24.06
2017

Voando Lufthansa pela primeira vez

Quando eu comecei a organizar essa viagem a Europa, o meu principal destino era a Escócia. Mas como desde janeiro de 2017 eu abri a minha própria Agência de Viagens, eu achei que seria interessante aproveitar a oportunidade e fazer algo diferente no continente Europeu: um Cruzeiro Fluvial.

Para que esse meu roteiro com Cruzeiro Fluvial pelo Leste Europeu + Edimburgo fosse viável, a melhor opção (tanto em termos de horários como de preço) era voar com a Lufthansa.

Lufthansa 4

A Lufthansa faz parte da aliança Star Alliance, mesma que a Copa Airlines, Avianca, Brussels Airlines TAP, LOT Polish Airlines, SwissAir, só pra citar algumas que nós aqui em casa já tivemos oportunidade de voar.

Como todo mundo já sabe, a Lufthansa é a principal cia aérea da Alemanha e mesmo eu não ficando um dia sequer por lá nessa viagem, chegar no Aeroporto de Frankfurt (o maior do país) é uma ótima opção, pois eles tem vários voos diários para várias (senão todas) as capitais e principais cidades dos países do Leste Europeu. 

→ Os trechos voados com a Lufthansa

A melhor opção de cia aérea para essa minha viagem era a Lufthansa e os trechos que eu voei foram os seguintes:

– Ida: São Paulo – Frankfurt (conexão) – Bucareste

– Volta: Paris – Frankfurt (conexão) – São Paulo

Obs.: Os trechos internos de Budapeste para Edimburgo eu fiz com a cia aérea de baixo custo Jet2 e de Edimburgo para Paris com a Hop! a versão baixo custo da Air France para voos internos na Europa. Se quiserem review dessas cias aéreas de baixo custo, me avisem nos comentários. Elas tem várias regrinhas chatinhas e eu posso, com a minha experiencia, contar como foi voar com elas.

Lufthansa 10

→ Comprando a passagem

Eu comprei minha passagem com um pouco mais de 3 meses de antecedência (primeira vez na vida que comprei uma passagem tão encima da hora!!!!) no próprio site oficial da Lufthansa.

O site da Lufthansa é totalmente em português, o que facilita bastante. Além disso, o site é super didático, muito prático. Eu comprei minha passagem “múltiplos trechos”. Na hora de pagar, eu fiz o procedimento normal. Mas ao concluir a compra, veio uma mensagem dizendo: Por favor, entre em contato com nossa Central de Atendimento para finalizar o processo de pagamento parcelado dentro de 72 horas. Depois desse prazo, sua reserva será automaticamente cancelada. Eles também informam os números de telefones para ligar.

Na hora me deu um mega gelo. Pensei: Ih, ferrou! Já “vi esse filme antes”! Vai acontecer a mesma coisa que aconteceu com a Alitalia. Se você ainda não leu esse post, clique aqui: Voando Alitalia pela primeira vez.

Em resumo: Eu liguei lá, passei meu nome e código da reserva, confirmei os dados do pagamento e o numero de parcelas (dá pra parcelar em até no máximo 5x). E foi só. Como fiz isso na sexta a tarde, demorou até na segunda-feira pra vir a confirmação do pagamento por mensagem no celular. Ufa! Deu tudo certo! Graças a Deus! :D

Lufthansa 3

→ Check-in no Brasil

Quando eu cheguei em São Paulo no dia anterior a essa viagem internacional, eu até tentei ir no Terminal 3 fazer o check-in nas máquinas. Mas chegando lá, descobri que elas não existem para a Lufthansa.

O que eu resolvi fazer então, foi o seguinte: quando cheguei no hotel, baixei o app da Lufthansa e fiz o check-in por lá mesmo. Deu tudo certo.

No dia do embarque, cheguei em torno de umas 4 horas antes do horário do voo e apenas despachei minha mala e peguei o cartão de embarque. Super tranquilo!

Lufthansa 8

→ Check-in em Paris 

No voo da volta, eu deixei pra fazer meu check-in lá mesmo no aeroporto Charles de Gaulle. Os voos da Lufthansa partem do terminal 1 (terminal beeem mequetrefe, tem uma micro lojinha de Free Shop e duas lanchonetes apenas. Dá pra acreditar? Sorte que tinha wifi gratuito ilimitado, senão iria morrer de tédio! haha).

→ Aeroporto de Frankfurt

O aeroporto de Frankfurt (IATA: FRA) é considerado o terceiro maior aeroporto da Europa (ficando somente atras do Heathrow, em Londres e do Charles de Gaulle, em Paris) e hub da cia aérea alemã Lufthansa. Esse aeroporto tem 3 terminais, sendo que cada um deles tem subdivisões feitas por letras: A, B, C, D, E e Z.

Eu estive apenas no Terminal 1, onde na ida pra Romênia eu peguei o voo na subdivisão B e na volta, peguei o voo na subdivisão C.

Achei o Terminal 1 beeeeeeeeeeeeeeeeeeeeem fraquinho, pra não usar outro termo hahaha. Sério mesmo, achei muito pequeno, sem nada x nada pra fazer ou ver, exceto o wifi (de boa qualidade, diga-se de passagem) ilimitado e gratuito.

Lufthansa 5

Como não sai do aeroporto, na ida tive conexão de menos de 4 horas e na volta eram 5 horas, não sei falar nada sobre qual é a melhor opção para ir do aeroporto ao centro da cidade ou vice-versa. Nem cheguei a pesquisar!

Ah! Outra coisa que queria compartilhar aqui é o seguinte. No trecho da ida eu não precisei passar na imigração, apenas tive que passar no controle de segurança (detector de metais, scanner corporal e passaram uma vassourinha nas alças da minha bolsa). No trecho da volta passei no controle de passaporte (pois tava deixando a UE) e também tive que passar pelo controle de segurança (detector de metais e scanner corporal) antes de ter acesso a área de embarque.

→ Bagagem

Como eu voei de Classe Econômica, a Lufthansa permite despachar apenas 1 mala com até 23 kg. No trecho da ida, minha mala de tamanho médio saiu pesando quase 12 kg aqui do Brasil e voltou pesando praticamente 18 kg (culpa dos whiskys do meu pai!).

Quem for voar nas Classes Econômica Plus, Executiva ou Primeira classe, respectivamente tem direito a despachar 2 bagagens de 23 kg cada, 2 bagagens de 32 kg cada e 3 bagagens de 32 kg cada.

Já sobre as bagagens de mão, quem voa na Classe Econômica pode levar uma peça só e não pode passar dos 8 kg (o mesmo vale pra quem for viajar na Classe Econômica plus). Já quem viaja na classe executiva ou primeira classe, pode levar 2 bagagens de até 8 kg cada.

Lufthansa 13

→ Voando na Classe Econômica

Esse voo da Lufthasa que faz a rota para o Brasil é um 747 de 2 andares. Pelo que eu me lembre, essa foi a primeira vez que voei com esse tipo de avião. Pelo que pude perceber, no 2 andar fica a Primeira Classe e no 1 andar ficam as Classes Executiva, Econômica Plus e Classe Econômica.

Lufthansa 9

A Classe Econômica tem a configuração das poltronas: 3-4-3. Achei os bancos bem confortáveis, em ótimo estado de conservação (pareciam ser aviões super novinhos) e o espaço para as pernas eram bem ok. Tem tv touchscreen e local pra carregar eletrônicos embaixo do assento.

Lufthansa 11

Durante o voo foi servido duas refeições: janta e café da manhã. Além disso, ainda tinha lanchinho disponíveis durante a madrugada na cozinha.

Lufthansa 6

Ah!! Todos os trechos internacionais que compro, eu reservo meu assento. Tem um custo extra, na faixa de uns 15,00 euros, mais ou menos. Eu sei, é caro, mas prefiro pagar uns 100,00 e poucos reais a mais e ter certeza que vou sentar em uma janela. Afinal, é a única forma que eu consigo dormir, pq consigo encostar o travesseiro na janela.  Então, prefiro ter esse gasto e não me estressar no check-in!

→ Serviço de Bordo

O serviço de bordo da Lufthansa é bem legalzinho, mesmo pra quem viaja na classe econômica. Primeiro eles passam oferecendo lencinhos quentes pra limpar as mãos e em seguida é servido um lanchinho (mini-pretzels) com bebidas (sempre escolho água com vinho branco).

Lufthansa 1

Somente um tempinho depois é que a primeira refeição foi servida: a janta. Em ambos os trechos, haviam duas opções: carne ou massa. No voo da ida era carne de gado ou massa e na volta era frango ou massa, sempre acompanhados de uma salada, pão, sobremesa. Ja para o café da manha, só tinha uma unica opção, tanto na ida quanto na volta foi servido omelete (mas no trecho da volta o omelete era temperado, achei horrivel, não comi, essa foi a unica coisa que não gostei), acompanhado de pão, suco, iogurte e queijo.

Lufthansa 2

Além disso, ainda tinha lanchinho (mini-pretzels e cookies de chocolate) e bebidas (sucos e agua) disponiveis durante a madrugada na cozinha.

→ Entretenimento de Bordo

No voo da ida eu tava super descansada (tinha ganhado um late check-out no hotel), então aproveitei e dei uma olhadinha nos filmes, musicas e tudo mais. Além disso, ainda tem uma revista também. Achei ótimas opções e bem atualizadas!

Já no voo da volta, como tive que fazer uma mega manobra para estar lá pra pegar meu voo da Lufthansa com conexão em Frankfurt, eu tava literalmente morta a pau e não vi nada. So ouvi musica e dormi. Se a vôzona que tava do meu lado não me chamasse para jantar e tomar café da manha, tinha ficado sem comer! Obs.: Só pra esclarecer, eu iria ficar na França por 2 dias antes de seguir viagem pra Frankfurt pra vir embora pro Brasil. Mas acabou que perdi o prazo pra me inscrever em um negocio e tive que sair de Edimburgo no voo mais cedo possível, pra não perder meu voo no Aeroporto Charles de Gaulle.

Lufthansa 7

→ Considerações Finais

No geral, eu gostei bastante da experiência em voar com a Lufthansa. Achei os aviões novinhos, o atendimento (tanto no check-in como das aeromoças) suuuuper simpático e agradável. As comidas durante o voo estavam boas. O espaço dos bancos também achei ótimo. Enfim, gostei muito. Certeza que voltarei a voar com eles novamente!

Uma coisa que achei super estranho, que nunca tinha me acontecido até então, foi o seguinte: quando desembarquei na Alemanha (antes de pegar meu voo pra Romênia), na saida do finger, um senhor se apresentou dizendo ser da policia de imigração, pediu pra ver meu passaporte e pediu também o que eu estava indo fazer ali na Europa. Ele não usava nenhum uniforme ou crachá, achei bem estranho. Na duvida, mostrei o passaporte e apenas disse que iria para Romênia pegar um cruzeiro pelo rio Danubio e depois seguia viagem para o UK. Ele não disse nada, me devolveu o passaporte. Foi só isso! Alguém já passou por uma situação dessas?

Lufthansa 12

** Solicite um roteiro personalizado aqui.

** Reserve seu hotel no Booking aqui.

** Reserve seu Seguro Viagem com a Seguros Promo aqui.

** Alugue seu carro no Brasil ou no exterior aqui e/ou aqui.

Se você gostou das dicas, ao reservar hospedagem, seguro viagem e aluguel de carro aqui pelo blog, nós ganhamos uma pequena comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Obrigada! :D

Posts relacionados:

Todos os posts sobre a Alemanha

Todos os posts sobre Dicas de Viagem

Siga o Blog Contando as Horas nas redes sociais:

no Instagram: @brunabartolamei

e curta nossa fanpage no Facebook: facebook.com/ContandoAsHoras

Bruna Bartolamei
Siga-me
Postado em Alemanha, Bucareste, Dicas de Viagem, França, Frankfurt, Paris, Romênia - , , , , , , , , , , , , , ,
Compartilhe
Deixe um Comentário
16 comentários em "Voando Lufthansa pela primeira vez"
  1. Raquel   25/06/17 • 16h27

    Oi Bruna legal vc ter postado sua experiência de viagem, sempre com dicas boas e valiosas, mas quanto ao funcionário que abordou no aeroporto , mesmo a paisana ele deveria se identificar com um crachá, quando for solicitar os documentos de uma pessoa. Não ouvi ainda falar sobre isso, mas com esses tempos de segurança reforçada na Europa, tudo é possível né?! Bjs

    • Contando as Horas   25/06/17 • 22h20

      Oi, Raquel

      Verdade! Achei muito estranho. Ate pensei em pedir uma identificação, mas fiquei com medo de dar algum rolo. Só entreguei meu passaporte pra ele olhar pq tava dentro do aeroporto, ele nao fugiria com ele hehe Se não, jamais teria entregue e teria pedido uma identificaçao. Mas bem lembrado, pode ser algo de policiamento reforçado, mas nao vejo onde eu, vindo do Brasil, poderia ser uma ameaça. Mas enfim.. fica o alerta!

  2. Vitor   29/03/18 • 03h28

    Bruna, comigo aconteceu a mesma coisa qdo fiz conexão em Frankfurt, indo pra Lisboa. Mas vi que eles não abordaram todo mundo. Achei que devem ter me escolhido pq eu tava com um casaco da CBF! rsrs Mas eu fui mais cara de pau e soltei um “Sorry? Who are you?”. Aí, sim, a mulher mostrou a identificação dela hahaha. Foi estranho ser surpreendido assim, também nunca tinha visto esse tipo de abordagem, tão informal.

    • Contando as Horas   30/03/18 • 20h22

      Oi, Vitor

      No desembarque do meu voo eles também não abordaram todo mundo, eu fui a “premiada”. Mas nao tive a mesma coragem que vc. Hahaha Ao menos ja aconteceu com outras pessoas, deve ser algum novo procedimento de segurança.

    • Aila   16/04/18 • 12h51

      Oi, boa tarde! Como foi a sua imigração nesse aeroporto ? e quando chegou em lisboa foi tranquilo?

      • Contando as Horas   28/04/18 • 16h49

        Oi, Aila

        Ja fiz imigraçao em Lisboa outras vezes, mas nao foi nessa viagem com a Lufthansa. Nunca tive problema, sempre pediram motivo da viagem, quantos dias iria ficar e queriam ver a pssagem de volta.

        • Aila   30/04/18 • 13h02

          Ah, entendi. Mais você já fez conexão na Alemanha – Frankfurt, poderia me informar como foi? Estou com uma viagem marcada, porém estou com receio pois não falo fluentemente o inglês. Vou para lisboa com conexão em frankfurt.

          • Contando as Horas   05/05/18 • 12h11

            Oi, Aila

            Quando desembarquei em Frankfurt segui as placas de conexão, mudei de terminal me deslocando com um trenzinho (gratuito), quando cheguei no outro terminal, passei pelo controle de segurança e foi só.

            Não tive que passar na imigração.

            • Stephanne   12/09/18 • 13h09

              Olá. Vou viajar próxima semana para Paris e tenho uma conexão de 1h20m no aeroporto de Frankfurt. Contando que o tempo é muito curto, estou com receio de precisar passar na imigração em Frankfurt ao invés de Paris.No caso do seu voo, a imigração só foi no aeroporto da cidade de destino?

            • Contando as Horas   29/01/19 • 14h46

              Oi, Stephanne

              Quando você viaja para paises membros do acordo Schengen, vc passa na imigração no primeiro pais de destino. Nessa tua viagem, Alemanha e França fazem parte desse acordo, logo, a imigração é na Alemanha. Quanto ao tempo, eu nunca recomendo menos do que 3 a 4 horas de conexão entre um voo e e outro. Se acontecer qualquer imprevisto, vc ainda tem tempo de fazer as coisas com calma.

  3. Edvaldo Vieira   21/01/19 • 17h10

    Oi, vou fazer uma conexão em Frankfurt vindo de Roma (já pela LUFTHANSA). Vou chegar e partir do terminal 1, mas tem apenas 1 hora entre chegada e partida. Posso ter algum problema para pegar esse voo mesmo sendo da mesma companhia aerea?

    • Contando as Horas   29/01/19 • 14h47

      Oi, Edvaldo

      Teoricamente não, mas 1 hora é um tempo muito apertado. Nunca da pra saber o que vai acontecer. Espero que de tudo certo!

    • Betania   13/04/19 • 20h54

      Troquei recentemente um vôo pra Paris que faria pela condor e Lufthansa com conexão em Frankfurt onde o intervalo era de uma hora e vinte. Graças a Deus troquei a tempo. Viajo semana que vem pela airfrance direto pra Paris. Só na volta é que saio de Frankfurt pro Brasil com conexão em Paris mas com intervalo de cinco horas.

      • Contando as Horas   21/06/19 • 20h53

        Oi, Betania

        Sempre bom deixar bastante tempo de conexão, ao menos 4 horas. É mais tranquilo. Fez bem em aumentar o tempo de conexão.

        Obrigada pela visita aqui no blog!

  4. Marisa Felippe Marmitt   21/06/19 • 20h03

    Viajei pela Lufthansa em 2015
    São Paulo, Paris, Frankfurt , Madri foi a melhor viagem internacional que fiz… parabéns …

    • Contando as Horas   21/06/19 • 20h54

      Oi, Marisa

      Também adorei viajar de Lufthansa. Recomendo, cia aérea muito boa.

      Obrigada pela visita aqui no blog!

Blog Membro RBBV
Contando as Horas
Essa manhã eu teria embarcado para o Brasil. Além das 18 mil coisas que tinha planejado fazer em 10 dias, a mais importante era conhecer minha sobrinha 🥰 (e também, rever meus sobrinhos de quatro patas 🐕🐕 - não esqueci de vcs, não sou uma tia desnaturada 😁). A gente já tinha até planejado um churras com camarão empanado de entrada, lembra @yasminbartolamei ? 😂Otimização de tempo é tudo numa viagem. Impossível comer todas as coisas que tenho saudades (e repetir algumas) em apenas 20 refeições. 🤰🏻😅😆
.
Enquanto isso, depois de 52 dias de quarentena, estou aqui acompanhando Portugal deixar o estado de emergência e passar para o estado de calamidade, situação onde as medidas de isolamento ficam um pouco mais brandas para facilitar esse período de transição para a normalidade.
.
Eu espero que as pessoas não sejam irresponsáveis e sem noção nesse momento, pq o isolamento obrigatório pode voltar.
.
Ontem qdo sai de casa para comprar máscara (a partir de hj o uso é obrigatório em todos os ambientes fechados, como por exemplo, mercado, lojas, bancos, transporte público, entre outros), por exemplo, já vi uma cena que prefiro nem comentar. Além de todas as incertezas que o momento já nos coloca, certamente vamos precisar de muito mais sorte para lidar com esses seres irresponsáveis do que com o vírus.
.
Não vou me alongar muito nesse blablabla, pq a loucura dessa nova realidade está só começando.
.
Mas voltando a minha viagem.. Eu sei que meu pai estava contando os segundos pra ter alguém em casa pra implicar 🤣 e minha mãe estava ansiosa pelos nossos lanchinhos e risadas na madrugada (sim, somos duas 🦉🦉). Véééiooo e Véééiaaa.. em 2021 estarei ai! 🇵🇹✈️🙏🏽🇧🇷🤩
.
Essas foram as últimas fotos que tirei lá em casa, no Brasil, em fevereiro de 2019. ☺️
18.04.2020: UM ANO EM PORTUGAL! 🥰🥰🥰
🇵🇹🇵🇹🇵🇹🇵🇹🇵🇹🇵🇹🇵🇹
.
Queria escrever algo interessante sobre esse momento pra deixar aqui registrado, mas não ando muito inspirada. Como nessas últimas semanas tenho recebido algumas msgs relacionadas a pandemia/quarentena, vou falar sobre isso.
.
02 de março foram divulgados os primeiros casos de coronavírus em Portugal. Dia 11 de março a OMS declarou pandemia de coronavírus. Dito isso...
.
No inicio, o governo português declarou estado de alerta, logo na sequência foi declarado estado de emergência (já foi renovado 02 vezes).
.
Nos primeiros dias os mercados estavam um verdadeiro caos. Muitas pessoas. Muitas coisas faltando (principalmente papel higiênico, carnes, frutas e verduras). Nas últimas semanas a situação voltou a normalidade.
.
As atrações turísticas, lojas, restaurantes (seguem funcionando, mas no esquema de take away/entrega a domicílio), bares, academias, entre outros tipos de comércio fecharam suas portas e assim permanecem até então.
.
As Farmácias e os Mercados estão funcionando no esquema de sai 1 entra 1, portanto, exige paciência.
.
Os transportes públicos em Lisboa estão funcionando com horários reduzidos. Não andei mais de metro, mas li nos jornais que o acesso está liberado para todas as pessoas, as catracas estão livres. Também li que começaram a fazer controle de temperatura nas entradas das estações.
.
Os 3 principais aeroportos de Portugal (em Lisboa, no Porto e em Faro) fecharam durante o período de Páscoa. E nos demais dias estão operando apenas para pouquíssimos voos comerciais, mas principalmente para voos humanitários, de repatriação ou de transporte de mercadorias.
.
Lisboa está deserta. Se você sair de casa, independente do horário, parece sempre domingo 07:00 da manhã. Tudo vazio. Poucas pessoas nas ruas.
.
A maioria das pessoas tem usado luvas e máscaras. Eu não tenho usado, pq só tenho saido de casa para ir ao mercado e algumas vezes pra caminhar.
.
E pra todos que me mandaram msgs pedindo como eu estou: depois de 38 dias de quarentena, posso dizer que já ando um pouco entediada, mas estou bem. ☺️
.
Essas são algumas fotos que tirei ao longo desse ultimo ano. 😁
#tbt 2020, nós mal nos conhecemos e não estou gostando nada do que tem acontecido. 😰😰😰
.
2019 precisou de 12 meses pra ser ruinzinho. Já 2020, em apenas 3 meses, chegou metendo os dois pés nas costas. 😰😰😰 Meeedooo dos próximos 9 meses!!! 🤭
.
Se eu soubesse que 2020 seria assim, eu teria viajado o mês de janeiro inteiro pelas Arábias. 🤷🏻‍♀️😅😁
.
Eu sei que ninguém anda muito interessado em consumir dicas de viagens por esses dias, mas já vou deixar registrado aqui para os dias melhores que virão: Doha tem varios museus, mas sem dúvida, os 2 mais visitados, são: o Museu de Arte Islâmica (fotos) e o Museu Nacional do Catar. Se tiver que escolher apenas um pra visitar, eu recomendo o Museu Nacional do Catar, vale cada centavo (até pq, o valor dos bilhetes não são nada baratos). Já o Museu de Arte Islâmica vale mais pelo seu exterior.
.
📍Doha, Catar 🇶🇦
.
#museumofislamicart #doha #catar #qatar #orientemedio #middleeast #ficaemcasa #fiqueemcasa #stayhome #quarentenanaosaoferias #quarentena #quarentine #pandemia #seemydoha #mydoha #dohaqatar #dohainstagram #doha2020 #instadoha #qatar2022 #qatarphoto #essemundoenosso #travelgirl #mulheresviajantes #amoviajar #qatarairways #viajar #brasileirosnocatar #brasileirosnoqatar
Khor Al Abaid 🐪 🌵☀️⛺️
.
Existem diversos tours no deserto: para ver o sol nascer, dia todo (com almoço e algumas atividades), para passar a noite e para ver o por do sol (foi o que escolhi).
.
Água do mar é morninha e eu achei beeem mais salgada que o normal.
.
Nessa foto da pra ver as aguas do mar encontrando as areias do deserto. 💛
.
2 segundos antes dessa foto, enquanto eu me arrumava, esse camelo ousado tentou me dar um beijinho 😂😂😂 Quase morri do coração!! 😅
.
📍Catar 🇶🇦
.
#khoralabaid #catar #qatar #desertsafari #sunsetdesertsafari #alkhordesert #orientemedio #middleeast #essemundoenosso #travelgirl #mulheresviajantes #amoviajar #qatarairways #viajar #brasileirosnocatar #brasileirosnoqatar #viagemeturismo
Catar / Qatar 🇶🇦🇶🇦
.
Vim com expectativa altíssima e ainda assim me surpreendi com tudo que vi.
.
Amei a comida. Os árabes são muito de boa (só não da pra tirar foto haha). Quero comprar todos os caquedos que vejo nas lojas, acho tudo lindo. Temperatura sensacional nessa época.
.
Na foto: Deserto de Khor Al Abaid, localizado ao sul de Doha, na fronteira entre o Catar e a Arábia Saudita. É um dos poucos no mundo onde o mar invade as areias do deserto.
.
📍Catar 🇶🇦
.
#khoralabaid #catar #qatar #desertsafari #sunsetdesertsafari #alkhordesert #orientemedio #middleeast #essemundoenosso #travelgirl #mulheresviajantes #amoviajar #qatarairways #viajar #brasileirosnocatar #brasileirosnoqatar #viagemeturismo
2019 foi um ano com muitas coisas boas e algumas ruins, mas prefiro lembrar apenas dos melhores momentos. 😅☺️😁
.
Comecei o ano recebendo a notícia de que meu visto para morar em Portugal tinha sido concedido (sem necessidade de entrevista).
.
Coloquei a venda meu apartamento em Curitiba (já foi vendido).
.
Me mudei para Portugal (demorei mais do que o previsto para encontrar um apartamento como eu queria, mas valeu a espera, amo esse bairro onde eu vivo).
.
Estive na Croácia pela 3x (ainda quero ir mais uma).
.
Minha sobrinha nasceu (virei Dinda!!).
.
Voltei pela milésima vez a Escócia (Meu país preferido!!)
.
Voltei a Berlim (dessa vez para ver os mercadinhos de Natal).
.
E terminei o ano passando rapidamente por Londres (eu não queria, fui obrigada hahaha)
.
2019 me deu a oportunidade de viver esses bons momentos, mas sinceramente, não vou sentir saudade!
.
Seja muito bem-vindo 2020 (espero que esse ano seja muito melhor)!
.
Desejo a cada um de vocês um excelente ano de 2020, com muita saúde (o resto a gente sempre da um jeito)!!
.
🎊🥂🍾✈️💐💞
.
📍Lisboa, Portugal 🇵🇹
.
#felizanonovo #feliz2020 #lisboa #lisbon #lisboaportugal #lisbonportugal #portugal #visitportugal #vidaemportugal #travelgirl #viajemais #woman #essemundoenosso #igportugal #viajar #mulheresviajantes #brasileirosemportugal #instagramcml #viagemeturismo #agenciadeviagem #travelphotography #cahemportugal #lookdodia #lisboalovers #lisboacool #visitlisboa #meusroteirosdeviagem #lisboa_pt
Contando as Horas