04.05
2017

Mato Grosso: Informações práticas

Depois de muuuuito anos, agora no final de abril estive novamente no estado do Mato Grosso pela ultima vez. A minha passagem por lá foi super rápida, fiquei exatos 6 dias. Além de ir a Cuiabá participar de uma feira de turismo, também tive a oportunidade de ir a Alta Floresta, conhecer mais um hotel de selva (tema para os próximos posts).

mato grosso 16

O estado do Mato Grosso faz parte da região Centro-Oeste. É o terceiro maior estado do Brasiiil. Dá pra acreditar? Fica atras somente do Amazonas e do Pará.

Mato Grosso é famoso por ter três ecossistemas diferentes: Cerrado, Pantanal e Floresta Amazônica (nessa viagem, só fui até a Amazônia Mato-grossense). 

mato grosso 2

Mas vamos ao que interessa, as informações práticas:

→ Vacinas

Quando estava organizando essa viagem ao Mato Grosso, cheguei a pesquisar se havia necessidade de tomar alguma vacina. O site de turismo do estado recomenda que se tome apenas a vacina contra a Febre Amarela. Eu já tenho vacina contra a Febre Amarela. Então nem me preocupei mais com isso!

mato grosso 9

→ Melhor época (Estações do ano)

O estado do Mato Grosso vive apenas duas estações: a seca e a chuvosa (que por lá também é chamada de estaçao verde).

Como dá pra imaginar, viajar ao Mato Grosso entre os meses de novembro até maio é garantia de pegar chuva praticamente todos os dias.

mato grosso 3

Já quem for na época da seca, entre os meses de junho e novembro, consegue aproveitar muito mais, pois praticamente não cai uma gota de água durante todos esses meses. Mas se prepare, que o calor é de matar. Facilmente os termômetros marcam mais de 45 graus.

A maior diferença que notei entre o Mato Grosso e o Amazonas (os dois lugares mais quentes que já fui até hoje) foi que, enquanto no Amazonas o clima é umido, no Mato Grosso, é seco.

→ Como ir até o Mato Grosso 

Existem diversas formas de ir até Cuiabá: de carro, de ônibus (ultima opção, fica longe de tudo!!) e de avião.

mato grosso 12

Obviamente que a partir daqui de Santa Catarina, eu fui de avião. Voei Gol, pq consegui emitir as passagens com milhas. O trecho de ida custou um pouco mais caro (comprei muito perto da data da viagem) e gastei 18 mil milhas. O trecho da volta custou 10 mil milhas.

Outras cias aéreas que também voam pra Cuiabá além da Gol, são: Azul, Avianca e Tam.

mato grosso 6

Já para ir até Alta Floresta, a unica opção é voar com a Azul. Esse trecho paguei pelas passagens, que me custaram em torno de 235,00 reais / trecho. Os horarios desses voos da Azul entre Cuiabá e Alta Floresta são otimos, sempre por volta do meio dia.

→ Chegando em Cuiabá – Aeroporto Internacional de Cuiabá – Marechal Rondon (IATA: CGB)

O aeroporto de Cuiabá, na verdade, está localizado na cidade vizinha de Varzea Grande, a 10 km do centro da capital do estado do Mato Grosso.

O aeroporto é super pequeno e tem apenas 2 andares: O Primeiro andar: é onde fica o desembarque, o check-in e o ponto de taxi. Segundo andar: é onde ficam algumas lojas, lanchonetes e o portão de embarque. O acesso ao segundo andar é feito tanto por elevador como por escada rolante.

Super tranquilo! Não há necessidade de chegar com muita antecedência, afinal, como já mencionei, o aeroporto é muito pequeno.

→ Como ir do aeroporto ate o centro de Cuiabá

Existem apenas 2 formas de ir do Aeroporto até o centro de Cuiabá ou vice-versa: de ônibus e de táxi. Eu optei por me deslocar nesse trecho usando táxi.

mato grosso 18

Pra ir do Aeroporto até o Hotel, eu solicitei um táxi no guiche do aeroporto. O táxi tem valor fixo de 65,00 reais (valor de abril de 2017) e é pago em dinheiro ou cartão ali no guiche mesmo. É entregue o comprovante de pagamento, que tem 2 partes: uma ficou comigo e a outra entreguei ao primeiro taxista da fila. Minha opinião: achei que valeu a pena pagar os 65,00 reais. Como cheguei no horario de pico, por volta das 18:00, peguei um pouco de transito. Certamente o valor teria dado mais alto do que paguei.

Na volta, quando fui do hotel ao aeroporto, peguei um taxi na frente do hotel mesmo. Era domingo de manhã, a cidade estava deserta. Paguei 45,00 reais (valor de abril de 2017).

→ Se deslocando por Cuiabá

Eu cheguei em Cuiabá na véspera do feriado de Tiradentes e fiquei por lá até no domingo. Como a cidade estava deserta, optei por pegar um taxi pra conhecer os principais pontos turisticos. Gastei 60,00 reais por quase 2 horas de passeio. O taxista foi ótimo, meu explicou diversas coisas e ainda desceu em todos os lugares pra me acompanhar enquanto eu tirava minhas fotos. Adorei!

mato grosso 10

Pra ir e voltar da feira também acabei usando só taxi mesmo. Acho que não ia ter coragem de pegar busão ou andar a pé naquele calorzão de quase 35 graus.

→ Diferença de Fuso horário

O Mato Grosso sempre tem uma hora de diferença com relaçao aos estados aqui do sul do Brasil. A diferença de fuso horario é de 1 hora a menos por lá.

Quem for nos meses que o horario de verão está em vigor, o Mato Grosso também adota. Porta to, lá continuará sendo 1 hora a menos com relaçao a região sul do Brasil.

mato grosso 5

→ Protetor Solar e Repelente

Nos dias que fiquei em Cuiabá usei apenas filtro solar. Repelente nao foi necessário. Não levei nenhuma mordida de pernilongo.

Já nos dias que passei em Alta Floresta, na região da Amazônia Mato-grossense, usei filtro solar e repelente. Nas margens do rio e no hotel era tranquilo, não tinha mosquito. Já nas trilhas na Floresta e no alto das Torres de Observação, os mosquitos me atacaram. Levei vááárias mordidas.

mato grosso 13

→ Quantos dias ficar em Cuiabá e na Floresta Amazônica

Em Cuiabá eu fiquei 2 dias inteiros, mas fiquei todo esse tempo pq participei de uma feira de turismo. Mas um dia inteiro é suficiente pra visitar as principais atrações da cidade, na minha opinião.

Já em Alta Floresta, porta de acesso à Amazônia Mato-grossense, eu recomendo ficar pelo menos 2 dias inteiros em um desses Hoteis de Selva (Jungle Lodges). Eu me hospedei no Cristalino Lodge, fiquei 3 noites / 2 dias inteiros. Foi na medida. Deu pra fazer uma programação com varias opções, o roteiro ficou bem diversificado.

mato grosso 15

→ Os Mato-grossenses

Por incrivel que pareça, quase não tive contato com nativos. A maioria das pessoas com quem conversei eram aqui do sul do Brasil ou do sudeste (encontrei até alguns estrangeiros por lá).

Apenas os taxistas que peguei em Cuiabá eram nascidos lá mesmo. Mesmo não tendo conhecido muitos mato-grossenses, a impressão que tive foi bem positiva. Todos muito falantes e prestativos.

mato grosso 7

→ Segurança em Cuiabá

Mulher viajando sozinha pelo Brasil sempre é motivo de preocupação, certo? Não vou mentir, mas antes de viajar, eu estava um pouco apreensiva com esse assunto.

Felizmente na prática a coisa foi muuuuito tranquila. Não tive nenhum problema por nenhum lugar que passei, tanto em Cuiabá como na Floresta Amazonica Mato-grossense, em Alta Floresta.

Se vc estiver com algum receio em fazer uma viagem pra lá, pode ir bem despreocupado. Obvio que é necessário tomar alguns cuidados basicos, mas nada muito exagerado, beirado a paranoa.

** Reserve seu hotel no Mato Grosso aqui.

** Reserve seu seguro viagem aqui.

** Alugue seu carro no Brasil ou no exterior aqui e/ou aqui.

Se você gostou das dicas, ao reservar hospedagem, seguro viagem e aluguel de carro aqui pelo blog, nós ganhamos uma pequena comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Obrigada! :D

Posts relacionados:

Todos os posts sobre Mato Grosso

Todos os posts sobre Cuiabá

Todos os posts sobre Alta Floresta – Floresta Amazônica

Siga o Blog Contando as Horas nas redes sociais:

no Instagram: @brunabartolamei

e curta nossa fanpage no Facebook: facebook.com/ContandoAsHoras

Bruna Bartolamei
Siga-me

Bruna Bartolamei

Catarinense, mas já morou em Curitiba (8 anos) e em Edimburgo, a capital da Escócia (quase 2 anos). Criou o blog pra contar um pouco mais sobre como foi o seu intercâmbio na terra dos Kilts e das Gaitas de Fole, e também, sobre suas viagens pelo mundo.
Bruna Bartolamei
Siga-me
Postado em Alta Floresta, Brasil, Cuiabá, Mato Grosso
Booking.com
Deixe o seu comentário...