21.07
2017

Romênia: Brasov, a porta de entrada para a região da Transilvânia

Junto com Bucareste e Sinaia, Brasov é uma das cidades mais visitadas da Romênia. Ela é considerada a porta de entrada para a Transilvânia, região que ganhou fama mundial com o livro Dracula, escrito pelo irlandes Bram Stoker.

brasov

Brasov está localizada no meio dos Montes Cárpatos e mesmo sendo considerada uma das cidades mais importantes da Transilvânia, ela tem aproximadamente 285 mil habitantes. 

DSC_9766_Fotor

brasov (7)

brasov (3)

Antes de qualquer coisa, Brașov se procuncia Braxóv (em romeno, essa letra ș tem som de x). A gente leva um tempo até se acostumar, mas depois é tranquilo de pronunciar assim.

brasov (6)

brasov (4)

brasov (5)

Com certeza, toda e qualquer visita a Brasov, vai ter inicio na Piata Sfatului, a Praça da Camara, considerada a principal praça da cidade. Ela tem uma localização ótima, fica exatamente no meio do caminho pra qualquer outra atração da cidade. É ali onde fica a Prefeitura da cidade, que hoje em dia abriga um museu, o Museu Municipal Histórico, que conta a história da cidade e exibe alguns achados arqueológicos encontrados nessa região. Eu não visitei o museu, mas fiquei um bom tempo ali na praça vendo o movimento. O clima é super agradável, cheio de crianças brincando e de pessoas sentadas nos restaurantes.

DSC_9671_Fotor

DSC_9663_Fotor

DSC_9764_Fotor

DSC_9664_Fotor

DSC_9666_Fotor

Ali do ladinho fica outra grande atração da cidade, a Biseria Neagră, a Igreja Negra, a principal igreja da cidade. Segundo a guia que me acompanhou nessa visita, ela recebeu esse nome pq sofreu um incêndio e ficou praticamente destruida. A visita é rapida, acho que levei uns 20 minutos. O principal destaque dessa igreja são as tapeçarias feitas na Turquia, que estão em exibição ao longo dos corredores. Além disso, também existem icones de santos da Igreja Ortodoxa Romena. Infelizmente não dá pra bater foto lá dentro. Mas achei a igreja super bonitinha. Valeu a visita!

brasov (1)

brasov (2)

brasov (3)

No trajeto até a Strada Sforii, a rua mais estreita da Romênia (e da Europa!!!), a gente passa por algumas torres da cidade, como a Torre Negra e a Torre Branca. Se quiser cortar caminho até a base do Monte Tâmpa, dá pra atravessar essa rua. Mas preste bem atenção enquanto estiver caminhando por ali, pq ela é tão estreita, que se a guia não fala, eu nem tinha notado a sua existência.

DSC_9698_Fotor

rua estreita brasov (1)

rua estreita brasov (2)

rua estreita brasov (3)

O Monte Tâmpa, com seus 865 metros é a montanha mais alta da cidade. É lá onde está o famoso letreiro estilo Holywood, com o escrito B R A S O V lá no alto da montanha. O acesso ao topo pode ser feito de 2 formas: a pé ou via teleférico. Eu optei por ir de teleférico.

DSC_9726_Fotor

DSC_9752_Fotor

A subida é super rapida, acho que não leva nem 5 minutos. Se comprar o ticket de ida e volta para andar no teleférico, fica mais barato. Mas também dá pra combinar as opções de ir de teleférico e voltar a pé, se quiser economizar.

DSC_9748_Fotor

DSC_9734_Fotor

DSC_9732_Fotor

Existem algumas trilhas para conhecer melhor a montanha, mas nós fizemos apenas a trilha que leva até o letreiro. Ela é super curtinha, coisa de 10 a 15 minutos de caminhada. Repare que lá no alto da montanha também tem uma bandeira gigante da Romênia, considerada uma das maiores do país.

DSC_9735_Fotor

DSC_9746_Fotor

DSC_9744_Fotor

DSC_9737_Fotor

DSC_9741_Fotor

DSC_9742_Fotor

E pra terminar minha visita a cidade, eu caminhei lado a lado ao longo de uma parte do que restou de uma muralha que circundava a cidade antiga de Brasov.

DSC_9717_Fotor

DSC_9720_Fotor

DSC_9713_Fotor

DSC_9723_Fotor

DSC_9755_Fotor

DSC_9758_Fotor

Ah, a quem interessar, também existe uma fortaleza do século 16, a Cetatuia Brasvului, que pode ser visitada. Quando eu estive lá, a guia me disse que ela estava fechada pq estavam fazendo alguns reparos. Não visitei, mas consegui avistá-la do alto do Monte Tâmpa. Fica a dica!

DSC_9722_Fotor

E claro, antes de pegar o ônibus que me levaria até a estação de trem, eu aproveitei pra sair andando sem rumo pelas ruazinhas do Centro Antigo. Uma mais bonita que a outra.

brasov (1)

brasov (2)

Para ir até Brasov, existem várias possibilidades: alugar um carro, ir de ônibus ou de trem. Eu optei por ir de trem a partir de Sinaia. O trajeto é super tranquilo e leva 1 hora.

brasov

Para ir da Gara Brasov (a principal estação de trem da cidade) até o Centro Antigo é só pegar o ônibus numero 4. Os tickets de ônibus são vendidos em máquinas, guiches ou com o motorista. É preciso validar o ticket em uma máquina amarela dentro do ônibus. Ah, todos os tickets de ônibus locais são vendidos ida e volta, não tem como comprar apenas 1 trecho, ok? Mas o preço é super baratinho, não se preocupe.

DSC_9695_Fotor

** Solicite seu roteiro personalizado para Romênia aqui.

** Reserve seu hotel na Romênia aqui.

** Reserve seu Seguro Viagem com a Seguros Promo aqui.

** Alugue seu carro no Brasil ou no exterior aqui e/ou aqui.

Se você gostou das dicas, ao reservar hospedagem, seguro viagem e aluguel de carro aqui pelo blog, nós ganhamos uma pequena comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Obrigada! :D

Posts relacionados:

Todos os posts sobre a Romênia

Todos os posts sobre Bucareste

Todos os posts sobre Sinaia

Todos os posts sobre Brasov

Todos os posts sobre Bran

Todos os posts sobre Rasnov

Todos os posts sobre Constanta

Siga o Blog Contando as Horas nas redes sociais:

no Instagram: @brunabartolamei

e curta nossa fanpage no Facebook: facebook.com/ContandoAsHoras

Bruna Bartolamei
Siga-me

Bruna Bartolamei

Catarinense, mas já morou em Curitiba (8 anos) e em Edimburgo, a capital da Escócia (quase 2 anos). Criou o blog pra contar um pouco mais sobre como foi o seu intercâmbio na terra dos Kilts e das Gaitas de Fole, e também, sobre suas viagens pelo mundo.
Bruna Bartolamei
Siga-me
Postado em Brasov, Romênia
Booking.com
Deixe o seu comentário...