31.01
2017

Roteiro de 1 dia em Blumenau

Em outubro de 2016 eu estive mais uma vez em Blumenau, mas dessa vez, o que me levou até lá foi uma das maiores festas realizadas aqui em Santa Catarina, a Oktoberfest.

Pra quem nunca ouviu falar em Blumenau, a cidade está localizada no Vale do Itajaí, no norte do estado, a mais ou menos uns 120 km de Floripa. É a terceira cidade mais populosa de Santa Catarina (ficando atras somente de Joinville e Floripa, respectivamente), com um pouco mais de 330 mil habitantes.

DSC_5369

A cidade mais alemã do Brasil foi fundada por Hermann Bruno Otto von Blumenau, um imigrante alemão que chegou na cidade na metade do século 19. Com ele também vieram muitos outros imigrantes europeus, principalmente alemães e italianos. Por esse motivo, desde que a Oktoberfest foi criada em 1984, essa é uma das melhores oportunidades pra quem quiser visitar a cidade e vivenciar um pouco da cultura alemã que esta enraizada ali. 

DSC_5547

DSC_5543

A melhor maneira de começar a explorar a cidade é indo até as margens do rio Itajaí-Açu, um rio que atravessa literalmente toda a cidade. Existe um calçadão que margeia toda a extensão do rio, por onde é bem agradável de caminhar. Inclusive, ali tem alguns (poucos, é bem verdade) edifícios de estilo enxaimel.

DSC_5638

DSC_5633

DSC_5639

Seguimos caminhando até a Praça Hercílio Luz, local onde a cidade de Blumenau foi fundada. Nessa praça tem alguns monumentos e é também, onde fica o Museu da Cerveja.

Se alguém tiver interesse, do outro lado da rua, praticamente em frente ao Museu da Cerveja, fica o Mausoléu Dr Blumenau. Ali estão guardados os restos mortais do Dr Hermann Bruno Otto Blumenau, o fundador da cidade.

DSC_5344

O Museu da Cerveja existe desde setembro de 1996. O local é pequeno, são apenas três salas. É legal começar a visita indo direto ver um vídeo que fala um pouco sobre a história da cerveja, sua produção, sua relação com a cidade de Blumenau, entre outras coisas. O vídeo é rapidíssimo, coisa de uns 5 a 10 minutos, no máximo.

DSC_5343

DSC_5324

Nas outras duas salas estão objetos e peças de coleções que pertenciam a Cervejaria Feldman e a Cervejaria Brahma. Ali é possivel um painel que explica de forma bem resumida a história da cerveja, também da pra ver os ingredientes usados na sua fabricação, um esqueminha que explica como a cerveja é produzida, os equipamentos usados na sua fabricação, equipamentos que faziam a confecção de rótulos, além de alguns rótulos de vários tipos de cervejas da região. A visita é coisa rápida, acho que levamos uns 40 minutos pra conhecer. A entrada é gratuita.

DSC_5340

DSC_5328

DSC_5329

DSC_5330

Pertinho dali fica a rua XV de Novembro, a principal rua de comércio da cidade. Aqui também é possivel ver diversas construções com estilo enxaimel, característicos de construções alemãs. É nessa rua onde acontece os desfiles da Oktoberfest todos os anos.

DSC_5357

DSC_5364

Nessa rua ficam varias outras atrações da cidade, como por exemplo o Mausoléu Dr Blumenau, a Praça Dr. Blumenau, a Catedral São Paulo Apóstolo, o Castelinho Havan e o Teatro Carlos Gomes.

DSC_5365

DSC_5374

Um pouco mais adiante fica a Praça Dr Blumenau, que presta uma homenagem ao fundador da cidade através de um mosaico composto de pedaços de pisos e azulejos, que retrata o fundador da cidade. Em época de Oktoberfest, sempre tem uma bandinha alemã se apresentando nesse lugar.

DSC_5352

Mais adiante fica a Catedral São Paulo Apóstolo, considerada a principal igreja da cidade. Nesse local foi construído a primeira igreja de madeira da cidade. Atualmente, essa igreja de estilo diferentão a substituiu. Repare que a construção é super moderna. Apesar de ter traços mais simples, eu achei o interior bem bonito, especialmente o altar. A entrada é gratuita.

DSC_5470

DSC_5487

DSC_5473

DSC_5475

Como essa igreja foi construída em uma parte mais elevada, ela tem uma especie de esplanada de onde se tem ótimas vistas da cidade, principalmente na rua XV de Novembro.

DSC_5488

Um pouco mais adiante fica o Castelinho Havan, que é uma replica perfeita da prefeitura de Michelstadt, na Alemanha (é bem parecida mesmo!). Atualmente ali tem uma loja da Hering. Durante a Oktoberfest, a maior parte da muvuca acontece aqui nessa região.

DSC_5368

DSC_5371

Algumas quadras adiante fica o Teatro Carlos Gomes, considerado o principal teatro da cidade. Ali aocntecem diversos eventos, apresentações e pequenos festivais. A gente não visitou, mas fica a dica!

DSC_5511

DSC_5516

E por fim, no final da rua XV de Novembro, fica a Praça Victor Konder, local onde estão outras três atrações da cidade: a Prefeitura (com estilo enxaimel, é uma das construções mais fotografadas da cidade!), a Macuca (a primeira locomotiva da cidade, que foi trazida da Alemanha) e o relógio de flores (construído para comemorar os 150 anos da fundação da cidade. Pena que não consegui fotografar pq era onde estavam diversos policiais que faziam a segurança da Oktoberfest. Não ia chegar ali e mandar todo mundo sair pra eu tirar uma foto, né!?!? :D

DSC_5549

Uma boa maneira de terminar o passeio pela cidade é indo até a Vila Germânica, local onde acontece a Oktoberfest todos os anos. Ali, além dos pavilhões, também tem o Empório Vila Germânica, uma área com varias lojinha, bares e restaurantes de comidas e bebidas tipicas que estão localizados em construções de estilo alemão. Super bonitinho!

DSC_5518

Além disso tudo que conheci, existem outras atrações na cidade que ficaram de fora do meu roteiro, mas talvez possa interessar a outras pessoas, como por exemplo, o Museu da Água, o Museu Hering e o Parque Ramiro Ruediger.

→ Dicas de Restaurantes

Durante os 2 dias que ficamos em Blumenau, nós almoçamos em restaurantes no centro da cidade e a noite, na Vila Germânica, onde acontece a Oktoberfest.

DSC_5345

No primeiro dia nós almoçamos no Thapyoka, um restaurante que apesar de ter um nome brasileiro e um escrito meio japonês (haha né?) serve buffet livre e pratos a la carte com um toque alemão. A gente queria entrar na vibe da Oktoberfest, e pedimos pratos alemães a la carte, como salsicha e joelho de porco acompanhado de chucrutes e purê de batata. E é claro, muita cerveja local pra acompanhar tudo isso! Esse restaurante é enorme, o atendimento é bem agilizado e a comida estava muito boa. Ele está localizado na Praça Hercílio Luz, de frente pro Museu da Cerveja.

IMG_1260

IMG_1252

No outro dia, almoçamos no Polpetta – Pão com Bolinho, um restaurante com um estilo meio de bar, que serve sanduíches de almondegas feitos de vários sabores. Nós pedimos as almondegas de linguiça blumenau e cerveja Eisenbahn pra acompanhar. O lugar é bem pequeno, tem poucas mesas, tava lotado, a comida estava muito boa e o atendimento estava excelente. Esse lugar está localizado na rua Cap. Euclídes de Castro, mais conhecido por calçadão da Bruckheimer.

IMG_1349

IMG_1348

Obs.: No próximo post vem todas as dicas sobre a Oktoberfest de Blumenau!

** Precisando de hotel em Blumenau? Inicie as pesquisas aqui.

** Precisando de seguro viagem? Inicie as pesquisas aqui.

** Precisando alugar um carro? Inicie as pesquisas aqui e/ou aqui.

Se você gostou das dicas, ao reservar hospedagem, seguro viagem e aluguel de carro aqui pelo blog, nós ganhamos uma pequena comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Obrigada! :D

Posts relacionados:

Todos os posts sobre Santa Catarina

Todos os posts sobre Blumenau

Siga o Blog Contando as Horas nas redes sociais:

no Instagram: @brunabartolamei

e curta nossa fanpage no Facebook: facebook.com/ContandoAsHoras

Bruna Bartolamei
Siga-me

Bruna Bartolamei

Catarinense, mas já morou em Curitiba (8 anos) e em Edimburgo, a capital da Escócia (quase 2 anos). Criou o blog pra contar um pouco mais sobre como foi o seu intercâmbio na terra dos Kilts e das Gaitas de Fole, e também, sobre suas viagens pelo mundo.
Bruna Bartolamei
Siga-me
Postado em Blumenau, Brasil, Santa Catarina
Booking.com
Deixe o seu comentário...