicado sobre o Cerro Catedral.
    Irei em setembro e já estou torcendo para que tenha neve nesse período.
    Obrigada pelas dicas.

    • Contando as Horas 19/05/2016 | 16:50

      Oi, Aline

      Muito obrigada pelo comentário!! Fico feliz que tenha gostado do post.

      E tomara que tenha bastante neve sim!! =DD

  3. Patricia 04/06/2016 | 14:21

    Oi Bruna, vc já sabe a temporada 2016? Estou querendo ir entre 30/08 e 07/09 mas gostaria de esquiar.

    • Contando as Horas 05/06/2016 | 15:11

      Oi, Patricia

      A principio, tá marcado pra começar dia 18/06/2016 até dia 30/09/2016, mas claro, dependendo das condições de neve.

  4. Aline 08/06/2016 | 15:25

    Olá!
    Não sei qual ingresso comprar, pois não pretendo esquiar.
    No site tem cable carril, telecabina amancay e teresilla princesa. Qual é o mais adequado?
    Mais dúvidas: em qual pista se pratica snow tubing e esquibunda? Onde é vendido o ingresso?
    Muito obrigada pela atenção.

    • Contando as Horas 09/06/2016 | 16:22

      Oi, Aline

      Eu não pratiquei snow tubing e nem esquibunda no Cerro Catedral, então não sei te informar. Nós comprarmos o ingresso para esquiar la na Bilheteria do Cerro Catedral, justamente pq no site é meio complexo de entender o que é o que. E como estávamos em muitas pessoas (grupo de 12 pessoas), achamos melhor fazer isso pra não ter problema de comprar algo errado. Infelizmente vou ficar te devendo essas infos.

  5. giselle 16/06/2016 | 14:05

    Ola
    Estou em duvida quando a temporada é aberta significa que tem neve e as pistas estão abertas?
    obrigada

    • Contando as Horas 18/06/2016 | 15:23

      Oi, Giselle

      A estação de ski escolhe uma data para fazer a abertura da temporada. Se tiver neve, se mantém. Se não tiver neve suficiente, é adiado. Mais infos sobre isso, vc deve olhar o site em questão da estação de ski que você quer ir pra ver se não houve modificações.

  6. Lucas Fernandes 20/06/2016 | 12:17

    Oi Bruna, obrigado pelas dicas!

    Gostaria de saber em qual data você fez sua viagem, e se estava muitooo cheio ou tranquilo no período que você foi…

    Vou skiar em agosto e estou um pouco receoso de Cerro Catedral estar muito cheio e com muitas filas para os lifts.

    Obrigado novamente!

    • Contando as Horas 27/06/2016 | 00:28

      Oi, Lucas

      Fiz a viagem na altíssima temporada, na ultima semana de julho. Tava super cheio. O Cerro Catedral é o local mais visitado em Bariloche. Sempre vai ter gente e sempre vai ter um pouco de fila. Nos dias que estivemos lá, pegamos um pouquinho de fila, mas nada absurdo.

  7. Erica Barros 16/08/2016 | 17:14

    Olá, vamos a Bariloche agora no fim do mês e não consigo entender muito bem o site do Cerro Catedral. Não pretendo esquiar, mas gostaria de fazer esqui bunda, descida de boia e passeio nos cumes. Para essas atividades, que tipo de tíquete preciso comprar?? Obrigada.

    • Contando as Horas 19/08/2016 | 15:48

      Oi, Erica

      O site do Cerro Catedral é um pouco confuso mesmo, não sei se eles mudaram alguma coisa do ano passado pra cá. Mas assim, vc pode andar livremente na base da montanha, vc apenas precisa de ticket pra entrar nas pistas de esqui e nos lifts. Então eu acredito que vc pode ver essas atividades com alguma empresa e eles mesmo vão te dar as coordenadas do que fazer e se precisa comprar algum tipo de ticket.

  8. Aline Ribeiro 16/08/2016 | 23:24

    Oi Bruna,

    Por favor, o que vc considera “chegar cedo” no Cerra Catedral? Umas 8h? Estarei lá na próxima semana e não quero perder nenhum segundo :) Sempre consulto seu site antes das minhas viagens. Confio muito nas suas indicações. Um beijo e obrigada pelo excelente trabalho.

    • Contando as Horas 19/08/2016 | 15:52

      Oi, Aline

      Eu acho que a gente chegou lá por umas 09:00 da manhã, no máximo. Tivemos que chegar cedão pq o grupo era grande e a gente tinha que alugar os equipamentos. Deu pra aproveitar bastante.

      Obrigada pelo comentário, fiquei feliz!! =DD

  9. Henrique Scarpati Conti 21/11/2016 | 13:45

    Olá, gostaria de saber se, com essas mudanças que aconteceram este ano de 2016 (presidente, variação de moedas, etc), se os preços mudaram pra essas coisas. Pois pra ir pra Buenos Aires ouvi que tiveram muitas mudanças.
    Grato.

    • Contando as Horas 22/11/2016 | 19:19

      Oi, Henrique

      Algumas coisas mudaram sim, a economia argentina tá um pouco melhor, mas não sei te dizer na prática como está cada coisa em especifico. As viagens que fiz foram antes do Macri assumir.

Deixe o seu comentário...