02.07
2016

Coco Bambu: Restaurante Nordestino em Curitiba

Como eu ainda não estive no Nordeste até então, não sou muito familiarizada com nada que existe lá. Esses dias fui dar uma volta no Shopping Crystal e uma coisa me chamou atenção: uma ala inteira do shopping estava coberta por tapumes com propaganda de um novo restaurante. Anotei o nome e chegando em casa fui pesquisar.

As reportagens diziam que Coco Bambu era uma rede cearense de restaurantes especializado em peixes e frutos do mar. Achei a opção interessante!

Coco Bambu 5

Ai ontem, no caminho pra casa, por volta de umas 18:30 passei por ali pra ver se já estava funcionando e estava. E o melhor, ainda tinham mesas livres. Resolvi jantar ali. 

Primeiro eu preciso dizer que o restaurante é enorme, ocupando 3 andares do shopping (mas ontem quando fui lá apenas 2 andares estavam abertos por enquanto). O ambiente é super requintado, com uma decoração muito bonita.

Coco Bambu 3

Chegando na minha mesa, o garçom se apresentou, dizendo que era ele que iria me servir durante aquela noite e me entregou o cardápio. O cardápio é GIGANTE! Acho que fiquei uns 20 minutos olhando tudo. E sem exageros, acho que entre entradas, pratos principais e sobremesas, deve ter mais de umas 200 opções. Inclusive aconselho a olhar o cardápio no site oficial do restaurante pra já ter uma ideia de tudo que existe, pq agiliza o processo!

Levei um tempo pra decidir o que queria comer, pq apesar de todas essas opções, poucas (acho que praticamente nenhuma) das opções de pratos principais são para 1 pessoa. A maioria desses pratos são pra 2 pessoas e algumas pra 3, 4 ou 5 pessoas.

Coco Bambu 1

Tive que me virar com as entradinhas. Em resumo, as 3 folhas de cardápio só com as opções de entradas, eu acabei escolhendo uma porção de Lula Doré e uma porção de Costelinha de Tambaqui (um peixe que provei ano passado na viagem ao Amazonas e sério, foi um dos meus preferidos).

Coco Bambu 6

Pra acompanhar tudo isso, pedi uma água (e depois mais uma) e uma caipirinha de morango. Achei super bonitinha a apresentação da caipirinha, concordam?

De sobremesa, depois de mais um tempão me enrolando sem saber o que pedir, o garçom me sugeriu a estrela da casa: Cocada assada no forno com sorvete de creme! Ótima opção! Pena que não consegui comer tudo, pq realmente, mesmo tendo pedido apenas entradinhas, os pratos vem bem servidos.

Coco Bambu 4

A comida estava ótima, super bem feitinha. Gostei muito! O molho que veio junto com a lula e o tambaqui era excelente (queria trazer pra casa!).

Quando eu cheguei, por volta das 18:30, o restaurante estava bem vazio, mas muitas mesas já estavam reservadas. Aconselho a fazer reserva, apesar de ser um lugar grande, é melhor garantir ou então, fazer como eu fiz, chegar muito cedo.

O atendimento foi um dos grandes destaques, sério mesmo. Existe um garçom para cada 2 ou 3 mesas, o que garante um atendimento super agilizado. E inclusive, o garçom não sai ali de perto das mesas por nada, pois ele faz os pedidos através de um equipamento que parece um celular. A bebida é trazida até o garçom por outro funcionário e o mesmo acontece com a comida. Então, realmente, o garçom fica perto das mesas o tempo todo.

Coco Bambu 2

Quando eu tava indo embora, a fila já estava considerável (por volta das 20:00)

Na hora de pagar a conta, o processo foi bem agilizado. Enquanto eu aguardava o troco, o garçom me deixou uma papel pra fazer avaliação sobre o lugar.

Eu sei que no site tem o cardápio, mas não tem os preços. Caso alguém esteja curioso em saber valores, achei beeeeem tranquilo. A minha conta deu 130,00 reais (a costelinha de Tambaqui foi o prato mais caro, era 49,00 reais).

O restaurante Coco Bambu está localizado rua Comendador Araújo, 731 dentro do Shopping Crystal. Mas a entrada do restaurante fica ao lado da entrada principal do shopping, localizada na rua Benjamin Lins (rua que mais adiante se transforma na Av. Batel).

Posts relacionados:

Todos os posts sobre Curitiba

Siga o Blog Contando as Horas nas redes sociais:

no Instagram: @brunabartolamei

e curta nossa fanpage no Facebook: facebook.com/ContandoAsHoras

Bruna Bartolamei
Siga-me

Bruna Bartolamei

Catarinense, mas atualmente morando em Curitiba-PR. Já morou em Edimburgo, a capital da Escócia por quase 2 anos. Criou o blog pra contar um pouco mais sobre como foi o seu intercâmbio na terra dos Kilts e das Gaitas de Fole, e também, sobre suas viagens pelo mundo.
Bruna Bartolamei
Siga-me
Postado em Brasil, Curitiba, Paraná
Booking.com
Deixe o seu comentário...