19.10
2017

Ushuaia: Trem do Fim do Mundo + Trilhas no Parque Nacional Tierra del Fuego no Inverno

Meu primeiro passeio nessa ultima viagem a Patagônia Argentina foi percorrer o Parque Nacional Tierra del Fuego. Esse parque está localizado a 11 km do centro de Ushuaia, em direção a divisa com o Chile.

trem do fim do mundo

Pra quem quiser ir até lá, as opções são: de carro alugado, com transfer ou transfer + trem do fim do mundo. Eu fiquei com a ultima opção! 

→ Trem do Fim do Mundo

Meu passeio começou com o pessoal da empresa indo me pegar no hotel e de lá seguimos para a Estação do Fim do Mundo, de onde parte o famoso Trem do Fim do Mundo. A gente chegou com uns 30 minutos de antecedência, tempo mais que suficiente pra retirar os ingressos, dar uma olhada no pequeno museu que tem dentro da estação de trem (com fotos, mapas, maquinarios, entre outros) e tirar umas fotos externas do cenário, que naquele dia estava espetacular (tinha nevado muuuito durante a noite anterior).

trem do fim do mundo (1)

trem do fim do mundo (4)

trem do fim do mundo (5)

trem do fim do mundo (6)

Existe a possibilidade de três trens fazer esse passeio, cada um saindo a cada 30 minutos, sendo que o primeiro parte as 09:30. Eu e o meu grupos estavamos no primeiro trem. O trem que nós embarcamos era o Suvieta, fabricado na África do Sul em 2006 e olhando as outras opções, eu achei esse o mais bonitinho.

trem do fim do mundo (3)

trem do fim do mundo (2)

Para ter acesso ao trem é necessário apresentar o ticket e se encaminhar até a plataforma. Lá vão estar alguns funcionários que vão distribuindo as pessoas por vagões. Cada vagão tem varias fileiras com 3 lugares, procure sentar na janela do lado direito, que na minha opinião tem as vistas mais bonitas durante todo o trajeto.

trem do fim do mundo (7)

trem do fim do mundo (22)

trem do fim do mundo (8)

Nosso trem partiu pontualmente as 09:30, o trajeto de 7 km é percorrido beeem lentamente e leva 45 minutos. Logo que o trem está partindo, vem algumas instruções, preste atenção em tudo. Depois disso, é acionado uma gravação em espanhol, português e ingles, que conta toda a história do trem, dos presos, torturas, curiosidades, entre outros detalhes. Sério, nem vi o tempo passar!!

trem do fim do mundo (9)

Durante esse trajeto, o trem passa por uma ponte, a Ponte Queimada (cenário super bonito, com as montanhas nevadas ao fundo!).

trem do fim do mundo (10)

Um pouco mais adiante tem uma parada de 15 minutos na estação Macarena. Ali todo mundo pode desembarcar. Tem uma trilha que leva até um mirante localizado no alto de uma pequena colina, que dá uma vista bem legal do trem, do Vale do rio Pipo, da nascente da cascata La Macarena.

trem do fim do mundo (15)

trem do fim do mundo (17)

trem do fim do mundo (13)

trem do fim do mundo (11)

trem do fim do mundo (14)

trem do fim do mundo (12)

trem do fim do mundo (16)

O próximo trem chegando na estação Macarena

O trem continua o trajeto margeando o rio Pipo e logo em seguida vem o local chamado de Cemitério das Árvores, com tocos de árvores de diversos tamanhos, que mostram que os presos cortaram elas no verão (quando os tocos são menores) ou no inverno (quando os tocos são maiores, por causa da neve acumulada). É triste de ver, principalmente pq nessa parte eles contam como eram o dia a dia dos presos e as torturas que eles sofriam.

trem do fim do mundo (19)

trem do fim do mundo (18)

trem do fim do mundo (20)

E por fim, o ultimo trecho o trajeto passa por um bosque de lenga, que no dia que fui, estava coberto de neve. Coisa mais linda!!!

trem do fim do mundo (21)

O desembarque acontece na Estação Parque Nacional, dentro do Parque Nacional Tierra del Fuego.

trem do fim do mundo (23)

Em resumo: O trajeto feito pelos presos tinha 25 km, mas nesse passeio são percorridos somente os ultimos 7 km. O trem parte da Estação do Fim do Mundo, passa pela Ponte Queimada, faz uma parada no mirante da Estação Macarena, passa pelo Cemitério das Árvores e por um Bosque de Lengas e o desembarque é feito na Estação Parque Nacional.

trem do fim do mundo (24)

Vale a pena fazer esse passeio? Quando fui em 2014, li muitas pessoas falando na internet que o passeio era chato e cansativo, entre outros blablablá. Agora em 2017 eu fiz o passeio pq estava incluido no pacote das atividades que ganhei num sorteio feito pela Secretaria de Turismo de Ushuaia. Então, resolvi encarar! Pra minha surpresa, achei que o trem anda super devagar, sim, mas isso ajuda na hora das fotos e de apreciar a paisagem. O trajeto todo vamos escutando a gravação que conta a história dos presos, a história é interessante e bem contada, tem detalhes, mas não é aquela coisa massiva, sabe? Achei super legal! Recomendo! Sério! Mas só uma observação: faça apenas um dos trechos, de preferencia o de ida, pq se fizer o trajeto ida e volta, ai sim, acho que seria muito cansativo.

→ Trilhas no Parque Nacional Tierra del Fuego

Eu já tinha feito esse passeio quando estive em Ushuaia em dezembro de 2014, mas como era verão, o tour foi outro completamente diferente desse que fiz agora em setembro de 2017, no inverno.

pn tierra del fuego (2)

O Parque Nacional Tierra del Fuego, como o próprio nome já indica, esta localizado na provincia da Tierra del Fuego e é completamente acessivel desde Ushuaia. A ruta 3 atravessa o parque por completo e termina dentro do próprio parque nacional. Devido a isso, um passeio pelo parque se torna muito mais agradavel, pq as distancias maiores podemos percorrer de carro e deixar pra caminhar apenas nas áreas de maior interesse.

pn tierra del fuego (3)

Durante os meses de inverno, é bem comum as agências oferecerem o tour convencional. Esse tour convencional é mais ou menos assim: os trajetos maiores são percorridos de carro/ônibus e as trilhas são feitas a pé. Confesso que o dia que estive lá, como tinha nevado muito, achei que foi ótimo fazer o passeio assim.

pn tierra del fuego (21)

Nesse tour nos percorremos 3 dos 6 atrações principais do Parque Nacional. A unica atração que não pode ser conhecida durante o inverno é a Baia Ensenada, e nesse passeio nós também não paramos no mirante com vista para a Laguna Verde e a Cordilheira dos Andes. No meu caso, isso não foi nenhum problema, pq eu já havia conhecido esses lugares quando fui no verão. Se quiser ver como foi o passeio durante o verão, clique aqui: Ushuaia: Um dia de caminhada pelo Parque Nacional Tierra del Fuego.

pn tierra del fuego (1)

Nossa primeira parada foi na Castoreira. A trilha percorrida do ônibus até lá é curtinha, acho que não leva 5 minutos. Pra quem não sabe, os castores não são animais nativos dessa região, eles vieram do Canadá. Foram trazidos para essa região por causa de sua pele, mas o negocio não deu muito certo. Como eles não tinham predadores, começaram a se reproduzir e estão aos poucos destruindo as areas de florestas dessa região. No Parque, sempre quando um castor é avistado, os policiais tem ordem para matá-los. Motivo? Eles derrubam as arvores pra fazer suas casas e por esse motivo, sempre que a gente olha pra uma castoreira, dá impressao de que é uma floresta de um filme de terror.

pn tierra del fuego (6)

pn tierra del fuego (4)

pn tierra del fuego (5)

pn tierra del fuego (19)

A segunda parada foi na Lago Lapataia, onde fica a famosa plaquinha que marca o fim da Ruta Nacional 3, estrada que cruza praticamente a Argentina inteira, indo de Buenos Aires até Ushuaia. Ali existe um mirante com vista legal para o Lago, mas o grande destaque mesmo, fica por conta da foto com a segunda placa mais famosa de Ushuaia. Todo mundo quer ter uma recordação dali.

pn tierra del fuego (20)

pn tierra del fuego (11)

pn tierra del fuego (13)

pn tierra del fuego (15)

pn tierra del fuego (14)

E a terceira e ultima parada foi no Lago Acigami ou também conhecido por Lago Roca, um lago gigaaaante de origem glacial que pertence 70% ao Chile e apenas 30% a Argentina. A montanha que certamente vai chamar atenção é o Cerro Condor. A parada aqui foi breve, só para dar uma caminhada as margens do lago e tirar umas fotos.

pn tierra del fuego (18)

→ Com quem eu fiz esse passeio

Como sempre me perguntam, eu fiz esse passeio com a empresa Latitud Ushuaia Travel. Se você estiver com crianças ou com pessoas que não possam fazer longas caminhadas, eu recomendo pegar esse tour aqui: Parque Nacional Convencional (com a possibilidade de incluir o trecho de ida do Trem do Fim do Mundo). Foi exatamente esse tour que fiz! Esse tour dura meio dia, são 5 horas de duração no total. Tem pouca caminhada. O transfer mais o guia no Parque Naconal custa 900,00 pesos argentinos (163,00 reais) + o Trem do Fim do Mundo 690,00 pesos argentinos (125,00 reais) + entrada do Parque Nacional Tierra del Fuego 130,00 pesos argentinos (23,00 reais) para cidadãos do Mercosul (lembre de levar o passaporte pra comprovar). Total do passeio: 1720,00 pesos argentinos ou mais ou menos 311,00 reais (valores referentes a setembro de 2017).

pn tierra del fuego (7)

Se você for mais ativo e quiser caminhar mais dentro do Parque Nacional e quiser conhecer mais atrativos, eu também recomendo dar uma olhada nesse meu outro post aqui: Ushuaia: Um dia de caminhada pelo Parque Nacional Tierra del Fuego. Esse tour eu fiz no verão, durou o dia todo e conheci todas as principais atrações do parque. Caminhei bastante.

* Esses passeios foram uma cortesia da Secretária de Turismo de Ushuaia, porém nesse post eu relato exatamente como foi a minha experiência.

** O blog Contando as Horas também é uma Agência de Viagens. Se você se interessou por fazer esse mesmo passeio, mande um email para brunab@contandoashorasviagens.com pedindo um orçamento. Eu te envio as datas, horários e valores atualizados.

** Solicite seu roteiro personalizado para a Patagonia Argentina aqui.

** Reserve seu hotel em Ushuaia aqui.

** Reserve seu Seguro Viagem com a Seguros Promo aqui.

** Alugue seu carro no Brasil ou no exterior aqui e/ou aqui.

Se você gostou das dicas, ao reservar hospedagem, seguro viagem e aluguel de carro aqui pelo blog, nós ganhamos uma pequena comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Obrigada! :D

Posts relacionados:

Todos os posts sobre Buenos Aires

Todos os posts sobre Bariloche

Todos os posts sobre El Calafate

Todos os posts sobre Ushuaia

Todos os posts sobre Villa la Angostura

Siga o Blog Contando as Horas nas redes sociais:

no Instagram: @brunabartolamei

e curta nossa fanpage no Facebook: facebook.com/ContandoAsHoras

Bruna Bartolamei
Siga-me
Postado em Argentina, Ushuaia - , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
Compartilhe
Deixe um Comentário
2 comentários em "Ushuaia: Trem do Fim do Mundo + Trilhas no Parque Nacional Tierra del Fuego no Inverno"
  1. Carolina   27/02/20 • 23h26

    Oi, tudo bem?. Eu gostaria de fazer uma pergunta. Em abril irei a Ushuaia, é a minha primeira vez na Patagônia e pretendo fazer muitos passeios nessas trilhas. Eu estava vendo que não é recomendável usar tênis normais, então usarei as galochas Hunter para poder pisar lama e neve sem se preocupar e evitar que o vento gelado entre por baixo das calças. Eu não quero carregar peso extra na minha mochila, então prefiro não ter outros sapatos para trocar durante a caminhada. Acho que com as Hunter ficarei bem, com os pés secos e quentes. Água ou neve já entrou em suas galochas em alguma excursão? Porque eu não gosto de ter pés molhados quando está frio! Obrigada

    • Contando as Horas   09/04/20 • 13h58

      Oi, Carolina

      Os pés costumam ficar um pouco umidos e consequentemente um pouco gelados também, pq as galochas meio que sufocam os pés (não deixando eles transpirarem direito), mas devido a neve e chuva, realmente não há problema. Mas se vc quiser manter seus pés quentes e nada umidos, melhor são os tenis com a tecnologia goretex, pois sao impermeaveis.

Blog Membro RBBV
Contando as Horas
Essa manhã eu teria embarcado para o Brasil. Além das 18 mil coisas que tinha planejado fazer em 10 dias, a mais importante era conhecer minha sobrinha 🥰 (e também, rever meus sobrinhos de quatro patas 🐕🐕 - não esqueci de vcs, não sou uma tia desnaturada 😁). A gente já tinha até planejado um churras com camarão empanado de entrada, lembra @yasminbartolamei ? 😂Otimização de tempo é tudo numa viagem. Impossível comer todas as coisas que tenho saudades (e repetir algumas) em apenas 20 refeições. 🤰🏻😅😆
.
Enquanto isso, depois de 52 dias de quarentena, estou aqui acompanhando Portugal deixar o estado de emergência e passar para o estado de calamidade, situação onde as medidas de isolamento ficam um pouco mais brandas para facilitar esse período de transição para a normalidade.
.
Eu espero que as pessoas não sejam irresponsáveis e sem noção nesse momento, pq o isolamento obrigatório pode voltar.
.
Ontem qdo sai de casa para comprar máscara (a partir de hj o uso é obrigatório em todos os ambientes fechados, como por exemplo, mercado, lojas, bancos, transporte público, entre outros), por exemplo, já vi uma cena que prefiro nem comentar. Além de todas as incertezas que o momento já nos coloca, certamente vamos precisar de muito mais sorte para lidar com esses seres irresponsáveis do que com o vírus.
.
Não vou me alongar muito nesse blablabla, pq a loucura dessa nova realidade está só começando.
.
Mas voltando a minha viagem.. Eu sei que meu pai estava contando os segundos pra ter alguém em casa pra implicar 🤣 e minha mãe estava ansiosa pelos nossos lanchinhos e risadas na madrugada (sim, somos duas 🦉🦉). Véééiooo e Véééiaaa.. em 2021 estarei ai! 🇵🇹✈️🙏🏽🇧🇷🤩
.
Essas foram as últimas fotos que tirei lá em casa, no Brasil, em fevereiro de 2019. ☺️
18.04.2020: UM ANO EM PORTUGAL! 🥰🥰🥰
🇵🇹🇵🇹🇵🇹🇵🇹🇵🇹🇵🇹🇵🇹
.
Queria escrever algo interessante sobre esse momento pra deixar aqui registrado, mas não ando muito inspirada. Como nessas últimas semanas tenho recebido algumas msgs relacionadas a pandemia/quarentena, vou falar sobre isso.
.
02 de março foram divulgados os primeiros casos de coronavírus em Portugal. Dia 11 de março a OMS declarou pandemia de coronavírus. Dito isso...
.
No inicio, o governo português declarou estado de alerta, logo na sequência foi declarado estado de emergência (já foi renovado 02 vezes).
.
Nos primeiros dias os mercados estavam um verdadeiro caos. Muitas pessoas. Muitas coisas faltando (principalmente papel higiênico, carnes, frutas e verduras). Nas últimas semanas a situação voltou a normalidade.
.
As atrações turísticas, lojas, restaurantes (seguem funcionando, mas no esquema de take away/entrega a domicílio), bares, academias, entre outros tipos de comércio fecharam suas portas e assim permanecem até então.
.
As Farmácias e os Mercados estão funcionando no esquema de sai 1 entra 1, portanto, exige paciência.
.
Os transportes públicos em Lisboa estão funcionando com horários reduzidos. Não andei mais de metro, mas li nos jornais que o acesso está liberado para todas as pessoas, as catracas estão livres. Também li que começaram a fazer controle de temperatura nas entradas das estações.
.
Os 3 principais aeroportos de Portugal (em Lisboa, no Porto e em Faro) fecharam durante o período de Páscoa. E nos demais dias estão operando apenas para pouquíssimos voos comerciais, mas principalmente para voos humanitários, de repatriação ou de transporte de mercadorias.
.
Lisboa está deserta. Se você sair de casa, independente do horário, parece sempre domingo 07:00 da manhã. Tudo vazio. Poucas pessoas nas ruas.
.
A maioria das pessoas tem usado luvas e máscaras. Eu não tenho usado, pq só tenho saido de casa para ir ao mercado e algumas vezes pra caminhar.
.
E pra todos que me mandaram msgs pedindo como eu estou: depois de 38 dias de quarentena, posso dizer que já ando um pouco entediada, mas estou bem. ☺️
.
Essas são algumas fotos que tirei ao longo desse ultimo ano. 😁
#tbt 2020, nós mal nos conhecemos e não estou gostando nada do que tem acontecido. 😰😰😰
.
2019 precisou de 12 meses pra ser ruinzinho. Já 2020, em apenas 3 meses, chegou metendo os dois pés nas costas. 😰😰😰 Meeedooo dos próximos 9 meses!!! 🤭
.
Se eu soubesse que 2020 seria assim, eu teria viajado o mês de janeiro inteiro pelas Arábias. 🤷🏻‍♀️😅😁
.
Eu sei que ninguém anda muito interessado em consumir dicas de viagens por esses dias, mas já vou deixar registrado aqui para os dias melhores que virão: Doha tem varios museus, mas sem dúvida, os 2 mais visitados, são: o Museu de Arte Islâmica (fotos) e o Museu Nacional do Catar. Se tiver que escolher apenas um pra visitar, eu recomendo o Museu Nacional do Catar, vale cada centavo (até pq, o valor dos bilhetes não são nada baratos). Já o Museu de Arte Islâmica vale mais pelo seu exterior.
.
📍Doha, Catar 🇶🇦
.
#museumofislamicart #doha #catar #qatar #orientemedio #middleeast #ficaemcasa #fiqueemcasa #stayhome #quarentenanaosaoferias #quarentena #quarentine #pandemia #seemydoha #mydoha #dohaqatar #dohainstagram #doha2020 #instadoha #qatar2022 #qatarphoto #essemundoenosso #travelgirl #mulheresviajantes #amoviajar #qatarairways #viajar #brasileirosnocatar #brasileirosnoqatar
Khor Al Abaid 🐪 🌵☀️⛺️
.
Existem diversos tours no deserto: para ver o sol nascer, dia todo (com almoço e algumas atividades), para passar a noite e para ver o por do sol (foi o que escolhi).
.
Água do mar é morninha e eu achei beeem mais salgada que o normal.
.
Nessa foto da pra ver as aguas do mar encontrando as areias do deserto. 💛
.
2 segundos antes dessa foto, enquanto eu me arrumava, esse camelo ousado tentou me dar um beijinho 😂😂😂 Quase morri do coração!! 😅
.
📍Catar 🇶🇦
.
#khoralabaid #catar #qatar #desertsafari #sunsetdesertsafari #alkhordesert #orientemedio #middleeast #essemundoenosso #travelgirl #mulheresviajantes #amoviajar #qatarairways #viajar #brasileirosnocatar #brasileirosnoqatar #viagemeturismo
Catar / Qatar 🇶🇦🇶🇦
.
Vim com expectativa altíssima e ainda assim me surpreendi com tudo que vi.
.
Amei a comida. Os árabes são muito de boa (só não da pra tirar foto haha). Quero comprar todos os caquedos que vejo nas lojas, acho tudo lindo. Temperatura sensacional nessa época.
.
Na foto: Deserto de Khor Al Abaid, localizado ao sul de Doha, na fronteira entre o Catar e a Arábia Saudita. É um dos poucos no mundo onde o mar invade as areias do deserto.
.
📍Catar 🇶🇦
.
#khoralabaid #catar #qatar #desertsafari #sunsetdesertsafari #alkhordesert #orientemedio #middleeast #essemundoenosso #travelgirl #mulheresviajantes #amoviajar #qatarairways #viajar #brasileirosnocatar #brasileirosnoqatar #viagemeturismo
2019 foi um ano com muitas coisas boas e algumas ruins, mas prefiro lembrar apenas dos melhores momentos. 😅☺️😁
.
Comecei o ano recebendo a notícia de que meu visto para morar em Portugal tinha sido concedido (sem necessidade de entrevista).
.
Coloquei a venda meu apartamento em Curitiba (já foi vendido).
.
Me mudei para Portugal (demorei mais do que o previsto para encontrar um apartamento como eu queria, mas valeu a espera, amo esse bairro onde eu vivo).
.
Estive na Croácia pela 3x (ainda quero ir mais uma).
.
Minha sobrinha nasceu (virei Dinda!!).
.
Voltei pela milésima vez a Escócia (Meu país preferido!!)
.
Voltei a Berlim (dessa vez para ver os mercadinhos de Natal).
.
E terminei o ano passando rapidamente por Londres (eu não queria, fui obrigada hahaha)
.
2019 me deu a oportunidade de viver esses bons momentos, mas sinceramente, não vou sentir saudade!
.
Seja muito bem-vindo 2020 (espero que esse ano seja muito melhor)!
.
Desejo a cada um de vocês um excelente ano de 2020, com muita saúde (o resto a gente sempre da um jeito)!!
.
🎊🥂🍾✈️💐💞
.
📍Lisboa, Portugal 🇵🇹
.
#felizanonovo #feliz2020 #lisboa #lisbon #lisboaportugal #lisbonportugal #portugal #visitportugal #vidaemportugal #travelgirl #viajemais #woman #essemundoenosso #igportugal #viajar #mulheresviajantes #brasileirosemportugal #instagramcml #viagemeturismo #agenciadeviagem #travelphotography #cahemportugal #lookdodia #lisboalovers #lisboacool #visitlisboa #meusroteirosdeviagem #lisboa_pt
Contando as Horas