21.03
2012

Um dia em York

Uma das maneiras mais fáceis de conhecer algumas cidades do norte da Inglaterra é partir de Edimburgo. E a escolhida da vez foi York, a capital do condado de Norte Yorkshire e uma das cidades mais antigas da Inglaterra.

Chegando na estação de trem de York

York tem muita história pra contar, a cidade foi fundada há muuuuito tempo, no ano de 71 a.C e chegou a ser capital do Império Romano por alguns anos. Além de ser uma cidade histórica, com mais de 2 mil anos, muitas coisas ainda estão bem preservadas por lá.

Partindo de Edimburgo até York, uma das melhores maneiras é pegar um trem. Nos fomos com a empresa East Coast que faz o trajeto de forma direta com duração de um pouco mais de 2 horas.

As principais atrações de York ficam dentro das suas muralhas, muito bem conservadas por sinal, uma das melhores heranças deixadas pelos Romanos.

Centrinho de York

Nossa visita começou pelo Micklegate Bar, considerado o mais importante portão de acesso a cidade para quem chegava de Londres e de todo o sul da Inglaterra, inclusive era por onde acontecia a entrada dos Monarcas Britânicos naquela época. Nesse portão também fica um museu, que mostra um pouco da sua própria história, que além de servir como porta de entrada a cidade, foi por alguns anos residencia para muitas familias.

Em um dos seus dois andares, mostra também um pouco da importância das muralhas pra que a cidade tenha conseguido se proteger de invasões, se desenvolver e crescer! Além disso, um dos principais destaques deste museu são os acontecimentos marcantes da cidade ao longo dos séculos, como por exemplo, quando os traidores eram executados suas cabeças eram penduradas nesse portão, para que todos pudessem ver.

Das várias batalhas que aconteceram na região, uma das mais importantes foi a Guerra das Duas Rosas, entre as casas de York e Lancaster, que teve duração de 30 anos, e foi uma das mais longas batalhas travadas entre essas duas dinastias na Inglaterra. Assim, no museu, tem uma montagem mostrando a cabeça decepada de Richard, o Duque de York, que naquela época foi pendurada como troféu nesse portão.

Sem duvida um dos principais atrativos da cidade, junto com a Catedral de York Minster, é a sua muralha medievel. O acesso a muralha, além de ser gratuito, pode ser feito por qualquer um dos seus quatro portões que estão em toda a sua extensão, ou melhor, na boa parte da extensão que permanece até hoje. E é justamente da muralha que se consegue as melhores fotos de quase toda a cidade e da Catedral de York Minster.

Acabamos saindo perto de uma ponte, a Lendal Bridge, de onde saem a cada 1 hora e 30 minutos os tours de barcos pelos rio Ouse. O tour não é muito longo não, dura menos de 45 minutos e o barco percorre boa parte do Rio Ouse, e da pra ter uma boa ideia de como é a cidade por outro ângulo.

Catedral de York vista do barco

Antigamente, o rio era muito utilizado, tendo se tornado um dos mais importantes do norte da Inglaterra, pois era através dele que era feito o transporte das riquezas e do comércio dessa região.

No final do passeio de barco, começou a chover franquinho, então resolvemos seguir para a Catedral de York Minster, considerada uma das maiores catedrais gótica do mundo!

Detalhes no teto

Famosa por seus vitrais, que chegam a 128 no total, o principal destaque fica por conta da rosácea chamada de Rose Window, que na época, por volta do ano de 1500, foi construida para comemorar a união das casas reais de York e Lancaster.

Detalhes perfeitos!

E por apenas 5,00 libras, tivemos acesso aos 275 degraus que nos levaram até o topo da Catedral. A escada é beeem estreita, mas vale o sacrificio, ver York por alguns minutos, antes da chuva desabar novamente, foi um dos pontos altos do dia.

Placas indicando a localização das principais atrações turisticas

E como ainda estava chovendo, fizemos uma parada pra um lanchinho rápido numa das sete casas de chás da Betty’s espalhadas pela cidade.

Agora vem o momento Harry Potter do dia… pra falar bem a verdade, eu nem sabia desse detalhe, mas ao colocar as fotos da viagem no Facebook, vááárias pessoas reconheceram a  Shambles Street e me disseram que ela aparecia em um dos filmes do Harry Potter.

Essa rua medieval estreitíssima e sinuosa fica entre a Catedral e a Torre Clifford. É considerada a rua mais antiga da Inglaterra e muitas coisas permanecem iguaizinhas como eram antigamente, como por exemplo, alguns edificios de madeira que foram construidos no estilo Tudor.

Souvenirs

E a ultima parada do dia foi no Castelo de York, ou melhor, no que restou dele. O que ainda podemos visitar é a Torre Clifford. Esse foi o primeiro castelo construído por William, o Consquistador em 1068. Foi construido totalmente de madeira, e alguns anos depois de pronto, houve um incendio no local, destruido praticamente tudo.

Essa torre era uma das estruturas mais importantes do Castelo, foi construida em uma posição extremamente importante, no encontro dos rios Ouse e Foss, e seriva para controlar e defender toda a cidade e o norte da Inglaterra.

Sem tempo pra mais nada, voltamos para a Estação de trem de York, e ficamos esperando nosso trem que voltava para Edimburgo as 18:20 da tarde!

Bruna Bartolamei
Siga-me
Postado em Inglaterra, York - ,
Compartilhe
Deixe um Comentário
16 comentários em "Um dia em York"
  1. Jorge   23/03/12 • 20h12

    Bruna, Como disse em uma outra publicação aqui no seu blog, em maio estarei em Edimburgo, gostei de suas sugestões para passeios saindo de Edimburgo. Não tinha pensado em conhecer as cidades do norte da Inglaterra porque sempre tive impressão de que as distancias seriam grandes, vendo aqui nessa sua publicação que são apenas 2 horas, ,me animei a conhecer mais a região. Existe mais alguma cidade interessante entre Edimburgo e York para eu conhecer? Posso parar, visitar uma outra cidade e depois seguir o trageto?

  2. Bruna   25/03/12 • 15h05

    Oi Jorge!!
    Existe sim, tem Newcastle por exemplo, super famosa junto com York, além de Durham, tem Leeds tbm (um pouquinho mais longe), Darlington, e por ai vai. Todas essas que citei tem alguma coisa de interessante pra visitar. Dai depende do teu interesse!
    Se vc comprar o trajeto direto entre Edimburgo – York, não tem como parar no meio do caminho, mas se vc comprar Edimburgo – cidade x, cidade x- até York, pode sim. Ou tem também o British Pass, um passe como os que vc utiliza no continente europeu e viaja durante 30 dias e pode parar algumas vezes, por exemplo.

  3. GEISLER   09/02/15 • 20h27

    Bruna, vocë chegou a visitar a Vila dos Vikings em York?
    Dois dias seriam suficientes para conhecer a cidade?
    obrigado abs

    • Contando as Horas   13/02/15 • 00h57

      Oi, Geisler

      Não visitei. Sim, dois dias é suficiente pra conhecer super bem toda a cidade.

      Obrigada pela visita aqui no blog!

  4. Roberto   18/03/15 • 14h09

    Neste seu post você não deixa especificado qual período do ano você foi (ou escreveu e deixei passar)…e teria alguma dicas de hotel bons aí, um que tenha ficado ou conhecido mediante relatos de amigos viajantes?

  5. Contando as Horas   19/03/15 • 01h34

    Oi, Roberto

    Fui durante o verão, era mês de agosto.
    Infelizmente nao tenho dicas de hoteis, nunca me hospedei em York. Mas vc pode dar uma olhada no site do Booking, que é parceiro aqui do blog!

  6. Simonne   17/07/15 • 15h10

    Oi Bruna, estarei viajando com meus pais e ficarei hospedada em Newcastle, gostaria de saber para um bate e volta qual dessas cidades (durhan, york, leeds etc) a estacao rodoviaria fica proxima do centro ?? possivel ir a pe

    • Contando as Horas   18/07/15 • 02h55

      Oi, Simonne

      Hum… Geralmente eu viajava de trem quando estava lá no UK, pouquíssimas vezes andei de ônibus. Mas assim, a maioria das rodoviárias ficam próximas das estações de trem ou as vezes até ficam no mesmo espaço. Mas não sei te dizer sobre as rodoviárias dessas cidades em específico.

  7. Cristiane   20/05/16 • 23h54

    Oi, vou a York em agosto, indo de passagem para Londres. Você sabe me dizer se há algum local onde posso deixar a bagagem guardada na estação de trem?

    • Contando as Horas   21/05/16 • 13h29

      Oi, Cristiane

      Deve existir um Left Luggage na estação de trem de York. Não lembro de ter visto, mas vc pode consultar aqui se existe e onde fica: http://www.nationalrail.co.uk/stations_destinations/default.aspx
      Onde pede “station name/code” digita York e vc consegue descobrir.

    • Dalva   11/02/17 • 19h34

      Oi Cristiane , vou passar em York em Julho, indo de Edimburgo para Londres,estou com a mesma preocupação de onde deixar as malas guardadas, olhei no Link que a Bruna passou,mas não achei. O que me diz? Tem onde deixar as bagagens por um dia?

      • Contando as Horas   12/02/17 • 21h35

        Oi, Dalva

        Infelizmente eu não lembro se tinha ou não, mas acredito que como é uma estação relativamente grandinha, deve ter, mas não posso te dar 100% de certeza.

  8. Suely Barreto   12/03/17 • 12h41

    Oi Bruna,parabéns,muito bom o seu Post.Gostaria de uma orientação, baseada em sua experiência.
    Estamos pensando em viajar para a Inglaterra e Escócia.Estamos na dúvida entre setembro ou outubro.Na sua opinião entre os dois,qual mês escolher?
    Estamos planejando ficar em Edimburg, teria outra cidade da Escócia que valeria visitar ? Faremos nossa viagem de trem.
    Obrigada.

    • Contando as Horas   12/03/17 • 18h30

      Oi, Suely

      Depende. Os dois meses são bons. Só não recomendo o iniciozinho de setembro, pq em Edimburgo é o final dos festivais de verão e os preços são asteonomicos. Setembro ainda tem um resquicio de verão na cidade, mas em outubro ja tem as cores do outono.

      Depois de Edimburgo, Glasgow e Inverness são as cidades mais visitadas. Depende muito do que vcs querem fazer. Existem muitos castelos, lagos, passeios, destilarias de whisky, entre outros. E tão depende muito do que vocês gostam de fazer.

  9. Mirelle   09/05/17 • 20h26

    Oi Bruna,
    Estava pretendendo ir de York para Edimburgo de ônibus. Você sabe me informar onde fica a estação de ônibus em Edimburgo?

    • Contando as Horas   09/05/17 • 20h33

      Oi, Mirelle

      Sim, fica na St Andrew Square, ao lado do Multrees Walk (uma região cheia de lojas bacanas). Uma vez uma leitora aqui do blog me deixou um comentário, que nunca tinha pensado dessa forma (e claro, não esqueci): é a unica rodoviária do mundo que fica ao lado de uma loja da Louis Vuitton. hahaha

      E é verdade!

      Obrigada pela visita aqui no blog!

Blog Membro RBBV
Contando as Horas
Essa manhã eu teria embarcado para o Brasil. Além das 18 mil coisas que tinha planejado fazer em 10 dias, a mais importante era conhecer minha sobrinha 🥰 (e também, rever meus sobrinhos de quatro patas 🐕🐕 - não esqueci de vcs, não sou uma tia desnaturada 😁). A gente já tinha até planejado um churras com camarão empanado de entrada, lembra @yasminbartolamei ? 😂Otimização de tempo é tudo numa viagem. Impossível comer todas as coisas que tenho saudades (e repetir algumas) em apenas 20 refeições. 🤰🏻😅😆
.
Enquanto isso, depois de 52 dias de quarentena, estou aqui acompanhando Portugal deixar o estado de emergência e passar para o estado de calamidade, situação onde as medidas de isolamento ficam um pouco mais brandas para facilitar esse período de transição para a normalidade.
.
Eu espero que as pessoas não sejam irresponsáveis e sem noção nesse momento, pq o isolamento obrigatório pode voltar.
.
Ontem qdo sai de casa para comprar máscara (a partir de hj o uso é obrigatório em todos os ambientes fechados, como por exemplo, mercado, lojas, bancos, transporte público, entre outros), por exemplo, já vi uma cena que prefiro nem comentar. Além de todas as incertezas que o momento já nos coloca, certamente vamos precisar de muito mais sorte para lidar com esses seres irresponsáveis do que com o vírus.
.
Não vou me alongar muito nesse blablabla, pq a loucura dessa nova realidade está só começando.
.
Mas voltando a minha viagem.. Eu sei que meu pai estava contando os segundos pra ter alguém em casa pra implicar 🤣 e minha mãe estava ansiosa pelos nossos lanchinhos e risadas na madrugada (sim, somos duas 🦉🦉). Véééiooo e Véééiaaa.. em 2021 estarei ai! 🇵🇹✈️🙏🏽🇧🇷🤩
.
Essas foram as últimas fotos que tirei lá em casa, no Brasil, em fevereiro de 2019. ☺️
18.04.2020: UM ANO EM PORTUGAL! 🥰🥰🥰
🇵🇹🇵🇹🇵🇹🇵🇹🇵🇹🇵🇹🇵🇹
.
Queria escrever algo interessante sobre esse momento pra deixar aqui registrado, mas não ando muito inspirada. Como nessas últimas semanas tenho recebido algumas msgs relacionadas a pandemia/quarentena, vou falar sobre isso.
.
02 de março foram divulgados os primeiros casos de coronavírus em Portugal. Dia 11 de março a OMS declarou pandemia de coronavírus. Dito isso...
.
No inicio, o governo português declarou estado de alerta, logo na sequência foi declarado estado de emergência (já foi renovado 02 vezes).
.
Nos primeiros dias os mercados estavam um verdadeiro caos. Muitas pessoas. Muitas coisas faltando (principalmente papel higiênico, carnes, frutas e verduras). Nas últimas semanas a situação voltou a normalidade.
.
As atrações turísticas, lojas, restaurantes (seguem funcionando, mas no esquema de take away/entrega a domicílio), bares, academias, entre outros tipos de comércio fecharam suas portas e assim permanecem até então.
.
As Farmácias e os Mercados estão funcionando no esquema de sai 1 entra 1, portanto, exige paciência.
.
Os transportes públicos em Lisboa estão funcionando com horários reduzidos. Não andei mais de metro, mas li nos jornais que o acesso está liberado para todas as pessoas, as catracas estão livres. Também li que começaram a fazer controle de temperatura nas entradas das estações.
.
Os 3 principais aeroportos de Portugal (em Lisboa, no Porto e em Faro) fecharam durante o período de Páscoa. E nos demais dias estão operando apenas para pouquíssimos voos comerciais, mas principalmente para voos humanitários, de repatriação ou de transporte de mercadorias.
.
Lisboa está deserta. Se você sair de casa, independente do horário, parece sempre domingo 07:00 da manhã. Tudo vazio. Poucas pessoas nas ruas.
.
A maioria das pessoas tem usado luvas e máscaras. Eu não tenho usado, pq só tenho saido de casa para ir ao mercado e algumas vezes pra caminhar.
.
E pra todos que me mandaram msgs pedindo como eu estou: depois de 38 dias de quarentena, posso dizer que já ando um pouco entediada, mas estou bem. ☺️
.
Essas são algumas fotos que tirei ao longo desse ultimo ano. 😁
#tbt 2020, nós mal nos conhecemos e não estou gostando nada do que tem acontecido. 😰😰😰
.
2019 precisou de 12 meses pra ser ruinzinho. Já 2020, em apenas 3 meses, chegou metendo os dois pés nas costas. 😰😰😰 Meeedooo dos próximos 9 meses!!! 🤭
.
Se eu soubesse que 2020 seria assim, eu teria viajado o mês de janeiro inteiro pelas Arábias. 🤷🏻‍♀️😅😁
.
Eu sei que ninguém anda muito interessado em consumir dicas de viagens por esses dias, mas já vou deixar registrado aqui para os dias melhores que virão: Doha tem varios museus, mas sem dúvida, os 2 mais visitados, são: o Museu de Arte Islâmica (fotos) e o Museu Nacional do Catar. Se tiver que escolher apenas um pra visitar, eu recomendo o Museu Nacional do Catar, vale cada centavo (até pq, o valor dos bilhetes não são nada baratos). Já o Museu de Arte Islâmica vale mais pelo seu exterior.
.
📍Doha, Catar 🇶🇦
.
#museumofislamicart #doha #catar #qatar #orientemedio #middleeast #ficaemcasa #fiqueemcasa #stayhome #quarentenanaosaoferias #quarentena #quarentine #pandemia #seemydoha #mydoha #dohaqatar #dohainstagram #doha2020 #instadoha #qatar2022 #qatarphoto #essemundoenosso #travelgirl #mulheresviajantes #amoviajar #qatarairways #viajar #brasileirosnocatar #brasileirosnoqatar
Khor Al Abaid 🐪 🌵☀️⛺️
.
Existem diversos tours no deserto: para ver o sol nascer, dia todo (com almoço e algumas atividades), para passar a noite e para ver o por do sol (foi o que escolhi).
.
Água do mar é morninha e eu achei beeem mais salgada que o normal.
.
Nessa foto da pra ver as aguas do mar encontrando as areias do deserto. 💛
.
2 segundos antes dessa foto, enquanto eu me arrumava, esse camelo ousado tentou me dar um beijinho 😂😂😂 Quase morri do coração!! 😅
.
📍Catar 🇶🇦
.
#khoralabaid #catar #qatar #desertsafari #sunsetdesertsafari #alkhordesert #orientemedio #middleeast #essemundoenosso #travelgirl #mulheresviajantes #amoviajar #qatarairways #viajar #brasileirosnocatar #brasileirosnoqatar #viagemeturismo
Catar / Qatar 🇶🇦🇶🇦
.
Vim com expectativa altíssima e ainda assim me surpreendi com tudo que vi.
.
Amei a comida. Os árabes são muito de boa (só não da pra tirar foto haha). Quero comprar todos os caquedos que vejo nas lojas, acho tudo lindo. Temperatura sensacional nessa época.
.
Na foto: Deserto de Khor Al Abaid, localizado ao sul de Doha, na fronteira entre o Catar e a Arábia Saudita. É um dos poucos no mundo onde o mar invade as areias do deserto.
.
📍Catar 🇶🇦
.
#khoralabaid #catar #qatar #desertsafari #sunsetdesertsafari #alkhordesert #orientemedio #middleeast #essemundoenosso #travelgirl #mulheresviajantes #amoviajar #qatarairways #viajar #brasileirosnocatar #brasileirosnoqatar #viagemeturismo
2019 foi um ano com muitas coisas boas e algumas ruins, mas prefiro lembrar apenas dos melhores momentos. 😅☺️😁
.
Comecei o ano recebendo a notícia de que meu visto para morar em Portugal tinha sido concedido (sem necessidade de entrevista).
.
Coloquei a venda meu apartamento em Curitiba (já foi vendido).
.
Me mudei para Portugal (demorei mais do que o previsto para encontrar um apartamento como eu queria, mas valeu a espera, amo esse bairro onde eu vivo).
.
Estive na Croácia pela 3x (ainda quero ir mais uma).
.
Minha sobrinha nasceu (virei Dinda!!).
.
Voltei pela milésima vez a Escócia (Meu país preferido!!)
.
Voltei a Berlim (dessa vez para ver os mercadinhos de Natal).
.
E terminei o ano passando rapidamente por Londres (eu não queria, fui obrigada hahaha)
.
2019 me deu a oportunidade de viver esses bons momentos, mas sinceramente, não vou sentir saudade!
.
Seja muito bem-vindo 2020 (espero que esse ano seja muito melhor)!
.
Desejo a cada um de vocês um excelente ano de 2020, com muita saúde (o resto a gente sempre da um jeito)!!
.
🎊🥂🍾✈️💐💞
.
📍Lisboa, Portugal 🇵🇹
.
#felizanonovo #feliz2020 #lisboa #lisbon #lisboaportugal #lisbonportugal #portugal #visitportugal #vidaemportugal #travelgirl #viajemais #woman #essemundoenosso #igportugal #viajar #mulheresviajantes #brasileirosemportugal #instagramcml #viagemeturismo #agenciadeviagem #travelphotography #cahemportugal #lookdodia #lisboalovers #lisboacool #visitlisboa #meusroteirosdeviagem #lisboa_pt
Contando as Horas