02.10
2017

Uruguai: Montevidéu, a capital mais ao sul de todas as Américas

Praticamente todo mundo que vai ao Uruguai começa o seu roteiro pela capital do país, Montevidéu. Considerada a maior cidade do país, Montevidéu, tem 1,3 milhões de habitantes, o que representa quase 50% da população do país. Dá pra acreditar?

Montevideu foi fundada durante o inicio do século 18 e quem caminha pelo seu centro histórico tem a impressão de estar na Europa, já os bairros mais novos da cidade lembram muito algumas areas mais modernas aqui do Brasil.

montevideu

Nesse post eu vou contar mais o que eu inclui no meu roteiro nos dois dias inteiros (mais um dia que reservei para conhecer as vinicolas ali pertinho) que passei em Montevidéu. 

→ Dia 01: Centro Histórico

O Centro Histórico é a área mais antiga de Montevidéu. Até o inicio do século 19, nessa região existiam dois fortes, um no lugar da Praça Zabala e outro na Praça Independencia que serviam para proteger a cidade de invasões. Dos vestigios dessa época, praticamente nada restou.

zabala

zabala (3)

zabala (2)

Praça Zabala

Maaas.. Se você estiver procurando um lugar pra iniciar o roteiro pelo Centro Histórico, a melhor opção é a Praça Independencia ou Plaza Independencia, considerada uma das principais praças da cidade.

praça independencia (3)

praça independencia (1)

praça independencia (5)

Repare que no centro dessa praça tem um monumento de bronze a José Gervasio Artigas e o Mausoléu de Artigas, considerado um herói nacional durante o período da Independência Uruguaia.

praça independencia (4)

praça independencia (6)

Além disso, essa praça é rodeada de prédios importantes, como: Palácio Salvo (um dos principais cartões postais do país, tinha sido construido para ser um hotel e escritorios comerciais, mas hoje em dia tem apartamentos e escritorios), Palácio Estevez (local que um dia serviu de residencia oficial para os presidentes do Uruguai, mas que hoje em dia foi transformado em um museu dedicado a história da presidencia do país, chamado de Museo de la Casa de Gobierno), a Torre Executiva (um prédio enorme, todo espelhado, onde fica a sede atual da presidencia do Uruguai) e a Porta da Cidadela (um dos portões da antiga muralha que cercava a cidade).

praça independencia (2)

Praticamente junto a Praça Independencia fica o Teatro Solís, fundado em 1856, é considerado o teatro mais importante do Uruguai. Quem tiver interesse, é possivel fazer um tour guiado pelo teatro. Existem tours em português em horários pré-determinados. O tour é bem rapidinho e passa pelas principais partes do teatro, como ante-salas dos camarotes e o teatro em si. Para saber mais infos sobre o tour guiado, clique aqui.

teatro solis (3)

teatro solis (7)

teatro solis (6)

teatro solis (5)

teatro solis (4)

A partir da Praça Independencia também é possivel ir até duas das principais avenidas do Centro Histórico de Montevideu:

Avenida 18 de Julio é a principal avenida de Montevidéu. Ela começa na Praça Independencia e termina no Parque Battle. Por toda a sua extensão existem prédios importantes, como Palacio Salvo, Palácio Piria, Intendência Municipal (é a prefeitura de Montevideu. Observe a estátua de David, uma replica de uma das obras mais famosas de Michelangelo que está localizado logo na entrada. E se você gosta de ver a cidade do alto, existe um Mirador Panoramico no 22 andar, infelizmente quando fui estava fechado para manutenção, mas fica a dica!), entre outros.

av 18 de julio (1)

av 18 de julio (2)

av 18 de julio (3)

Avenida Sarandi, uma rua exclusiva para pedestres, onde tem diversos tipos de comércio, como lojas, restaurnates, entre outros.

calle sarandi (4)

calle sarandi (5)

Seguindo pelo calçadão da Avenida Sarandi, logo se chega a Praça da Constituição, considerada uma das praças mais antigas da cidade. Nessa praça estão o Cabildo (sede do governo da época colonial e também foi nesse local onde aconteceu o juramento da Primeira Constituição do Uruguai, em 1830), a Igreja Matriz (é a principal igreja católica da cidade) e uma fonte (construida para inaugurar a chegada da água potavel na cidade).

calle sarandi (3)

calle sarandi (2)

calle sarandi (1)

Minha ultima parada nessa região foi no Porto e no Mercado do Porto. O porto de Montevideu é relativamente grandinho, é daqui onde partem os Buquebus para a Buenos Aires, na Argentina. E bem em frente fica o Merado do Porto, um local relativamente pequeno e bem agradavel, com algumas lojinhas de souvenirs e diversos restaurantes que servem todos os tipos de comidas tipicas uruguaias (assados, chivitos, medio y medio, alfajores, entre outros).

porto uruguai (5)

porto uruguai (2)

porto uruguai (3)

porto uruguai (4)

Outras atrações: Pra quem se interessar, ainda existem alguns museus nessa região de Montevideu, como por exemplo, o Museo Andes 1972 (conta a história dos passageiros e tripulantes do avião que caiu na Cordilheira dos Andes e depois de 72 dias perdidos, alguns foram resgatados com vida), Museu Torres Garcia (é dedicado as obras do artista uruguaio Joaquim Torres Garcia) e Museu de Arte Pré-Colombino e Indígena (tem em exibição peças arqueológicas e etnográficas de povos do continente americano). Eu não visitei nenhum deles, mas fica a dica!

porto uruguai (6)

porto uruguai (1)

Um dia é mais do que suficiente para percorrer tooodas essas atrações e ainda sobra um bom tempo para sentar e almoçar com calma e claro, apreciar o por do sol nas ramblas!

→ Dia 02: Outras partes da cidade

No meu segundo dia inteiro em Montevidéu eu me programei pra conhecer as atrações mais distantes do Centro Histórico.

parlamento uruguai (8)

Meu dia começou com um tour guiado pelo Palácio Legislativo, a sede do parlamento uruguaio. É ali onde ficam a camara dos representantes (o que equivale aos nossos deputados federais) e a Camara de Senadores (equivalente aos nossos senadores). O edificio foi inaugurado em 25 de agosto de 1925, para comemorar os 100 anos da declaração da Independência do país (não esqueça que nesse dia é feriado nacional no Uruguai!).

parlamento uruguai (2)

parlamento uruguai (3)

A visita é relativamente rápida, acho que leva uns 45 minutos, não mais que isso. A gente percorre alguns salões publicos, a camara dos representantes e a dos senadores. O trajeto é acompanhado por uma guia, que conta um pouco sobre o edificio, como ele foi construido, curiosidades, informações gerais sobre o mandato dos politicos, entre outras coisas. O tour não é cansativo e é bem informativo. Recomendo.

parlamento uruguai (5)

parlamento uruguai (4)

parlamento uruguai (7)

parlamento uruguai (6)

Para fazer a visita, é só aparecer lá de segunda a sexta, uns minutos antes dos unicos dois horários disponiveis para tours: 10:30 e as 15:00. O valor do ticket em agosto de 2017 era de 90 pesos uruguaios ou 3,00 doláres ou 10,00 reais. Veja por onde é feito o acesso, as datas que o parlamento não abre para visitas, entre outras infos no site oficial, clicando aqui.

parlamento uruguai (1)

Depois de visitar o Parlamento, minha intenção era conhecer o Parlamento do Mercosul ou Parlasul, que tem sua sede em Montevidéu, mas eu dei azar. Bem no dia 21 de agosto teve uma seção e os tour foram cancelados! Que ódiooo!! hahaha Maaas, se alguém tiver mais sorte que eu, você deve agendar a visita por email com antedecência (prepare-se pra enviar uns quantos emails, pq eles demooooram pra responder) e a visita é gratuita.

mercosul uruguai (2)

mercosul uruguai (1)

Como eu nao consegui visitar o Parlamento do Mercosul, eu fui caminhando do Parlamento do Uruguai até a Praça Libertad, onde fica a Columna de la Paz, um pouco adiante a Fuente de los Candados (Fonte dos Cadeados) e a Intendencia de Montevidéu (minha intenção era visitar o mirante, mas quando cheguei lá soube que estava fechado para manutenção). Segui caminhando pela Av. 18 de Julio até o Parque Battle, que tem esse nome em homenagem a um ex-presidente do Uruguai, José Battle y Ordóñez. Lá ficam cinco atrações:

estadio centenario (19)

Obelisco aos Contituintes de 1830: está localizado no cruzamento entre o Bl Artigas com a Av. 18 de Julio. Tem 40 metros de altura e foi construido para celebrar os 100 anos da criação da primeira constituição do país;

mvd (2)

Fonte Iluminada: uma fonte gigante localizada numa rotula, logo em frente a entrada que dá acesso ao parque.

mvd (1)

Quem tiver interesse em visitar o Estádio Centenário, o Museu do Futebol e a Torre Panoramica, o acesso é feito próximo ao Portão 11, localizado pro lado direito da entrada principal do estádio.

estadio centenario (10)

estadio centenario (12)

estadio centenario (14)

Estádio Centenário: considerado o principal estádio do Uruguai, o Estádio Centenário tem esse nome em homenagem ao centenário da Constituição do país e é onde a Seleção Uruguaia de Futebol joga. Esse estádio tem capacidade para 60 mil pessoas. Foi inaugurado em 1930 para a primeira Copa do Mundo (e o Uruguai foi o campeão e a outra vez que o Uruguai foi campeão mundial foi em 1950, quando ganhou do Brasil no Maracanã). Em 1983 a FIFA declarou esse estádio como Monumento Historico del Futbol Mundial. A visita também é rapida, é só o tempo de tirar umas fotos. A gente tem acesso apenas as arquibancas, não tem acesso ao campo.

estadio centenario (4)

estadio centenario (2)

estadio centenario (1)

Museu do Futebol Uruguaio: está localizado no Estádio Centenário, no Parque Battle. Esse museu foi inaugurado em dezembro de 1975,  mas em 2004 passou por uma reforma. O Museu do Futebol tem dois andares, onde no andar inferior tem algumas fotos, bandeiras e objetos relacionados a Copa do Mundo e ao Futebol Uruguaio, já no segundo andar é onde ficam uma grande coleção de objetos (camisas, troféus, uniformes, chuteiras, medalhas, entre outros) do futebol uruguaio e mundial. A visita é rápida, acho que levei uns 30 minutos. Para visitar apenas o museu, o valor cobrado é de 150 pesos uruguaios, mas se quiser visitar o estádio e a torre de los Homenajes, é preciso pagar mais 60 pesos uruguaios.

estadio centenario (11)

estadio centenario (13)

estadio centenario (6)

estadio centenario (8)

estadio centenario (7)

estadio centenario (17)

Torre de los Homenajes: através de um elevador a gente tem acesso a um mirante panoramico localizado nessa torre que faz parte do Estádio Centenário. Lá do alto da pra ter uma visão geral da capital uruguaia, principalmente (devido a proximidade) da região de Punta Carretas e Pocitos. O elevador tem capacidade para 6 pessoas e a visita é rapida, coisa de uns 15 minutos.

estadio centenario (5)

estadio centenario (3)

estadio centenario (18)

estadio centenario (9)

Além disso, nesse parque ainda tem pista de atletismo, lugares para caminhadas, parquinhos para crianças, quadras de esportes, estátuas, monumentos,  entre outros.

estadio centenario (15)

estadio centenario (16)

Depois de visitar o Parque Battle e o Estádio Centenário eu segui a pé até Pocitos. O trajeto parece grande, mas não levei nem 30 minutos para ir até lá.

DSC_5695_Fotor

DSC_5672_Fotor

Em Pocitos é onde fica outra grande atração de Montevidéu, o letreiro MONTEVIDEO, localizado pertinho do Terminal Pocitos e do Museu Naval e bem em frente ao Hotel Hyatt Centric Montevideo. Essa é a atração mais longe e fora de mão de tudo em Montevideu. Mas né, eu não podia ficar sem tirar essa foto.

DSC_5687_Fotor

DSC_5679_Fotor

IMG_8030_Fotor

Repare nas praias de Montevideu, todas elas são localizadas as margens do rio da Prata, elas tem areias brancas, água geladíssima (mas me pareceram limpas) e são todas proprias pra banho (caso você tenha coragem de colocar os pés lá!). Eu passei por umas 2 ou 3 praias enquanto caminhava pelas ramblas em busca de novos angulos para o por do sol, e vi que todas elas tem plaquinhas informando que estão proprias para banho e quais são as regras. Achei super organizadinho!

praias montevideu (2)

praias montevideu (3)

praias montevideu (1)

E por fim, meu roteiro nesse dia terminou no Parque Rodó, nome que presta uma homenagem ao escritor mais importante do Uruguai: José Enrique Rodó. É considerado um dos principais parques da cidade e  esta localizado praticamente em frente a Praia Ramírez. Além de ter uma area verde gigaaante, tem uma fonte, um lago artificial e alguns monumentos, é ali onde também fica o Museu Nacional de Artes Visuais com obras de diversos artistas uruguaios. Eu não visitei o museu, apenas caminhei pelo parque, mas fica a dica!

parque rodo (3)

parque rodo (5)

parque rodo (6)

parque rodo (4)

parque rodo (1)

Outras atrações que eu não conheci, mas que talvez possam interessar, são: Museu Histórico Nacional (conta a história do Uruguai atraves de fotos, livros, documentos, obras de arte, entre outros), Parque E Prado (é o maior parque publico de Montevideu, é lá onde fica o Jardim Botanico) e a Torre Antel (é o prédio mais alto de Montevidéu e tem um Mirante Panoramico e o Museu das Telecomunicações).

parque rodo (2)

→ Dia 03: Tour pelas vinicolas

Existem várias vinicolas localizadas próximas a Montevidéu. A maioria dessas vinicolas ficam entre a capital, Montevidéu e Canelones, seguindo pela Ruta 5.

bodega bouza (14)

Bodega Bouza

Como seria impossivel conhecer todas durante um dia (tempo que eu reservei para isso), eu escolhi conhecer duas das vinicolas mais populares do país: Bodega Bouza e a Bodega Juanicó.

bodega juanico (3)

Bodega Juanicó

Eu vou escrever um post completo falando maiores detalhes sobre essa região e os tours com degustação e almoço que fiz por essas vinicolas. Isso será tema para o proximo post, fique ligado (a)! :D

→ Por do sol em Montevidéu

Eu não sei vocês, mas se tem uma coisa que eu adoro fazer é parar pra apreciar é o por do sol. E em Montevidéu, o negócio é top! Sério! Acho que foi um dos melhores lugares que já fui até hoje pra ver de perto esse momento.

por do sol montevideu (6)

por do sol montevideu (8)

Em Montevidéu é possivel ver o por do sol de praticamente todas as partes da cidade, mas claro, que sempre existem dois ou três lugares que acabam se tornando super famosos.

por do sol montevideu (1)

por do sol montevideu (2)

Um deles é o calçadão as margens do rio da Prata, chamado por lá de Ramblas de Montevideo. Esse calçadão tem 22 km de extensão e é super bem frequentado, principalmente no final de tarde, onde muitos locais vão caminhar, andar de bicibleta, tomar o mate (chimarrão) e claro, ver o por do sol.

por do sol montevideu (3)

Se você quiser ir direto ao ponto, uma das melhores regiões dessa rambla é a que fica quase em frente ao Esplendor Montevideo Wyndham Grand Hotel, no gramadão localizado pro lado direito do posto de gasolina Ancap (lado contrario onde tem o Farol de Punta Carretas.

por do sol montevideu (4)

Ali nesse gramadão existem algumas arvores, que sério, elas dão todo um charme extra as fotos do por do sol.

por do sol montevideu (5)

Outro ponto nas rablas que também é bastante procurado, tanto por moradores (sempre aocmpanhados do mate) e por turistas é a região localizada perto do Parlamento do Mercosul. Além de ter uma parte com praia, ainda existem algumas areas de concreto que “invadem” um pouco o mar, favorecendo as fotos.

por do sol montevideu (9)

Se você gosta de apreciar esse momento do dia, reserve todos os finais da tarde pra ver o por do sol em Montevideu. Certeza que você não vai se decepcionar!

por do sol montevideu (7)

→ Dicas Extras

– Montevidéu fica a 130 km de Punta del Este e a 170 km de Colônia del Sacramento.

– Os taxis da cidade tem cor branca com uma faixa amarela. Não se assunte ao entrar nos táxis em Montevidéu, eles tem uma divisória de vidro (igual aos taxis no UK). O taximentro mostra um numero, que ao ser comparado com uma tabela, a gente tem o valor final da corrida.

** Solicite seu roteiro personalizado para o Uruguai aqui.

** Reserve seu hotel no Uruguai aqui.

** Reserve seu Seguro Viagem com a Seguros Promo aqui.

** Alugue seu carro no Brasil ou no exterior aqui e/ou aqui.

Se você gostou das dicas, ao reservar hospedagem, seguro viagem e aluguel de carro aqui pelo blog, nós ganhamos uma pequena comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Obrigada! :D

Posts relacionados:

Todos os posts sobre Montevidéu

Todos os posts sobre Punta del Este

Todos os posts sobre Carmelo

Todos os posts sobre Colônia do Sacramento

Siga o Blog Contando as Horas nas redes sociais:

no Instagram: @brunabartolamei

e curta nossa fanpage no Facebook: facebook.com/ContandoAsHoras

Bruna Bartolamei
Siga-me

Bruna Bartolamei

Catarinense, mas já morou em Curitiba (8 anos) e em Edimburgo, a capital da Escócia (quase 2 anos). Criou o blog pra contar um pouco mais sobre como foi o seu intercâmbio na terra dos Kilts e das Gaitas de Fole, e também, sobre suas viagens pelo mundo.
Bruna Bartolamei
Siga-me
Postado em Montevideu, Uruguai
Booking.com
Deixe o seu comentário...