18.04
2017

Moscou: Parque Kolomenskoye

Quem quiser fugir um pouco das principais atrações do centro de Moscou e tiver interesse em conhecer algum parque da cidade, eu fortemente indico uma ida a Kolomenskoye ou em russo, Коломенское, localizado a 15 km ao sul da capital russa.. É imperdível!

DSC_2293

Durante o século 13, essa região era um pequeno povoado formado por refugiados que vieram de Kolomna, durante o período de guerras contra o Império Mongol. Depois, por décadas, passou a ser usado como área de caça pelo moradores locais. E durante o século 16, foi transformado em residencia de verão dos Czares russos. 

DSC_2328

Mas a história mais interessante fica por conta da época em que a Rússia era comandada pelo Czar Basil III. Ele casou e queria a qualquer custo um filho homem. Os anos passaram e nada aconteceu. Chegou a prometer a construção de uma igreja, caso tivesse um filho homem. Alguns anos se passaram, até que Ivan, o Terrível nasceu. O Czar Basil III cumpriu sua promessa e mandou construir a Igreja da Ascensão, considerada a principal atração desse parque e que em 1994 foi declara Patrimônio Mundial da Unesco, por ser um a primeira construção desse tipo da Rússia.

DSC_2287

Vale dizer que o parque é gigaaaante e pra quem não tiver pique ou por algum motivo não quiser caminhar ele por completo, existem duas estações de metro localizadas em cada uma das das suas extremidades. Nos começamos nosso passeio descendo na estação de metro Kolomenskoye para conhecer a Igreja da Ascensão e outras atrações nos arredores e depois pegamos o metro novamente e descemos na estação de Kashirskaya, onde fomos conhecer o Palácio de Verão dos Czares Russos.

kolomenskoye

Em Kolomenskoye, além de caminhar por um parque bem cuidado, é possivel conhecer algumas igrejas, palácios e museus.

DSC_2283

Nossa visita começou desembarcando na estação de metro de Kolomenskoye. Dali até a entrada do parque são mais ou menos uns 15 a 20 minutos de caminhada (se vc der sorte de sair pela saída mais próxima a entrada do parque).

IMG_8648

Chegando no portão de entrada do parque, existe um detector de metal, é preciso passar por ali primeiro para ter o acesso liberado. Repare que no lado direito tem uma placa gigaaante com um mapa do parque. Olhe bem a placa ou tire uma foto, será muito útil pra depois se situar melhor por lá.

DSC_2327

Quem quiser ir direto ao ponto, suba as escadas que estão praticamente em frente ao portão de entrada. Um pouco mais adiante a gente já vê a primeira igreja, a Igreja de Nossa Senhora de Kazan, construída durante o século 17 para comemorar a vitoria dos russos contra os poloneses na conquista da cidade de Kazan.

DSC_2285

Continuando pelo mesmo trajeto, logo se chega ao Portão de Entrada ou Front Gate, portão usado como principal entrada dos membros da realeza no local.

DSC_2289

Ali é possivel conhecer a Torre do Sino, que servia de campanário da Igreja da Ascensão…

DSC_2297

A Torre da Água, que capturava a água do rio Moscou, que passa ali em frente, para ser usada no palácio de verão…

DSC_2301

E a famosa Igreja da Ascensão construída em comemoração do nascimento do Czar Ivan, o Terrível. Essa igreja tem 62 metros de altura e foi totalmente construída com pedra branca. Visivelmente é possivel notar que ela tem um estilo bem diferente de outras igrejas ortodoxas russas, o que lhe garantiu ser declarada como Patrimônio Mundial pela Unesco. Por várias desadas ela foi usada como capela pelos membros da realeza russa.

IMG_8652

E ainda, é possivel ver de longeee a Igreja de São João Batista, construída durante o reinado do Czar Ivan, o Terrível, para comemorar a sua subida ao trono. A gente não foi até lá, ela fica bem no meio do parque e pelo que vi em fotos, o acesso é feito por umas escadas vermelhas. Quem não quiser ir até lá, dá pra fotografá-la a partir da Igreja da Ascensão.

DSC_2300

E não deixe de caminhar nas margens do rio Moscou, de onde dá pra ver um pouco da cidade de Moscou ao fundo. Com as cores do outono começando a aparecer, foi impossível não ir até lá fotografar.

DSC_2304

DSC_2308

Essa primeira parte da visita terminou aqui. Voltamos ao metro e seguimos em direção da próxima parada e descemos na estação de Kashirskaya. Da estação até a entrada do parque foi mais rápido, acho que levamos uns 10 minutos de caminhada. Assim como no outro portão de acesso ao parque, aqui também tivemos que passar por um controle de segurança. Coisa rápida, é só passar pelo detector de metal, não precisa tirar casaco ou abrir bolsa, por exemplo.

DSC_2247

DSC_2276

Aqui nessa parte do parque viemos especialmente pra conhecer o Palácio de Verão dos Czares Russos, também chamado de Palácio Real do Czar Alexey Mikhailovich. Alexey Mikhailovich era pai do Czar Pedro I, segundo Czar da dinastia Romanov a usar esse palácio como residencia de verão.

IMG_8630

O que chama atenção nesse palácio é que ele é todo feito de madeira e reza a lenda, que não foi usado um único prego na sua construção. Mas o que costuma chamar mais atenção são as suas torres verdes, que dão todo um destaque ao palácio.

DSC_2254

Hoje em dia esse palácio foi transformado em um museu, onde é possivel conhecer uma ala do palácio e alguns museus de temas aleatórios.

DSC_2277

Além do Palácio de Verão, esse parque tem outras 4 construções todas feitas de madeira que foram trazidas de outras partes do território russo, e uma delas (que a gente não visitou) é a Casa de Pedro I.

DSC_2252

Apesar de ser um parque localizado dentro da cidade de Moscou, muitas pessoas tratam esse lugar como um bate-volta. O tempo de deslocamento de metro a partir dos arredores da Praça Vermelha até lá é de uns 20 minutos. E o tempo de visita do parque depende muito de cada um, acho que nos ficamos mais ou menos umas 2 horas por lá.

DSC_2257

A entrada no parque é gratuita, mas algumas atrações cobram taxa simbólica.

IMG_8633

Se você quiser ver um post completíssimo sobre Kolomenskoye (inclusive foi esse post que me convenceu a colocar esse parque no nosso roteiro), é só visitar o blog russo Posnamka -> Kolomenskoye Park: Historical, Architectural Open Air Museum and Reserve in Moscow (obviamente, escrito em inglês).

** Precisando de hotel em Moscou? Inicie as pesquisas aqui.

** Precisando de seguro viagem? Inicie as pesquisas aqui.

** Precisando alugar um carro? Inicie as pesquisas aqui e/ou aqui.

Se você gostou das dicas, ao reservar hospedagem, seguro viagem e aluguel de carro aqui pelo blog, nós ganhamos uma pequena comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Obrigada! :D

Posts relacionados:

Todos os posts sobre a Rússia

Todos os posts sobre Moscou

Todos os posts sobre St Petersburgo

Siga o Blog Contando as Horas nas redes sociais:

no Instagram: @brunabartolamei

e curta nossa fanpage no Facebook: facebook.com/ContandoAsHoras

Bruna Bartolamei
Siga-me

Bruna Bartolamei

Catarinense, mas já morou em Curitiba (8 anos) e em Edimburgo, a capital da Escócia (quase 2 anos). Criou o blog pra contar um pouco mais sobre como foi o seu intercâmbio na terra dos Kilts e das Gaitas de Fole, e também, sobre suas viagens pelo mundo.
Bruna Bartolamei
Siga-me
Postado em Moscou, Rússia
Booking.com
Deixe o seu comentário...