30.09
2016

Voando Air France pela primeira vez

O principal destino dessa ultima viagem era a Rússia. Ir a Rússia exige uma conexão em algum outro país europeu. Quem leu esse post introdutório (clique aqui para saber mais), já sabia quais cias aéreas nós estávamos de olho e entre todas as opções, nós optamos fazer a conexão em Paris, portanto, viajamos com a Air France.

A primeira viagem que fiz a Europa foi pra França, mas naquela vez (em 2005) viajei com a Varig. Depois voltei outras duas vezes a Paris, uma enquanto estava na Escócia, onde viajei com a Easyjet e a ultima vez foi no ano passado, viajando com a TAP.

Air France 1

Como todo mundo já sabe, a Air France é a principal cia aérea da França e o seu hub é o Aeroporto Internacional Charles de Gaulle (IATA: CDG), o maior aeroporto do país e a opção mais indicada para essa nossa viagem.

A Air France (e a KLM) faz parte da aliança SkyTeam, mesma da Alitalia e da Aerolineas Argentinas, cias aéreas que eu já viajei em outras oportunidades, além disso, a Air France tem acordo de codeshare (que honra a franquia de bagagem do voo internacional em voos em conexão em até 24 horas) com a Gol, cia aérea usamos pra fazer o trecho interno aqui no Brasil, indo de Santa Catarina até São Paulo. 

→ Trechos voados com a Air France

A viagem ficou assim:

Ida: São Paulo – Paris Aeroporto Charles De Gaulle com a Air France.

Obs.: Do Aeroporto CDG até Bruxelas e vice-versa nós fomos de trem. O trem partiu da própria estação de trem do aeroporto chamada de Aéroport Charles de Gaulle 2 – TGV (falarei melhor sobre isso em outro post!).

Ida: Paris Aeroporto Charles de Gaulle – Moscou Aeroporto de Sheremetyevo => Trecho operado pela Aeroflot, parceira aérea da Air France e principal cia aérea da Rússia.

Volta: São Petersburgo Aeroporto de Pulkovo – Paris Aeroporto Charles de Gaulle com a Air France.

Volta: Paris Aeroporto Charles de Gaulle – São Paulo Aeroporto de Guarulhos com a Air France.

Air France 2

→ Comprando a passagem

As nossas passagens foram compradas no site oficial da Air France e da KLM. Um dia meu irmão comprou a passagem dele, da minha cunhada e dos meus pais através do site da KLM e em outro dia eu comprei minha passagem e do meu namorado no site da Air France, afinal, nossa viagem seria diferente do restante da família.

Pra quem não sabe, a Air France e a KLM são parceiras aéreas e em 2013 se fundiram, se transformando em uma das maiores cias aéreas da Europa. Com isso, dá pra comprar a passagem em qualquer um dos sites, sem problema algum, é tudo a mesma coisa.

O site de ambas as empresas são totalmente em português, o que facilita bastante. Foi bem simples de comprar, mesmo sendo passagem “múltiplos trechos”. Comprando pelo site da KLM ou da Air France, com voos partindo do Brasil, foi possível parcelar as passagens em 4x.

Nós compramos as passagens com bastante antecedência, em março desse ano, ou seja, com 6 meses de antecedência.

Air France 3

→ Check-in no Brasil

Todos os trechos internacionais, sempre que possível, a gente já reserva o assento. Algumas cias aéreas oferecem isso de forma gratuita, outras não. A Air France cobra cerca de 30,00 euros pra fazer essa reserva.

Apesar de também achar um absurdo essa cobrança, por menos que seja, a gente prefere pagar, pra não ter nenhuma surpresa na hora do check-in, como por exemplo, sentar todo mundo espalhado, sentar no banco do meio, na ultima fileira perto do banheiro, entre outros.

Por esse motivo, não fiz o check-in pela internet (que está disponivel 30 horas antes do horário do voo) e deixei pra fazer no aeroporto mesmo.

Como tivemos que ir um dia antes pra São Paulo, no dia que chegamos em Guarulhos já fomos até o Terminal 3 e fizemos o check-in nas máquinas. Só é necessário ter em mãos o passaporte e o numero da reserva. Foi bem rápido e tranquilo.

No dia da viagem, chegamos com uma boa antecedência e já entramos direto na fila pra despachar bagagem. Depois de muitos anos viajando somente com uma malinha de mão, dessa vez eu levei uma mala tamanho médio que precisava ser despachada.

→ Check-in em Paris

Não fizemos check-in em Paris para voar com a Air France, mas tivemos que fazer o check-in na Aeroflot pra voar o trecho de Paris a Moscou. Apesar do aeroporto ser gigantesco e meio muvuca, deu tudo certo. Falo sobre isso quando escrever o post sobre a experiência em voar com a Aeroflot, a principal cia aérea da Rússia.

→ Check-in em St Petersburgo

Também deixamos pra fazer o check-in no aeroporto. Dessa vez voamos todos os trechos de volta com a Air France (de São Petersburgo a Paris e logo na seqüência de Paris a São Paulo). Nenhum voo partindo da Rússia permite check-in online, portanto, não tivemos muita opção a não ser fazer o check-in no proprio aeroporto.

Fizemos o check-in nas máquinas de auto atendimento. Foi bem tranquilo. Dessa vez precisamos apenas do passaporte. É só scannear o passaporte, seguir o passo a passo (tem opção de idioma em português) e esperar a passagem ser imprimida.

Depois tivemos que ir ao balcão de atendimento do check-in da Air France apenas pra despachar as bagagens no Drop-off.  Apenas o passaporte é necessário pra esse procedimento. Foi bem tranquilo também.

→ Bagagem

Eu, o Raul, minha cunhada e meu namorado voamos na classe econômica, portanto, a gente tinha direito a 2 malas de 23 kg despachadas, além de 1 mala de mão e mais um acessório (bolsa, notebook, por exemplo) com até 12 kg.

Já meus pais voaram na classe executiva e eles podem levar 2 bagagens de 32 kg despachadas, além de 2 malas com peso total de até 18 kg de bagagem de mão.

Vale lembrar que, apesar da babagem de mão permitida nos trechos internacionais serem de 12 kg e 18 kg, a Gol não honra esse peso, que em voos domésticos é de 5 kg. Então, é necessário manerar ou conversar com a atendente do check-in pra ver se ela faz a gentileza de liberar (uma das malas dos meus pais pesava quase 7 kg e ela liberou sem problemas, mas não é bom abusar).

Air France 5

→ Voando na Classe Econômica

A Classe Economica ou Economy tem dois tipos de configuração de poltronas: 3-4-3 (maioria) e 2-4-2 (poucas opções e as poltronas estão localizadas no inicio e no final). Tem tv touchscreen, usb para eletronicos. Os bancos são confortáveis e o espaço para as pernas são bem ok. Todo mundo recebe um menu com o que será servido durante o voo (escrito em francês, inglês e português). É servido duas refeições, janta e café da manhã. Além disso, também são servidos lanchinhos durante a madrugada. Na ida, esse lanchinho tinha várias opções como barrinhas de cereal, chocolates, sanduiches, iogurte, picolé, bebidas. Já no voo da volta tava beeem franquinho, apenas com bolachinha, chocolates e bebidas.

Air France 4

→ Voando na Classe Executiva

Já a Classe Executiva ou Business Class tem apenas um tipo de configuração de poltronas 1-2-1, ou seja, uma poltrona – corredor – duas poltronas – corredor – um poltrona. Meus pais preferiram viajar um atras do outro e pegar as poltronas individuais, pra ter a janela ao lado. Tem tv touchscreen (maior que a da classe econômica) e entrada usb para carregar o celular, ipad ou notebook. Tem luzes de leitura. Recebe uma necessaire (com escova e pasta de dente, protetor para os olhos, protetor labial, creme hidratante, meia, calçadeira de sapato), coberta e travesseiro. O banco parece uma capsula, dando mais privacidade. O poltrona fica um cama mesmo, reclinando 180 graus. Tem espaço pra colocar seus pertences, além do guarda malas localizado acima da poltrona. Todos os passageiros recebem o menu, que também está escrito em francês, inglês e português. São servidos o jantar, café da manhã e lanches rápidos.

Air France 17

Air France 9

Air France 15

Air France 8

Além disso tudo, quem voa na classe executiva tem acesso a sala vip tanto no aeroporto de Guarulhos como no aeroporto de Paris. E tem acesso prioritário na imigração e na entrada e saída do avião.

Air France 16

Air France 7

Obs.: Além das classes econômica e executiva, existem outras duas classes: Primeira Classe ou La Première e Economica Plus ou Premium Economy.

→ Serviço de Bordo

Os serviços de bordo da Air France foram assim:

Volta – Trecho Europeu: No voo entre São Petersburgo a Paris, o serviço de bordo foi o melhor de todos na minha opinião. Nosso voo era as 15:05 e foi servido um lanche meio com cara de almoço que eu achei bem bom. Além da bebida, a comida era a mesma pra todo mundo. Nesse caso, foi servido arroz com carne e salada, um pão com manteiga e um bolinho de chocolate com amêndoas (que sério, tava excelente!), além de um negocio que parecia um pastel de presunto e queijo (que também tava muito bom).

Air France 12

Air France 11

Air France 13

Air France 14

Ida e volta – Trecho Internacional: No voo entre São Paulo e Paris e vice-versa, o serviço de bordo foi bem semelhante. Os comissários passam entregando o cardápio. Sempre tem 2 opções de prato principal pra escolher, mas a entrada e sobremesa é sempre 1 opção. No voo da ida eu gostei mais da comida, já no voo da volta detestei. As opções sempre tem uma opção com carne (na ida era carne de boi e na volta era frango) e outra opção vegetariana (na ida era massa e na volta risoto). As bebidas são bem diversificadas, indo de água e refrigerante a vinho, cerveja e até champanhe (inclusive na classe econômica).

→ Entretenimento de Bordo

Na ida eu dormi pouco (ansiedade fala mais alto!!), mexi um pouco no sistema de entretenimento, mas não cheguei a ver nenhum filme, mas vi que tinham boas opções, com filmes bem recentes (além de musicas). Já na volta eu literalmente desmaiei. Pra ter uma idéia, perdi até a decolagem e não vi nem a Torre Eiffel.

Air France 6

→ Considerações finais

No geral eu gostei bastante de voar com a Air France. Achei todos os aviões bem novinhos, impecavelmente bem conservados e limpos. O atendimento foi muito em todos todos os aeroportos, fosse na hora do check-in ou na hora do embarque. As aeromoças também foram bem atenciosas e prestativas. As maquinas de check-in tem versão em português e é bem fácil de mexer. Na hora de comprar as passagem online também foi muito fácil. Enfim, certeza absoluta que voltarei a voar com eles  se tiver outras oportunidades.

Posts relacionados:

Todos os posts sobre a Bélgica

Todos os posts sobre a França

Todos os posts sobre a Rússia

Siga o Blog Contando as Horas nas redes sociais:

no Instagram: @brunabartolamei

e curta nossa fanpage no Facebook: facebook.com/ContandoAsHoras

Bruna Bartolamei
Siga-me

Bruna Bartolamei

Catarinense, mas atualmente morando em Curitiba-PR. Já morou em Edimburgo, a capital da Escócia por quase 2 anos. Criou o blog pra contar um pouco mais sobre como foi o seu intercâmbio na terra dos Kilts e das Gaitas de Fole, e também, sobre suas viagens pelo mundo.
Bruna Bartolamei
Siga-me
Postado em Dicas de Viagem, França, Paris
Booking.com
  1. Fernanda Souza 06/11/2016 | 18:09

    Olá, Bruna! Viajei recentemente pela Air France e tive problemas no pós-venda. O atendimento foi igual ao que você disse no post. Fiz um similar no blog sobre a econômica premium, mas eu fiquei decepcionada da forma como eles tratam os clientes quando há problemas (peguei a greve dos comissários). Apesar de ser uma empresa conhecida, só voarei novamente se tiver cortesia ou se for uma promoção. Sucesso no blog!

    • Contando as Horas 08/11/2016 | 22:47

      Oi, Fernanda

      Puxa, que pena! De qualquer forma, obrigada pelo comentário aqui no blog!

Deixe o seu comentário...