03.09
2015

São João del Rei – MG, a cidade onde os sinos falam!

São João del Rei é uma das cidades históricas mineiras, localizada entre a Serra de São José e a Serra do Lenheiro, a 183 km ao sul de Belo Horizonte.

A cidade ficou famosa por três motivos: era a terra natal do ex-presidente Tancredo Neves, pela produção de produtos de estanho e pelas badaladas dos sinos de suas igrejas.

DSC_0893

Nessa viagem eu fiquei 4 dias em São João del Rei e pude presenciar de perto essa tradição super antiga da cidade, a história de que os sinos falam! Qualquer hora do dia era possível escutar as baladas vindas de qualquer uma das diversas igrejas da cidade. Dizem que pelo toque do sino as pessoas sabem o que está acontecendo na cidade, como por exemplo: vai haver procissão? morreu alguém? era homem ou mulher?quem vai celebrar uma missa? Todas essas perguntas são respondidas pelas badaladas dos sinos! 

DSC_0896

Obviamente que eu não entendi nenhuma mensagem que os sinos estavam querendo transmitir, mas tenho certeza que os quase 100 mil habitantes da cidade sim.

Mas ai vem aquelas famosas perguntas: Como os moradores conseguem saber disso tudo apenas com algumas badaladas? Pelo que fiquei sabendo, existem diversos tipos de batidas, com intensidades e quantidades de toques diferenciados para cada ocasião.

DSC_0900

Na teoria parece tudo muito simples, mas na prática, eu não consegui entender nada! Mas se alguém quiser se arriscar a entender a linguagem dos sinos de São João del Rei, eu achei esse site que dá maiores detalhes sobre as baladas de acordo com um determinado evento.

São João del Rei tem 35 igrejas, mas como era humanamente impossivel conhecer tudo nesses poucos dias que fiquei lá, eu priorizei as minhas visitas a 5 delas.

DSC_0961

Toda e qualquer visita a São João del Rei começa na igreja cartão postal da cidade, a Igreja de São Francisco de Assis, localizada na Praça Frei Orlando. Os principais destaques dessa igreja ficam por conta do projeto e das obras de decoração feitas por Aleijadinho. As igrejas desse período colonial brasileiro geralmente tem sete altares, sendo 6 altares menores nas laterais e um altar principal. Uma coisa que chama atenção nessa igreja é a riqueza de detalhe enfeitando os altares, mas o teto é totalmente sem decoração. Além disso, os lustres dessa igreja são em cristal Baccarat e nos fundos da igreja, no cemitério, é onde esta enterrado o ex-presidente Tancredo Neves e sua esposa, Risoleta Neves.

DSC_0916

DSC_0917

Outra coisa imperdível nessa igreja são as missas nos domingos pela manhã. Junto com a missa acontece apresentação de cantos gregorianos. Super interessante! Vale lembrar que a missa começa as 09:15 e dura mais ou menos 1 hora.

DSC_0535

DSC_0541

DSC_0548

Saindo dessa igreja, é só seguir caminhando pela rua Padre José Maria Xavier e logo mais a frente vai estar o Memorial Tancredo Neves, uma espécie de museu que conta um pouco mais sobre a vida e trajetória politica do ex-presidente Tancredo Neves (tema para outro post!). Junto ao memorial tem uma estátua de Tancredo Neves, pra quem quiser bater uma foto de recordação.

DSC_0981

DSC_0977

DSC_0617

Quase em frente a estátua de Tancredo Neves fica uma das duas pontes de pedra da cidade: a Ponte do Rosário por onde é possível atravessar um córrego para chegar ao outro lado da cidade.

DSC_0463

A poucos minutos da Ponte do Rosário fica a Igreja Nossa Senhora do Rosário, considerada a igreja dos escravos negros. Infelizmente nos dias em que estive em SJDR, nunca encontrei essa igreja aberta. Pelo que fiquei sabendo, é muito raro ela abrir suas portas em qualquer dia, é necessário ir a alguma missa ou celebração especial pra conseguir conhecê-la.

DSC_0299

DSC_0306

Ao lado dessa catedral dica o Solar dos Neves, casa que ainda pertence a família do ex-presidente Tancredo Neves. Dizem que ele morou ali por alguns anos. Infelizmente não é possível visitar, pois a residencia é mantida como local residencial.

DSC_0307

DSC_0311

DSC_0007

Logo adiante por essa mesma rua onde está o Solar dos Neves fica a rua Santo Antônio, mais conhecida como a rua Torta. Ao chegar ali a gente entende o pq desse nome, pois as casas tem sua fachada totalmente tortas. Essa rua é super fotografada, motivo pelo qual ao caminhar por ali a gente nota que todas as cortinas estão fechadas.

DSC_0991

DSC_0285

Voltando para a frente da Igreja Nossa Senhora do Rosário, o roteiro continua em direção a Catedral Basílica Nossa Senhora do Pilar, a gente passa pelo Museu de Arte Sacra (que estava fechado no dia que estava passeando por ali). Pelo que li na internet, esse museu reúne diversos objetos em exposição, sendo que a peça mais importante do acervo é a capela trazida da Fazenda do Pombal, local onde nasceu Tiradentes.

DSC_0439

DSC_0298

DSC_0423

DSC_0411

Museu de Arte Sacra (portas azuis)

Logo adiante está a Catedral Basílica Nossa Senhora do Pilar, considerada a primeira igreja construída na cidade em homenagem a Nossa Senhora do Pilar, a padroeira da cidade. Internamente, de todas as Igrejas de São Jão del Rei, essa foi a que mais me impressionou. A decoração interna é muito rica, com muitas talhas em ouro em seus altares e pinturas no teto, além de diversas estátuas. Vale a pena conhecer!

DSC_0408

DSC_0316

DSC_0318

DSC_0021

Literalmente atrás da Catedral Basílica Nossa Senhora do Pilar, no alto de uma pequena colina, fica a Igreja Nossa Senhora das Mercês, uma igreja com uma fachada um pouco diferente das outras, pois ela tem apenas uma torre. É uma igreja pequena, mas com uma decoração interna muito bonitinha. O legal de ir até essa igreja é que lá do alto da pra ter uma vista legal de São João del Rei, o que garante algumas boas fotos.

DSC_0322

DSC_0324

DSC_0341

DSC_0326

DSC_0327

As torres da Catedral Basílica Nossa Senhora do Pilar

DSC_0332

A esquerda está a Igreja de Nossa Senhora do Carmo

DSC_0334

E a direita a Igreja de São Francisco de Assis

Seguindo caminhando pela pracinha que está no lado esquerdo, logo chegamos a Igreja de Nossa Senhora do Carmo. Externamente essa igreja se parece muito com a Igreja de São Francisco de Assis. Ela é uma das igrejas com decoração interna mais simples que visitei. A igreja é toda branca por dentro e tem poucos detalhes em ouro. Na verdade, a maior atração dessa igreja é a sua fachada exterior e a imagem de Cristo Inacabado (sem os braços).

DSC_0028

DSC_0030

DSC_0396

DSC_0404

DSC_0374

DSC_0370

Nos arredores dessa igreja ficam outras atrações, como: o Cemitério do Carmo, um dos raros exemplos de cemitérios cobertos encontrado no Brasil. É também onde está localizado o Solar da Baronesa de Itaverava, que hoje funciona como um espaço cultural.

DSC_0043

Voltando as margens do córrego, um pouco mais adiante encontramos a outra ponte de pedra da cidade, a Ponte da Cadeia, que antigamente era feita de madeira e acabou sendo destruída quando passava por ela uma procissão, dando lugar a atual ponte de pedra.

DSC_0652

DSC_0656

DSC_0648

Ponte da Cadeia

Um pouco mais adiante encontramos uma pequena pracinha onde estão as estátuas de Tiradentes e de Tancredo Neves, uma de frente pra outra.

DSC_0061

DSC_0047

Quase em frente a essa região, porem do outro lado do córrego está a estação de trem da cidade, de onde parte o trem Maria Fumaça em direção a Tiradentes apenas durante os finais de semana e feriados (tema para outro post!).

DSC_0063

E por fim, o roteiro termina na Praça dos Expedicionários onde estão localizados a Igreja de São Gonçalo, o Monumento ao Expedicionário e o Chafariz da Legalidade, um chafariz construído para prestar uma homenagem ao curto período em que São João del Rei foi a capital de Minas Gerais.

DSC_0080

DSC_0077

DSC_0078

Dica importante: como a cidade é toda feita com ruas de paralelepípedo, é interessante levar tênis ou uma bota confortável. Se tiver chovendo, o mais indicado é um tênis, pois as pedras são lisas em dias com sol, o que eu imagino que em dias de chuva a coisa deve ser um pouco pior.

DSC_0514

DSC_0668

Ah, e também não deixe de apreciar o por do sol perto da Igreja de São Francisco de Assis. Simplesmente maravilhoso!

Bruna Bartolamei
Siga-me
Postado em Brasil, Minas Gerais, São João del Rei - , , , , , , , , , , , ,
Compartilhe
Deixe um Comentário
10 comentários em "São João del Rei – MG, a cidade onde os sinos falam!"
  1. Cris Marques   06/09/15 • 16h17

    Fiquei curiosa para entender um pouco mais dessa linguagem dos sinos… Achei isso demais!

    Adorei o post e essa última foto ficou MARAVILHOSA!!!

    Grande abraço!

    • Contando as Horas   06/09/15 • 18h29

      Oi, guriaaa!!

      Interessante e meio louca essa história dos sinos, né?!?! Eu até tentei dar uma lida nas explicações daquele site que citei aqui no post e escutar algumas badaladas, mas não consegui identificar nada hahaha

      Obrigada pela visita aqui no blog! =DD

  2. Sonia   07/09/15 • 22h46

    Cada foto linda! Essa história dos sinos é muito bacana, acho que só morando lá mesmo para aprender (entrei no site, mas são muitas modalidades de toques para conseguir entender!haha).

    • Contando as Horas   09/09/15 • 01h04

      Oi, Sonia

      Verdade! Lendo os dois ou três primeiros tipos de toque a gente até se empolga em tentar entender, mas depois de ver aquela lista interminável, realmente fica difícil. É um pouco confuso. Mas imagino que deve ser legal tentar entender, principalmente pra quem mora lá, pq como vc bem sabe, aqueles sinos toooocam o tempo todo!

      Obrigada pela visita aqui no blog!

  3. ANTONIO R SOUSA JR   29/10/15 • 14h30

    Sensacional o post ! Adorei o texto e as fotos estão demais! você andou hein?

    • Contando as Horas   01/11/15 • 17h34

      Oi, Antonio

      ahahahaha Não andei quase nada!!! =PP

      Gostei tanto da cidade que ainda fiz um tour noturno com a Fernanda e a Gabriela e depois ainda, no domingo, dei mais uma caminhadinha pela cidade. Adorei a tranquilidade dessas cidades históricas, em especial SJDR!

  4. Antonio Emilio da Costa   17/11/15 • 00h37

    Excelente post.Mostrou um retrato bem fiel de São João del-Rei.

    Se quiser conhecer algumas histórias pitorescas do passado e do presente são-joanense, acesse o almanaque eletrônico Tencões e terentenas – diretodesaojoaodelrei.Tem muito da cor e do tempero local através dos séculos, coisa que normalmente não são informadas nem aos turistas mais atenciosos.

    Sucesso em seu trabalho e grande abraço!

    • Contando as Horas   25/11/15 • 13h08

      Oi, Antonio

      Obrigada!! Vou olhar o seu site! Legal! Gostei bastante de conhecer essa parte do Brasil, as cidades histórias de MG tem muita história mesmo, impossível saber de tudo.

  5. Carolina   30/06/17 • 12h42

    Olá, Bruna. Tudo bem? Estou programando uma viagem parecida com a sua para as cidades históricas de MG, porém tenho apenas 7 dias :( Você acredita que consigo fazer Tiradentes e São joão del rei um dia cada em cada cidade? Obrigada!

    • Contando as Horas   30/06/17 • 18h03

      Oi, Carolina

      Sim, desde que vc não faça o passeio de Maria Fumaça em Tiradentes. As cidades são pequenas, da pra fazer bastante coisa em 1 dia em cada lugar sim.

      Obrigada pela visita aqui no blog!!

Blog Membro RBBV
Contando as Horas
Essa manhã eu teria embarcado para o Brasil. Além das 18 mil coisas que tinha planejado fazer em 10 dias, a mais importante era conhecer minha sobrinha 🥰 (e também, rever meus sobrinhos de quatro patas 🐕🐕 - não esqueci de vcs, não sou uma tia desnaturada 😁). A gente já tinha até planejado um churras com camarão empanado de entrada, lembra @yasminbartolamei ? 😂Otimização de tempo é tudo numa viagem. Impossível comer todas as coisas que tenho saudades (e repetir algumas) em apenas 20 refeições. 🤰🏻😅😆
.
Enquanto isso, depois de 52 dias de quarentena, estou aqui acompanhando Portugal deixar o estado de emergência e passar para o estado de calamidade, situação onde as medidas de isolamento ficam um pouco mais brandas para facilitar esse período de transição para a normalidade.
.
Eu espero que as pessoas não sejam irresponsáveis e sem noção nesse momento, pq o isolamento obrigatório pode voltar.
.
Ontem qdo sai de casa para comprar máscara (a partir de hj o uso é obrigatório em todos os ambientes fechados, como por exemplo, mercado, lojas, bancos, transporte público, entre outros), por exemplo, já vi uma cena que prefiro nem comentar. Além de todas as incertezas que o momento já nos coloca, certamente vamos precisar de muito mais sorte para lidar com esses seres irresponsáveis do que com o vírus.
.
Não vou me alongar muito nesse blablabla, pq a loucura dessa nova realidade está só começando.
.
Mas voltando a minha viagem.. Eu sei que meu pai estava contando os segundos pra ter alguém em casa pra implicar 🤣 e minha mãe estava ansiosa pelos nossos lanchinhos e risadas na madrugada (sim, somos duas 🦉🦉). Véééiooo e Véééiaaa.. em 2021 estarei ai! 🇵🇹✈️🙏🏽🇧🇷🤩
.
Essas foram as últimas fotos que tirei lá em casa, no Brasil, em fevereiro de 2019. ☺️
18.04.2020: UM ANO EM PORTUGAL! 🥰🥰🥰
🇵🇹🇵🇹🇵🇹🇵🇹🇵🇹🇵🇹🇵🇹
.
Queria escrever algo interessante sobre esse momento pra deixar aqui registrado, mas não ando muito inspirada. Como nessas últimas semanas tenho recebido algumas msgs relacionadas a pandemia/quarentena, vou falar sobre isso.
.
02 de março foram divulgados os primeiros casos de coronavírus em Portugal. Dia 11 de março a OMS declarou pandemia de coronavírus. Dito isso...
.
No inicio, o governo português declarou estado de alerta, logo na sequência foi declarado estado de emergência (já foi renovado 02 vezes).
.
Nos primeiros dias os mercados estavam um verdadeiro caos. Muitas pessoas. Muitas coisas faltando (principalmente papel higiênico, carnes, frutas e verduras). Nas últimas semanas a situação voltou a normalidade.
.
As atrações turísticas, lojas, restaurantes (seguem funcionando, mas no esquema de take away/entrega a domicílio), bares, academias, entre outros tipos de comércio fecharam suas portas e assim permanecem até então.
.
As Farmácias e os Mercados estão funcionando no esquema de sai 1 entra 1, portanto, exige paciência.
.
Os transportes públicos em Lisboa estão funcionando com horários reduzidos. Não andei mais de metro, mas li nos jornais que o acesso está liberado para todas as pessoas, as catracas estão livres. Também li que começaram a fazer controle de temperatura nas entradas das estações.
.
Os 3 principais aeroportos de Portugal (em Lisboa, no Porto e em Faro) fecharam durante o período de Páscoa. E nos demais dias estão operando apenas para pouquíssimos voos comerciais, mas principalmente para voos humanitários, de repatriação ou de transporte de mercadorias.
.
Lisboa está deserta. Se você sair de casa, independente do horário, parece sempre domingo 07:00 da manhã. Tudo vazio. Poucas pessoas nas ruas.
.
A maioria das pessoas tem usado luvas e máscaras. Eu não tenho usado, pq só tenho saido de casa para ir ao mercado e algumas vezes pra caminhar.
.
E pra todos que me mandaram msgs pedindo como eu estou: depois de 38 dias de quarentena, posso dizer que já ando um pouco entediada, mas estou bem. ☺️
.
Essas são algumas fotos que tirei ao longo desse ultimo ano. 😁
#tbt 2020, nós mal nos conhecemos e não estou gostando nada do que tem acontecido. 😰😰😰
.
2019 precisou de 12 meses pra ser ruinzinho. Já 2020, em apenas 3 meses, chegou metendo os dois pés nas costas. 😰😰😰 Meeedooo dos próximos 9 meses!!! 🤭
.
Se eu soubesse que 2020 seria assim, eu teria viajado o mês de janeiro inteiro pelas Arábias. 🤷🏻‍♀️😅😁
.
Eu sei que ninguém anda muito interessado em consumir dicas de viagens por esses dias, mas já vou deixar registrado aqui para os dias melhores que virão: Doha tem varios museus, mas sem dúvida, os 2 mais visitados, são: o Museu de Arte Islâmica (fotos) e o Museu Nacional do Catar. Se tiver que escolher apenas um pra visitar, eu recomendo o Museu Nacional do Catar, vale cada centavo (até pq, o valor dos bilhetes não são nada baratos). Já o Museu de Arte Islâmica vale mais pelo seu exterior.
.
📍Doha, Catar 🇶🇦
.
#museumofislamicart #doha #catar #qatar #orientemedio #middleeast #ficaemcasa #fiqueemcasa #stayhome #quarentenanaosaoferias #quarentena #quarentine #pandemia #seemydoha #mydoha #dohaqatar #dohainstagram #doha2020 #instadoha #qatar2022 #qatarphoto #essemundoenosso #travelgirl #mulheresviajantes #amoviajar #qatarairways #viajar #brasileirosnocatar #brasileirosnoqatar
Khor Al Abaid 🐪 🌵☀️⛺️
.
Existem diversos tours no deserto: para ver o sol nascer, dia todo (com almoço e algumas atividades), para passar a noite e para ver o por do sol (foi o que escolhi).
.
Água do mar é morninha e eu achei beeem mais salgada que o normal.
.
Nessa foto da pra ver as aguas do mar encontrando as areias do deserto. 💛
.
2 segundos antes dessa foto, enquanto eu me arrumava, esse camelo ousado tentou me dar um beijinho 😂😂😂 Quase morri do coração!! 😅
.
📍Catar 🇶🇦
.
#khoralabaid #catar #qatar #desertsafari #sunsetdesertsafari #alkhordesert #orientemedio #middleeast #essemundoenosso #travelgirl #mulheresviajantes #amoviajar #qatarairways #viajar #brasileirosnocatar #brasileirosnoqatar #viagemeturismo
Catar / Qatar 🇶🇦🇶🇦
.
Vim com expectativa altíssima e ainda assim me surpreendi com tudo que vi.
.
Amei a comida. Os árabes são muito de boa (só não da pra tirar foto haha). Quero comprar todos os caquedos que vejo nas lojas, acho tudo lindo. Temperatura sensacional nessa época.
.
Na foto: Deserto de Khor Al Abaid, localizado ao sul de Doha, na fronteira entre o Catar e a Arábia Saudita. É um dos poucos no mundo onde o mar invade as areias do deserto.
.
📍Catar 🇶🇦
.
#khoralabaid #catar #qatar #desertsafari #sunsetdesertsafari #alkhordesert #orientemedio #middleeast #essemundoenosso #travelgirl #mulheresviajantes #amoviajar #qatarairways #viajar #brasileirosnocatar #brasileirosnoqatar #viagemeturismo
2019 foi um ano com muitas coisas boas e algumas ruins, mas prefiro lembrar apenas dos melhores momentos. 😅☺️😁
.
Comecei o ano recebendo a notícia de que meu visto para morar em Portugal tinha sido concedido (sem necessidade de entrevista).
.
Coloquei a venda meu apartamento em Curitiba (já foi vendido).
.
Me mudei para Portugal (demorei mais do que o previsto para encontrar um apartamento como eu queria, mas valeu a espera, amo esse bairro onde eu vivo).
.
Estive na Croácia pela 3x (ainda quero ir mais uma).
.
Minha sobrinha nasceu (virei Dinda!!).
.
Voltei pela milésima vez a Escócia (Meu país preferido!!)
.
Voltei a Berlim (dessa vez para ver os mercadinhos de Natal).
.
E terminei o ano passando rapidamente por Londres (eu não queria, fui obrigada hahaha)
.
2019 me deu a oportunidade de viver esses bons momentos, mas sinceramente, não vou sentir saudade!
.
Seja muito bem-vindo 2020 (espero que esse ano seja muito melhor)!
.
Desejo a cada um de vocês um excelente ano de 2020, com muita saúde (o resto a gente sempre da um jeito)!!
.
🎊🥂🍾✈️💐💞
.
📍Lisboa, Portugal 🇵🇹
.
#felizanonovo #feliz2020 #lisboa #lisbon #lisboaportugal #lisbonportugal #portugal #visitportugal #vidaemportugal #travelgirl #viajemais #woman #essemundoenosso #igportugal #viajar #mulheresviajantes #brasileirosemportugal #instagramcml #viagemeturismo #agenciadeviagem #travelphotography #cahemportugal #lookdodia #lisboalovers #lisboacool #visitlisboa #meusroteirosdeviagem #lisboa_pt
Contando as Horas