02.11
2016

Paraíba: Informações práticas

Cheguei de viagem segunda-feira e já estou aqui escrevendo o primeiro post sobre minha viagem ao Nordeste. Pra quem ainda não prestou muito atenção na Paraíba, vocês não sabem o que estão perdendo. Achei que não poderia ter começado minha primeiríssima viagem ao Nordeste melhor, afinal, achei a Paraíba super tranquila e muito organizada.

Jampa 01

Nesse post vou escrever as principais informações e dicas pra quem estiver pensando em conhecer esse estado nordestino. Vamos lá?!?! 

→ Localização

A Paraíba faz fronteira com outros três estados nordestinos, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Ceará. A sua capital é João Pessoa, localizada no litoral, bem no meio do estado, garantido uma grande facilidade nos deslocamentos, seja para as praias do litoral norte ou do litoral sul.

Jampa 07

Ponta do Seixas, parte mais oriental das Américas

→ Vacinas

Quem viaja a região norte do Brasil, precisa se vacinar contra a Febre Amarela. Eu procurei informações nesse sentido para o Nordeste também e não achei nenhuma resposta concreta. Como minha vacina de Febre Amarela tem validade por 10 anos, nem me preocupei com isso. Cheguei até a pensar em levar a carteira de vacinação, mas acabei não levando. Ninguém me pediu nada sobre vacinação, então acredito que não seja necessário levar nada.

Jampa 11

Praia de Coqueirinho, Litoral Sul

→ Melhor época (estações do ano)

O Nordeste tem duas estações: a seca e a chuvosa. Os meses de seca vão de setembro a fevereiro, enquanto a estação chuvosa vai de março a agosto. Todas as pessoas com quem conversei foram unanimes: os meses que mais chovem são junho, julho e agosto, época que é considerada inverno por lá. Além de chover mais que o normal, venta muito e dizem que as águas do mar ficam turvas, o que prejudica bastante alguns passeios.

Além disso, para aproveitar bem as praias do Nordeste é necessário ficar atento a tábua das marés e as fases da lua. Eles interferem nas condições do mar e em muitos passeios. Vou falar melhor sobre esse assunto em um próximo post, mas já fica a dica.

Enfim, como essa foi a minha primeira viagem ao Nordeste, o que posso falar é o seguinte: eu fui no mês de outubro, peguei a tábua das marés e fases da lua favoráveis, o clima estava ótimo, apenas 1 dia estava nublado/chuva, o restante dos dias, todos com céu azul e muito sol.

Uma observação importante: o dia começa cedíssimo no Nordeste, por volta das 05:00 da manhã já tem sol e o por do sol também acontece super cedo, lá pelas 17:00. Portanto, levante cedo se quiser aproveitar as praias nordestinas.

Jampa 10

Praia de Tambaba, Litoral Sul

→ Diferença de fuso horário

Normalmente o fuso horário é o mesmo que aqui no Brasil a maior parte do tempo, exceto quando entra em vigor o horário de verão. Quando os estados aqui do sul estão com o horário de verão, a diferença de horário é de 1 hora, ou seja, lá na Paraíba é 1 hora a menos que aqui na região sul do Brasil.

Jampa 03

→ Como ir até a Paraíba

Quem mora aqui no sul do Brasil certamente chegará a Paraíba de avião. Por não ser um estado muito popular por aqui, a maioria dos voos exige uma conexão pelo caminho, que geralmente acontece em São Paulo.

Jampa 02

Se caso as passagens ou as milhas estiverem caras, outras duas boas opções são: ir até Natal ou Recife e de lá seguir viagem de carro ou ônibus a Paraíba.

No meu caso, meu roteiro ficou assim:

– Trecho de ida: Floripa – conexão no Aeroporto de Congonhas – João Pessoa.

– De João Pessoa a Recife de ônibus, são apenas 120 km de distância (a menor distância entre capitais em todo o Brasil).

– Trecho de volta: Recife – conexão no Aeroporto de Guarulhos – Chapecó.

IMG_1486

Eu comprei minhas passagens com milhas Smiles, portanto, voei Gol todos os trechos. Gastei 48 mil milhas e apenas paguei as taxas de embarque que ficou em 55,36 reais.

→ Chegando em João Pessoa – Aeroporto Internacional Presidente Castro Pinto (IATA: JPA)

O Aeroporto Internacional Presidente Castro Pinto é o principal aeroporto da Paraíba. Ele está localizado na cidade vizinha de Bayeux, a 11 km do centro e 21 km da orla de João Pessoa.

Jampa 05

É um aeroporto super pequeno e tranquilo. Tem 2 andares, com algumas lojinhas e lanchonetes.

Esse aeroporto é administrado pela Infraero e as principais cias aéreas brasileiras voam pra lá, como a Tam, Gol, Azul e Avianca.

Jampa 06

→ Como ir do aeroporto até o centro de João Pessoa

Existem 3 formas de ir do aeroporto ao centro da cidade: ônibus (a opção mais barata, porém a mais demorada), táxi (a opção mais cara, porém mais rápida) e transfer (a opção intermediária e relativamente rápida).

Meu voo chegou em João Pessoa por volta das 15:30 e eu queria aproveitar o restinho da tarde pra fazer um reconhecimento da orla a pé, portanto, pra não perder muito tempo, optei por pegar um táxi.

Os taxis ficam no térreo, logo em frente ao desembarque (obviamente). Existe um funcionário que fica ali comandando todo o esquema, chamando os taxis e encaminhando cada pessoa / grupo para o seu determinado táxi. Achei bem organizado. Consegui um taxi rapidinho, acho que não esperei mais do que 3 minutos. O taxista era uma comédia, pena que não peguei o telefone dele. Em resumo, o trajeto fluiu super bem, sem engarrafamento ou algo do tipo. As estradas entre o aeroporto e a orla são ótimas. O valor da corrida é tabelado e eu paguei 85,00 reais (valor referente a outubro de 2016).

IMG_3362

Fortaleza de Santa Catarina, no Litoral Norte

→ Se deslocando por João Pessoa

Quem não estiver de carro em João Pessoa, terá apenas 4 opções pra se deslocar pela cidade: de táxi, de ônibus, de bicicleta ou a pé.

A maioria das coisas eu fiz a pé, peguei táxi poucas vezes, apenas quando queria ir a algum lugar mais longe (tipo quando foi a Ponta do Seixas e ao Evento de Turismo). O restante fiz tudo a pé. Não andei de ônibus nenhuma vez. Queria ter alugado uma bike, mas o tiozinho que aluga as bicicletas fica ali na orla apenas de manhã bem cedo ou mais pro final do dia (fica pra próxima!).

Os taxis e as distâncias não são caras/longas. Achei bem tranquilo conseguir táxi e me deslocar pela cidade. Não peguei engarrafamento nenhuma vez. Achei tudo muito tranquilo.

Jampa 16

→ Hospedagem em João Pessoa 

João Pessoa é uma cidade um pouco espalhada e pra facilitar, dá pra dividí-la em duas partes: Centro Histórico e a Orla.

Quando comecei a pesquisar onde iria me hospedar em João Pessoa, praticamente 98% das pessoas indicavam escolher algum hotel na Orla, fosse na Praia de Manaira, Praia de Tambaú ou Praia de Cabo Branco.

Se você olhar o mapa de João Pessoa, vai perceber que a melhor opção é a Praia de Tambaú, pois ela fica bem no meio de tudo. No lado esquerdo fica a Praia de Manaira (e segue para as praias do Litoral Norte), no lado direito fica a Praia de Cabo Branco (e é por onde a gente tem acesso as praias do Litoral Sul) e “nos fundos” fica o Centro Histórico e o Aeroporto. Melhor localização que essa, é impossivel.

Jampa 08

Praia de Tambaú visto do alto do Laguna Praia Hotel

Eu optei por dividir a minha hospedagem em duas partes. Fiquei em dois hotéis/redes de hotéis que são dali mesmo na Paraíba. Os primeiros dias fiquei no Laguna Praia Hotel (para ver esse post, clique aqui) e nos ultimos dias fiquei no Hotel Nord Luxxor Tambau (para ver esse post, clique aqui). Ambos ficam na Praia de Tambaú e estão localizados lado a lado. Essa região é muito boa, fica perto de bares, restaurantes, lojas e facilita muito para os passeios.

Outras opções que considerei foram: Se tivesse que me hospedar em Manaíra, teria reservado o Verdegreen Hotel. Na Praia de Tambaú, além desses hotéis que me hospedei, eu também gostei do Hotel Tropical Tambaú e do Hotel Village Premium João Pessoa. E na Praia de Cabo Branco, escolheria o Hotel Nord Luxxor Cabo Branco, Val Atlantic Hotel, Hotel Nord Easy Ondas do Altântico e o Hotel Nord Easy Imperial Suites.

No geral, João Pessoa tem boas opções de hospedagem, os preços são atrativos (achei bem justos) e alguns hotéis ainda, são bem novos, foram inaugurado há 2 ou 3 anos apenas. A grande maioria dos hotéis ficam na orla, de frente pro mar.

→ Quantos dias ficar em João Pessoa e na Paraíba

Tá ai uma pergunta dificil de responder, pq depende muito do que for fazer lá. Agora que eu voltei de viagem eu posso dar uma opinião melhor sobre isso.

Eu estive na Paraíba para ir a um evento que aconteceria na sexta e no sábado. Eu cheguei em João Pessoa na segunda-feira anterior a esse evento, portanto, aproveite a terça, quarta e a quinta pra conhecer alguma, além da sexta e sábado, que eu tinha as manhãs livres, já que o evento começava somente a tarde.

IMG_3373

Jampa 13

Praia da Ponta de Campina, Litoral Norte

Meu roteiro ficou assim:

– Dia 01: Costa do Conde (litoral sul), onde percorri as 7 principais praias e mirantes dessa região. Também aproveitei pra esticar um pouco esse trajeto e fui até a cidade de Pitimbu, onde fica a Praia Bela. Para ver esse post, clique aqui -> Costa do Conde: As praias mais bonitas do Litoral Sul da Paraíba.

– Dia 02: Litoral Norte, onde visitei a Fortaleza de Santa Catarina, conheci algumas praias do litoral norte e vi o por do sol na Praia Fluvial do Jacaré.

– Dia 03: Piscinas Naturais do Seixas. Esse foi o único dia que peguei nublado / chuvoso, portanto, o passeio aconteceu, pq quando sai do hotel tinha um pouco de sol, mas na hora de pegar o catamarã, começou a chover. Nem vou escrever nada sobre esse passeio, pq não bati nenhuma foto e o passeio com chuva e ventania não teve a menor graça.

Dia 04: Dormir até um pouco mais tarde + Preparação pro evento + Evento de Turismo.

Dia 05: Passeio pelo Centro Histórico de manhã e a tarde Evento de Turismo.

Jampa 14

Centro de Convenções de João Pessoa

→ Os Paraibanos

Essa foi a minha primeira viagem ao Nordeste e obviamente não reconheço sotaque nenhum. Sei que a pessoa é nordestina, mas não sei dizer se ela é da Paraíba, do Ceará ou da Bahia, por exemplo. A maioria das vezes que conversei com alguém, sempre fiz questão de pedir se a pessoa era paraibana mesmo. Quase 98% das pessoas eram nascidas e criadas lá mesmo.

No geral, achei todo mundo muuuuito simpático e prestativo. A boa impressão já começou no avião, onde sentei ao lado de um casal e eles me deram várias dicas (inclusive me deixaram o telefone, caso precisasse de qualquer coisa, desde uma carona ou uma informação ou uma opinião sobre um restaurante), o tiozinho do taxi que peguei no aeroporto era uma comédia (meio estilo Dory do Procurando Nemo hahaha), o pessoal dos hotéis onde me hospedei, os taxistas, enfim, sou só elogios ao povo paraíbano. Certamente isso fez toda a diferença na minha viagem, afinal, viajei sozinha pra lá e estava meio apreensiva com muitas coisas.

Jampa 12

Orla de João Pessoa

→ Segurança em João Pessoa

Tá ai outra coisa que eu estava beeem apreensiva: a segurança no Nordeste. Na Paraíba, no geral, achei tudo muito tranquilo. Não sei se tive sorte ou se sou precavida mesmo, mas andei sozinha pela orla (de manhã bem cedo, de meio dia, final de tarde, algumas vezes com a máquina fotografica literalmente pendurada no pescoço) e não tive problema.

Fiquei hospedada a semana toda na Praia de Tambaú. No geral, achei essa regiao da orla de João Pessoa bem tranquila. Já no Centro Histórico fiquei um pouco apreensiva. Não me aventurei a ir lá sozinha, preferi pegar um motorista/guia pra ir comigo. Achei a área meio decadente e algumas partes com ares meio de abandonado, mas não senti medo em momento algum, mas fiquei mais ligada enquanto estava fazendo esse passeio. Na verdade, todas as pessoas foram unanimes com relação a passear no Centro Histórico. Me falaram pra tomar bastante cuidado, não ir sozinha e de preferencia ir com um guia e logo pela manhã (quando tem menos muvuca e ainda não é tão quente).

Em resumo, vale muito o bom senso e ser cuidadoso, afinal, mesmo João Pessoa sendo uma capital, me pareceu ser uma cidade muito tranquila. Eu fiquei bem atenta o tempo todo, procurei não chamar muito atenção e não tive nenhum problema.

Jampa 15

Por do sol na Praia Fluvial do Jacaré

→ Outros blogs

Enquanto estava organizando meu roteiro, alguns blogs que me ajudaram a entender melhor a Paraíba, foram: o blog Apaixonados por Viagens, o blog Para Viagem e o Revivendo Viagens. Passa lá pra conferir as fotos e as dicas deles! :D

** Precisando de hotel na Paraíba? Inicie as pesquisas aqui.

** Precisando de seguro viagem? Inicie as pesquisas aqui.

** Precisando alugar um carro? Inicie as pesquisas aqui e/ou aqui.

Se você gostou das dicas, ao reservar hospedagem, seguro viagem e aluguel de carro aqui pelo blog, nós ganhamos uma pequena comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Obrigada! :D

Posts relacionados:

Todos os posts sobre a Paraíba

Todos os posts sobre João Pessoa

Siga o Blog Contando as Horas nas redes sociais:

no Instagram: @brunabartolamei

e curta nossa fanpage no Facebook: facebook.com/ContandoAsHoras

Bruna Bartolamei
Siga-me

Bruna Bartolamei

Catarinense, mas atualmente morando em Curitiba-PR. Já morou em Edimburgo, a capital da Escócia por quase 2 anos. Criou o blog pra contar um pouco mais sobre como foi o seu intercâmbio na terra dos Kilts e das Gaitas de Fole, e também, sobre suas viagens pelo mundo.
Bruna Bartolamei
Siga-me
Postado em Brasil, Cabedelo, Conde, João Pessoa, Paraíba, Pitimbu
Booking.com
  1. Paula Ramos 03/11/2016 | 02:23

    Quem viaja para o nordeste do país, não é preciso se vacinar contra febre amarela.Não é pedido cartão de vacinação em nenhum estado da região.

    • Contando as Horas 03/11/2016 | 11:46

      Oi, Paula

      Ainda bem que nao levei minha carteira de vacinação então, seria mais uma coisa pra ficar me preocupando. Obrigada pelo esclarecimento.

  2. Dianne teles 03/11/2016 | 09:00

    Bom dia ,estou indo para Edimburgo dia 30 /11 com meus filhos Julia de 3 anos e Marcus de 10 anos …poderia me dar dicas sobre o transporte do aeroporto para o hotel e depois do hotel para o aeroporto

Deixe o seu comentário...