26.10
2015

Intercâmbio: Qual a melhor idade?

Tenho 18 anos. Fiz 25 anos. Já passei dos 30. Logo to chegando nos 50. Não importa a idade, a duvida é a mesma: Qual a melhor idade pra fazer intercâmbio? Não sei, gente! Sinceramente eu não sei.

Mas se vc chegou até o segundo paragrafo desse texto, eu queria dizer que já recebi diversas duvidas sobre esse assunto. Eu não sei responder qual é a melhor idade para fazer um intercâmbio, mas pela minha experiência, eu posso contar um pouco do que vi por aí.

IMG_5102

Quando eu fiz meu intercâmbio, eu já estava quaaaaase chegando nos 30 anos. Sinceramente? Quando eu comecei a cogitar a ideia de estudar inglês fora do Brasil, eu ficava me perguntando: Será que não to muito velha pra encarar um desafio desses? Será que isso não é coisa de adolescente? Será que a minha fase de fazer esse tipo de coisa já não passou? Será.. ? Será… ? Eu também tinha essas mesmas duvidas, mas mesmo assim, resolvi arriscar. Ou eu ia naquele momento ou talvez a vida nunca mais me desse uma oportunidade daquelas.  Continue Lendo…

Postado em Edimburgo, Escócia, Intercâmbio, Intercâmbio, Intercâmbio na Escócia
Booking.com
28.09
2013

Intercâmbio: Meu Flat em Edimburgo

Depois de receber muitos emails perguntando: “Onde vc morou em Edimburgo?” ou ainda “Você poderia me indicar onde alugar um apartamento?”, eu achei que seria interessante escrever um post falando especificamente sobre o meu flat onde eu morei durante todo o período do meu intercâmbio em Edimburgo.

apto 29_1024x729

O motivo de eu não ter escrito antes, era pq eu não sabia se eu iria ou não voltar a morar em Edimburgo ainda. Mas então vc não iria compartilhar essa dica? Não, pelo menos durante o tempo em que eu fosse continuar morando no mesmo lugar. Assim, seria uma forma de manter uma certa privacidade com relação a esse assunto. Como isso não aconteceu e ainda não sei se um dia vai acontecer, aqui estou eu apresentando o meu flat escocês. Continue Lendo…

Postado em Edimburgo, Escócia, Intercâmbio, Intercâmbio, Intercâmbio na Escócia
Booking.com
23.09
2013

Intercâmbio: As principais diferenças (na prática) entre as moradias do Brasil e do Reino Unido

Depois de passar meses lendo, pesquisando, correndo atrás de documentos, imprimindo e scanneando contratos, finalmente o grande dia de embarcar pra morar em outro país chegou! Pra as pessoas que ficam, o pensamento é geral: “vai começar a vida boa dessa aí”. Eu não deixo de concordar com esse pensamento, mas quando eu cheguei em Edimburgo, durante as primeiras semanas, a única pergunta que eu me fazia era: Quem disse que morar em outro país é fácil?

Vejam bem, eu não to querendo desanimar ninguém, apenas quero deixar bem claro que algumas coisas aqui no Brasil são diferentes do Reino Unido no quesito moradia. Quer ver?

Ano passado, eu li no Blog Básico e Necessário, da Heloisa um post justamente sobre o que estranhamos quando chegamos em um outro país. Claro que algumas coisas eu imaginava que seriam diferentes, mas outras coisas eu não fazia a menor idéia. Então vamos aos fatos:

As "casinhas" com os lixos, cada um com sua tampa de cor diferente

As “casinhas” com os lixos, cada um com sua tampa de cor diferente

– A coisa que eu mais estranhei no meu flat foi no dia que eu precisei usar o fogão. Eu girava todos os botões e nada. Tive que ir lá na recepção e dizer: “acho que meu fogão não funciona”. Foi ai que a funcionária me explicou que existe um interruptor (tipo esses de tomada) na parede, que eu precisava ligar para que o fogão funcionasse. Alguém já tinha visto algo parecido com isso? Eu não! E como se não bastasse esse detalhe, eu ainda tinha que cuidar, pq a cada 15 minutos ele desligava automático. Então por exemplo, quando eu queria cozinhar algo mais demorado, eu tinha que ficar de prontidão ao lado do fogão ligando a cada 15 minutos o interruptor. O que era um saco, né?!?! Mas pra tudo existe uma explicação: os britânicos em geral são bem precavidos quando o assunto está relacionado com tudo que envolva fogo. E não é por acaso ou por não ter mais o que fazer que eles se preocupam com isso. Londres e várias outras cidades do país sofreram muito devido a vários indêncios que aconteceram ao longo das suas histórias. Então né, neste caso, não custa se precaver! Continue Lendo…

Postado em Edimburgo, Escócia, Intercâmbio, Intercâmbio, Intercâmbio na Escócia
Booking.com
15.09
2013

Intercâmbio: Onde morar em Edimburgo

Uma das questões que mais me preocupou durante a preparação do meu intercâmbio foi com relação ao lugar onde eu iria morar em Edimburgo. Mesmo eu que já havia visitado a cidade anteriormente, eu não fazia idéia de onde seria melhor morar e qual tipo de hospedagem seria mais a minha cara. Pesquisando no google, li muito sobre esse assunto e acabei descartando algumas opções e levando mais em consideração outras, de acordo com o meu perfil, claro.

Depois de muito pesquisar sobre esse assunto, eu cheguei a conclusão que três pontos são extremamente relevantes para fazer a melhor escolha:

– tipo de acomodação;

– tempo de duração do intercâmbio;

– localização da acomodação.

♣ Tipos de acomodação ♣

As opções pra quem vai fazer um intercâmbio, de modo geral, são: morar em uma casa de família, alugar um apartamento, se hospedar em um hostel ou fechar o contrato com uma residência estudantil. Todos tem suas vantagens e desvantagens, então é extremamente importante pesquisar bem pra não se arrepender depois.

Casa de família:  as duas grandes vantagens de morar em um casa de família na minha opinião são: família vai ser nativa do país e assim vamos ter certeza de que estamos ouvindo o inglês ser falado de forma correta e possibilidade de conviver diariamente com habitos locais daquele país. Porém por outro lado, tudo o que é vantagem pode se transformar em desvantagem, como por exemplo, imigrantes que estão morando na Escócia a pouco tempo e consequentemente não sabem falar 100% o idioma corretamente. Então é sempre importante exigir que a família seja Britânica mesmo, pro aproveitamento ser melhor. Continue Lendo…

Postado em Edimburgo, Escócia, Intercâmbio, Intercâmbio, Intercâmbio na Escócia
Booking.com
22.08
2013

Viajando sozinha pela Europa

Intercâmbio fechado. Tudo certo pra ir passar uma temporada na Escócia. Preparativos a mil. Programações de viagens pra aproveitar ao máximo os finais de semana também. Isso até chegar o momento de comprar a primeira passagem aérea.

Foi nesse momento que me dei conta de um detalhe: Será que é seguro uma mulher viajar sozinha na Europa? E depois disso a lista de questionamentos que me fazia só aumentou… Será que eu teria algum problema com relação a isso? Como seria enfrentar a imigração nos outros países? Como seria passear sozinha pelo leste europeu (Polônia, Rep Tcheca)? E na Islândia? E em Montenegro? E na Bósnia??? Sim, eu fui até na Bósnia sozinha!

A resposta é unanime: foi muito tranquilo! Muito tranquilo mesmo!

Vendo o por do sol em Zadar, na Croácia

Vendo o por do sol em Zadar, na Croácia

Claro que pra que as coisas de fato fossem sempre assim eu tive que tomar algumas providências, como: organizar muito bem o roteiro de cada viagem (principalmente a questão dos transportes), elevar o meu grau de alerta, não dar bobeira, evitar ao máximo me meter em confusão e saber me virar e agir rápido caso eu enfrentasse algum problema (como quando passei mal e quase desmaiei no meio de uma estação de metro em Atenas!). Continue Lendo…

Postado em Dicas de Viagem, Intercâmbio, Intercâmbio na Escócia
Booking.com
09.05
2013

Intercâmbio: Registro na Polícia de Fronteira (UK Border)

Quando eu decidi voltar ao Brasil pra renovar o meu visto de estudos pro Reino Unido, eu não imaginava que a coisa era meio complexa. Além de correr atrás de toda a documentação, encaminhar tudo pra tradução e entregar os documentos no Visa Application Centre, eu ainda cheguei a achar que todo esse processo pra obtenção do visto chegava ao fim quando eu recebesse o envelope com o visto impresso no meu passaporte. Mas eu tava completamente enganada, ainda tinha mais coisa pra fazer!

Quem resolver solicitar o Visto de Estudante – Tier 4, precisa saber que ainda é preciso providenciar o registro na Polícia de Fronteira do Reino Unido, mais conhecido como UK Border, assim que chegar lá.

Mas o que seria exatamente esse registro? Foi essa a primeira pergunta que eu me fiz. Procurando por mais informações na internet, acabei achando duas páginas totalmente dedicadas a esse assunto: uma no próprio site do UK Border e outra no Metropolitan Office.

Fonte: Google Maps

Fonte: Google Maps

Todas as pessoas que solicitam o Visto de Estudante – Tier 4 e que vão estudar em um cursos de longa duração no Reino Unido (mais do que seis meses), precisam ter no passaporte o ECB – Entry Clearance Basics, ou seja, a permissão de entrada no Reino Unido, pra poder dar entrada no processo de registro na Polícia de Fronteira. Esse ECB é mais ou menos a mesma coisa que o visto de estudos propriamente dito. Continue Lendo…

Postado em Dicas de Viagem, Edimburgo, Escócia, Intercâmbio, Intercâmbio, Intercâmbio na Escócia
Booking.com
07.05
2013

Visto de Estudante – Tier 4 para estudar no UK

Um dos tipos de visto de estudo que pessoas que moram fora da Europa podem solicitar para ir estudar no Reino Unido é o Visto de Estudante – Tier 4, que foi justamente o visto que eu solicitei quando resolvi voltar pra Edimburgo por mais 1 ano.

Ao contrário do Visto de Estudante Visitante (Student Visitor), esse visto precisa ser solicitado ainda aqui no Brasil, no Visa Application Centre que está localizado no Rio de Janeiro (mas também existem escritórios em São Paulo e Brasília).

Esse visto foi mais trabalhoso de conseguir, pq eu precisei seguir algumas regrinhas, tive que reunir um número maior de documentos e também foi necessário seguir um cronograma para que tudo desse certo.

Quem tiver interesse em solicitar esse visto em especifico, é necessário levar em consideração a regra principal: ser adulto (existe outros vistos desse mesmo tipo para crianças e adolescentes).

Visa Application Centre - Rio de Janeiro

Visa Application Centre – Rio de Janeiro

O Visto de Estudante – Tier 4 é um tipo de visto baseado em um sistema de pontos que pode ser aplicado apenas por pessoas que tenham interesse em estudar no Reino Unido, seja em universidade ou um curso de inglês. Quem resolver solicitar esse visto, precisa obrigatoriamente alcançar 40 pontos, onde:

– 30 pontos são referentes a carta de aceitação do curso de inglês (ou qualquer outro curso). Lembrando que a instituição de ensino deve ser credenciada no UK Border, já que a escola vai passar a ser o Tier 4 Sponsor, ou seja, ela vai ser de certa forma responsável por nos durante esse periodo de estudos. Também é importante levar em consideração que é necessário comprovar pelo menos o nivel intermediário de inglês; Continue Lendo…

Postado em Dicas de Viagem, Edimburgo, Escócia, Intercâmbio, Intercâmbio, Intercâmbio na Escócia
Booking.com
04.04
2013

Intercâmbio: Quanto custa morar em Edimburgo?

Quando a idéia de fazer um intercâmbio começa a se tornar realidade, umas das primeiras questões (junto com o visto, passagem de ida e volta e aluguel de apartamento) que vem atona é justamente a que engloba tudo isso.. Afinal, quanto eu vou gastar pra morar em outro país? Mesmo Edimburgo sendo uma capital, quanto eu iria gastar por mês se eu morasse lá?

Bom, no inicio eu relutei bastante em escrever esse post pq os gastos nunca vão ser os mesmos pra cada um, claro. E ainda, todo gasto em uma viagem ou em um intercambio é relativo, até pq é muito dificil conseguir definir o que é barato ou caro pra cada um.

Então nesse post eu vou contar um pouco como era a minha vida em Edimburgo e quanto eu gastava mais ou menos por mês durante esses quase 2 anos de intercâmbio. Mas antes de escrever qualquer coisa, já digo: essa foi a minha experiência. Alguns podem gastar mais ou menos, isso vai depender muito do estilo de vida de cada um.

Castelo de Edimburgo

Castelo de Edimburgo

♥ Passagem ♥

Eu comprei minha passagem com 5 meses de antecedência, então eu ainda peguei um preço bom. Nessa viagem eu resolvi testar a classe World Traveller Plus da British Airways (classe economica plus), que digamos assim, é uma classe que fica entre a classe economica e a classe executiva. A média de preço pra classe economica com a British Airways fica em torno de 1.400,00 dolares e a classe economica plus tem saido em volta de 1.700,00 dolares (que foi mais ou menos o que eu paguei, um pouco menos). Continue Lendo…

Postado em Edimburgo, Escócia, Intercâmbio, Intercâmbio, Intercâmbio na Escócia
Booking.com
01.11
2012

Intercâmbio: Quanto tempo seria ideal?

30 dias, 3 meses, 6 meses ou 1 ano.. Afinal, como saber quanto tempo seria ideal? A resposta vai depender muito do nível de inglês de cada um antes da viagem.

Como eu passei por todas essas “etapas” durante o meu intercâmbio, eu vou dar a minha opinião sobre esse assunto que acho que pode auxiliar muitas pessoas antes de fechar um pacote para estudar inglês (ou qualquer outro idioma) em outro país.

Ah, antes de escrever qualquer coisa, acho interessante dizer que eu tinha um nível de inglês intermediário, eu conseguia me comunicar e entender relativamente bem. Claro que tinha muitas duvidas, algumas coisas que hoje eu entendo o pq são diferentes quando tentamos traduzir pro português, eu aprendi lá e outras eu continuo sem entender, apenas aprendi por osmoze. O tempo ajuda bastante a gente a se acostumar com algumas coisas, pode ter certeza!

Retirado do blog 6monthsinusa.blogspot.com

Mas vamos por partes.. Minha primeira parte do intercâmbio teve 6 meses de duração, sendo assim, aqui vai minha opinião para as respectivas etapas: Continue Lendo…

Postado em Intercâmbio, Intercâmbio na Escócia
Booking.com
07.10
2012

Intercâmbio: justificando o voto

Aproveitando que o assunto desse final de semana está sendo as eleições, achei que seria interessante escrever um post sobre como é o procedimento pra justificar o voto de quem estava morando fora em ano de eleições.

Isso aconteceu comigo em 2010, quando tivemos as eleições pra Presidente, Governador e Deputados Federais e Estaduais.

Normalmente o tempo que o Tribunal Superior Eleitoral permite para que seja feito a justificativa do voto é 60 dias após as eleições. Mas como eu só voltaria quase 4 meses depois e consequentemente 2 meses depois do prazo máximo pra justificar o voto, eu tive que fazer o seguinte:

Foto retirada do site pimenta.blog.br

Uma semana depois de voltar de viagem, eu organizei todos os meus documentos, preenchi o requerimento de justificativa eleitoral informando que eu estava ausente tanto no primeiro como no segundo turmo e imprimi.

No dia que eu fui no cartório eleitoral lá da minha cidade eu levei junto comigo além do requerimento preenchido e imprimido, meu passaporte, as passagens de ida e de volta do meu intercâmbio, titulo de eleitor e carteira de identidade. Continue Lendo…

Postado em Intercâmbio, Intercâmbio na Escócia
Booking.com
23.08
2012

Intercâmbio: Inglês Britânico e o Sotaque Escocês

De vez enquando aparece alguém aqui no blog pedindo como é o sotaque escocês, se é muito dificil de entender, se vai dar pra se virar lá sem passar aperto ou coisas do tipo.

Sendo assim, achei que seria interessante escrever um pouco sobre isso e dar a minha opinião. Claro que eu não tenho 100% da razão e muitas pessoas podem discordar do que eu penso a respeito, mas esse post é mais pra dar uma idéia do que pode ser encontrado por lá.

Foto retirada do site verdadeabsoluta.net

Duas coisas que eu devo destacar sobre o sotaque escoces são:

– o ritmo da pronuncia das palavras vai ter praticamente a mesma caracteristica em todos os cantos do país. Mas seria mais ou menos o ritmo que um gaúcho ou um catarinense ou um paranaense tem ao falar, cada um tem o seu ritmo, mas não muda muito. Não sei se deu pra captar a mensagem?!?! Na Escócia esse ritmo não varia muuuito, pelo menos eu não percebi diferença muito significativa.  Continue Lendo…

Postado em Edimburgo, Escócia, Intercâmbio, Intercâmbio, Intercâmbio na Escócia
Booking.com
23.06
2012

O primeiro convite a gente não esquece

Quarta-feira passada eu recebi um e-mail do departamento de marketing da Kaplan International Colleges, a escola onde eu estudei inglês em Edimburgo, me convidando para escrever um guest post.

Qual não foi minha surpresa ao abrir meu e-mail e ver: ‘Convite – Kaplan International Colleges’. Lógico que de cara achei que fosse spam ou brincadeira, até pq, quando que eu iria imaginar que alguém lá da escola iria ter noçào da existência do meu bloguinho!  Continue Lendo…

Postado em Assuntos diversos, Edimburgo, Escócia, Intercâmbio, Intercâmbio na Escócia
Booking.com
10.06
2012

Intercâmbio: Kaplan International Colleges Edinburgh

Edimburgo ainda não foi invadida em massa por turistas e estudantes do mundo inteiro. Existem algumas nacionalidades que vemos com mais frequência do que outras, mas nada que tenha feito a cidade perder a sua identidade.

Legenda: porta do meio é a entrada principal da escola de inglês.

A maioria das escolas de inglês ficam no centro turistico da cidade, ou seja, muito provavelmente passamos em frente enquanto estamos caminhado pela cidade, mas não notamos a existencia dessas escolas, isso pq elas não tem fachadas que chamam atenção. Normalmente, as escolas que ficam na New Town ficam em edificios de estilo georgiano, que estão presentes em boa parte da cidade.  Continue Lendo…

Postado em Edimburgo, Escócia, Intercâmbio, Intercâmbio, Intercâmbio na Escócia
Booking.com
08.06
2012

Intercâmbio: Primeiro dia de aula

Antes de falar sobre como foi o meu primeiro dia de aula, aqui vão algumas regrinhas para estudar inglês no exterior:

– Esta estabelecido que as aulas de inglês começam sempre todas as segundas-feiras do ano;

– Em caso de coincidir com um feriado, o inicio da aula automaticamente muda para o dia seguinte;

– É sempre bom chegar uns dias antes da aula começar, como no meu caso, eu cheguei na sexta-feira antes, entao eu tive o final de semana inteiro pra me organizar, ir no mercado e fazer um reconhecimento de area. Talvez isso nao seja possivel pra quem vai ficar em casa de familia, mas como eu tinha alugado um flat, nao tive problema.

Foto retirada alexandreferrarisaores.blogspot.com

Dito isso, como eu ja imaginava, o primeiro dia de aula não seria exatamente um dia com aula.

Ao chegar na escola, ja tem um aviso na porta de entrada dizendo que os novos alunos devem se encaminhar a secretaria.  Continue Lendo…

Postado em Edimburgo, Escócia, Intercâmbio, Intercâmbio, Intercâmbio na Escócia
Booking.com
07.06
2012

Intercâmbio: As escolas de inglês em Edimburgo

Quando eu decidi que iria mesmo fazer o intercâmbio, duas coisas me preocuparam bastante: a escolha do pais e a escola de ingles.

Nesse post eu vou falar um pouco sobre as escolas de ingles que as agencias de intercâmbio aqui no Brasil trabalham.

Basil Paterson

Em primeiro lugar, para estudar ingles no Reino Unido precisamos saber de algumas coisinhas, como:

– ao escolher a escola de ingles, é importante ficar atento se ela esta credenciada pelo British Council;  Continue Lendo…

Postado em Edimburgo, Escócia, Intercâmbio, Intercâmbio, Intercâmbio na Escócia
Booking.com
05.06
2012

Intercâmbio: O que levar na mala

Quem me conhece sabe muito bem que eu não sou de dar muita bola pra roupas, não faço questão de acompanhar ou ter tudo o que dita a moda a cada estação do ano. Mas na hora de arrumar a minha mala pro intercâmbio, foi a primeira vez em que, de fato, eu me preocupei com esse assunto.

Uma das primeira coisa a fazer é, ao comprar a passagem, verificar a quantidade de malas e kg permitidos. Geralmente é permitido despachar duas malas de 32 kg (ou 23 kg) e ainda levar uma bagagem de mão de 5 kg, mas essa regra não é valida para todas as cias aéreas, então é bom ficar atento!

Na primeira parte do intercâmbio, que teve duração de 6 meses, eu levei duas malas, uma malona tamanho grande, e uma tamanho pequeno como babagem de mão.

Minhas malas – para 6 meses de intercâmbio

Separei minhas coisas assim:

Malona (verde): das roupas em geral, basicamente eu resolvi levar: 4 calças jeans, camisetas de manga curta e comprida, 03 regatas (com a esperança de pegar um calorzinho na Escócia), algumas blusas de lã, duas toalhas de banho, um jogo de lençol e fronha, jaquetinhas de couro e casacos leves, cachecol, luva, touca, um casacão pro frio, chinelo, uma sapatilha e uma bota (além das coisas que eu fui usando na viagem). Ainda coloquei alguns itens de banheiro, como shampo, condicionador, desodorante, sabonete, maquiagem, escova e pasta de dente. Ahh, e a minha prancha, pra dar aquela arrumadinha na franja de manhã cedo quando acordo, não vivo sem!  Continue Lendo…

Postado em Intercâmbio, Intercâmbio na Escócia
Booking.com
03.06
2012

Intercâmbio: Comprando a passagem aérea para a Escócia

Aqui no blog eu já falei um pouco sobre o aeroporto de Heathrow, em Londres e o aeroporto de Edimburgo. Também já falei como são os processos de obtenção de visto de estudos que recebemos na Imigração ou ainda no Consulado aqui no Brasil. Porém eu nunca tinha falado nada sobre como comprar a passagem aérea para a Escócia.

Para chegar a Escócia não existem voos diretos partindo do Brasil, então obrigatoriamente será necessário fazer uma conexão pelo caminho. Normalmente quem vai pra Escócia, acaba indo a Londres ou alguma grande capital européia e a partir dai, segue para os aeroportos de Glasgow ou Edimburgo, os maiores do país.

Nas duas vezes que eu fui, dei preferencia em ir direto pro Reino Unido, mesmo sabendo que a imigração em Londres tem a fama que tem. Pra quem acha que a imigração na Escócia vai ser mais facil, isso é pura lenda. Eu ja vi gente sendo mandado embora enquanto eu estava na fila aguardando a minha vez.

Uma coisa que muita gente não sabe, inclusive eu que só descobri depois de ter comprado a minha passagem, é que para pessoas que estejam indo estudar fora do pais, algumas cias aéreas oferecem vantagem para estudantes.  Continue Lendo…

Postado em Edimburgo, Escócia, Intercâmbio, Intercâmbio, Intercâmbio na Escócia
Booking.com
31.05
2012

Intercâmbio: Os Intermináveis 5 minutos na imigração em Londres!

Continuando a falar do meu intercâmbio, achei que seria interessante relatar como foram as duas (principais) vezes que precisei passar na Imigração em Londres quando estava vindo do Brasil.

Acredito que 95% dos brasileiros começam a suar frio so de pensar no assunto Imigração em Londres (e em Madri tambem), não é mesmo? E comigo nao foi diferente!

Primeiro, mesmo quem tiver como destino final qualquer cidade do Reino Unido, se o voo for Brasil – Londres, com toda a certeza o voo chegara no Aeroporto de Heathrow e a Imigração vai ser ali mesmo em Londres.

Se o voo for Brasil – com conexão em qualquer outra cidade da Europa – com destino a qualquer cidade do Reino Unido, a imigração sera na cidade destino final.

Como meu voo saiu de São Paulo – Guarulhos com destino a Londres – Aeroporto de Heathrow e so depois eu peguei o proximo voo pra Edimburgo, a imigração aconteceu em Londres!

Depois do desembarque, é so olhar as placas e seguir até a imigração, onde vai ter uma placa enorme escrito: UK BORDER. Chegando ali, vai ter duas filas: ‘Passaporte UK e UE’ e ‘Outros Passaportes’. Como eu não tenho dupla cidadania, fui na fila ‘Outros Passaportes’.

Foto retirada do site telegraph.co.uk

→ Imigaração: A primeira vez!

(para intercambio com curso de curta duração, inferior a 6 meses, como foi o meu caso, o visto foi concedido na hora da entrada no pais, la no Reino Unido)

No inicio da primeira parte do intercambio em 2010, eu estava viajando com meus pais e meu irmão, que estavam indo passar uns dias de ferias pela Europa. Não vou dizer que eu estava tranquila pq eu estava indo com eles, pq isso não seria verdade! Eu tava suuuuper hiper master mega nervosa, tão nervosa que falei pro meu irmão me ajudar quando o Oficial do UK Border começasse a saraivada de perguntas! E dito e feito. Foram 5 minutos que eu literalmente suei frio! Continue Lendo…

Postado em Aeroportos, Edimburgo, Escócia, Inglaterra, Intercâmbio, Intercâmbio, Intercâmbio na Escócia, Londres
Booking.com
25.12
2011

Esse é um post de agradecimento!!

Essa “viagem” começou a muuuito tempo atrás, logo depois que voltei de Paris, ainda em 2005!! Explico: desde então, tinha gostado taaanto da Europa, que um dia queria ter a oportunidade de passar um tempo aqui, nem que fosse por poucos meses!

Então, nesse meio tempo vi muita coisa, li muitas reportagens, blogs, revistas, jornais… e fui separando tudo em categorias: o que me interessava muito (quase tudo hehehe) e o que me interessava um pouco menos (muita coisa também).

Vou sentir saudade de ver esse Castelo me acompanhando todos os dias no caminho pra aula!!

Em 2008/2009, tivemos a oportunidade de passar o Natal e o Ano Novo aqui no UK e eu gostei taaanto, mas taaanto da Escócia que pensei: “um dia eu ainda vou morar aqui!!” Continue Lendo…

Postado em Assuntos diversos, Edimburgo, Escócia, Intercâmbio, Intercâmbio, Intercâmbio na Escócia
Booking.com
10.08
2011

Visto de Estudante Visitante no UK – Com duração Inferior a 6 meses

Brasileiros que vem para o Reino Unido somente para visitar não precisam de visto, porém o tempo de permanencia é de 90 dias.

Agora se a intenção é vir estudar e o tempo de permanencia for INFERIOR a 6 meses (agora também é possível aplicar esse mesmo visto para um período inferior a 11 meses, mas com as mesmas condições), o pedido do visto acontece na chegada em Londres, no aeroporto, geralmente no Aeroporto de Heathrow, pois os voos diretos que vem do Brasil chegam sempre nesse aeroporto. O nome deste visto é Visto de Estudante Visitante ou Student Visitor.

Em agosto de 2010 eu vim pra Escócia com esse visto, e no final de janeiro deste ano, voltei para o Brasil para renovar, porém desta vez o visto escolhido foi o Visto de Estudante Superior a 6 meses, aqueeele que tiramos ainda no Brasil (tema para outro post).

Mas então, na prática, para ter boas chances de conseguir o visto de Estudante visitante é necessário juntar o maior número de documentos possíveis que comprovem o seu vinculo com o Brasil, isto é, o que eles reamente querem saber é se você tem condições de se sustentar e mostrar que realmente vai deixar o país após concluir os estudos.

As “vantagens” desse visto são:

– não há necessidade de traduzir para o inglês os documentos;

– não é necessário preencher formulários;

Já as “desvantagens” são:

– não é possível trabalhar e até mesmo trabalho voluntário não é permitido;

– não é possível renovar o visto para continuar estudando ou até mesmo solicitar outros vistos aqui no Reino Unido;

– não é permitido trazer pessoas da familia ou dependentes.

Carimbo do Visto de Estudante Visitante recebido no Aeroporto.

Os documentos que eu apresentei no UK Border, no Aeroporto de Heathrow, foram:

– Passaporte;

– Landing Card preenchido (deve ser preenchido somente por quem não tem o passaporte europeu), que é um cartão que a Aeromoça entrega dentro do avião quando estamos quase chegando em Londres;

– Carta original de aceitação da escola de inglês, que é chamada de Visa Letter (a escola de inglês deve ser credenciada no British Council);

– Carta da escola de ingles do Brasil, onde o nível deve ser pelo menos, o intermediário (essa carta deve incluir as horas/aula cursadas e datas);

– Extratos bancários em papel timbrado com o nome e logotipo do banco de todas as contas, tanto a minha, como as dos meus pais;

– Evidencias de todos os vinculos com o Brasil, comprovando que tem a intenção de voltar;

– Passagem ida e volta;

– Determinada quantia em dinheiro (euros ou libras);

– Contrato do aluguel da residencia estudantil.

Obs. 1: é bom levar também uma cópia de todos esses documentos, pois toda vez que sai do Reino Unido, por exemplo, para visitar outro país na Europa, na volta precisei mostrar esses documentos. Na maioria das vezes, eu precisei apresentar apenas a Visa Letter, mas em algumas poucas vezes, precisei apresentar praticamente todos os documentos novamente.

Obs. 2: Quanto ao valor necessário para comprovar que você pode se manter no Reino Unido, o site do UK Border Agency sugere: 800,00 libras/mês + valor do curso, se for em Londres e 600,00 libras/mês + valor do curso se for em outras cidades do Reino Unido.

Após uma breve entrevista, onde o Oficial fez algumas perguntas e pediu para que eu mostrasse todos esses documentos citados acima, ele analisou tudo e finalmente carimbou o meu passaporte. Ao lado do carimbo, escreveu: “S.V”, que significa Student Visa e a data de inicio desse visto.

Obs. 3: essas informações podem sofrer alteração a qualquer momento, o Reino Unido vem alterando e melhorando as regras constantemente, então é sempre bom conferir tudo no site do UK Border Agency – Student Visitors.

Posts relacionados:

Lista completa com todos os posts que eu já escrevi sobre Intercâmbio

Quanto custa morar em Edimburgo?

Postado em Dicas de Viagem, Intercâmbio, Intercâmbio na Escócia
Booking.com
01.09
2010

Intercâmbio – A hora das Escolhas!

Ter a oportunidade de morar em outro país, conhecer gente de todas as partes do mundo, ver de perto muitos monumentos e lugares, que até então só era possível atráves de livros, com certeza, isso tudo faz parte do sonho de quase todo mundo!

E não seria eu que não iria fazer parte desse grupo! Então, depois de resolver que eu iria fazer um Intercâmbio de 6 meses, foram surgindo algumas (muuuitas, pra falar bem a verdade) dúvidas e perguntas!

Intercâmbio!

→ A Primeira Etapa – Qual País?

Qual seria o melhor país pra estudar inglês? Essa é uma das perguntas mais dificéis de ser respondida! Eu levei em consideração, fazer e ver muitas coisas que certamente não fazem parte do meu dia-a-dia no Brasil. E as opções são muitas e uma mais interessante que a outra. No meu caso, estava em dúvida entre Canadá, EUA, Reino Unido e Austrália (mas para estudar inglês ainda existem as opções de Nova Zelândia, Irlanda e África do Sul)! Continue Lendo…

Postado em Intercâmbio, Intercâmbio na Escócia
Booking.com
05.08
2010

Entendendo o Reino Unido

O Reino Unido sempre foi uma “confusão”. Vários países, várias bandeiras, vários primeiros-ministros, uma Rainha e um monte de coisa pra entender. Então quando resolvi fazer meu intercâmbio na Escócia, me obriguei a ler e entender como o esquema por lá funciona.

O nome oficial do país é Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte ou em inglês United Kingdom of Great Britain and Northern Ireland. Até ai tudo certo. Mas pq as vezes usam somente Grã-Bretanha? Bom, a Grã-Bretanha é a ilha maior, formada por Inglaterra, Escócia e País de Gales. A Irlanda do Norte fica na outra ilha, na ilha que divide com a República da Irlanda. E assim, a Grã-Bretanha (ilha) + Irlanda do Norte formam o Reino Unido. Continue Lendo…

Postado em Belfast, Cardiff, Edimburgo, Escócia, Inglaterra, Intercâmbio, Intercâmbio, Intercâmbio na Escócia, Irlanda do Norte, Londres, País de Gales
Booking.com
Página 1 de 212