05.10
2016

Bruxelas: Belgian Beer Weekend, o Festival da Cerveja Belga

Que a Bélgica é sinônimo de boas cervejas, isso não é segredo pra ninguém. Mas uma coisa que até pode ser desconhecida da maioria das pessoas é o Belgian Beer Weekend ou Weekend de la Bière, o Festival da Cerveja Belga.

Festival 00

Quando eu resolvi incluir a Bélgica no roteiro dessa viagem a Europa, eu não fazia nem ideia de que existisse esse festival. Que bom que eu descobri a tempo de pesquisar melhor e assim, pude incluí-lo no meu roteiro em Bruxelas. 

Pra quem nunca ouviu falar nesse festival, ele acontece todos os anos no primeiro final de semana de setembro (esse ano foi de 02 a 04 de setembro) na Grand Place, em Bruxelas. São três dias de festa, celebrando um dos produtos belgas mais famosos mundo afora: a cerveja.

Festival 16

O festival é organizado pelo Knighthoor of the Brewers’ Mashstaff e pelo The Belgian Brewers em colaboração com a City of Brussels e Brussels-Capital Region.

Quem for a Grand Place nesses dias do Festival, vai precisar passar por um controle de segurança super rigido em todas as entradas que dão acesso a essa praça. Existem duas filas, uma especifica para mulheres e outra para homens. É necessário abrir a bolsa e mochila também. Eu até cheguei a achar que isso iria ser uma grande chatice, mas no fim das contas, a coisa foi bem organizada e a fila andava rapidinho. Acho que nunca fiquei mais do que 2 minutos esperando para ser revistada (a gente entrou e saiu da Grand Place umas mil vezes).

Festival 02

Ao entrar na Grand Place, vai ser possível ver uma grande estrutura montada no meio da praça. Ali estão diversas barraquinhas de cervejarias belgas (famosas ou não). Pelo que li no site oficial do evento, esse ano estavam participando aproximadamente 40 cervejarias, disponibilizando aos visitantes em torno de 300 variedades de cerveja belga para provar. Maravilha, hein?!?!

Festival 09

Depois da dificuldade que tive para encontrar informações e relatos de pessoas que tivessem ido em outras edições, eu vou explicar direitinho nesse post como a coisa funciona.

Festival 01

O acesso a Grand Place é livre e gratuita, mas para quem quiser beber, precisará comprar o seguinte:

– Uma ficha especial que equivale a permissão de beber a cerveja escolhida no tipo de copo mais adequado. Para isso, é necessário deixar um depósito de 3,00 euros referente a esse aluguel do copo. No final, esse valor é devolvido mediante a apresentação dessa ficha em um guiche especial exclusivo para isso.

Festival 03

– Corwncorks ou Tampinhas das garrafas de cerveja, que são as fichas que serão trocadas pelas cervejas em cada barraquinha. Essas Corwncorks são vendidas em quantidades de 9 em 9. Cada 9 fichinhas custam 10,00 euros.

Festival 04

Para ter acesso a área delimitada ao festival, localizado no meio da Grand Place, é necessário mostrar as fichinhas.

Com as fichinhas em mãos, é só ir parando de barraquinha em barraquinha. Cada barraquinha vai ter uma tabela com algumas informações, como: lista das cervejas vendidas, se a cerveja será servida “on draft” ou da garrafa e o preço equivalente em fichinhas de cada cerveja. Parece complexo, mas não é!

Festival 17

Então, por exemplo, ao chegar na barraquinha da Cervejaria Halve Maan (uma cervejaria de Gent), na tabela vai ter o nome das cervejas, se elas serão servidas on draft ou da garrafa e o preço (cada bolinha preta equivale a uma ficha). Se vc fizer questão de tomar a cerveja no copo desenvolvido especificamente pra essa cerveja, você deve entregar a ficha referente ao aluguel do copo e mais as crowncorks referente ao preço da cerveja. Ao terminar de tomar a cerveja, é necessário devolver o copo e a ficha referente ao aluguel desse copo é devolvida. Assim é só seguir pra próxima barraquinha e fazer o mesmo procedimento. Moleza, né?

Festival 05

Dica: Veja no site do evento a lista das cervejas e o preço de cada uma delas equivalente em fichinhas e compre as crowncorks necessarias apenas uma vez. A gente deixou pra ir comprando conforme a necessidade, e sério, depois das 16:00 horas a fila era gigante. No ultimo dia a gente desistiu e foi tomar cerveja no pub La Morte Subite que ficava a 1 quadra do nosso hotel. Para ver a lista das cervejarias, das cervejas e seu respectivo preço em crowncorks, clique aqui (ai é só clicar em “Click here to download the Beercard”).

Festival 06

Paralelo a isso, acontecem outros eventos pela cidade que também fazem parte desse festival. Então por exemplo:

No dia 02 de setembro, o que que chegamos em Bruxelas, teve uma celebração a St Arnould, o santo patrono das cervejas belgas, que aconteceu na Igreja de St Michael e Gudula. Depois teve outra celebração em frente a Prefeitura de Bruxelas e no fim do dia houve a abertura das barraquinhas de cerveja na Grand Place. Nós só fomos nas barraquinhas no final do dia, afinal, os outros eventos eram apenas para convidados.

Festival 10

Festival 11

Festival 15

No dia 03 de setembro, sábado, as barraquinhas de cerveja abriram por volta das 11:00 da manhã na Grand Place e a tarde, houve a Brewer’s Parade, uma espécie de desfile das cervejarias belgas pelas ruas de Bruxelas, chegando por volta das 14:00 na Grand Place. A gente não acompanhou todo o trajeto, mas um pouco antes da chegada do desfile ali na Grand Place a gente já estava apostos pra acompanhar tudo. Tem musica. É bem animado e divertido!

Festival 12

Festival 14

No dia 04 de setembro, ultimo dia do festival e nosso ultimo dia em Bruxelas, não participamos de nenhum evento, afinal, alugamos o carro cedo e seguimos viagem para a região da Valônia. Mas pelo que vi no site, a tarde teve outro desfile das cervejarias, com bandas pelas ruas de Bruxelas.

Festival 13

Festival 18

Se você gosta de cerveja, esse festival é imperdível. Se por coincidência estiver em Bruxelas, assim como nós, no primeiro final de semana de setembro, não perca esse evento, é super legal! Oportunidade única de provar diversas cervejas belgas on draft em um dos lugares mais bonitos do país, a Grand Place.

Festival 08

Obs.: Se quiser acompanhar como foi essa ultima edição do festival, veja a #BelgianBeerDay nas redes sociais.

** Precisando de hotel em Bruxelas? Inicie as pesquisas aqui.

** Precisando de seguro viagem? Inicie as pesquisas aqui.

** Precisando alugar um carro? Inicie as pesquisas aqui e/ou aqui.

Se você gostou das dicas, ao reservar hospedagem, seguro viagem e aluguel de carro aqui pelo blog, nós ganhamos uma pequena comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Obrigada! :D

Posts relacionados:

Todos os posts sobre a Bélgica

Todos os posts sobre Bruxelas

Siga o Blog Contando as Horas nas redes sociais:

no Instagram: @brunabartolamei

e curta nossa fanpage no Facebook: facebook.com/ContandoAsHoras

Bruna Bartolamei
Siga-me

Bruna Bartolamei

Catarinense, mas já morou em Curitiba (8 anos) e em Edimburgo, a capital da Escócia (quase 2 anos). Criou o blog pra contar um pouco mais sobre como foi o seu intercâmbio na terra dos Kilts e das Gaitas de Fole, e também, sobre suas viagens pelo mundo.
Bruna Bartolamei
Siga-me
Postado em Bélgica, Bruxelas - , , , , , , , , , , , , , , ,
Compartilhe
Deixe um Comentário
8 comentários em "Bruxelas: Belgian Beer Weekend, o Festival da Cerveja Belga"
  1. Darci   05/10/16 • 20h16

    Parabéns pelo artigo. “Viajei” junto com você! Tomei a liberdade de compartilhá-lo em minha página!

    • Contando as Horas   05/10/16 • 23h22

      Oi, Darci

      Obrigada pelo comentario e por compartilhar o post. O festival foi super legal, bem organizado e seguro. Recomendo!

  2. Clarissa   05/10/16 • 21h46

    Bruna, adoro seus posts. A Belgica está entre os destinos nas minhas próximas férias que será nesta época. Adorei a dica. Muito obrigada.

    • Contando as Horas   05/10/16 • 23h24

      Oi, Clarissa

      Legaaal, hein! Não deixa de ir mesmo. Vale muito a pena. Como disse no comentário anterior, o festival é muito legal, bem organizado e seguro. Recomendo!

    • ivan oliveira   19/12/16 • 12h08

      vou para o festival tbm ,quero ficar uns 20 dias quero ficar uma semana na belgica e depois ir para a republica tcheca e alemanha.

  3. Carol   19/08/19 • 13h22

    Olá Bruna! Tudo bem?
    Mês que vem estarei no festival e tenho duvida referente a banheiro e se pode entrar com comida.

    Obrigada :)

    • Contando as Horas   01/10/19 • 00h58

      Oi, Carol

      Cheguei um pouco tarde com a resposta..
      Acho que haviam aqueles banheiros químicos, não cheguei a usar, meu hotel era muito próximo. Quanto a comida, dava pra levar sim.

Blog Membro RBBV
Contando as Horas
Edimburgo! 💛💛💛
.
Se quando eu estava no Brasil e precisava atravessar o Atlantico, eu sempre estava por aqui, agora morando em Portugal, eu vou aparecer com muito mais frequência.
.
Como sempre, foi pouco tempo, mas o suficiente pra amenizar a saudade.
.
Melhor presente de aniversário (antecipado) que eu poderia dar a mim mesma. 😁😁😁 (Olha que a conversão não ta nada favorável: 1,00 libra = 5,14 reais 🤯).
.
Em 2020, eeeuu volto! 🏴󠁧󠁢󠁳󠁣󠁴󠁿💙☺️
.
📍Edimburgo, Escócia
.
#castelodeedimburgo #edinburghcastle #edimburgo #edinburgh #escocia #scotland #visitacotland #escocia2029 #eurotrip #outono #fall #autumn #loveautumn #proximaviagem #amoviajar #mulheresviajantes #travelgirl #essemundoenosso #meusroteirosdeviagem #brasileirosnaescocia #viagens #sourbbv #viajar #travel #picoftheday #helloescocia
#tbt Ano passado, exatamente nesse dia, eu chegava em Lisboa para colocar em prática tudo o que havia planejado nos meses anteriores.
.
Para quem tiver interesse em vir para Portugal com o visto D2 (visto de empreendedor), basicamente é necessário seguir os seguintes passos:
- Tirar o NIF (equivalente ao CPF no Brasil), nas Finanças ou na Loja do Cidadão. Precisa ir junto um cidadão português ou um estrangeiro, desde que possua a AR.
- Abrir uma conta pessoal (em pt-pt pessoa singular).
- Arrumar um contador (em pt-pt contabilista).
- Fazer a constituição da empresa no modelo “Empresa na Hora” na Loja do Cidadão (dar inicio na atividade, fazer a ata da empresa, assinar mil coisas, entre outros procedimentos).
- Abrir uma conta pessoa jurídica (pt-pt pessoa coletiva).
** Entre esses procedimentos, sao necessarios alguns dias. Se quiser aproveitar pra passear, é o momento. Eu fui a Rússia e a Escócia , enquanto aguardava ter tudo pronto para a Segurança Social.
- Fazer os procedimentos na Segurança Social.
** Nesse periodo, ja aproveite pra ir fazendo o plano de negócios (necessário para apresentar no Consulado no momento que for solicitar esse tipo de visto).
.
📍Azenhas do Mar, Portugal 🇵🇹
.
#azenhasdomar #oceanoatlantico #portugal #turismodeportugal #visitportugal #vidaemportugal #travelgirl #viajemais #essemundoenosso #mulheresviajantes #brasileirosemlisboa #instaviagem #viagemeturismo #cahemportugal #mar #meusroteirosdeviagem #sourbbv #revistaqualviagem #amoviajar #viajar #brasileirosemportugal #trabalharemportugal #eurotrip2019 #portugalovers #moraremportugal #vistod2 #arportugal #vistod2portugal #vidaemportugal #instaportugal
Parece que foi ontem, mas hoje completa 6 meses desde que cheguei em Portugal. 🇵🇹
.
Eu poderia fazer uma lista (interminável) de tudo que já fiz nesse tempo, mas pensei melhor e resolvi falar sobre o idioma.
.
- Os portugueses atendem ao telemóvel falando “estou”, e nós atendemos o celular falando “oi”.
- Eles falam partilhar e nós falamos compartilhar.
- Eles dizem frigorífico, e nós geladeira.
- Os portugueses vão a casa de banho, os brasileiros vão ao banheiro.
- Eles atravessam a rua na passadeira, e nós na faixa de pedestres.
- Os portugueses compram sandes, gelado e sumo, e nós sanduiche, sorvete e suco.
- Eles tomam chá em uma chávena, nós tomamos chá em uma xícara.
- Eles dizem súshi e nos, sushí.
- Os portugueses são giros (estou fazendo uma moral 😅😅😅), os brasileiros são gatos.
- As portuguesas são fixes, as brasileiras são legais.
- As portuguesas usam cuecas (essa é difícil de acostumar hahaah), e as brasileiras usam calcinhas.
- Os portugueses dizem que fizemos perguntas parvas, e nós dizemos que eles respondem idiotices.
- Os portugueses dizem gajo e rapariga, e nós (no sul do Brasil) guri e guria.
- Eles andam de métro, autocarro, electrico e comboio, e nós de metrô, ônibus, bondinho e trem.
- Aqui as coisas são “sem piada”, no Brasil, as coisas são “sem graça”.
- Em Portugal existem jogadores chamados de guarda-redes e avançados, no Brasil são chamados de goleiros e atacantes.
- Em Portugal eles gritam golo, no Brasil gritamos gol.
- Em Portugal os jogadores usam camisola (ahahah essa tbm é dificil de acostumar), e no Brasil, camisa.
- Eles metem um “gosto” nas fotos do Ig e Facebook, nos colocamos um “curtir”.
.
Com certeza já aprendi muitas outras palavras, mas agora lembrei dessas.
.
Como dá pra perceber nessa listinha que vos (primeira vez que uso essa palavra na vida 🤣🤣🤣 nem sei se estou usando certo) escrevi, a língua portuguesa é igual, mas é diferente. 😅😅
.
Ah! E as despedidas: por email, sempre são com “melhores cumprimentos“, que substitui o famoso “atenciosamente” no Brasil, e por telefone (ainda tambem não me acostumei com essa) eles dizem: “com licença, beijinhos”.
.
Que venham os próximos 6 meses!
🇵🇹🇵🇹🇵🇹🇵🇹🇵🇹🇵🇹
.
📍Portugal 🇵🇹
50 tons de verde! 💚
.
Parece que estou sozinha no parque, mas 20 segundos depois passou por aqui um milhão de chineses. 😅😅😅
.
📍Plitvice, Croácia 🇭🇷
.
#plitvice #plitvicelakes #lagosplitvice #plitvickajezera #croacia #croatia #eurotrip #outono #nature #lakes #portugal #tapportugal #croatiaairlines #amoviajar #mulheresviajantes  #travelgirl #essemundoenosso #meusroteirosdeviagem #brasileirosnaeuropa #brasileirosnacroacia #viagens #travelphotography #sourbbv #viajar #travel #europa #picoftheday #euamoviajar #trilhas
Minha primeira viagem depois de me mudar para Portugal é para... Croácia! 🇭🇷😁 Achei uma passagem com preço bom e resolvi comprar de última hora.
.
Esse voo de Lisboa para Zagreb (capital da Croácia) é recente, existe desde abril desse ano. De Zagreb até aqui, o trajeto de ônibus/autocarro é feito em mais ou menos 2 horas.
.
Essa é minha 3x na Croácia, e dessa vez vim conhecer uma das maiores atrações do país: o Parque Nacional dos Lagos de Plitvice.
.
São 16 lagos e 4 tipos de trilhas, mas eu fiz as trilhas B e C (cor verde). Uma percorre os Lower Lakes e a outra, os Upper Lakes. Nem tudo fiz a pé, existe passeio de barco e ônibus/autocarro que percorrem algumas partes.
.
Dois dias são suficientes para conhecer as principais partes. E sééério, venham no outono. A cada 3 passos uma foto! 🍁🧡
.
📍Plitvice, Croácia 🇭🇷
.
#plitvice #plitvicelakes #lagosplitvice #plitvickajezera #croacia #croatia #eurotrip #outono #fall #autumn #loveautumn #nature #lakes #proximaviagem #portugal #lisboa #tapportugal #croatiaairlines #amoviajar #mulheresviajantes #travelgirl #essemundoenosso #meusroteirosdeviagem #brasileirosnaeuropa #viagens #sourbbv #viajar #travel #europa #picoftheday
No terceiro (e último dia) fizemos a trilha nos Passadiços do Paiva.
.
Essa trilha tem mais ou menos uns 8 km, e a maior parte do percurso é feita nessas estruturas de madeira que foram construídas ao longo da margem esquerda do rio Paiva.
.
Existem dois pontos de início: em Areinho e Espiunca. Nós optamos por começar em Areinho, pq apenas os primeiros 30 minutos são subida e o restante do trajeto é descida ou linha reta.
.
Pelo caminho encontramos cascatas, praias fluviais e falhas geológicas.
.
A entrada no parque é limitada e paga. Se comprar o bilhete pela internet sai mais barato (2,00 euros) e não corre o risco de ir até lá e não conseguir entrar no parque.
.
📍Passadiços do Paiva, Portugal 🇵🇹
.
#arouca #areinho #espiunca #passadiçosdopaiva #aroucageopark #turismocentrodeportugal #turismodeportugal #visitportugal #vidaemportugal #travelgirl #viajemais #mulheresviajantes #essemundoenosso #meusroteirosdeviagem #brasileirosemportugal #instaviagem #viagemeturismo #agenciadeviagem #amoviajar #viajar #summer #verao #veraoeuropeu #moraremportugal #viveremportugal #viajarfazbem #vamosviajar #travelphotography #portugaltrip #portugal2019
Contando as Horas