03.02
2014

A Escócia combina com… Islândia!

Uns meses atrás eu recebi um email me pedindo alguma sugestão de roteiro possível de combinar com a Escócia que não incluisse a Inglaterra. A tendência é sempre a gente sugerir os demais países que fazem parte do Reino Unido e a Irlanda, por questão de proximidade claro, mas essa pessoa em específico estava buscando outras alternativas.

Foi ai que esses dias eu recebi um email do aeroporto de Edimburgo informando as novas empresas que iriam começar a operar voos partindo de lá e achei que dai poderia surgir uma boa idéia de posts aqui no blog. Então, foi assim que eu inventei essa série de posts com o título “A Escócia combina com…”, pq assim, além da Inglaterra, vai dar pra combinar em uma viagem a Escócia outros países e até continentes (pq não, né?!?!).

SONY DSC

Pra começar, o destino que eu escolhi é um país super pequeno, meio que “perdido” no hemisfério norte, isolado de tudo e de todos, mas que pra quem está na Escócia é um pulinho: a Islândia! Continue Lendo…

Postado em Assuntos diversos, Edimburgo, Escócia, Glasgow, Golden Circle, Islândia, Jökulsárlón, Reykjavík, South Coast
Booking.com
19.07
2011

Empresas para fazer Tours na Islândia

Li em muitos sites que a melhor opção para conhecer o país é de carro, e motivos é o que não faltam para justificar essa escolha, como por exemplo: as estradas são super boas e bem sinalizadas, é possível fazer várias paradas pelo caminho e principalmente ficar o tempo que quiser e explorar com calma cada lugar. Porém, no meu caso essa possibilidade estava totalmente fora de cogitação.

Skógafoss, no Tour South Shore Adventure

Procurando pela internet em sites oficiais ou até mesmo lendo alguns blogs, vi que existem várias empresas e vários tipos de tours, desde os mais “simples” e “básicos” até os mais “exóticos”.

Então, o jeito foi pesquisar bastante e ver qual a empresa que oferecia os melhores horários, trajetos e de preferência com paradas somente nos lugares de interesse (sem ficar parando toda hora para café da manha, almoço, lanchinho e jantar).

Os principais tours, sem dúvida, são: o Golden Circle Tour e o South Coast Tour. Como eu tinha 3 dias inteiros e um pela metade, escolhi os 3 tours nessas empresas:

– no dia 14 de junho, a empresa foi a Reykjavik Excursion e o tour escolhido foi o South Shore Adventure;

– no dia 15 de junho, fui com a empresa Iceland Excursions e fiz o tour que vai para  Jökulsárlón e Parque Nacional de Vatnajökull;

– no dia 16 de junho, a empresa que escolhi foi Go Travel Iceland e o tour foi o Golden Circle.

A escolha de empresas diferentes para cada tour foi feita basicamente pq achei que em cada tour essa empresaoferecia o melhor trajeto e as melhores opções de lugares para visitar.

A Reykjavík Excursion e a Iceland Excursions são as maiores empresas de turismos da Islândia, os cartazes e anuncios dos tours que essas duas empresas oferecem estão por toda parte!!! Assim, as duas oferecem serviços muito semelhantes, o tour é feito com um ônibus leito, com 42 ou 44 lugares, tem um motorista e uma guia que além de falarem islândes e inglês, ainda falam dinamarquês e alemão!!

Por outro lado, a Go Travel Iceland é uma empresa pequena, onde o próprio dono é o motorista e guia, o tour é feito em uma mini van com apenas 11 lugares e é todo em inglês.

Fazendo uma análise dessas 3 empresas, posso dizer que com a Go Travel Iceland o tour é mais “liberal”, as paradas são mais flexiveis e se você quiser ver algo pelo caminho, é só pedir que o motorista/guia para, sem problemas!! Por outro lado, as vezes as outras pessoas querem parar o tempo todo, o que torna um pouco cansativo e as vezes até repetitivo. Mas em resumo,  a flexibilidade é o maior atrativo, com certeza!!!

Já as outras duas empresas tem os horários totalmente “engessados” e que muitas vezes faz com que não haja muito tempo para ver e explorar um determinado lugar com calma e da forma como queremos. Mas isso não quer dizer que o tempo não é suficiente, você apenas precisa ser rápido, pratico e objetivo, ai sim consegue ver tudo!!!!

Além dessas empresas que citei, existem dezenas de outras empresas que fazem esses mesmos tours ou até mesmo fazem tours mais especificos ou tour de atividades, como caminhadas em gelerias, mergulho, andar nos cavalos islandeses, snorkeling, rafting, entre outros.

Eu escolhi essas empresas, pois eram as mais bem cotadas e com melhores comentários em sites de turismo aqui no UK.

Postado em Golden Circle, Islândia, Jökulsárlón, Reykjavík, South Coast
Booking.com
12.07
2011

Jökulsárlón Glacial Lagoon e Parque Nacional Vatnajökull

No segundo dia da  viagem, fiz o tour que vai até Jökulsárlón e faz uma breve parada no Parque Nacional de Vatnajökull ou em islandês Vatnajökulsthjodgardur, que segue pela costa sul do país, e fica perto de Vík.

Glacial de Vatnajökull

As principais paradas durante o tour foram:

– Lagoa Glacial Jökulsárlón;

– Tour de barco pela Lagoa;

– Parque Nacional Vatnajökull;

– Na volta passamos novamente pelas cachoeiras de Seljalandsfoss e Skógafoss.

Passando por Vík e seguindo viagem, a paisagem até a Lagoa é bem peculiar e um tanto quanto diferente, ou melhor, a definição ideal seria: exótico. Tudo é completamente diferente do que estamos acostmados a ver por ai, parece até cena de filme.

As paisagens vão desde montanhas com neve no topo, vulcões, cachoeiras, penhascos, campos de lava, campos de lava com musgo (muitos), estranhas formações rochosas das mais variadas formas e muita praia com areia preta.

Aguardando o próximo tour

Depois de looongos minutos so vendo campos de lava, quando estavamos quase chegando perto da Lagoa a paisagem mudou um pouco.. algumas elevações no campo de lava impediam de ter uma vista completa da Lagoa, porém quando atravessamos a ponte, lá estava ela: a maior Lagoa Glacial da Islândia, cheinha de Icebergs “boiando”  e mostrando uma paisagem única, pelo menos pra mim, que nunca tinha visto nada igual ou parecido até então na vida.

Lá vem vindo o barco-anfíbio

Jökulsárlón é a maior lagoa glacial da Islândia e sua localização exata é na parte sul do no glacial de Breiðamerkurjökull que faz parte do maior glacial do país, o Vatnajökull, que cobre 12% da área total do país. Vatnajökull fica entre o Parque Nacional de Skaftafell e Hofn.

A lagoa começou a se formar durante a década de 30 e o seu tamanho tem aumentado consideravelmente devido aquecimento global e as suas consequências que estão derretendo as geleiras.

O lago é preenchido por icebergs que flutuam formando um labirinto de gelo por onde passamos com o tour de barco-anfibio. O tour é bem rápido, aproximadamente 30 minutos.. a preparação para o barco entrar na água é rapida e enquanto isso a gente recebe os coletes salva-vidas. Durante o tour, a guia explicou sobre a geleiras, as camadas de gelo, sobre a formação da lagoa e teve até uma aula sobre gelo.

Como curiosidade, a guia também comentou que vários filmes foram gravados ali.. sendo os mais  recentes: James Bond 007 (Die Another Day e A View to a Kill), Tomb Raider  e Batman Begins.

Durante o tour, dá quase pra encostar nos pedaços de gelo

No caminho de volta para Reykjavík, teve uma parada de 40 minutos no Parque Nacional Vatnajökull, que é o maior parque nacional da Europa, e cobre cerca de 12% da área da Islândia, ele é composto pelo Glacial Vatnajökull, o Parque Nacional Skaftafell, Parque Nacional Jökulsárgljúfur e o Skriduklaustur. Em algumas partes o gelo pode chegar a medir mais de 1000 metros.

O “engraçado” é que ao chegar lá, por ser um parque nacional, espera-se encontrar muitas árvores, mata nativa fechada e muitos animais, porém esse parque (como tudo na Islândia) é um pouco diferente, existem algumas (poucas) árvores que foram plantadas recentemente na entrada do parque e o restante é só camadas e mais camadas de gelo, água, lagoas e vulcões.

O parque é relativamente recente, foi criado em 2008 e tem um pequeno “museu” e uma área com lanchonete e banheiros.

Postado em Islândia, Jökulsárlón, Reykjavík
Booking.com
25.06
2011

Islândia – Iceland – Ísland – The land of fire and ice!!!

Onde seria possível encontrar mais de 850 fontes termais, 10 mil cachoeiras, 15 vulcões ativos e mais de 11 mil de geleiras???? Somente na Islândia!!!

Islândia!!!!

Essa viagem aconteceu na primeira semana de férias que tive do curso de inglês, esse mês ainda. A empresa que faz o percurso é a “low-cost” Iceland Express.. e o único “inconveniente” é que são somente 2 voos por semana partindo aqui da Escócia, um na segunda e um na sexta.  Continue Lendo…

Postado em Golden Circle, Islândia, Jökulsárlón, Reykjavík, South Coast
Booking.com