07.11
2019

Castelo de Balmoral, residência de verão da Família Real Britânica na Escócia

O Balmoral Castle ou Castelo de Balmoral fica grudado ao vilarejo (se é que dá pra chamar esse lugar assim, pq ele é realmente minúsculo!) de Crathie, entre os vilarejos de Braemar e Ballater, em outras palavras, fica no meio do caminho entre Aberdeen e Inverness.

O Castelo está localizado em Royal Deeside (o vale do rio Dee), dentro do Parque Nacional de Cairngorms, cercado pelas montanhas Grampian e fica pertinho do rio Dee (tanto que para acessar o castelo, é necessário atravessar uma ponte, a Crathie Bridge, que passa por esse rio). 

Além do Palácio de Holyroodhouse, em Edimburgo, esse castelo é uma das residências oficiais da família real britânica na Escócia. Mas esse castelo é considerado uma propriedade privada da família real, ou seja, não faz parte dos bens que pertencem a Coroa Britânica (exatamente como a Sandringham House, perto de Norfolk, relativamente perto de Londres. Eu também já estive lá, para ver esse post, clique aqui: Sandringham House: Onde a realeza britânica passa as festas de fim de ano).

Durante o século 14, nesse local havia um pavilhão de caça que era propriedade do rei Robert II da Escócia. algum tempo mais tarde, o castelo começou a ser construido durante o seculo 14 para um nobre escocês, Sir William Drummond. Depois disso, ficou sob posse da familia Gordon e Farquharson (que recebeu o titulo de Conde de Balmoral, de onde vem o seu nome), até que na metade do século 19 o castelo foi comprado pelo príncipe Alberto de Saxe-Coburgo-Gota, marido da rainha Victoria (ela chamava esse castelo de “My dear paradise in the Highlands”, que mais concorda com esse apelido?!?!?).

Como é se imaginar, quando o castelo foi comprado, ele era muito pequeno para abrigar tudo relacionado a corte real e logo precisou ser aumentado de tamanho e claro, para dar um toque escocês ao castelo, ele foi construído no inconfundível estilo baronial escocês.

Depois da morte do príncipe Albert, a Rainha Victoria passava ao menos 4 meses no castelo, geralmente durante o verão até o outono. E por esse motivo, começou uma tradição, o local continua sendo usado pela família real durante os meses de verão, sempre durante os meses de agosto e setembro. Então, atualmente, o castelo é usado como residência de verão pela rainha Elizabeth II e o Duque de Edimburgo.

Quem resolver incluir a visita ao castelo no roteiro, já aviso: somente o Castle Ballroom está aberto a visitação publica. Ele é considerado a maior sala do castelo, e lá estão em exibição obras de arte, estátuas, mobiliário, entre outros que fazem parte dos bens da Coroa Britânica.

Além disso, no Carriage Hall Courtyard, localizado próximo a entrada principal do castelo, tem uma exibição pequena, que fala mais sobre o castelo, a sua relação com a família real britânica, entre outros. Todos os anos tem uma exibição especial aqui, em 2017 quando estive lá, era sobre as residências relacionadas a Família Real (Sandringham, Castle of Mey, Glamis Castle, Palácio de Buckingham e Palace of Holyrood). Não deixe de ver a ala com carros e carruagens pertencentes a família real e o video sobre como é a vida no Castelo de Balmoral. E agora em 2019, a exibição especial celebra os 200 anos de nascimento da Rainha Victoria.

Em resumo, o que dá para visitar, são: a ala publica do castelo (Castle Ballroom), os jardins, Carriage Hall Courtyard (com as exibições especiais), a lojinha e o restaurante.

Ah! Lembram do dia que a Princesa Diana faleceu em 1997, em Paris? A rainha estava no Castelo de Balmoral e decidiu não voltar a Londres para falar publicamente sobre a morte de Diana. Na época ela foi muitíssimo criticada por isso. Quem quiser saber mais detalhes sobre esse momento, pode assistir ao filme “The Queen”, retrata bem essa parte da história.

O castelo abre em épocas especiais para visitação pública. Durante o inverno de 2019, abre todos os dias de 21 de outubro a 03 de novembro e em alguns dias apenas até o dia 14 de dezembro. Veja detalhes aqui. Para 2020 as datas de abertura já foram divulgadas: de 01 de abril a 02 de agosto. Valor do ticket: 12,00 libras. Se você comprar o ticket online, ele da direito a visitar o castelo em qualquer dia que ele abra durante o determinado ano em questão.

Para ir até o Castelo de Balmoral: Pegar o ônibus 201 da empresa Stagecoach em Aberdeen em direção a Braemar. O ônibus para em frente ao portão de entrada do Castelo de Balmoral.  Quem for no inverno, nessa mesma visita, da pra conhecer o vilarejo de Ballater e o Castelo de Balmoral (eu fiz isso, o castelo fica a 25 minutos de distancia de Ballater). Quem for no verão, ainda dá pra seguir até o vilarejo de Braemar e conhecer o Braemar Castle. Valor do ticket do ônibus/autocarro 11,60 libras ida e volta (valor referente a dezembro de 2017).

Para ver o post sobre o vilarejo de Ballater, clique aqui: Escócia: Ballater, a cidade do Royal Warrant.

Aproveitando a proximidade, ainda é possível visitar também:

→ Vilarejo de Crathie ou em gaélico escoces Craichidh, localizado as margens do rio Dee. As atrações mais famosas desse vilarejo, são: Crathie Bridge (que leva até o Castelo de Balmoral), Royal Lochnagar Distillery (falo mais sobre ela logo abaixo) e a Crathie Kirk (construída em 1895, ela é frequentada pela Família Real Britânica desde então. Foi aqui onde a Princesa Anne, filha da rainha Elizabeth II casou pela segunda vez – naquela época, a igreja da Inglaterra não permitia casar novamente após um divorcio. Foi essa igreja também, que a Família Real frequentou no mesmo domingo da morte da Princesa Diana, em 31 de agosto de 1997. A visita é gratuita e é rapidinha. La dentro tem uma bíblia decorada com o Royal Coat of Arms doado pela rainha Elizabeth II e os vitrais fora doados pela rainha Victoria).

Destilaria de whisky Royal Lochnagar: é uma destilaria de whisky single malt. Essa destilaria tem o Royal Warrant (falei mais sobre ele aqui), recebido em 1848, quando o dono convidou o Principe Albert para visitar a destilaria. Atualmente essa destilaria faz parte da Diageo e produz uma quantidade pequena de whisky, que normalmente é usada na produção dos whikys Johnnie Walker Black e Blue Label. Eu acabei não visitando a destilaria, pq no mesmo dia conheci o vilarejo de Ballater e o Castelo de Balmoral, e como era inverno, os horários de ônibus são reduzidos, tive que deixar a destilaria para uma próxima vez. Fica a dica!

RESERVE PELO BLOG:

** Roteiro personalizado.

** Hotel na Escócia.

** Seguro Viagem.

** Carro no Brasil ou no exterior.

Se você gostou das dicas, ao reservar hospedagem, seguro viagem e aluguel de carro aqui pelo blog, nós ganhamos uma pequena comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Muito obrigada! :D

Posts relacionados:

Todos os posts sobre a Escócia

Todos os posts sobre Edimburgo

Todos os posts sobre Glasgow

Todos os posts sobre Stirling

Todos os posts sobre Aberdeen

Todos os posts sobre as Highlands

Todos os posts sobre Inverness

Todos os posts sobre a Ilha de Skye

Siga o Blog Contando as Horas nas redes sociais:

no Instagram: @brunabartolamei e @helloescocia

e curta nossa fanpage no Facebook: facebook.com/ContandoAsHoras

Bruna Bartolamei
Siga-me

Bruna Bartolamei

Catarinense, mas já morou em Curitiba (8 anos) e em Edimburgo, a capital da Escócia (quase 2 anos). Criou o blog pra contar um pouco mais sobre como foi o seu intercâmbio na terra dos Kilts e das Gaitas de Fole, e também, sobre suas viagens pelo mundo.
Bruna Bartolamei
Siga-me
Postado em Aberdeen, Ballater, Crathie, Escócia - , , , , , , , ,
Compartilhe
Deixe um Comentário
Blog Membro RBBV
Contando as Horas
Esse ano Berlim comemora 30 anos (e um mês 😅) da queda do Muro de Berlim.
.
Devido a um mal entendido, na noite do dia 09 de novembro de 1989 o muro começou a ser derrubado.
.
Onde é possível ver parte do que restou: East Side Gallery (foto), Potsdamer Platz, Checkpoint Charlie, Topografia do Terror, Memorial do Muro de Berlim (na minha opinião, é o melhor lugar para entender toda a história, se emocionar com os depoimentos e ter uma vista completa do muro com as torres de vigilância, grades, cercas eletricas, entre outros), etc.
.
📍Berlim 🇩🇪
.
#murodeberlim #berlinermauer #berlinwall #berlim #berlin #alemanha #germany #eurotrip2019 #proximaviagem #amoviajar #mulheresviajantes #travelgirl #essemundoenosso #meusroteirosdeviagem #brasileirosnaalemanha #viagens #sourbbv #viajar #travel #instaviagem #viajarfazbem
Edimburgo! 💛💛💛
.
Se quando eu estava no Brasil e precisava atravessar o Atlantico, eu sempre estava por aqui, agora morando em Portugal, eu vou aparecer com muito mais frequência.
.
Como sempre, foi pouco tempo, mas o suficiente pra amenizar a saudade.
.
Melhor presente de aniversário (antecipado) que eu poderia dar a mim mesma. 😁😁😁 (Olha que a conversão não ta nada favorável: 1,00 libra = 5,14 reais 🤯).
.
Em 2020, eeeuu volto! 🏴󠁧󠁢󠁳󠁣󠁴󠁿💙☺️
.
📍Edimburgo, Escócia
.
#castelodeedimburgo #edinburghcastle #edimburgo #edinburgh #escocia #scotland #visitacotland #escocia2029 #eurotrip #outono #fall #autumn #loveautumn #proximaviagem #amoviajar #mulheresviajantes #travelgirl #essemundoenosso #meusroteirosdeviagem #brasileirosnaescocia #viagens #sourbbv #viajar #travel #picoftheday #helloescocia
#tbt Ano passado, exatamente nesse dia, eu chegava em Lisboa para colocar em prática tudo o que havia planejado nos meses anteriores.
.
Para quem tiver interesse em vir para Portugal com o visto D2 (visto de empreendedor), basicamente é necessário seguir os seguintes passos:
- Tirar o NIF (equivalente ao CPF no Brasil), nas Finanças ou na Loja do Cidadão. Precisa ir junto um cidadão português ou um estrangeiro, desde que possua a AR.
- Abrir uma conta pessoal (em pt-pt pessoa singular).
- Arrumar um contador (em pt-pt contabilista).
- Fazer a constituição da empresa no modelo “Empresa na Hora” na Loja do Cidadão (dar inicio na atividade, fazer a ata da empresa, assinar mil coisas, entre outros procedimentos).
- Abrir uma conta pessoa jurídica (pt-pt pessoa coletiva).
** Entre esses procedimentos, sao necessarios alguns dias. Se quiser aproveitar pra passear, é o momento. Eu fui a Rússia e a Escócia , enquanto aguardava ter tudo pronto para a Segurança Social.
- Fazer os procedimentos na Segurança Social.
** Nesse periodo, ja aproveite pra ir fazendo o plano de negócios (necessário para apresentar no Consulado no momento que for solicitar esse tipo de visto).
.
📍Azenhas do Mar, Portugal 🇵🇹
.
#azenhasdomar #oceanoatlantico #portugal #turismodeportugal #visitportugal #vidaemportugal #travelgirl #viajemais #essemundoenosso #mulheresviajantes #brasileirosemlisboa #instaviagem #viagemeturismo #cahemportugal #mar #meusroteirosdeviagem #sourbbv #revistaqualviagem #amoviajar #viajar #brasileirosemportugal #trabalharemportugal #eurotrip2019 #portugalovers #moraremportugal #vistod2 #arportugal #vistod2portugal #vidaemportugal #instaportugal
Parece que foi ontem, mas hoje completa 6 meses desde que cheguei em Portugal. 🇵🇹
.
Eu poderia fazer uma lista (interminável) de tudo que já fiz nesse tempo, mas pensei melhor e resolvi falar sobre o idioma.
.
- Os portugueses atendem ao telemóvel falando “estou”, e nós atendemos o celular falando “oi”.
- Eles falam partilhar e nós falamos compartilhar.
- Eles dizem frigorífico, e nós geladeira.
- Os portugueses vão a casa de banho, os brasileiros vão ao banheiro.
- Eles atravessam a rua na passadeira, e nós na faixa de pedestres.
- Os portugueses compram sandes, gelado e sumo, e nós sanduiche, sorvete e suco.
- Eles tomam chá em uma chávena, nós tomamos chá em uma xícara.
- Eles dizem súshi e nos, sushí.
- Os portugueses são giros (estou fazendo uma moral 😅😅😅), os brasileiros são gatos.
- As portuguesas são fixes, as brasileiras são legais.
- As portuguesas usam cuecas (essa é difícil de acostumar hahaah), e as brasileiras usam calcinhas.
- Os portugueses dizem que fizemos perguntas parvas, e nós dizemos que eles respondem idiotices.
- Os portugueses dizem gajo e rapariga, e nós (no sul do Brasil) guri e guria.
- Eles andam de métro, autocarro, electrico e comboio, e nós de metrô, ônibus, bondinho e trem.
- Aqui as coisas são “sem piada”, no Brasil, as coisas são “sem graça”.
- Em Portugal existem jogadores chamados de guarda-redes e avançados, no Brasil são chamados de goleiros e atacantes.
- Em Portugal eles gritam golo, no Brasil gritamos gol.
- Em Portugal os jogadores usam camisola (ahahah essa tbm é dificil de acostumar), e no Brasil, camisa.
- Eles metem um “gosto” nas fotos do Ig e Facebook, nos colocamos um “curtir”.
.
Com certeza já aprendi muitas outras palavras, mas agora lembrei dessas.
.
Como dá pra perceber nessa listinha que vos (primeira vez que uso essa palavra na vida 🤣🤣🤣 nem sei se estou usando certo) escrevi, a língua portuguesa é igual, mas é diferente. 😅😅
.
Ah! E as despedidas: por email, sempre são com “melhores cumprimentos“, que substitui o famoso “atenciosamente” no Brasil, e por telefone (ainda tambem não me acostumei com essa) eles dizem: “com licença, beijinhos”.
.
Que venham os próximos 6 meses!
🇵🇹🇵🇹🇵🇹🇵🇹🇵🇹🇵🇹
.
📍Portugal 🇵🇹
50 tons de verde! 💚
.
Parece que estou sozinha no parque, mas 20 segundos depois passou por aqui um milhão de chineses. 😅😅😅
.
📍Plitvice, Croácia 🇭🇷
.
#plitvice #plitvicelakes #lagosplitvice #plitvickajezera #croacia #croatia #eurotrip #outono #nature #lakes #portugal #tapportugal #croatiaairlines #amoviajar #mulheresviajantes  #travelgirl #essemundoenosso #meusroteirosdeviagem #brasileirosnaeuropa #brasileirosnacroacia #viagens #travelphotography #sourbbv #viajar #travel #europa #picoftheday #euamoviajar #trilhas
Minha primeira viagem depois de me mudar para Portugal é para... Croácia! 🇭🇷😁 Achei uma passagem com preço bom e resolvi comprar de última hora.
.
Esse voo de Lisboa para Zagreb (capital da Croácia) é recente, existe desde abril desse ano. De Zagreb até aqui, o trajeto de ônibus/autocarro é feito em mais ou menos 2 horas.
.
Essa é minha 3x na Croácia, e dessa vez vim conhecer uma das maiores atrações do país: o Parque Nacional dos Lagos de Plitvice.
.
São 16 lagos e 4 tipos de trilhas, mas eu fiz as trilhas B e C (cor verde). Uma percorre os Lower Lakes e a outra, os Upper Lakes. Nem tudo fiz a pé, existe passeio de barco e ônibus/autocarro que percorrem algumas partes.
.
Dois dias são suficientes para conhecer as principais partes. E sééério, venham no outono. A cada 3 passos uma foto! 🍁🧡
.
📍Plitvice, Croácia 🇭🇷
.
#plitvice #plitvicelakes #lagosplitvice #plitvickajezera #croacia #croatia #eurotrip #outono #fall #autumn #loveautumn #nature #lakes #proximaviagem #portugal #lisboa #tapportugal #croatiaairlines #amoviajar #mulheresviajantes #travelgirl #essemundoenosso #meusroteirosdeviagem #brasileirosnaeuropa #viagens #sourbbv #viajar #travel #europa #picoftheday
Contando as Horas