01.04
2018

Chile: Informações práticas

O Chile é conhecido por ser o país mais longo e estreito do mundo, afinal, ele está espremido entre o oceano Pacífico e a Cordilheira dos Andes. E junto com o Equador, são os dois únicos países que não fazem fronteira com o Brasil. Mas isso não significa que é difícil ir até lá, muito pelo contrário.

Eu já estive no Chile por duas vezes, sendo que a primeira viagem foi em dezembro de 2007 e a ultima vez, agora, em março de 2018. E posso garantir, o Chile foi um dos países que mais me surpreendeu positivamente aqui na América do Sul. Não deixe de conhecer se tiver uma oportunidade!

E se você nunca tinha cogitado conhecer o Chile, nesse post eu vou falar um pouquinhos sobre dicas práticas e o que é importante saber para viajar para lá. 

→ Documentos

Todos os Brasileiros que estiverem viajando para o Chile podem levar dois tipos de documentos: o passaporte e a carteira de identidade. Qual é a melhor opção? Na minha opinião, sempre que vou fazer uma viagem internacional, eu sempre prefiro levar o passaporte. É melhor. Já vi algumas pessoas terem problemas para embarcar com a carteira de identidade. Mas quem quiser viajar com a identidade, também é possível, mas saiba que, as vezes, é bem comum alguém implicar com alguma coisa.

→ Vistos e Vacinas

Brasileiros não precisam de visto para viajar ao Chile a turismo por 90 dias e o passaporte deve ter validade durante toda a estadia em território chileno.

Quanto as vacinas, eu estive lá agora em março de 2018, e nenhuma vacina foi exigida (mas, só por garantia, levei a Carteirinha de Vacinação Internacional contra Febre Amarela). Recomendo ficar atento e checar essa informação antes de viagem, as regras podem mudar a qualquer momento.

→ Roteiro

Roteiro 01 (dezembro de 2007): Essa viagem aconteceu em uma época pré-blog, portanto, infelizmente não tenho nenhum post. Estivemos em Santiago, Viña del Mar, Valparaíso e conhecemos todas as regiões de produção de vinho. Passamos o Ano Novo lá também.

Roteiro 02 (março de 2018): Estive pela primeira vez na Patagônia Chilena. Fiquei 1 semana inteirinha lá. Depois de fazer apenas conexão em Santiago, segui para Punta Arenas, Puerto Natales e Parque Nacional Torres del Paine.

→ Como ir ao Chile

Existem diversas formas de ir até o Chile, como por exemplo: de avião, de carro ou de ônibus. As duas vezes que estive lá, sempre optei por ir de avião, é mais prático.

Cia aéreas que voam do Brasil para o Chile: Gol e Latam. Para voos internos tem as cias de baixo custo: Sky Airlines e JetSmart.

Sobrevoando a Cordilheira dos Andes no trecho entre São Paulo e Santiago

Empresas que voam para lá, são: Latam e Gol tem voos diretos, mas outras cias aéreas também voam com conexão. Além disso, para voos internos existem as cias aéreas de baixo custo: Sky Airlines e JetSmart.

Nessa minha ultima viagem eu optei por comprar todos os trechos da viagem com a Latam (fazia muitos anos que não voava para um destino internacional com eles). Portanto, minha viagem ficou assim:

1) De São Paulo Guarulhos para Santiago: Voei em um avião novinho da Latam.

2) De Santiago para Punta Arenas: Voei em um avião mega antigão da Lan Chile.

3) De Punta Arenas para Santiago: Peguei um voo em outro avião novinho da Latam.

4) De Santiago para São Paulo Guarulhos: O voo foi feito em outro avião novo da Latam.

Eu não comprei todos os trechos no mesmo localizador, não sei por qual motivo, o site da Latam não me mostrava todas as opções dos trechos quando eu usava a opção “multiplos destinos” para pesquisar as passagens. Com isso, tive que comprar tudo separado. No meu caso, isso não foi nenhum problema, pq viajei apenas com uma bagagem de mão. Mas se caso alguém resolver fazer algo parecido, saiba que você consegue fazer check-in apenas do trecho internacional pelo site / app. O trecho interno não é possivel, portanto, eu só consegui fazer meu check-in lá mesmo em Santiago, nas máquinas de check-in no aeroporto. Tirando esse detalhe, deu tudo certo.

→ Chegando em Santiago – Aeroporto Internacional de Santiago 

O Aeroporto Internacional Comodoro Arturo Merino Benítez (IATA: SCL), localizado em Pudahuel, é considerado o principal aeroporto do Chile. Praticamente todos os voos internacionais chegam aqui, então, muito provavelmente, teu voo também chegará aqui. Esse aeroporto tem apenas um terminal, dividido em duas alas, uma para voos internacionais e outra para voos nacionais. E pelo que eu vi, agora estão construindo um novo terminal, com previsão de ficar pronto ano que vem (pelo pouco que vi, parece que vai ficar top!).

Como eu não precisei ir até o centro de Santiago, eu não vou escrever nada relativo as opções de transporte para esse trecho. Quando fizer esse trajeto em uma futura viagem, atualizo essa informação aqui.

→ Imigração e Alfandega em Santiago

Independente de qual seja o teu destino final no Chile, a imigração acontece em Santiago e ela é dividida em duas partes: uma para cidadãos chilenos e outra parte para todas as outras nacionalidades. A fila é única, portanto, se conseguir desembarcar do voo e já seguir direto pra lá (sem parar para ir ao banheiro), você já consegue agilizar bastante o processo. Foi o que eu fiz. E mesmo assim, ainda fiquei na fila aproximadamente uns 30 minutos. A imigração foi bem tranquila. Depois de apresentar meu passaporte, o oficial apenas me pediu o motivo da viagem e pediu pra ver minha passagem de ida e volta. E logo me entregou um documento chamado de “Tarjeta Unica Migratoria” referente a minha entrada no país emitido pela PDI – Policía de Investigaciones de Chile. Esse documento precisa ser muito bem guardado. Carregue ele sempre junto com o passaporte, pois ao longo da viagem você vai precisar apresentá-lo em alguns lugares (como por exemplo, hotéis e algumas lojas). E claro, ao deixar o país, vc precisa devolver esse documento na imigração.

Quanto a alfândega, esse assunto é levado muito a sério pelas autoridades chilenas. Dentro do avião, a aeromoça passa distribuindo um formulário referente a alfândega. Preencha e entregue as autoridades quando for solicitado (é na etapa seguinte a imigração). Todos os teus pertences vão ser scaneados e o oficial faz algumas perguntinhas do tipo: está vindo de onde? está levando algum produto de origem animal ou vegetal na bagagem? e assim por diante. É bem tranquilo se vc não estiver com nada ilegal. Caso contrario, multas são aplicadas.

→ Chegando em Punta Arenas – Aeroporto de Punta Arenas

O Aeroporto Internacional Presidente Carlos Ibáñez del Campo (IATA: PUQ) é o principal aeroporto existente no sul da Patagônia Chilena. Ele está localizado a 20 km ao norte da cidade de Punta Arenas. Como é de se imaginar, esse aeroporto é minúsculo. Tem apenas um terminal, com dois andares. No andar inferior é onde acontece o desembarque e o check-in e o andar superior é onde está o controle de segurança, o embarque e onde tem uma lanchonete. Importante: nesse aeroporto não existe casa de cambio, portanto, se precisar trocar dinheiro, faça isso em Santiago.

Para ir do aeroporto até o centro da cidade existem duas opções: taxi (eu escolhi essa opção) ou transfer (existe uma empresa logo no desembarque e o valor é de 5.000 clp/pessoa). Eu optei por ir de taxi, pq meu voo chegou já era quase 21:00 e eu tava super cansada. O valor do taxi é fixo e agora em março de 2018 era de 10.000 clp (55,00 reais).

→ Seguro Viagem

O Chile não exige a obrigatoriedade de ter um seguro viagem para entrar no país, mas sempre recomendo fazer, principalmente pq a gente nunca sabe o que pode acontecer. Emergencia pode acontecer a qualquer momento, portanto, não é bom dar bobeira.

Se você ainda não adquiriu teu seguro viagem, o blog tem parceria com a empresa Seguros Promo. Eu sempre faço meus seguros viagem com eles, por isso recomendo. Para cotar ou já comprar o seguro, clique aqui. O blog oferece um cupom desconto de 5% para quem usar o código: contandoashoras.

→ Idioma

O idioma oficial do Chile, como todo mundo sabe, é o espanhol. O jeito dos chilenos falar é bem diferente dos argentinos. Enquanto os argentinos falam mais devagar, os chilenos falam super rapido e ainda, parecem que comem algumas partes das palavras. Mas no geral, com um pouco de paciencia, da pra entender bem.

Outra coisa que preciso comentar é que, ao contrario do que acontece na Argentina, os Chilenos não são muito chegados no portunhol. Portanto, se você não fala espanhol, eles sempre vão falar com você em inglês. Falar em português com eles é tempo perdido, pq eles geralmente não entendem nada e não fazem muito esforço pra isso.

→ Diferença de Fuso Horário

Aqui no sul do Brasil nós adotamos o horário de verão, portanto, durante os meses de verão, quando o horário de verão está em vigor, existe diferença de fuso horário. Portanto, quem estiver no Chile durante esse período, precisa saber que lá será 1 hora a menos que aqui no Brasil. Fora isso, o restante do ano, ambos os países tem o mesmo horário.

→ Tomadas

As tomadas no Chile são de 3 pinos redondinhos, mas pra quem usa equipamentos com tomada de 2 pinos redondinhos, é tranquilo de usar a mesma tomada. Para todos os outros tipos de tomadas, é necessário adaptador de tomada. A voltagem é de 220.

→ Dinheiro: Qual é a melhor moeda para levar ao Chile?

A moeda oficial do Chile é o Peso Chileno, abreviado por CLP. As notas são aquelas de 1000, 2000, 10000… Portanto, como não estamos acostumados com esse tipo, sugiro tirar um tempinho pra prestar bem atenção em cada nota pra evitar confusões.

Aqui no Brasil já é possível comprar pesos chilenos nas casas de cambio, mas se caso você optar por não fazer isso aqui, eu sugiro levar dólares, euros ou libras. Eu levei um pouco de cada uma e troquei o que achei necessário em uma casa de cambio no centro de Punta Arenas.

Vale dizer que, acho importante trocar um pouco de dinheiro no aeroporto de Santiago, pois no aeroporto de Punta Arenas não tem casa de cambio (Juro por Deus! haha Quase cai dura quando descobri isso). Eu havia deixado pra trocar dinheiro lá em Punta Arenas e me dei mal. Mas também, quando que eu iria imaginar que um aeroporto não teria uma casa de cambio, né??! Enfim, como eu só tinha notas de menor tamanho em euros, eu precisei pagar o taxi em euros (sorte que o tiozão aceitou numa boa).

→ Chip de celular

As principais operadoras de telefonia móvel no Chile, são: Entel, Movistar e Claro. Eu optei por comprar o chip da Entel, pq nas pesquisas que fiz na internet, essa era a empresa mais recomendada. E realmente, achei muito boa.

Eu comprei meu chip no aeroporto de Santiago, em uma loja chamada Fotokina – Accesorios Celulares, localizada quase em frente ao portão de desembarque internacional. Quando passei por ali, não tinha fila e vi que eles vendiam chip da Entel, tratei logo de garantir o meu. Para comprar o chip é necessário ter em mãos apenas o passaporte. Eles aceitam pagamento em dinheiro (pesos chilenos) e cartão de credito. Paguei no cartão de credito. Vale dizer que os chips de celular no Chile são bem carinhos. Eu paguei 20.000 clp (110,00 reais) em um chip com 1,5 GB para 15 dias de duração. O legal desse tipo de chip é que o Instagram e Whatsapp são gratuitos no plano, portanto, vc só gasta se usar outras coisas no celular. Achei isso ótimo! Ah! A moça da loja já habilitou meu chip e eu sai de lá com ele funcionando direitinho. E se por algum motivo precisar recarregar, a funcionária me disse que isso é feito nas farmácias.

Se caso alguém não quiser comprar nessa loja em especifico, no andar onde fica o check-in e os embarques nacionais e internacionais existem lojas dessas 3 principais operadoras de telefonia móvel também.

Importante: Desde setembro de 2017 o Chile estava exigindo a homologação de aparelhos celulares por parte dos turistas. Mas desde novembro de 2017, essa homologação esta suspensa. Mas pelo que eu vi, é temporário (por 120 dias, onde o prazo final era até dia 28 de março de 2018). Depois dessa data, sugiro conferir se não houve nenhuma mudança sobre esse assunto.

→ Os Chilenos

Antes mesmo de ter ido ao Chile, eu já tinha tido contato com chilenos. Durante os muitos anos da minha vida que passei férias em Floripa, sempre tinhamos vários Chilenos, Argentinos, Paraguaios, Peruanos, Uruguaios como vizinhos. Já tinha uma boa impressão. Quando estivemos no Chile pela primeira vez, voltei super empolgada de lá. Além de ter gostado do país, achei os chilenos super receptivos. Nessa minha ultima viagem também tive a mesma impressão. Realmente, não tenho do que reclamar.

→ Segurança

Eu não sei vocês, mas levando em consideração os casos surreais que vemos todos os dias aqui no Brasil, o Chile é quase o paraíso. Obvio que não dá pra dar bobeira, é sempre bom ter o mínimo de atenção, como em qualquer lugar do mundo. Mas aquela coisa super paranóica ou aquela sensação de pessoas atoa te olhando pensando em roubar algo, não existe.

** Solicite seu roteiro personalizado para o Chile aqui.

** Reserve seu hotel no Chile aqui.

** Reserve seu Seguro Viagem com a Seguros Promo aqui.

** Alugue seu carro no Brasil ou no exterior aqui e/ou aqui.

Se você gostou das dicas, ao reservar hospedagem, seguro viagem e aluguel de carro aqui pelo blog, nós ganhamos uma pequena comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Obrigada! :D

Posts relacionados:

Todos os posts sobre Chile

Todos os posts sobre Santiago

Todos os posts sobre Punta Arenas

Todos os posts sobre Puerto Natales

Siga o Blog Contando as Horas nas redes sociais:

no Instagram: @brunabartolamei

e curta nossa fanpage no Facebook: facebook.com/ContandoAsHoras

Bruna Bartolamei
Siga-me

Bruna Bartolamei

Catarinense, mas já morou em Curitiba (8 anos) e em Edimburgo, a capital da Escócia (quase 2 anos). Criou o blog pra contar um pouco mais sobre como foi o seu intercâmbio na terra dos Kilts e das Gaitas de Fole, e também, sobre suas viagens pelo mundo.
Bruna Bartolamei
Siga-me
Postado em Chile, Puerto Natales, Punta Arenas, Santiago - , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
Compartilhe
Deixe um Comentário
Blog Membro RBBV
Contando as Horas
Nesse mesmo dia, mas em 2010, eu desembarcava em Edimburgo, na Escócia para iniciar meu intercâmbio. 🏴󠁧󠁢󠁳󠁣󠁴󠁿💙
.
Além de aprender inglês em um país sensacional, foi muito bom aproveitar aquele momento para descobrir um “mundo muito maior” que Chapecó/Curitiba.
.
Mesmo faltando conhecer alguns outros continentes aindaaa, todas as culturas e paises que conheci e tudo que aprendi com meus colegas de todas as partes do mundo, com toda a certeza, tornaram essa experiência muito mais interessante.
.
Melhor experiência de vida!
.
🌎 Banchory, Escócia 🏴󠁧󠁢󠁳󠁣󠁴󠁿
.
#escocia #scotland #castletrail #visitabdn #visitaberdeenshire #uk #intercambio #intercambionaescocia #intercambiofotos #visitscotland #ciintercambio #eurotrip #uktrip #essemundoenosso #travelgirl #viajantesolo #solotrip #agenciadeviagem #scotlandisnow #englishtips #missaovt #revistaviajar #saudade #helloescocia #cahnaescocia
Um outro jeito de viajar pela Europa: fazendo um cruzeiro fluvial.
.
Quem quiser saber mais detalhes, estou falando mais sobre isso no stories.
.
Se quiser saber os roteiros, datas e valores, meu email para contato esta no perfil!
.
🌏Em algum lugar no rio Danubio, Leste Europeu
.
#lesteeuropeu #europa #cruzeirofluvial #rivercruise #riodanubio #danuberiver #uniworld #exploreuniworld #essemundoenosso #viajoteca #revistaadv #meusroteirosdeviagem #travelgirl #amoviajar #missaovt #eurotrip #europa #followyourdream #picoftheday #hotelinspectors #sourbbv #viajar #missãovt #revistaviajar #riverduchess #qualitours #rivercruising #summer #veraoeuropeu #eurotrip2018
Chegando em Budapeste!🇭🇺 Esse é o Monte Gellért passando pela janelinha da minha cabine!
.
No ultimo verão europeu eu fiz um cruzeiro fluvial pelo rio Danúbio (segundo maior rio da Europa).
.
Meu cruzeiro começou na Romênia, passou pela Bulgária, Sérvia, Croácia e terminou na Hungria.
.
Foram 7 dias a bordo do navio River Duchess, da empresa @uniworldcruises ! Uma experiência sensacional (ainda quero repetir, fazendo uma das rotas que passam pelos mercadinhos de Natal)!!
.
🌏Budapeste, Hungria
.
#budapeste #budapest #hungria #hungary #cruzeirofluvial #rivercruise #riodanubio #danuberiver #uniworld #exploreuniworld #essemundoenosso #revistaadv #meusroteirosdeviagem #travelgirl #amoviajar #missaovt #eurotrip #europa #followyourdream #picoftheday #hotelinspectors #sourbbv #viajar #missãovt #revistaviajar #riverduchess #qualitours #rivercruising #summer #veraoeuropeu
Kremlin de Moscou 🇷🇺🇷🇺
.
Antigamente essa fortaleza servia de proteção para a cidade, mas hoje em dia é a sede do governo e residencia oficial do Presidente da Rússia.
.
Ele é formado por vários palácios, catedrais, museus, um jardim, as torres e a muralha.
.
Quem estiver em Moscou pode incluir uma visita ao Kremlin no roteiro.
.
É possível conhecer algumas atrações, como: o Palácio do Arsenal, local onde está o Museu do Arsenal e o Complexo das Catedrais (formado por 4 igrejas). Todas todos os demais edifícios podem ser fotografados apenas por fora.
.
⚠️O Kremlin não abre as quintas-feiras. Para visitar o Museu (700 rublos) e o Complexo das catedrais (800 rublos) o valor total é de 1500 rublos (95,00 reais).
.
🌏Moscou, Rússia
.
#praçavermelha #redsquare #redsquaremoscow #kremlin #kremlindemoscou #moscou #moscow #russia #copadomundo2018 #missãovt #sourbbv #instaviagem #meusroteirosdeviagem #essemundoenosso #revistaviajar #blogdeviagem #cahnarússia #amoviajar #eurotrip #travelgirl #viajarmais #viajar #eurotrip2018 #viajandosozinha #viajarmais #viagemeturismo #worldcup2018 #russiaworldcup2018 #russia2018 #brasilnacopa #visitrussia
Existem diversas formas de entrar na Praça Vermelha, em Moscou, mas sem duvida alguma, a mais bonita é atravessando o Portão da Ressurreição, localizado literalmente entre a Prefeitura de Moscou (lado esquerdo) e o Museu Estatal de História Nacional (essa construção a direita).
.
Nessa foto também da pra ver a Capela Ibérica e o Marco Zero da Russia.
.
🌏Moscou, Rússia
.
#praçavermelha #redsquare #redsquaremoscow #moscou  #moscow #russia #copadomundo2018 #kempinski #missãovt #sourbbv #instaviagem #hotelinspectors #meusroteirosdeviagem #essemundoenosso #revistaviajar #blogdeviagem #cahnarússia #amoviajar #eurotrip #travelgirl #viajarmais #viajar #visitrussia #viajandosozinha #viajarmais #viagemeturismo #worldcup2018 #russiaworldcup2018 #russia2018 #jogosdobrasilnacopa2018 #brasilnacopa
Parque da Vitoria é onde está localizado o Museu da Grande Guerra Patriótica, que é como os russos chamam a Segunda Guerra Mundial. Obviamente, esse museu conta toooooda a historia dessa guerra (com muitas fotos, documentos, objetos, entre outros - tem legendas em inglês).
.
Além disso, também destaco: O Hall dos Heróis (foto 3) que presta uma bela homenagem a todos os russos que morreram nessa guerra, mais de 20 milhões de pessoas, o Hall das Lagrimas (foto 4) que simboliza as lagrimas de quem perdeu filhos, pais, irmãos e maridos durante essa guerra e por fim, os Dioramas de Guerra (foto 5), esses paines gigantes que retratam algumas cenas de momentos importantes dessa guerra.
.
O parque é gigante e o Museu é enorme, portanto, vá com muito tempo (tempo minimo de 3 - 4 horas).
.
Dica: Para chegar aqui, o acesso é feito pela estaçao de metro Парк Победы, aquela que tem as escadas rolantes mais profundas de todas as estações de metro de Moscou, sao quase 3 minutos andando nessa escada. 😱
.
🌏Moscou, Rússia
.
#parquedavitoria #moscou #moscow #russia #copadomundo2018 #missãovt #sourbbv #instaviagem #meusroteirosdeviagem #essemundoenosso #queroviajarmais #revistaviajar #blogdeviagem #cahnarússia #amoviajar #eurotrip #travelgirl #viajarmais #viajar #visitrussia #viajandosozinha #viajarmais #viagemeturismo #worldcup2018 #russiaworldcup2018 #russia2018 #jogosdobrasilnacopa2018 #brasilnacopa
Contando as Horas