01.10
2016

Como ir do Aeroporto Charles de Gaulle a Bruxelas de trem

Quem estiver indo a Bélgica e por algum motivo não quiser incluir Paris ou qualquer outra cidade da França no roteiro, saiba que é possível chegar no Aeroporto de Paris Charles de Gaulle (IATA: CDG) e ir direto a Bélgica sem sair do aeroporto.

TGV 01

Isso acontece pq esse aeroporto tem uma estação de trem chamada de Gare Aéroport Charles de Gaulle 2 – TGV, localizada no subsolo do Terminal 2. Como o próprio nome ja indica, aqui operam os trens TGVs, os trens de alta velocidade da França. 

TGV 07

O Aeroporto de Paris Charles de Gaulle tem três terminais: o Terminal 1 (o mais antigo), o Terminal 2 (esse terminal tinha sido construido para ser exclusivo da Air France, com o passar dos anos foi ampliado e hoje outras cias aéreas também operam aqui) e o Terminal 3 (onde as cias aéreas de baixo custo operam).

TGV 02

Quem vai do Brasil a França com a Air France, vai desembarcar no Terminal 2. Vale dizer que o terminal 2 é gigantesco e é subdividido em 2A, 2B, 2C, 2D, 2E, 2F e 2G. Portanto, o embarque e desembarque de voos vindo / indo para o Brasil partem do Terminal 2E.

Terminais CDG

Terminal 2 e a localização da estação de trem do aeroporto – Foto retirada do site da SNCF

O Terminal 2E fica super perto do acesso que leva até a Gare Aéroport Charles de Gaulle 2 – TGV, acho que são mais ou menos uns 10 a 15 minutos de caminhada. Essa estação de trem é operada pela SNCF, empresa estatal que controla todas as ferrovias da França.

A partir dessa estação de trem é possível ir de forma direta a diversas cidades Francesas e a Bruxelas, na Bélgica.

Como nosso roteiro começava justamente em Bruxelas, foi uma ótima opção já pegar o trem partindo do aeroporto sem precisar ir até o centro de Paris.

TGV 03

A passagem pode ser comprada diretamente no site da SNCF. Os trens entre o aeroporto e Bruxelas são de hora em hora, tem duração de aproximadamente 1 hora e 40 minutos e a maioria dos trens são direto (apenas algumas poucas opções não são direto). Nos trens direto é feita apenas uma paradinha de uns 2 minutos em Lille e depois já segue viagem a Bruxelas, chegando na estação de Bruxelles-Midi (nome em francês) / Brussels Zuid (nome em holandês).

Nosso voo estava marcado para chegar no Aeroporto Charles de Gaulle as 08:00 horas da manhã. As opções que a gente tinham a partir desse horário eram: 08:07 (sem a menor condição), 09:08 (não era trem direto) e as 10:06 (opção que escolhi).

TGV 38

Fui obrigada a escolher um trem com uma boa diferença de horário, pq assim como todos as outras passagens de trem, é necessário comprar com 90 dias de antecedência pra pegar um bom preço. Como eu não sabia disso e deixei pra comprar faltando quase 1 mês pra data da viagem, os preços que paguei não foram os promocionais.

Obs.: Eu imaginei que os trens partindo do aeroporto pra Paris ou Bruxelas tivessem tarifas fixas, jamais imaginei que os preços dessas passagens em especifico variavam de acordo com a antecedência, data e horário. Então, fica a dica!

TGV 37

Como todo mundo sabe, os trens tem duas classes: a Primeira Classe / First Class /1st Class e Segunda Classe / Second Class / 2nd Class. Devido ao preço das passagens, nos não tivemos muita opção e tivemos que comprar a passagem na ida para First Class e a volta para a Second Class.

Por mais estranho que pareça, no trecho de ida a passagem na Primeira Classe estava mais barata que a Segunda Classe. Já no trecho de volta o valor da passagem na Segunda Classe estava quase a metade do preço do valor sugerido para a Primeira Classe.

Mas vamos a nossa experiência:

→ Gare Aéroport Charles-de-Gaulle 2 – TGV

A estação de trem do aeroporto em si é pequena. Ela tem guiches de atendimento e máquinas para comprar a passagem. Além disso, tem algumas lanchonetes, banheiros e lojinhas.

TGV 04

Esse local tá sempre lotado, afinal, além de partirem trens para outras cidades francesas, dali também partem os trens para a Bélgica.

Vale dizer que as quatro plataformas de onde os trens partem estão localizadas um nível abaixo do hall principal da estação. Elas são divididas em “Porte N” e “Porte S”, portanto, ao olhar no painel pra saber qual plataforma o trem vai partir, ao lado do numero sempre haverá a letra N ou S, indicando pra que lado o trem vai estar localizado.

TGV 05

O acesso as plataformas é feito por elevador ou escada rolante, onde o acesso só está disponível a partir do momento que a plataforma foi indicado no painel.

TGV 06

TGV 08

Ao chegar na plataforma, procure por outro painel com a configuração do trem. Veja na sua passagem qual o vagão indicado e procure saber em qual letra ele estará localizado quando o trem chegar. Assim dá pra ganhar tempo e já ir se deslocando até lá. Parece meio confuso, mas vendo as fotos dá pra entender melhor o que to falando.

TGV 11

TGV 09

→ Do Aeroporto Charles de Gaulle a Bruxelas-Midi na Primeira Classe

Existem poucos vagões destinados a Primeira Classe. Esses vagões são facilmente identificados, pois eles tem um número 1 grandão ao lado da porta.

TGV 10

A configuração das poltronas nessa classe é 1-2, ou seja, 1 poltrona – corredor – 2 poltronas. Na hora da compra da passagem, o sistema não permite escolher o assento, apenas deixa escolher as preferencias e ele mesmo determina qual será as nossas poltronas.

TGV 15

Nos pegamos duas poltronas juntas, que ficavam localizadas logo no inicio do vagão, bem pertinho do local destinado para as malas. Vale dizer que o espaço para as malas é bem grandinho e não fica dentro do vagão da primeira classe, mas sim em um espaço entre o vagão que viajamos e o próximo vagão.

TGV 17

TGV 16

As poltronas são bem espaçosas e confortáveis. O espaço para as pernas é ótimo. O banco reclina um pouquinho.

TGV 14

Tem banheiro. Tem tomada para carregar eletrônicos. Não tinha nenhum tipo de lanche / bebidas incluído junto com a passagem.

TGV 12

→ De Bruxelas-Midi ao Aeroporto Charles de Gaulle na Segunda Classe

A maioria dos vagões desse trem é destinado a quem viaja na Segunda Classe. Assim como os vagões da Primeira Classe, esses também são facilmente identificados com o número 2 grandão ao lado da porta.

TGV 22

A configuração das poltronas nessa classe é 2-2, ou seja, 2 poltronas – corredor – 2 poltronas.

TGV 21

Nós conseguimos duas poltronas juntas também, que também estavam localizadas logo no inicio do vagão, perto de onde fica o local para guardar as malas.

TGV 23

As poltronas dessa classe também são bem confortáveis e o espaço para as pernas eu também achei bom.

TGV 35

TGV 34

Tem banheiro. Não tinha carregador de tomada. E claro, também não tinha nenhum tipo de lanche / bebidas incluído junto com a passagem.

TGV 36

→ Outras considerações

– Compre a passagem com antecedência.

– Deixe uma quantidade de horas razoavel entre a chegada no aeroporto e o trem. Leve em consideraçao o desembarque, a passagem pela imigração (sempre tem filas consideraveis), a retirada de bagagem, uma ida ao banheiro e o deslocamento até a estação de trem.

TGV 13

– As passagem que partem do aeroporto também tem aquele esquema de tarifas non exchangeable, exchangeable condicions apply e flexible. Obviamente as passagens non exchangeable são as mais baratas. Como eu deixei pra comprar nossas passagens faltando 1 mes pra viagem, tive que arriscar e pegar os dois trechos non exchangeable. Se o voo atrasasse ou acontecesse qualquer coisa, eu perderia esse bilhete e lá na hora teria que comprar outro.

TGV 18

Mural de HQ de Tintin, de Hergé na Estação de Bruxelles Midi / Brussels Zuid

– E por fim, porém não menos importante, a indicação de qual plataforma o trem parte só é indicada uns 20 minutos antes do horário de partida do trem. Deixe esse tempo de espera pra ir ao banheiro ou comprar algo pra comer/beber, pois existem lanchonetes ali na estação de trem do aeroporto.

** Precisando de hotel em Bruxelas? Inicie as pesquisas aqui.

** Precisando de seguro viagem? Inicie as pesquisas aqui.

** Precisando alugar um carro? Inicie as pesquisas aqui e/ou aqui.

Se você gostou das dicas, ao reservar hospedagem, seguro viagem e aluguel de carro aqui pelo blog, nós ganhamos uma pequena comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Obrigada! :D

Posts relacionados:

Todos os posts sobre a Bélgica

Todos os posts sobre Bruxelas

Todos os posts sobre a França

Todos os posts sobre Paris

Siga o Blog Contando as Horas nas redes sociais:

no Instagram: @brunabartolamei

e curta nossa fanpage no Facebook: facebook.com/ContandoAsHoras

Bruna Bartolamei
Siga-me

Bruna Bartolamei

Catarinense, mas já morou em Curitiba (8 anos) e em Edimburgo, a capital da Escócia (quase 2 anos). Criou o blog pra contar um pouco mais sobre como foi o seu intercâmbio na terra dos Kilts e das Gaitas de Fole, e também, sobre suas viagens pelo mundo.
Bruna Bartolamei
Siga-me
Postado em Bélgica, Bruxelas, Dicas de Viagem, França, Paris
Booking.com
  1. José Augusto 01/10/2016 | 19:20

    Excelente post, Bruna!

    É possível fazer o mesmo para ir a Amsterdã?

    • Contando as Horas 02/10/2016 | 21:58

      Oi, José

      É possivel, porém o trem não será direto, vc terá que fazer uma troca (ou até mais de uma) pelo caminho.

      Obrigada pela visita aqui no blog!

      • celio mendonça 05/06/2017 | 22:58

        fiquei com uma dúvida em relação a compra do bilhete pela internet, uma vez que não encontro a origem do destino a estação do aeroporto (gare aeroporto charles de gaulle 2) somente saindo da estação paris nord que fica no centro de paris…..deu pra entender??
        me dá uma dica
        obrigado

  2. Maira 09/01/2017 | 12:51

    Bom dia! Estou adorando as dicas!
    Poderia informar se no aeroporto Orly possui algum serviço parecido? Gostaríamos de ir direto do aeroporto para Bruxelas da forma mais barata.
    Obrigada.

    • Contando as Horas 12/01/2017 | 02:46

      Oi, Maira

      Hum.. Infelizmente não sei. Essa foi a primeira vez que fiz esse trajeto indo de uma aeroporto de Paris até a Bélgica. Vou ficar te devendo essa info.

  3. Sandra Hayek 14/07/2017 | 14:53

    Excelente dicas e post…um dos melhores que ja vi, parabens!!!!
    Qual foi o valor da passagem?
    Como podem acontecer imprevistos, sera que nao seria mais interessante comprar na hora o bilhete, porque peder a compra , sairia mais caro, nao?!

    • Contando as Horas 16/07/2017 | 20:49

      Oi, Sandra

      Muito obrigadaaa!! :D
      Não lembro mais qto pagamos pelas passagens.
      Sim, sairia. Mas eu arrisquei pq o voo parte do Brasil. Como o avião ja ta em solo brasileiro desde a manha da data da viagem, as chances de atraso seriam menores. Mas né, como disse, arrisquei. Se tivesse sido cancelado o voo internacional ou tive qqer atraso, eu tava ciente da despesa extra de ter que comprar um novo bilhete lá na hora.

  4. Luziano 29/07/2017 | 20:21

    Os bilhetes tem validades longas. Nao tem problemas de data. Pode usar dias, semanas depois

Deixe o seu comentário...